Soluções Sustentáveis e Práticas Socioambientais no Gerenciamento de Resíduos da Light SESA
Equipes do Projeto de P&D Light Max Souza Pereira – Gerente do P&D Fabiana Fioretti Milton Neves  CEFEN - UERJ Carlos Edua...
Projeto de P&D 030/2008 <ul><li>Concepção </li></ul><ul><li>Proposta de  melhoria da qualidade do Modelo de Gerenciamento ...
Objetivos do Projeto de P&D <ul><ul><li>Buscar  Soluções Alternativas,  no PGR, com base em critérios econômicos e socioam...
Gerenciamento Integrado de Resíduos  Indicadores Ambientais GRI Resíduos Perigosos Resíduos da Logística Reversa ESSENCIAL...
Etapas do Projeto de P&D <ul><li>Diagnóstico  (classificação, origem e quantidade) dos  resíduos recicláveis, perigosos e ...
Resíduos Recicláveis Central de Resíduos Recicláveis – Segregação Qualificada
Resíduos Perigosos <ul><li>Central de Resíduos Perigosos de Palmares </li></ul><ul><li>Óleo mineral inservível </li></ul><...
Resíduos Perigosos <ul><li>Central de Resíduos Perigosos de Palmares </li></ul>Figura 4 Em dezembro de 2007, o antigo galp...
Resíduos da Logística Reversa <ul><li>cabos e condutores </li></ul><ul><li>isoladores cerâmicos </li></ul><ul><li>ferragen...
Gerenciamento Integrado de Resíduos
Resíduos Recicláveis Indicadores de Resíduos Recicláveis por Tipo (GRI)
Resíduos Recicláveis
Resíduos Perigosos
Pesquisa Socioambiental I <ul><li>Pesquisa de  avaliação técnica dos colaboradores terceirizados  (serviços gerais e manut...
Pesquisa Socioambiental II <ul><li>Avaliação do grau de  sensibilização ambiental dos funcionários  e participação nos pro...
Resultado da Pesquisa Socioambiental
Resultado da Pesquisa Socioambiental
Resultado da Pesquisa Socioambiental
Pesquisas Socioambientais I e II <ul><li>Capacitação e Treinamento </li></ul><ul><ul><ul><li>Ciclo de palestras  </li></ul...
Principais Soluções Alternativas e  Práticas Sustentáveis <ul><li>Substituição do  óleo mineral por óleo vegetal  nos tran...
Conclusões <ul><li>O perfil socioambiental dos funcionários da Light revelou uma  carência de informações ambientais  e  i...
FIM Carlos Eduardo Leal – ceduardo_leal@yahoo.com.br Max Pereira de Souza – max.psouza@light.com.br
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

17.ago ametista 14.00_307_light

722 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
722
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
190
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

17.ago ametista 14.00_307_light

  1. 1. Soluções Sustentáveis e Práticas Socioambientais no Gerenciamento de Resíduos da Light SESA
  2. 2. Equipes do Projeto de P&D Light Max Souza Pereira – Gerente do P&D Fabiana Fioretti Milton Neves CEFEN - UERJ Carlos Eduardo Leal – Coordenador do P&D Daniel Vianna José Carlos Xavier Júlio Nichioka Lidia Alves Leal Luis Chiganer Marco Aurélio Moreira Priscila Nicolau
  3. 3. Projeto de P&D 030/2008 <ul><li>Concepção </li></ul><ul><li>Proposta de melhoria da qualidade do Modelo de Gerenciamento de Resíduos da Light para atender o compromisso com a sustentabilidade. </li></ul><ul><li>Implantação de práticas voltadas para a promoção da mudança de comportamento dos empregados em relação aos aspectos socioambientais. </li></ul><ul><li>Projeto Piloto nas Unidades Rua Larga e Frei Caneca </li></ul>Soluções Sustentáveis e Práticas Socioambientais no Gerenciamento de Resíduos da Light SESA
  4. 4. Objetivos do Projeto de P&D <ul><ul><li>Buscar Soluções Alternativas, no PGR, com base em critérios econômicos e socioambientais. </li></ul></ul><ul><ul><li>Implementar Práticas Socioambientais visando a mudança de comportamento dos empregados da empresa, prestadores de serviço e comunidades. </li></ul></ul><ul><ul><li>Desenvolver Inovações Metodológicas , no PGR, para a elaboração de Indicadores de Sustentabilidade. </li></ul></ul>
  5. 5. Gerenciamento Integrado de Resíduos Indicadores Ambientais GRI Resíduos Perigosos Resíduos da Logística Reversa ESSENCIAL EN 22 – Total por Classe e Destinação ESSENCIAL EN 24 – Peso de Resíduos Perigosos Tratados Resíduos Recicláveis
  6. 6. Etapas do Projeto de P&D <ul><li>Diagnóstico (classificação, origem e quantidade) dos resíduos recicláveis, perigosos e de logística reversa . </li></ul><ul><li>Construção do Perfil Socioambiental dos empregados e colaboradores </li></ul><ul><li>Pesquisa por Soluções Alternativas </li></ul><ul><li>Apresentação de Práticas Sustentáveis para o uso eficiente de insumo e matéria prima </li></ul>
  7. 7. Resíduos Recicláveis Central de Resíduos Recicláveis – Segregação Qualificada
  8. 8. Resíduos Perigosos <ul><li>Central de Resíduos Perigosos de Palmares </li></ul><ul><li>Óleo mineral inservível </li></ul><ul><li>Brita e Solo contaminados </li></ul><ul><li>Lâmpadas fluorescentes </li></ul><ul><li>EPIs e EPCs contaminados </li></ul><ul><li>Sólidos contaminados </li></ul>
  9. 9. Resíduos Perigosos <ul><li>Central de Resíduos Perigosos de Palmares </li></ul>Figura 4 Em dezembro de 2007, o antigo galpão de resíduos de ascarel de Palmares foi submetido a uma reforma nas suas instalações e adequação para uma nova central de resíduos classes I.
  10. 10. Resíduos da Logística Reversa <ul><li>cabos e condutores </li></ul><ul><li>isoladores cerâmicos </li></ul><ul><li>ferragens </li></ul><ul><li>cobre </li></ul><ul><li>alumínio </li></ul><ul><li>plásticos </li></ul><ul><li>madeiras </li></ul><ul><li>vidros </li></ul><ul><li>papel e papelão </li></ul>
  11. 11. Gerenciamento Integrado de Resíduos
  12. 12. Resíduos Recicláveis Indicadores de Resíduos Recicláveis por Tipo (GRI)
  13. 13. Resíduos Recicláveis
  14. 14. Resíduos Perigosos
  15. 15. Pesquisa Socioambiental I <ul><li>Pesquisa de avaliação técnica dos colaboradores terceirizados (serviços gerais e manutenção predial) que atuam no Programa de Gerenciamento de Resíduos </li></ul><ul><li>Metodologia – Pesquisa Presencial </li></ul><ul><ul><li>Questionário </li></ul></ul><ul><li>Diagnóstico quanto ao conhecimento de normas e práticas de manuseio, coleta e descarte de resíduos recicláveis e perigosos </li></ul>
  16. 16. Pesquisa Socioambiental II <ul><li>Avaliação do grau de sensibilização ambiental dos funcionários e participação nos projetos socioambientais desenvolvidos pela empresa </li></ul><ul><li>Metodologia - Pesquisa on line http:// spreadsheets.google.com/viewform?formkey =dEYteFlmOC1FcHpNemVNb3ZmR2F0aFE6MA </li></ul><ul><li>Questionário </li></ul><ul><ul><ul><li>Dados gerais do entrevistado </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Visão global dos problemas ambientais </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Visão socioambiental na empresa </li></ul></ul></ul>
  17. 17. Resultado da Pesquisa Socioambiental
  18. 18. Resultado da Pesquisa Socioambiental
  19. 19. Resultado da Pesquisa Socioambiental
  20. 20. Pesquisas Socioambientais I e II <ul><li>Capacitação e Treinamento </li></ul><ul><ul><ul><li>Ciclo de palestras </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Oficinas de reciclagem </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Elaboração de material educativo </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Atividades práticas de educação ambiental </li></ul></ul></ul>
  21. 21. Principais Soluções Alternativas e Práticas Sustentáveis <ul><li>Substituição do óleo mineral por óleo vegetal nos transformadores elétricos </li></ul><ul><li>Descontaminação de brita com óleo por meio de produtos químicos atóxicos e biodegradáveis </li></ul><ul><li>Reutilização de banners para confecção de ecobags </li></ul><ul><li>Beneficiamento da madeira proveniente de podas na forma de briquetes e cavacos </li></ul><ul><li>Adoção de boas práticas de sustentabilidade no uso e descarte de lâmpadas fluorescentes </li></ul>
  22. 22. Conclusões <ul><li>O perfil socioambiental dos funcionários da Light revelou uma carência de informações ambientais e incertezas conceituais , porém demonstrou disposição para efetivar mudança de conduta ambiental. </li></ul><ul><li>Necessidade de engajamento de vários setores , tais como: Meio Ambiente, Comunicação, Serviços Gerais, Treinamento, Logística de Materiais e Responsabilidade Social. </li></ul><ul><li>Pesquisa de consumo de copos plásticos descartáveis revelou que cada empregado consome cerca de mil copos/ano. Tal resultado desencadeou a necessidade de uma campanha interna de consumo responsável. </li></ul><ul><li>A Ferramenta GIR demonstrou ser eficaz à obtenção de indicadores EN 22 e EN24, além de atendimento às exigências legais estabelecidas pela Lei 12.305/2010 que instituiu a nova Política Nacional de Resíduos Sólidos . </li></ul><ul><li>Necessidade de continuidade da pesquisa visando a implementação da metodologia desenvolvida nas demais unidades da empresa. </li></ul>
  23. 23. FIM Carlos Eduardo Leal – ceduardo_leal@yahoo.com.br Max Pereira de Souza – max.psouza@light.com.br

×