SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 21
Baixar para ler offline
O Conhecimento e a Tecnologia para o Desenvolvimento Sustentável. Alianças para a Inovação Social
Mostrar tendências novas que estão surgindo no âmbito da inovação para a sustentabilidade, e refletir sobre as implicações que podem ter no desenho do Centro Xingó e de seus programas. 
OBJETIVO
Xingó (re)nasce 
CONTEXTO
Xingó (re)nasce em um contexto de crescentes restrições 
Crescer sem limites 
Os limites do crescimento 
Crescer dentro dos limites 
“Quando a realidade está mudando mais rápido que a teoria, um certo grau de nervosismo parece uma resposta razoável” 
The Economist
Xingó (re)nasce em um contexto de crescentes aspirações 
População urbana (Unicef)
“The story is one of growth in populations 
and consumption (in most countries) compounded 
by inertia stemming from inadequate governance 
and policy responses. The result is degradation 
of the environment and social stress.”
Xingó (re)nasce em um mundo hiperconectado 
(Global RisksWorld Economic Forum)
Novos espaços e modelos 
Resolvem uma necesidade social ao mesmo tempo em que aumentam a capacidade da sociedade para atuar (UE, 2013)
Ecossistema de apoio
CARACTERÍSTICAS DOS NOVOS ESPAÇOS DE INOVAÇÃO SOCIAL PARA A SUSTENTABILIDADE 
7
Redesenham as cadeias de oferta de produtos e serviços 
1
2 
Utilizam tecnologias existentes que se combinam de maneira inovadora
Raiz local, conexão com redes globais: “rooted cosmopolitans” 
3 
“Luz em casa”, energia sustentável AMP
Desenham espaços que promovem uma cultura de experimentação e aprendizado permanente 
4
São intensivos em cooperação e alianças 
5
Suas estratégias de difusão e ampliação de escala seguem novos modelos 
6 
Re-aplicabilidade 
Replicabilidade
Os processos de desenho de soluções também são processos de criação de novos significados (“sense- making”) 
7 
(Manzini, 2014) 
Desenho especializado 
Desenho difuso 
Resolução de problemas 
“Sense making” 
Agentes de desenho e tecnologia 
Agentes de desenho e comunicação 
Organizações de base 
Ativistas culturais 
TENDÊNCIAS EMERGENTES
Centro Xingó 
IDEIAS PARA O
•Fortes raízes locais respondendo a demandas das comunidades e estimulando novas possibilidades 
•Mais que infraestrutura física: um espaço de convergência de instituições 
•Incubadora e aceleradora de inovações sociais 
•Rede internacional ativa com orientação prática 
•Estrutura de gestão ágil e com alta capacidade de aprendizagem e adaptação 
VISÃO
•De gestão da rede 
•Sustentabilidade dos programas 
•Comunicação e visibilidade 
•Atração de investimentos 
DESAFIOS
www.itd.upm.es - itd@upm.es 
@itdupm 
itdupm

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a O Conhecimento e a Tecnologia para o Desenvolvimento Sustentável. Alianças para a Inovação Social

Aula de Empreendedorismo Social Unibrasil - Tecnologias Sociais
Aula de Empreendedorismo Social Unibrasil - Tecnologias SociaisAula de Empreendedorismo Social Unibrasil - Tecnologias Sociais
Aula de Empreendedorismo Social Unibrasil - Tecnologias SociaisProf. Leonardo Rocha
 
24zaresoares
24zaresoares24zaresoares
24zaresoarescbsaf
 
R1 Pensamento Sistemico Cdi 18fev2010
R1   Pensamento Sistemico   Cdi  18fev2010R1   Pensamento Sistemico   Cdi  18fev2010
R1 Pensamento Sistemico Cdi 18fev2010paulafdc
 
Teia deEmpreendedores com impacto na sociedade
Teia deEmpreendedores com impacto na sociedadeTeia deEmpreendedores com impacto na sociedade
Teia deEmpreendedores com impacto na sociedademinasinvest
 
O profissional da informação na sociedade do conhecimento mediadores e intera...
O profissional da informação na sociedade do conhecimento mediadores e intera...O profissional da informação na sociedade do conhecimento mediadores e intera...
O profissional da informação na sociedade do conhecimento mediadores e intera...Monitor Científico FaBCI
 
TEIAS APRESENTACAO
TEIAS APRESENTACAOTEIAS APRESENTACAO
TEIAS APRESENTACAOminasinvest
 
180hub - Inovação x Educação
180hub - Inovação x Educação180hub - Inovação x Educação
180hub - Inovação x EducaçãoGuilherme Sarkis
 
CAIS-Centro de Apoio a Inovacao Social
CAIS-Centro de Apoio a Inovacao SocialCAIS-Centro de Apoio a Inovacao Social
CAIS-Centro de Apoio a Inovacao SocialCarolina de Andrade
 
Enit oportunidades e desafios do empreendedorismo catarinense final
Enit   oportunidades e desafios do empreendedorismo catarinense finalEnit   oportunidades e desafios do empreendedorismo catarinense final
Enit oportunidades e desafios do empreendedorismo catarinense finalAntônio Diomário de Queiroz
 
Contribuição da FAPESC para o desenvolvimento de Santa Catarina
Contribuição da FAPESC para o desenvolvimento de Santa CatarinaContribuição da FAPESC para o desenvolvimento de Santa Catarina
Contribuição da FAPESC para o desenvolvimento de Santa CatarinaAntônio Diomário de Queiroz
 
Smart Cities e Design Estratégico - Hacktown 2018
Smart Cities e Design Estratégico - Hacktown 2018Smart Cities e Design Estratégico - Hacktown 2018
Smart Cities e Design Estratégico - Hacktown 2018Arco | Hub de Inovação
 
Grau de inovação de centros culturais com inserção comunitária no estado...
Grau de inovação de centros culturais com inserção comunitária no estado...Grau de inovação de centros culturais com inserção comunitária no estado...
Grau de inovação de centros culturais com inserção comunitária no estado...Ricardo Ruiz
 
Ativos Socioculturais e Interconexão - Piracicaba e Limeira
Ativos Socioculturais e Interconexão - Piracicaba e LimeiraAtivos Socioculturais e Interconexão - Piracicaba e Limeira
Ativos Socioculturais e Interconexão - Piracicaba e LimeiraAndré Martinez
 

Semelhante a O Conhecimento e a Tecnologia para o Desenvolvimento Sustentável. Alianças para a Inovação Social (20)

Aula de Empreendedorismo Social Unibrasil - Tecnologias Sociais
Aula de Empreendedorismo Social Unibrasil - Tecnologias SociaisAula de Empreendedorismo Social Unibrasil - Tecnologias Sociais
Aula de Empreendedorismo Social Unibrasil - Tecnologias Sociais
 
24zaresoares
24zaresoares24zaresoares
24zaresoares
 
R1 Pensamento Sistemico Cdi 18fev2010
R1   Pensamento Sistemico   Cdi  18fev2010R1   Pensamento Sistemico   Cdi  18fev2010
R1 Pensamento Sistemico Cdi 18fev2010
 
Teia deEmpreendedores com impacto na sociedade
Teia deEmpreendedores com impacto na sociedadeTeia deEmpreendedores com impacto na sociedade
Teia deEmpreendedores com impacto na sociedade
 
O profissional da informação na sociedade do conhecimento mediadores e intera...
O profissional da informação na sociedade do conhecimento mediadores e intera...O profissional da informação na sociedade do conhecimento mediadores e intera...
O profissional da informação na sociedade do conhecimento mediadores e intera...
 
TEIAS APRESENTACAO
TEIAS APRESENTACAOTEIAS APRESENTACAO
TEIAS APRESENTACAO
 
180hub - Inovação x Educação
180hub - Inovação x Educação180hub - Inovação x Educação
180hub - Inovação x Educação
 
Apresentação CAIS - Centro de Apoio a Inovação Social
Apresentação CAIS - Centro de Apoio a Inovação SocialApresentação CAIS - Centro de Apoio a Inovação Social
Apresentação CAIS - Centro de Apoio a Inovação Social
 
CAIS-Centro de Apoio a Inovacao Social
CAIS-Centro de Apoio a Inovacao SocialCAIS-Centro de Apoio a Inovacao Social
CAIS-Centro de Apoio a Inovacao Social
 
Conhecimento e Complexidade
Conhecimento e ComplexidadeConhecimento e Complexidade
Conhecimento e Complexidade
 
Empregabilidade no mundo contemporâneo
Empregabilidade no mundo contemporâneoEmpregabilidade no mundo contemporâneo
Empregabilidade no mundo contemporâneo
 
Enit oportunidades e desafios do empreendedorismo catarinense final
Enit   oportunidades e desafios do empreendedorismo catarinense finalEnit   oportunidades e desafios do empreendedorismo catarinense final
Enit oportunidades e desafios do empreendedorismo catarinense final
 
Sustentabilidade 2.0
Sustentabilidade 2.0Sustentabilidade 2.0
Sustentabilidade 2.0
 
empreendedorismo pelo IES
empreendedorismo pelo IESempreendedorismo pelo IES
empreendedorismo pelo IES
 
Contribuição da FAPESC para o desenvolvimento de Santa Catarina
Contribuição da FAPESC para o desenvolvimento de Santa CatarinaContribuição da FAPESC para o desenvolvimento de Santa Catarina
Contribuição da FAPESC para o desenvolvimento de Santa Catarina
 
Smart Cities e Design Estratégico - Hacktown 2018
Smart Cities e Design Estratégico - Hacktown 2018Smart Cities e Design Estratégico - Hacktown 2018
Smart Cities e Design Estratégico - Hacktown 2018
 
Grau de inovação de centros culturais com inserção comunitária no estado...
Grau de inovação de centros culturais com inserção comunitária no estado...Grau de inovação de centros culturais com inserção comunitária no estado...
Grau de inovação de centros culturais com inserção comunitária no estado...
 
Ativos Socioculturais e Interconexão - Piracicaba e Limeira
Ativos Socioculturais e Interconexão - Piracicaba e LimeiraAtivos Socioculturais e Interconexão - Piracicaba e Limeira
Ativos Socioculturais e Interconexão - Piracicaba e Limeira
 
Hub Escola de Verão
Hub Escola de VerãoHub Escola de Verão
Hub Escola de Verão
 
1 cultura de projecto
1   cultura de projecto1   cultura de projecto
1 cultura de projecto
 

Mais de Innovation and Technology for Development Centre

Mais de Innovation and Technology for Development Centre (20)

Presentación Antonio Zarate- Jornada.pptx
Presentación Antonio Zarate- Jornada.pptxPresentación Antonio Zarate- Jornada.pptx
Presentación Antonio Zarate- Jornada.pptx
 
Presentación Carlos Gregorio Jornada .pptx
Presentación Carlos Gregorio Jornada .pptxPresentación Carlos Gregorio Jornada .pptx
Presentación Carlos Gregorio Jornada .pptx
 
Presentación Julián Briz. Jornada 23 mayo.pptx
Presentación Julián Briz. Jornada 23 mayo.pptxPresentación Julián Briz. Jornada 23 mayo.pptx
Presentación Julián Briz. Jornada 23 mayo.pptx
 
Enfoques de portafolio para la innovación: Navegar por la complejidad de los ...
Enfoques de portafolio para la innovación: Navegar por la complejidad de los ...Enfoques de portafolio para la innovación: Navegar por la complejidad de los ...
Enfoques de portafolio para la innovación: Navegar por la complejidad de los ...
 
Dialogo (im)probable. ¿Cómo aumentar la aportación de electricidad renovable ...
Dialogo (im)probable. ¿Cómo aumentar la aportación de electricidad renovable ...Dialogo (im)probable. ¿Cómo aumentar la aportación de electricidad renovable ...
Dialogo (im)probable. ¿Cómo aumentar la aportación de electricidad renovable ...
 
La dimensión democrática de la transición justa
La dimensión democrática de la transición justaLa dimensión democrática de la transición justa
La dimensión democrática de la transición justa
 
Colaboración para la transición climática urbana en Ucrania
Colaboración para la transición climática urbana en UcraniaColaboración para la transición climática urbana en Ucrania
Colaboración para la transición climática urbana en Ucrania
 
Filantropía comunitaria para fortalecer vínculos desde lo local
Filantropía comunitaria para fortalecer vínculos desde lo localFilantropía comunitaria para fortalecer vínculos desde lo local
Filantropía comunitaria para fortalecer vínculos desde lo local
 
Por una mejor calidad de aire
Por una mejor calidad de airePor una mejor calidad de aire
Por una mejor calidad de aire
 
Patios y entornos escolares
Patios y entornos escolaresPatios y entornos escolares
Patios y entornos escolares
 
Entornos escolares como motores de cambio hacia la acción climática
Entornos escolares como motores de cambio hacia la acción climáticaEntornos escolares como motores de cambio hacia la acción climática
Entornos escolares como motores de cambio hacia la acción climática
 
Hacia un sistema de movilidad urbana sostenible
Hacia un sistema de movilidad urbana sostenibleHacia un sistema de movilidad urbana sostenible
Hacia un sistema de movilidad urbana sostenible
 
Agricultura Urbana Integral
Agricultura Urbana IntegralAgricultura Urbana Integral
Agricultura Urbana Integral
 
Agricultura urbana en altura
Agricultura urbana en alturaAgricultura urbana en altura
Agricultura urbana en altura
 
Infraestructuras verdes urbanas en España. Realidades y percepciones. Agricul...
Infraestructuras verdes urbanas en España. Realidades y percepciones. Agricul...Infraestructuras verdes urbanas en España. Realidades y percepciones. Agricul...
Infraestructuras verdes urbanas en España. Realidades y percepciones. Agricul...
 
Timber Demand Study Report. Structures and façade - HCC EU CINCO
Timber Demand Study Report. Structures and façade - HCC EU CINCOTimber Demand Study Report. Structures and façade - HCC EU CINCO
Timber Demand Study Report. Structures and façade - HCC EU CINCO
 
Bio-based Construction. An illustrative economic and environmental impact ana...
Bio-based Construction. An illustrative economic and environmental impact ana...Bio-based Construction. An illustrative economic and environmental impact ana...
Bio-based Construction. An illustrative economic and environmental impact ana...
 
EDIFICIOS CON MATERIALES BIOLÓGICOS Y DISEÑO CIRCULAR PARA CIUDADES SALUDABLE...
EDIFICIOS CON MATERIALES BIOLÓGICOS Y DISEÑO CIRCULAR PARA CIUDADES SALUDABLE...EDIFICIOS CON MATERIALES BIOLÓGICOS Y DISEÑO CIRCULAR PARA CIUDADES SALUDABLE...
EDIFICIOS CON MATERIALES BIOLÓGICOS Y DISEÑO CIRCULAR PARA CIUDADES SALUDABLE...
 
Descarbonización y salud: una agenda en común_ISGlobal
Descarbonización y salud: una agenda en común_ISGlobalDescarbonización y salud: una agenda en común_ISGlobal
Descarbonización y salud: una agenda en común_ISGlobal
 
Claves para acelerar la descarbonización de las ciudades_Iberdrola
Claves para acelerar la descarbonización de las ciudades_IberdrolaClaves para acelerar la descarbonización de las ciudades_Iberdrola
Claves para acelerar la descarbonización de las ciudades_Iberdrola
 

O Conhecimento e a Tecnologia para o Desenvolvimento Sustentável. Alianças para a Inovação Social

  • 1. O Conhecimento e a Tecnologia para o Desenvolvimento Sustentável. Alianças para a Inovação Social
  • 2. Mostrar tendências novas que estão surgindo no âmbito da inovação para a sustentabilidade, e refletir sobre as implicações que podem ter no desenho do Centro Xingó e de seus programas. OBJETIVO
  • 4. Xingó (re)nasce em um contexto de crescentes restrições Crescer sem limites Os limites do crescimento Crescer dentro dos limites “Quando a realidade está mudando mais rápido que a teoria, um certo grau de nervosismo parece uma resposta razoável” The Economist
  • 5. Xingó (re)nasce em um contexto de crescentes aspirações População urbana (Unicef)
  • 6. “The story is one of growth in populations and consumption (in most countries) compounded by inertia stemming from inadequate governance and policy responses. The result is degradation of the environment and social stress.”
  • 7. Xingó (re)nasce em um mundo hiperconectado (Global RisksWorld Economic Forum)
  • 8. Novos espaços e modelos Resolvem uma necesidade social ao mesmo tempo em que aumentam a capacidade da sociedade para atuar (UE, 2013)
  • 10. CARACTERÍSTICAS DOS NOVOS ESPAÇOS DE INOVAÇÃO SOCIAL PARA A SUSTENTABILIDADE 7
  • 11. Redesenham as cadeias de oferta de produtos e serviços 1
  • 12. 2 Utilizam tecnologias existentes que se combinam de maneira inovadora
  • 13. Raiz local, conexão com redes globais: “rooted cosmopolitans” 3 “Luz em casa”, energia sustentável AMP
  • 14. Desenham espaços que promovem uma cultura de experimentação e aprendizado permanente 4
  • 15. São intensivos em cooperação e alianças 5
  • 16. Suas estratégias de difusão e ampliação de escala seguem novos modelos 6 Re-aplicabilidade Replicabilidade
  • 17. Os processos de desenho de soluções também são processos de criação de novos significados (“sense- making”) 7 (Manzini, 2014) Desenho especializado Desenho difuso Resolução de problemas “Sense making” Agentes de desenho e tecnologia Agentes de desenho e comunicação Organizações de base Ativistas culturais TENDÊNCIAS EMERGENTES
  • 19. •Fortes raízes locais respondendo a demandas das comunidades e estimulando novas possibilidades •Mais que infraestrutura física: um espaço de convergência de instituições •Incubadora e aceleradora de inovações sociais •Rede internacional ativa com orientação prática •Estrutura de gestão ágil e com alta capacidade de aprendizagem e adaptação VISÃO
  • 20. •De gestão da rede •Sustentabilidade dos programas •Comunicação e visibilidade •Atração de investimentos DESAFIOS
  • 21. www.itd.upm.es - itd@upm.es @itdupm itdupm