Folha330

451 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
451
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
27
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Folha330

  1. 1. Diretor: João Filipe Jornal de distribuição gratuita Nº 330 De 18 a 25 de abril SEMPRE de 2010 AO SEU EDIÇÃO NACIONAL LADO 50.000 E X E M P L A R E S folhadeportugal.pt O PREÇO DE ENTRE 100 "PULSEIRAS UMA VÍTIMA A 500 EUROS DO SEXO" Vítimas de violência doméstica gastam Os subornos que se encontram a ser alvo de Esta é a nova moda entre os adolescentes ingleses cerca de 140 euros em saúde processo judicial não execedem estes valores e brasileiros, que já fez duas vítimas mortais ASSUNTO POLÉMICO...PÁG. 08 . 10 PORTUGAL EM XEQUE...PÁG REPORTAGEM ESPECIAL...PÁG . 12 JOVENS Pais não apartheid conseguem lidar com os filhos TENSÃO: Polícias tentam controlar os apoiantes do AWB, à porta do tribunal onde estavam a ser ouvidos os assassinos de Terre’Blanche NÚMERO DE JOVENS O fim oficial do apartheid não livrou completamente o país do INSTITUCIONALIZADOS preconceito e da desigualdade. Hoje, o país vive uma separação de outro tipo, baseada na discriminação das classes económicas. TEM-SE AGRAVADO A morte do líder de extrema-direita Terre’Blanche ameaça causar SOCIEDADE...PÁG. 09 mais tensão, às vésperas do Mundial de Futebol T C ... . 6/7 EMA APA PÁGS PUB
  2. 2. entrevista DOMINGO 18 • ABRIL • 2010 |3 10 PERGUNTAS a SIMONE DE OLIVEIRA “QUEM NÃO TEM MEMÓRIAS, NÃO TEM FUTURO” OS OLHOS AZUIS PENETRANTES NA FACE DE UMA MULHER CUJOS ANOS PRESERVARAM UM GOSTO INFINITO PELA VIDA, ASSINALOU OS SEUS 50 ANOS DE CARREIRA COM “INTIMIDADES” PATRÍCIA CARDOSO FONSECA a única “pateada” da minha vida! Mas no (cedida por revista Plenitude) final do espetáculo, depois de as pessoas terem esperado por mim até às cinco da manhã, levei C ançonetista portuguesa, uma salva de palmas. de nome completo Simone de Macedo e 7. Mas esta vida artística Oliveira, nascida em 1938, aconteceu de forma fortuita. Foi em Lisboa. A canção “Lado a Lado” parar a um curso da Emissora foi o marco decisivo no lançamento Nacional pela mão da sua irmã e da sua carreira, iniciada no Centro como forma de terapia. Se assim de Preparação da Emissora não fosse, quem teria sido Simone Nacional. Com um estilo vigoroso de Oliveira? e inconfundível, representou o Professora. Teria tirado, provavelmente, o País, por duas vezes, no Festival da curso de Germânicas, que era o que acontecia Eurovisão, numa delas com a célebre muito na altura. As raparigas tiravam o seu “Desfolhada”. Fez também trabalho curso, casavam com os rapazes do Alfeite, da como atriz: no cinema, como Marinha… E eu, nascida no seio de uma atração musical em filmes como família tradicional, acabei por sair fora desse “A Canção da Saudade” (1964) e contexto todo. “Operação Dinamite” (1966); mais tarde, depois de um problema de 8. Grata à irmã também por esta saúde lhe limitar gravemente o uso magnífica carreira? da voz, no teatro e na televisão, em Sim, foi a minha irmã que pressionou muito diversas telenovelas. o meu pai para me obrigar a ir fazer algo para ocupar o meu tempo. Na altura, tinha 19 anos e nunca tinha pensado em ser artista. Ser artista 1. Já passou pela música, pelo seria a última coisa que eu teria dito que gostaria teatro e pelo cinema. Qual destes de ser. Mas ainda bem que assim foi, porque “palcos” é que a preenche mais? não me teria dado bem com outro tipo de vida. A única coisa que não conseguiria deixar de fazer era: viver! E a minha vida foi toda feita a 9. É reconhecida pela sua cantar, a representar, a fazer e a dar entrevistas, frontalidade… A que se deve essa a fazer programas de rádio e de televisão em vou gostar muito do que ainda tenho e quero que tenho por uma casa com piscina ou dinheiro aparente rispidez no caráter? direto… Não posso nem consigo dizer do que fazer. As minhas memórias são ótimas, acho no banco. O que interessa é o amor. Tenho uma “Pé-põe” – assim me chamava a minha gosto mais. Quando estou a fazer um trabalho, que quem não tem memórias, não tem futuro. saudade infinita de Portugal, não há nada a mãe, em miúda, por eu ser tão pachorrenta! estou apaixonada por aquele trabalho. O português tem por hábito apagar as suas fazer! Eu critico muito, mas aqui, porque lá fora Depois, a vida deu uma grande reviravolta e memórias. Portugal também o faz em relação o facto de me terem feito 2. Uma mulher sobretudo de até mesmo à sua própria vivência como país e SE AS PESSOAS NÃO AMAREM muito mal, sem perceber paixões, então? eu discordo disso. porquê, fez com que Acho que, em qualquer profissão, se as O QUE ESTÃO A FAZER, SE NÃO SE desse a volta. Durante pessoas não amarem o que estão a fazer, se não 4. Portugal tem sido simpático ENTREGAREM COMPLETAMENTE, muito tempo, deixei de se entregarem completamente, apenas têm… consigo, como artista? ter respeito pelas pessoas. um emprego. Eu nunca tive um emprego… Seria uma grande injustiça da minha parte se APENAS TÊM… UM EMPREGO. A única pessoa a quem dissesse que este País não me tratou bem e tenho EU NUNCA TIVE UM EMPREGO... eu realmente respeitava 3. Já assinalou os seus 50 anos dito isso muitas vezes. Sou muito bem tratada, era o meu pai! Tive uma de carreira. Que balanço pode muito acarinhada e muito mimada… E, às não deixo! Não trocava Portugal; nasci aqui e grande dificuldade em voltar a ter respeito pelas fazer deste tempo todo no mundo vezes, não é preciso ter uma salva de palmas, aqui quero morrer. pessoas. Hoje em dia, tenho esse respeito e não artístico? há outros mimos! sou de ódios, mas tenho um lado muito frio. Aconteceu-me de tudo! Desde o dia em que 6. Portugal é uma grande estava mais triste e cantei pior ao espetáculo 5. Sairia de Portugal para fazer i n s p i ra ç ã o s u a? L i s b o a 10. Para terminar, que planos que não estava à espera que acontecesse e carreira? particularmente… tem para os anos que ainda se aconteceu; o ter feito, com uma companhia Sair para fazer carreira no estrangeiro, não o É sim. Lisboa, porque nasci cá. Embora haja avizinham na sua carreira? austríaca a “Marlene”, com a produção da Casa faria. Tive três oportunidades únicas para isso e cidades de que gosto muito. Gosto imenso do Gostava de voltar a fazer mais uma peça de de Artes e Belas… Gosto muito do meu último por uma questão de amor, fundamentalmente Porto, de Setúbal – que foi sempre a cidade que teatro. Tenho aí algo em carteira… Ainda tenho disco e do espetáculo dos 50 anos, tal como familiar, não fui. Não trocaria nunca os filhos me deu as pontuações máximas e onde levei que fazer. Acima de tudo, quero viver!
  3. 3. 8| DOMINGO 18 • ABRIL • 2010 assunto geral VIOLÊNCIA DOMÉ STICA POLÉMICO 15% DO QUE SE GASTA DEVE-SE O QUE CUSTA AO ABSENTISMO NO TRABALHO... esta uma vítima SER é uma das realidades da mulher vítima de violência  NILZA VAZ nilza.redaccao@folhadeportugal.pt probabilidade de adoecer. O Sistema Nacional de Saúde paga “HOJE, DEVE domestica, 90% dos gastos. METER-SE A COLHER” que tem um custo Nú meros apontados por Manuel Lisboa, A violência tem custos diretor do Observatório Nacional de Violência e económicos. Segundo um estudo do Banco acrescido com Género. De acordo com o Interamericano de a saúde de cerca de 140 mesmo, 15% dos custos Desenvolvimento, os com a saúde resultantes da custos totais oscilam violência doméstica deve-se ao absentismo no trabalho. Para entre 1,6 e 2% do Produto Interno euros por que não restem dúvidas sobre o impacto do fenómeno na esfera profissional e nos cofres Bruto (PIB) de uma nação. El za Pa is ano do Estado. “Há clara relação não duv ida : entre o que se passa em casa “C ombater a deixar de lembrar e o que se passa no trabalho”, sublinhou. violência doméstica é reforçar a competitividade do VÍTIMAS que, antes do 25 de Abril, a Manuel Lisboa, estudioso da área, explicou que a mulher país”. A governante explicou que as queixas por violência GASTAM MAIS Lei concedia ao homem os direitos vítima de violência doméstica doméstica aumentam, de de devassar a tem mais dificuldade em ano para ano, porque o DE 140 EUROS correspondência conseguir emprego e, se fenómeno tem conquistado da mu l her e estiver empregada, muito visibilidade. E, a seu ver, EM SAÚDE autorizá-la, ou menos probabilidades de ser isso “significa que está a ser não, a sair do país. promovida (também devido combatido”. Em 2009, foram Se, há cerca de à sua debilitada auto-estima). apresentadas 30.543 queixas – ainda, a secretária de Estado dez anos, o número de Por outro lado, corre muito uma média de 84 por dia –, o para a Igualdade. queixas apresentadas mais riscos de se despedir – que se traduz num aumento O mesmo é falar no velho correspondia a 1% do por imposição do parceiro – de 10,4% em relação ao dito popular, segundo o qual cenário global, dados de ou de ser despedida. ano anterior, observou Elza “entre marido e mulher não 2007 mostram que subiu Estudos demonstram, Pais. “Combater a violência se mete a colher”. “Hoje, deve para 12%. Mas Manuel ainda, que os filhos das doméstica é combater valores meter-se a colher”, realçou o Lisboa põe o dedo mulheres alvo deste tipo enraizados e lutar pelos governador civil de Coimbra, na ferida: “A maioria de violência têm maior direitos humanos”, defendeu, Henrique Fernandes, sem continua a calar”. PULSEIRA ELETRÓNICA CHEGA À VIOLÊNCIA DOMÉSTICA Quinze comarcas do Centro e cidadãos suspeitos ou mesmo pulseira eletrónica ao agressor e do Norte do país dispõem já de condenados por violência do- de dois equipamentos à vítima: um novo meio de prevenção de méstica voltem a chegar perto um pequeno “pager”, que deve violência doméstica: a aplicação das vítimas. E o novo mecanismo trazer sempre consigo; e uma de pulseira eletrónica aos agres- de defesa deste crime público foi “unidade de monitorização”, ins- sores, que faz emitir um alarme concebido para proteger as víti- talada na sua residência. quando se aproximam das víti- mas de novas agressões quan- Este dispositivo, se deteta a apro- mas. do estão em casa ou institucio- ximação da pulseira eletrónica, Enquanto as pulseiras eletróni- nalizadas, mas também quando emite um sinal de alerta para o cas aplicadas no âmbito do re- saem à rua. “pager” e para a Direcção-Geral gime da prisão domiciliária aler- A nova ferramenta vai ser aplica- de Reinserção Social (DGRS), tam as autoridades quando os da no âmbito de um programa que avisa de imediato a PSP ou VIGILÂNCIA: Os aparelhos de vigilância eletrónica para fiscalização de arguidos saem de casa, o novo experimental e consiste, funda- a GNR para se dirigirem a casa arguidos ou condenados na sua habitação sistema pretende evitar que os mentalmente, na atribuição da da vítima.
  4. 4. Folha CENTRO DE AJUDA LEIA MAIS: 2i/3i – CONGRESSO FINANCEIRO: Curso de Estratégia Profissional 4i – REUNIÃO DO LIVRAMENTO DA FAMÍLIA Nº 330 • DOMINGO • 18 • ABRIL • 2010 20 mil BOLÍVIA UM PAÍS COM HISTÓRIA A Bolívia é um país si- tuado no centro-oeste da América do Sul, de- limitada pelo Brasil, Pa- raguai, Argentina, Chi- le e Peru. Juntamente com o Paraguai, é um dos dois únicos países das Américas sem lito- ral marítimo. Também é o oitavo mais extenso do continente america- no e o vigésimo sétimo do Mundo. A capital oficial e sede do poder judiciário é Sucre e a se- de do governo (poder executivo e legislativo) é La Paz. A Bolívia é um país mul- ticultural com muitas riquezas naturais e ar- queológicas. Destaca- se a cultura Tiwanaku que se desenvolveu no que é hoje a região oci- dental do país e cujos conhecimentos avan- çados foram legados ao Império Inca.  NILZA VAZ nilza.redaccao@folhadeportugal.pt este momento, marcante para a importância da Salvação, explicando E vida de muitos, o orador fez uma que a pessoa que se entrega a Deus ra a sexta-feira que oração por todas as pessoas que tem uma alteração total de vida. A antecedia a Páscoa, o diaestavam enfermas e desenganadas busca do Espírito Santo foi seguida mais emblemático para pela Medicina. Milhares dentre os do batismo nas águas. A palestra todos os cristãos. Em presente foram curados e libertados foi então finalizada com um forte Santa Cruz, o encontro especial, do mal que os aprisionava. clamor ao pé da Cruz realizada realizado no centro de convenções pelos vários pastores que estavam Sonilum, reuniu mais de 13 mil OBJETIVO: A SALVAÇÃO presentes no momento e em favor de pessoas. E foi logo no início da O orador ainda falou sobre a todas as famílias bolivianas. La Paz, Cochabamba, Tarija palestra que o orador, Pr. Irineu Silva, responsável pelo trabalho do e Santa Cruz de la Sierra, Centro de Ajuda Espiritual em todo onde está localizada a o país, ordenou a todos os paralíticos FÉ: O resultado da sede do Centro de Ajuda e dependentes de muletas para que se levantassem ou abandonassem atuação da crença são os milagres e Espiritual, foram as cidades os seus apoios para que, sem foi a isto mesmo que se assistiu que acolheram mais de ajuda, caminhassem pelo recinto. no decorrer da concentração. 20.000 pessoas numa Paralíticos Todos os que acreditaram andaram, assim como pessoas Sexta-feira muito especial nas palavras do homem de Deus foram curados e Paralíticos deixaram as muletas que as viram os seus movimentos começam sustentavam serem restaurados. Após a andar!
  5. 5. 2i | DOMINGO 18 • ABRIL • 2010 superação CURA QUANDO LEVEI OS EXAMES À MINHA MÉDICA DE FAMÍLIA, ELA NEM QUERIA ACREDITAR NAQUELES RESULTADOS O habitual é que os quistos desapareçam me tinha pedido. Sacrifiquei espontaneamente; mas, se isto não com a certeza de que ia obter o milagre que precisava, assim suceder, o mais frequente é recomendar coloquei no Altar todo o dinheiro um tratamento hormonal. Se com isto que tinha juntado durante três não for suficiente ou se os quistos forem anos”, testemunha. realmente incómodos pelo seu tamanho e “Entretanto, fiz o TAC, as dor, o mais habitual é realizar uma cirurgia dores começaram a diminuir e comecei a andar bem. Quando levei os exames à minha médica  ISABEL BARBOSA andar e de trabalhar. Entretanto, de família, ela nem queria isabel.redaccao@folhadeportugal.pt C fui fazer de novo uma ecografia acreditar naqueles resultados; “ omecei com uma dor abdominal e depois com uma dor na e os quistos estavam na mesma, inclusive, um deles continuava a crescer. A minha médica disse olhou para mim e disse que não sabia o que se tinha passado, que nem sabia como era possível perna. Fui a uma que só havia uma solução que um quisto de seis centímetros consulta, para a minha médica era retirar o ovário. Agora só me desaparecer em tão pouco tempo. me mandar fazer exames para restava fazer o último exame Como tinha dúvidas sobre saber o que se estava a passar”, antes de ser operada, o TAC”, aqueles resultados, mandou-me lembra Cláudia Nunes, que vive relembra. fazer de novo uma ecografia. Fiz em Oliveira do Hospital. “Fiz, o exame e os resultados foram então, uma ecografia, onde O PODER DA CERTEZA os mesmos do TAC: os quistos me foi detetado vários quistos Foi no CENTRO DE AJUDA tinham desaparecido todos. Para de grandes dimensões, tendo ESPIRITUAL que Cláudia diz mim, aquele resultado não era um deles já seis centímetros”, ter encontrado alento para a uma grande novidade, pois tinha diz. Conta ainda que teve de alma. “Antes de fazer aquele a convicção absoluta de que Deus se submeter a um intenso último exame, fui ao CdAE e ia operar na minha saúde, mas tratamento, mas, mesmo assim, clamei a Deus para acontecer fiquei muito aliviada e contente. o problema persistiu. “As dores um milagre. Entrei na Fogueira Hoje, sou uma pessoa saudável!”, cada vez eram maiores, deixei de Santa, fiz tudo o que me foi "VENCI a enfermidade": Cláudia colocou concluiu Cláudia. a sua fé em ação e os quistos desapareceram poder conduzir o carro, de poder orientado e dei tudo o que Deus CLÁUDIA SÓFIA NUNES – OLIVEIRA DO HOSPITAL PUB
  6. 6. reflexão DOMINGO 18 • ABRIL • 2010 | 3i O CENTRO DE AJUDA ESPIRITUAL (IURD) NÃO COBRA: mensagem 1.Para realizar casamentos 21.Para manter a Fazenda BISPO EDIR MACEDO Arca 2.Para realizar batizados Nova Canaã (adultos) 22.Para a realização de cursos 3.Para dar aconselhamento informáticos da matrimonial 23.Para aconselhar e apoiar 4.Para aconselhar e na escolha de uma carreira acompanhar indivíduos profissional Aliança toxicodependentes 2 4 . P a r a a t e n d i m e n to 5.Para aconselhamento telefónico 24 horas pastoral 25.Para apoio a mulheres 6.Para participar na Santa vítimas de abusos Ceia 26.Para apoio e A 7Para a realização da unção aconselhamento a indivíduos com óleo dependentes alcoólicos aliança no dedo simboliza o num casamento levado a sério, onde os dois em- 8.Para visitas ao domicílio 27.Para visitas a lares de comprometimento com alguém até penham a palavra de compromisso mútuo no 9.Para visitas a doentes no terceira idade ao fim da vida. A Arca da Aliança altar, assim também acontece com Deus. A ma- hospital 28.Para dar alimento aos sem- sinalizava o pacto de Deus com nutenção do casamento depende de sacrifícios 10.Para visitas a presidiários -abrigo Israel. Era conduzida pelo povo escolhido diários feitos pelo casal. Se um falha, então o 11.Para distribuição de 29.Para apoio em catástrofes como troféu eterno e trazia dentro de si três matrimónio corre o risco de ser desfeito. cestas básicas às famílias 30.Para a realização elementos: duas tábuas da Lei (a Palavra), a Com o Senhor não é diferente. Ele já Se sa- carenciadas de atividades lúdicas e vara de Arão (a disciplina) e crificou e mantém a Sua Pa- 12.Para distribuição de desportivas com os jovens um vaso com maná (o “pão lavra de honra. Mas exige dos bens (roupas, mobílias, 31.Para aconselhamento e nosso” no deserto). A Arca era que n’Ele crêem o sacrifício da eletrodomésticos, etc.) a campanhas na prevenção do o objeto mais sagrado na Terra, A MANUTENÇÃO obediência. Apesar de não fa- pessoas carenciadas HIV pois representava Deus, mas a zer acepção de pessoas, Ele não 13.Para acolher o Instituto 32 .Pelo transpor te de dispersão de Israel pelo Mundo DO CASAMENTO aceita o segundo lugar na vida Português do Sangue nas suas pessoas com dificuldades de fez com que Ela desaparecesse. DEPENDE DE de ninguém. “Se alguém quer instalações para a doação de locomoção A vinda do Filho de Deus vir após mim, a si mesmo se sangue 33.Pelo estacionamento no SACRIFÍCIOS inaugurou um novo tempo: negue, tome a sua cruz e siga- 14.Para ajudar a manter o Lar parque da Igreja o da Nova Aliança. Antes, o DIÁRIOS DO me” (Mateus 16.24). E adverte: de Idosos Universal 34.Pelos Estudos Bíblicos pacto com o Senhor estava res- FEITOS PELO “(…)e quem não toma a sua 15.Para a apresentação de realizados trito aos judeus. A vida, a morte cruz e vem após mim não é crianças (não batiza crianças, 35.Pela entrada e participação CASAL e a ressurreição do Senhor Jesus digno de mim” (Mateus 10.38). somente adultos) no Maior Congresso estenderam uma nova oportu- Em compensação, a partir do 16.Para participar no Grupo Financeiro do País nidade de aliança, agora com momento em que se firma um de Jovens "Força Jovem" 36.Pela realização de funerais todos os demais povos. Ou seja, com todos os pacto com Ele, o Seu aliado torna-se a própria 17.Para a realização de 37.Pela distribuição do Óleo que crêem. Arca da Aliança viva neste Mundo. Magnífico! orações Santo de Israel 18.Para a entrada nas igrejas e 38.Pelos cursos de Teologia Contudo, o pacto com Ele não se dá simples- participação nos cultos (IBURD) mente pelo facto de se aceitar o Seu Filho. Como Que Deus abençoe a todos abundantemente. 19.Para a participação em 39.Pelos milagres que Concentrações, em locais acontecem em todos os como: Coliseu dos Recreios, Centros de Ajuda espalhados Pavilhão Rosa Mota, Estádios, pelo Mundo. Pavilhão Atlântico, etc. 20.Para ajudar a manter a Só ensina às pessoas a Sociedade “Pestallozi” (presta VERDADE. O dízimo, como assistência aos portadores da também as ofertas, são síndrome de Down) mandamentos bíblicos. publicidade Palavra Amiga
  7. 7. 4i | DOMINGO 18 • ABRIL • 2010 templo maior mensagem O SENTIDO QUE Nem tudo TUDO SUPERA está Deus tem o poder de mudar os corações, de fazer com que exista reconciliação e tudo aquilo que aconteceu ser apagado, esquecido. É fácil? Não! Mas o tempo ajuda PERDIDO Domingo 9h30 O  ISABEL BARBOSA ser humano com facilidade, esquece as lições isabel.redaccao@folhadeportugal.pt fundamentais para a sua salvação e realização, seja C familiar, sentimental, profissional, económico ou entenas de pessoas procuram o Centro Encontro das Famílias física. Pois, para que venha a obter o sucesso desejado é necessário que coloque em prática os ensinamentos de Deus. de Ajuda Espiritual Vejamos o Evangelho de João, capítulo 21, versículo3: “Disse- e m bu s c a d a lhes Simão Pedro: Vou pescar. Disseram-lhe os outros: Também restauração do seu casamento, nós vamos contigo. Saíram, e entraram no barco, e, naquela noite, namoro, noivado, sonhando nada apanharam”. Há momentos na nossa vida que, somente a com uma família transformada experiência de vida não basta, e podemos ver aqui que, mesmo e feliz. Muitos chegam com as sendo homens experientes no assunto, eles nada pescaram, como suas vidas destruídas, sem muitos têm tentado vencer nesta vida, somente, porque têm FOTOS: DIOGO ALMEIDA perspetiva, sem esperança, estudos, cursos ou diplomas ou porque são trabalhadores. Há um separados do seu cônjuge momento em que nada disto serve, pois, aquela circunstância só ou cansados de discussões é vencida pela certeza – 6° sentido. Quando negamos a fé até o entre os familiares, dos vícios, natural, que deveria acontecer e fazer parte da nossa vida não é das dívidas e das más desfrutado. CASAIS: No decorrer da palestra os casais recebem companhias. orações e orientações em prol do seu relacionamento de que o divórcio ou a separação Enquanto só confio na força do meu braço, nos meus O Centro de Ajuda são o melhor para ambos, quando cinco sentidos, ainda que haja condições para ver e até mesmo tem-se preocupado com na verdade não são. O melhor é reconhecer, não consigo (vers. 4). Quantos são os que, como a união conjugal da superar o egoísmo. A traição não estes discípulos, já viram na sua vida MARAVILHAS, obras população, realizando é apenas física, temos visto muitos extraordinárias, efetuadas por CRISTO, mas, agora só vêem na orações e orientações em a cometerem traição quando vida dos outros? Porquê? CRISTO já nos deu e deixou provas favor dos casais; para que dão mais atenção aos pais, aos de que quer que essas MARAVILHAS façam parte do nosso haja reconciliação e união. filhos, aos amigos, à empresa, ao quotidiano. Com esse intuito, todos emprego, do que propriamente CRISTO mostra-lhes o presente (vers. 5). O que há no teu os domingos, às 9h30, à esposa/esposo”, respondeu o corpo, saúde ou doenças? E na tua casa, paz ou guerras? E na realiza-se a palestra designada egoísmo, 2º os maus-tratos; 3º orador. tua vida profissional e económica, sucesso ou fracasso? Enfim, “Encontro das Famílias”. traição. Quando a outra parte não Nas orações pelos casais e pelas olha à sua volta, será que é esta a vida que CRISTO veio trazer? é correspondida – ama mas não é famílias, o poder do sobrenatural Claro que não. ELE veio trazer vida COMPLETA. Mas para INVISTA NA SUA RELAÇÃO amada/o, fala mas não é ouvida/o, – o 6º sentido, leva famílias a a conquistarmos é necessário usar a fé e não os sentimentos, “Quando é que um casal dá mas não recebe –, então, vai-se viver de acordo com a Bíblia e conhecimentos. chega ao extremo de planear a esgotando, não que o amor acabe, a alcançarem a transformação “Então, lhes disse: Lançai a rede à direita do barco e achareis. separação?”, perguntou o orador, pois este nunca acabará. O amor de vida tão almejada, como Assim fizeram e já não podiam puxar a rede, tão grande era a Bp. Júlio Freitas, aos casais que se tudo supera, mas, se a pessoa não comprovam os milhares de casos quantidade de peixes” (Jo 21.6). Veja que assim que ouviram as encontravam à frente do Altar. tem orientação profissional ou verídicos relatados no Altar dos Palavras de CRISTO, o 6º sentido foi accionado, e houve a ação “Há três motivos principais espiritual, este casal vai chegar à Centros de Ajuda espalhados por daquela convicção. Enquanto dou atenção e importância às que levam a essa decisão: 1º o conclusão errada de se separar, Portugal, como é o caso de Joelma. circunstâncias, accionarei os meus cinco sentidos e, com eles, o medo, a dúvida, enfim, tudo o que não atrairá o poder de CRISTO, mas, quando dou importância à Palavra D’ELE, então, a minha convicção desperta e o SOBRENATURAL acontece. Casos Verídicos HISTÓRIAS EMOCIONANTES E DRAMÁTICAS DE QUEM DECIDIU ENFRENTAR OS DESAFIOS “...Ao saltarem em terra, viram ali umas brasas e, em cima, peixes; e havia também pão” (Jo 21.9). Veja que CRISTO não precisa de nós, ELE mesmo tinha preparado o que eles não tinham para “Descobri que o meu dar, nós é que precisamos D’ELE, para sempre ter uma jornada MARAVILHOSA. Com ELE, não só haverá abundância, mas, ex-namorado era homossexual” também grandeza, não eram peixes quaisquer, eram GRANDES peixes (vers. 11). “Disse-lhes Jesus: Vinde, comei. Nenhum dos discípulos ousava “Antes de chegar ao Centro todo, e quem me visse achava que eu perguntar-lhe: Quem és tu? Porque sabiam que era o Senhor... E já de Ajuda Espiritual sofria estava com uma doença terminal. Foi era esta a terceira vez que Jesus se manifestava aos discípulos, depois de devido a um grande problema assim que cheguei ao Centro de Ajuda. ressuscitado dentre os mortos” (Jo 21.12-14). Agora que você sabe o na área sentimental. Tive uma Comecei a participar nas reuniões, que ELE deseja fazer na sua vida e que reconhece que CRISTO se relação na qual investi, pois nos propósitos de fé, libertei-me e, preocupa com o seu bem-estar em geral, venha, coma com ELE, achei que com aquela pessoa em seguida, veio a Fogueira Santa de sente-se ao redor da fogueira com ELE, deixe o calor do Fogo do era a minha oportunidade Israel. Vi nela a grande oportunidade Espírito Santo aquecê-lo/la, Cristo quer fazer parte da sua vida e de ser feliz, uma vez que, até da minha vida, de que o meu sonho que você tenha uma comunhão com ELE. então, nenhuma relação tinha de ser feliz, daquela vez, ia realizar-se. “Simão, filho de João, tu me amas?... Jesus lhe disse: Apascenta dado certo. E aconteceu o meu Observei tudo o que o homem de as minha ovelhas” (Jo 21.15-17). Por outras palavras, aprenda a dar fundo de poço. Aquela pessoa começou a privar-me Deus estava a instruir, sacrifiquei e, no meu pedido, ou invés de ficar preocupado consigo mesmo. O egoísmo só o de tudo – não estudava, perdi todos os meus amigos detalhei o perfil da pessoa que me iria fazer feliz faz perder. Quando CRISTO pede que seja um marido fiel, um e até o meu trabalho. Foi, então, que descobri que e estipulei a data do casamento, estava tudo bem empresário bem-sucedido, um funcionário exemplar é para que aquela pessoa me traía e que era homossexual. Entrei definido. E assim aconteceu, Deus abençoou-me! O os que o rodeiam sejam apascentados, para que vejam em nós um em depressão profunda – não comia, não dormia, não maior presente que Deus me podia ter dado foi o meu exemplo de vida a seguir. É tudo o que CRISTO quer! ELE não bebia –, tentei o suicídio várias vezes. Cheguei a um esposo. Hoje, tenho a minha família e estou à espera precisa de nada nem de ninguém mas quer contar connosco. ponto que era só pele e osso, o meu cabelo caiu quase do nosso primeiro filho!” JOELMA Por seu servo em Cristo, Bp. Júlio Freitas.
  8. 8. templo maior DOMINGO 18 • ABRIL • 2010 | 5i Especial SENTE-SE de Sucesso Histórias REALIZADO? Ao fazermos esta pergunta, a maioria dos seres humanos “Decidi que queria ser responderá que não, pois, existe alguma área da sua vida que se encontra longe do ideal. Porém, poucos são aqueles dispostos a fazer algo para mudar completamente a sua empresária” existência “Cheguei muito mal ao Centro de Ajuda Espiritual,  CARLA VAZ carla.redaccao@folhadeportugal.pt LISBOA pois, apesar de trabalhar “C numa fábrica e de ganhar omo é bastante bem, quando o meu que um pai faleceu, tive de vir para pessoa se casa tomar conta da minha pode sentir mãe, que estava entrevada realizada dependendo dos numa cama, e da minha filha. Aí começaram as outros? É possível? Claro que dificuldades, pois o ordenado do meu esposo não chegava. não!”, foi com esta questão que Como era costureira, comecei a trabalhar para armazéns, o orador, Pr. Walber Barboza, mas pagavam-me muito mal. Visto que as contas para FOTOS: DIOGO ALMEIDA levou todas as pessoas presentes pagar eram muito elevadas e que eu ganhava mal, tive de no p a s s a d o C on g re s s o começar a trabalhar muito. Mas, acabei por ficar muito Financeiro a refletirem sobre doente e com uma grave depressão, chegando mesmo a a sua própria existência. Pois, tentar o suicídio. E foi assim que cheguei ao CdAE. muitos são aqueles que se Então, comecei a frequentar as reuniões, especialmente a PARTICIPE, TODAS AS SEGUNDAS-FEIRAS encontram insatisfeitos com a A QUALIDADE quer chegar. Se você não sabe direccionada para a vida financeira, isto contra a vontade sua vida, que trabalham de sol DO TRABALHO trabalhar bem para os outros, do meu marido. Até que, um dia, o pastor estava a pregar a sol e pouco recebem, que tudo “Q u a nd o vo c ê t r a b a l h a também não vai saber trabalhar e perguntou quem é que tinha coragem de dar o seu tudo fazem serem bem-sucedidos, demonstra quem realmente é! bem para si mesmo. Afinal, quem para que a sua situação se resolvesse. E eu tinha acabado mas nada acontece. Então, No trabalho, você demonstra não é bom servo não será bom de vir do armazém, onde me tinham pago o dinheiro porque é que isso acontece? quem é, o que quer e aonde senhor! Pois, não interessa só se desse mês, e, mesmo tendo as contas para pagar e a você trabalha muito ou pouco, comida para comprar, decidi dar o meu tudo. Na altura, mas também como trabalha, o pastor tinha falado para pedirmos algo impossível e eu PORTO já que é através da forma como decidi que queria ser empresária. Um mês depois, abri você faz as coisas que marca a a minha primeira loja, um local pequeno. Continuei a diferença!”, alertou o orador. De perseverar e a colocar a minha fé em prática, entregando seguida, concluiu que “apesar de novo o meu tudo a Deus. E foi assim que abri a minha de muitos trabalharem muito, segunda loja, que se tornou um dos melhores ateliers da não colocam a sua vida naquilo Baixa Banheira. Entretanto, já abri mais um negócio de que fazem. Pois para que a sua passar roupa a ferro. Sei que, entretanto, o meu desejo vida económica possa mudar, de morrer desapareceu, o meu marido que era contra você tem de colocar a sua vida o CdAE hoje vem comigo, a minha mãe foi curada e naquilo que faz”. liberta. Hoje, tenho uma vida feliz!” EMÍLIA Dizimista fiel “Agora, o meu ordenado ronda os 10 mil euros” “ ...e, se alguém me servir, o Pai o honrará.” (J OÃO 12.26) “Quando cheguei ao muito magra e a fazer exame mento, que ouvi falar do dí- Sei que mal me tinha acaba- CENTRO DE AJUDA atrás de exame. No entanto, zimo. Nessa altura, ganhava do de sentar, Deus me curou! ESPIRITUAL estava mui- a médica só sabia dizer que o o ordenado mínimo e quase Então, comecei a pensar que to doente, com uma gastrite. meu problema era no sangue, tudo o que recebia era gasto se Deus me tinha curado, não Sei que para comer amanhã que era muito grave e que não na farmácia. Mas, se a prin- ia mais trabalhar para nin- tinha de tomar remédios ho- sabia ao certo como me aju- cípio por não compreender guém. Decidi abrir a minha je, a fim de poder preparar dar. Mesmo estando assim não era fiel no dízimo, depois empresa sozinha, com ape- o meu estômago para poder tão mal, sempre tinha recu- passei a ser. Entretanto, ouvi nas a 4ª classe, e, hoje, passa- receber a comida. A médica sado os convites de uma vizi- falar na Fogueira Santa e de- dos dois anos, tenho 20 pesso- ia aumentando a medicação, nha minha para ir ao CdAE. cidi participar, deixando de as a trabalhar comigo. Agora, mas eu continuava a sentir Até que, um dia, me levantei comprar os remédios e o passe o meu ordenado ronda os muitas dores. Comecei a ficar e decidi ir. E foi, nesse mo- para fazer o meu sacrifício. 9/10 mil euros”. CELINA
  9. 9. sociedade |9 DOMINGO 18 • ABRIL • 2010 CRIANÇAS que ninguém quer Mais velhos e mais problemáticos. É este o perfil que está a impor-se entre as crianças e jovens em situação de acolhimento institucional e familiar  NILZA VAZ nilza.redaccao@folhadeportugal.pt H á cada vez mais adolescentes internados em instituições. Esta realidade prende-se ao número de pais que entregam os filhos por não conseguirem lidar com os problemas de compor ta mento destes. FOTOS: LUSA/MANUEL TELLES Os dados foram revelados pela secretária de Estado da Reabilitação, Idália Moniz. Ou seja, frisou, “as características dos jovens em acolhimento estão a mudar”. Apesar de serem menos os que estão nesta situação – o seu número realidade do acolhimento realidade e dos quais podem mesmo ser diminuiu de 15.118 em 2004 institucional nas décadas crescente”: pais vítimas”. Dos 2.187 menores para 9563 em 2009 –, a mudança anteriores”, em que este era, que solicitam que foram institucionalizados que se está operar entre eles na maioria dos casos, decidido o acolhimento em 2009, 1.163 (53 por cento) poderá tornar mais difíceis a pedido dos pais, geralmente d o s f i l ho s tinham entre dez e 18 anos. No projetos de futuro e vai exigir motivado por situações de às entidades conjunto, entre os que entraram “modelos de acolhimento mais pobreza, agora são cada vez mais competentes, no ano passado e aqueles que especializados”. os menores institucionalizados devido a já estavam em acolhimento Os dados coligidos no sem o consentimento dos seus dif icu ldades há mais de um ano (que são a Plano de Intervenção Imediata progenitores. No ano passado, na relação com maioria), 61 por cento tinham de 2009, um relatório de quase seis mil estavam em os mesmos, idades a partir dos 12 anos, o instituições na sequência nomeadamente que significa que “o acolhimento DOS 2.187 de processos instaurados por estes institucional se está a dirigir em tribunal. Muitos deles, situações de maus tratos físicos evidenciarem “comportamentos predominantemente para MENORES QUE afirma-se no relatório, estiveram e psicológicos”. disruptivos com os quais os jovens adolescentes”, conclui o ENTRARAM PARA expostos, reiteradamente, “a A par, verifica-se também “outra mesmos não conseguem lidar relatório. INSTITUIÇÕES Comportamento é o EM 2009, 1.163 TINHAM ENTRE GRANDE PROBLEMA 10 E 18 ANOS caracterização dos menores à guarda do Estado, que é elaborado anualmente pela A análise das características par- saúde mental, que poderão afectar 30 por cento das crian- Segurança Social, reflectem, ticulares associadas aos meno- ças e jovens institucionalizados. Três por cento têm uma de- diz Idália Moniz, que há um res que estão em acolhimento ficiência física. Idália Moniz lembrou que existem menores trabalho de prevenção junto foi feita agora pela primeira vez: que entraram para instituições com dias e que ainda lá estão das famílias que está já a dar 13 por cento têm problemas de 16 anos depois. “Isso quer dizer que não houve um olhar para frutos - existem cada vez comportamento graves. Esta si- estas crianças”, denunciou. Que tantas crianças não tivessem FOTO: LUSA/INÁCIO ROSA menos crianças pequenas nas tuação agrava-se na faixa etária tido alguém que lhes desenhasse um futuro é uma das nódoas instituições. Mas também dão entre os 15 e os 17 anos, mas foi maiores que Idália Moniz aponta ao passado recente. Subsis- conta de uma derrapagem nas também identificada, já de uma te outra que, segundo ela, é “urgente” mudar: a deslocaliza- relações e comportamentos. forma expressiva, no intervalo ção dos menores. Dezasseis por cento foram colocados num de idades entre os seis e os nove distrito diferente daquele a que pertence o seu agregado fa- O “ACOLHIMENTO” anos. Dos 1.221 menores com problemas de comportamen- miliar. Esta é uma situação que pode provocar sérias pertur- HOJE EM DIA to, 288 já tiveram, de algum modo, problemas com a justiça. bações emocionais e inviabilizar a possibilidade de retorno Ao contrário do que era “a Mais grave será a situação no que respeita a problemas de às famílias de origem, alerta. PUBLICIDADE
  10. 10. 10 | DOMINGO 18 • ABRIL • 2010 PORTUGAL EM XEQUE RTUGAL RTUGAL Só a pequena JUSTIÇA: A impunidade continua a fazer do quotidiano nacional, pois os corruptos ainda CORRUPÇÃO É continuam à solta nas ruas portuguesas ENTRE AS ENTIDADES QUE SE ENCONTRAM NOS LUGARES CIMEIROS DA LISTA DAS ENTIDADES COM MAIS PROCESSOS REFERENTES A CRIMES DE CORRUPÇÃO FIGURAM AS CÂMARAS MUNICIPAIS E AS FORÇAS DE SEGURANÇA  CARLA VAZ carla.redaccao@folhadeportugal.pt da abordagem ter sido feita municipais e as freguesias. “O em 52,5% dos casos por quem poder local é o principal foco de CORRUPTO = CIDADÃO COMUM D e acordo com o estudo pretende corromper e apenas em corrupção participada”, explica realizado pelo Centro 10% por parte do funcionário Para o sociólogo Luís de Sou- o estudo. Os investigadores de Investigação e público. “Os dados confirmam sa, “o corruptor tem o per- adiantaram algumas causas: o Estudos Sociológicos a perceção generalizada de que fil do comum dos cidadãos”, acréscimo de volume de negócios do Instituto Superior de Ciências o problema da corrupção em por isso, o crime só poderá ser do Trabalho e da Empresa e Portugal não resulta de uma combatido “se deixar de haver AS AUTARQUIAS SÃO pelo Departamento Central de cultura predadora por parte dos uma cultura de complacên- funcionários públicos”, cia da Sociedade”. Já do lado DOS ORGANISMOS APENAS OS OS concluiu a investigação. dos que poderão desempenhar MAIS CORRUPTOS A estes dados podemos uma ação direta no luta con- SUBORNOS DE PEQUENA ainda juntar o facto de o CELERIDADE: Pinto tra o crime, tanto a diretora do e a diversificação de intervenção lugar da abordagem não Monteiro sublinha a necessidade DCIAP, Cândida Almeida, co- das câmaras, a confusão e MONTA SE ENCONTRAM da rapidez da Justiça ser o lugar de trabalho do mo Pinto Monteiro, procurador- a complexidade normativa A SER JULGADOS alvo da corrupção, mas geral da República, sublinharam a necessidade de existirem em diversos campos, como o sim o do corruptor ativo, mais meios para as polícias criminais e uma melhor coorde- urbanismo ou o licenciamento Investigação e Acção Penal, que em 35,1% dos casos. nação entre as diversas entidades envolvidas na investiga- comerc ia l, que gera m teve como base uma amostra de ção e da administração pública. Mas, para que isso aconte- “negociação” interpretativa da 838 processos entre 2004 e 2008, OS LÍDERES ça, é preciso vontade política, sublinhou Pinto Monteiro. “O lei e da disciplina a aplicar. na maioria dos casos, o suborno Durante o período em questão, Ministério Público só responde pelo que pode fazer. Não ficou-se por valores baixos, que as autarquias locais surgiram a podemos esperar por um exame contabilístico um ano e PREVENÇÃO oscilavam entre os 100 e os 500 liderar a lista dos organismos meio, não podemos esperar por um exame aos fluxos fi- A fim de prevenir a continuidade euros. públicos onde se verificou nanceiros durante dois anos, não podemos esperar por um de tais situações, o presidente Uma das novidades que esta mais casos de corrupção, com exame grafológico um ano”. O PGR quis com isto dizer que do Tribunal de Contas, deixou análise trouxe foi o facto de, nos 68,9% dos processos registados; “não há inocentes no processo da Justiça”, tendo toda a um conselho: “É indispensável atos de corrupção, a iniciativa seguindo-se as empresas gente que intervém “a sua quota parte da culpa”. combater a burocracia e evitar que haja legislação muito NA ADMINISTRAÇÃO complexa. A lei tem de ser clara e a prova tem de CENTRAL DO ESTADO, ser fácil”. A LISTA É CHEFIADA DE NORTE A SUL PELOS ORGANISMOS A nível de distribuição LIGADOS AO MINISTÉRIO geográfica, os distritos do Porto (38,5%) e DA ADMINISTRAÇÃO de Lisboa (29,7%) INTERNA, apresentam dois terços dos processo instituídos. ESPECIALMENTE OS O estudo conclui, ainda, RELACIONADOS COM que mais de metade dos casos acabam CASOS DE CORRUPÇÃO em arquivamento e NAS FORÇAS DE todos com os mesmos fundamentos : falta SEGURANÇA, PSP E GNR de provas.
  11. 11. portugal em xeque DOMINGO 18• ABRIL • 2010 | 11 E que “PASSOS” seguirá o PSD daqui para frente? O novo líder social-democrata foi eleito a 26 de Março de 2010, com 61% dos votos dos militantes do PSD, e entre os dias 9 e 11 de Abril foi a sua “consagração” no XXXIII Congresso “Laranja”, em Carcavelos  JOÃO FILIPE direccao@folhadeportugal.pt Lusíada de Lisboa; passou pelo que vai tempo de ouvir o discurso PP, o comentário proferido no Parlamento como deputado conseguir do novo líder, que classificou fim do congresso, teve como F oi com a palavra de e vice-presidente da bancada reunir em como: “um discurso de objetivo espicaçar dois partidos ordem “Mudar”, parlamentar; concorreu à torno de grande esperança no futuro de uma só vez: “é bom ver que a e também título Câmara da Amadora, onde foi si todas as e que qualquer um de nós mensagem do CDS vai fazendo do seu livro, que vereador sem pelouro; e esteve vertentes fica à espera de ter todos o seu caminho porque, em Pedro Passos Coelho entrou na vice-presidência de Marques unidos, não em grande parte das propostas, pela segunda vez na corrida Mendes. vimos o CDS. Tantas vezes, o à liderança social-democrata, PS e o PSD estiveram contra conseguindo um resultado IDEIAS! elas, e agora são adotadas e expressivo e deixando o seu Apresent a como proclamadas. Não vemos isso principal concorrente, Paulo pensamento mais com nenhum rancor”. Rangel, em segundo lugar, com for te a pouco mais de 30% dos votos. Francisco Assis – Líder Parlamentar do PS BREVE BIOGRAFIA A s s i s e s t e ve a O agora líder laranja passou a representar o PS no sua infância em Angola, onde encerramento do o pai, António Passos Coelho, XXXIII congresso exercia Medicina. Tendo do PSD, onde o lema depois voltado para Portugal, foi “Mudar”, tendo estabelecendo-se em Vila Real, ficado com ar impávido onde fez a sua carreira académica r e v i s ã o e sereno diante e teve o seu primeiro contato constitucional, do novo líder com o mundo político, visto o com o intuito de laranja: “para seu progenitor ser, na altura, o poder terminar PEDRO PASSOS nós isso não presidente da distrital laranja com a nomeação COELHO: O novo constitui uma lider do PSD quer de Vila Real. Acompanhou o para cargos trazer "sangue" prioridade, pai aos primeiros congressos públicos de topo por novo para a politica, nós sabemos a dúvida agora do então PPD, sob a liderança cor partidária, para que é saber como irá que a atual de Francisco Sá Carneiro, como sejam nomeados pela ele combater a Assembleia o próprio conta no seu livro, competência profissional oposição interna da República e, desde os 14 anos, ajudou a ou académica. tem poderes colar cartazes em campanhas Durante o seu discurso constituintes. Havia até agora eleitorais. de encerramento do um consenso sobre a vantagem Chegou ao consel ho Congresso, sem nunca ter feito laranja? Vamos esperar para de iniciar esse processo após as nacional da JSD em 1980, onde referência ao Engenheiro José ver, então, qual será o rumo eleições presidenciais, para nós permaneceu durante dois anos; Sócrates, apresentou críticas que escolheu para o “seu” PSD; não constitui uma prioridade”. foi presidente dos “laranjinhas” às políticas do Executivo e observar que alterações pode entre 1990 e 1995, enfrentando apresentou as suas ideias para trazer para o panorama político vários problemas com o o futuro, de entre as quais são nacional; como irá reagir o governo PSD de Cavaco Silva; e de salientar: o desejo de que seja Governo de maioria relativa; quando o Executivo introduziu o eleitorado a fazer as escolhas como será a sua relação com o as propinas no ensino superior, de quem deseja ver à frente dos líder da bancada parlamentar; Passos Coelho viu-se entre a ministérios, de um maior rigor e já que não é deputado, como “espada e a parede”, pois, se por na fiscalização dos subsídios de irá fazer a sua “batalha” política um lado, tinha o dever de apoiar desemprego e do rendimento com José Sócrates. a luta estudantil, por outro, mínimo de inserção. FOTOS: LUSA/TIAGO PETINGA/ tinha a posição do seu partido, Passos Coelho parece ter OPINIÕES manifestações, mas no combate tendo conseguido na época que ressuscitado o espírito de união Manuela Ferreira Leite – PSD a este Governo, no combate à as propinas viessem a fazer parte no PSD. Mas o que resta saber A antiga líder do PSD apenas ação do engenheiro Sócrates”. das deduções fiscais. Em 2001, é até quando? Será que vai participou no último dia do terminou a sua licenciatura em aguentar o “estado de graça” até Congresso, tendo chegado Nuno Melo – CDS/PP Economia, na Universidade ao próximo ato eleitoral? Será por volta das 13horas, ainda a Para o eurodeputado do CDS/
  12. 12. 12 | DOMINGO 11 • ABRIL • 2010 reportagem especial OS RISCOS DAS “PULSEIRAS DO SEXO”  CARLA VAZ carla.redaccao@folhadeportugal.pt Para quem olha para elas, até podem parecer um simples adereço, porém, as suas variadas cores têm conotações sexuais. Estas pulseiras são a nova moda nas E mbora pareçam escolas primárias e secundárias do Reino Unido e do Brasil, tendo já terminado pulseiras coloridas em crime inofensivas, já o significado das suas cores revela uma conotaÀП

×