LAÇOS ESPIRITUAIS

6.983 visualizações

Publicada em

Palestra ministrada no Centro Espírita André Luiz. Imperatriz - MA. 2012.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.983
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
222
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

LAÇOS ESPIRITUAIS

  1. 1. Reunião Pública“Laços espirituais” Isnande Barros Imperatriz - MA 2012
  2. 2. LAÇOS ESPIRITUAISFamília espiritual Família corporal
  3. 3. LAÇOS ESPIRITUAIS“Entretanto, tendo vindo sua mãe e seus irmãos e conservando-se do lado de fora, mandaram chamá-lo. – Ora, o povo se assentara em torno dele e lhe disseram: Tua mãe e teus irmãos estãolá fora e te chamam. – Ele lhes respondeu: Quem é minha mãe e quem são meus irmãos? E, perpassando o olhar pelos que estavam assentados ao seu derredor, disse: Eis aqui minha mãe e meus irmãos; – pois, todo aquele que faz a vontade de Deus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe”. MARCOS, 3:20-21 e 31 a 35; MATEUS, 12:46 a 50.)
  4. 4. LAÇOS ESPIRITUAIS“Os verdadeiros laços de família não são, pois, os da consanguinidade, mas os da simpatia e da comunhão de pensamentos que unem os Espíritos antes, durante e após a sua encarnação. De onde se segue que dois seres nascidos de pais diferentes, podem ser mais irmãos pelo Espírito do que se o fossem pelo sangue; podem se atrair, se procurar, comprazerem-se juntos, enquanto que dois irmãos consanguíneos podem se repelir, como se vê todos os dias; problema moral que só o Espiritismo podia resolver pela pluralidade das existências”. Evangelho Segundo o Espiritismo, capítulo 14, item 08.
  5. 5. LAÇOS ESPIRITUAISHá pessoas que, do fato de os animais ao cabo de certo tempo abandonarem suas crias, deduzem não serem os laços de família, entre os homens, mais do que resultado dos costumes sociais e não efeito de uma lei da Natureza. Que devemos pensar a esse respeito?“Diverso do dos animais é o destino do homem. Por que, então, quererem identificá-lo com estes? Há no homem alguma coisa mais, além das necessidades físicas: há a necessidade de progredir. Os laços sociais são necessários ao progresso e os de família mais apertados tornam os primeiros. Eis por que os segundos constituem uma lei da Natureza. Quis Deus que, por essa forma, os homens aprendessem a amar- se como irmãos.” Questão 774, do Livro dos Espíritos.
  6. 6. LAÇOS ESPIRITUAISQual seria, para a sociedade, o resultado do relaxamento dos laços de família?“Uma recrudescência do egoísmo.” Questão 775, do Livro dos Espíritos.
  7. 7. LAÇOS ESPIRITUAIS Família Termo derivado do latim “famulus”, que significa “escravo doméstico”. Um grupo de pessoas de mesmo sangue, ou unidas legalmente. Instituição normalizada por uma série de regulamentos de afiliação e aliança, aceitos pelos membros; “Base fundamental sobre a qual se ergue o imenso edifício da sociedade”. Joanna de Ângelis, no livro “Constelação Familiar” – psicografia de Divaldo Franco.
  8. 8. LAÇOS ESPIRITUAIS Família “A luta em família é problema fundamental da redenção do homem na Terra. Como seremos benfeitores de cem ou mil pessoas, se ainda não aprendemos a servir cinco ou dez criaturas? Esta é indagação lógica que se estende a todos os discípulos sinceros do Cristianismo”. Emmanuel – psicografia de Chico Xavier. Escola – instrução; Família – educação. O Consolador. Emanuel – psicografia de Chico Xavier .
  9. 9. LAÇOS ESPIRITUAIS Família material Pais, filhos, irmãos, tios, avós... União em resgate ou missão; Afinidades – espíritos simpáticos; bem e mal; Rivalidades – espíritos estranhos; Novos compromissos, novas dívidas... Parentes com dificuldades físicas e psicológicas; Amor ao próximo;
  10. 10. LAÇOS ESPIRITUAIS Família espiritual Afinidades de pensamentos; Formação moral; Espíritos simpáticos; Amigos, vizinhos, colegas de trabalho; Parentes consanguíneos;
  11. 11. LAÇOS ESPIRITUAIS Família espiritualReencarnação de Segismundo – Missionários da Luz. Chico Xavier – pelo espírito de André Luiz. Capítulo 13.Descrição do processo de encarnação do espírito de Segismundo, que falhou em sua missão, trabalhou na erraticidade e recebeu nova oportunidade. Adelino e Raquel são os seus pais na nova empreitada.
  12. 12. LAÇOS ESPIRITUAIS175 –O instituto da família é organizado no plano espiritual, antes de projetar-se na Terra?O colégio familiar tem suas origens sagradas na esfera espiritual. Em seus laços, reúnem-se todos aqueles que se comprometeram, no Além, a desenvolver na Terra uma tarefa construtiva de fraternidade real e definitiva. Preponderam nesse instituto divino os elos do amor, fundidos nas experiências de outras eras; todavia, ai acorrem igualmente os ódios e as perseguições do pretérito obscuro, a fim de se transfundirem em solidariedade fraternal, com vistas ao futuro. É nas dificuldades provadas em comum, nas dores e nas experiências recebidas na mesma estrada de evolução redentora, que se olvidam as amarguras do passado longínquo, transformando-se todos os sentimentos inferiores em expressões regeneradas e santificadas. Purificadas as afeições, acima dos laços do sangue, o sagrado instituto da família se perpetua no Infinito, através dos laços imperecíveis do Espírito. O Consolador. Emmanuel – psicografia de
  13. 13. LAÇOS ESPIRITUAIS18. Os laços de família não sofrem destruição alguma com a reencarnação, como o pensam certas pessoas. Ao contrário, tornam-se mais fortalecidos e apertados. O princípio oposto, sim, os destrói. No espaço, os Espíritos formam grupos ou famílias entrelaçados pela afeição, pela simpatia e pela semelhança das inclinações.Evangelho Segundo o Espiritismo. Capítulo IV. Ninguém pode ver o reino de Deus se não nascer de novo.
  14. 14. LAÇOS ESPIRITUAISHá, pois, duas espécies de famílias: as famílias pelos laços espirituais e as famílias pelos laços corporais. Duráveis, as primeiras se fortalecem pela purificação e se perpetuam no mundo dos Espíritos, através das várias migrações da alma; as segundas, frágeis como a matéria, se extinguem com o tempo e muitas vezes se dissolvem moralmente, já na existência atual. Evangelho Segundo o Espiritismo, capítulo 14, item 08.
  15. 15. LAÇOS ESPIRITUAISOs laços do sangue não criam forçosamente os liames entre os Espíritos. O corpo procede do corpo, mas o Espírito não procede do Espírito, porquanto o Espírito já existia antes da formação do corpo. Não é o pai quem cria o Espírito de seu filho; ele mais não faz do que lhe fornecer o invólucro corpóreo, cumprindo-lhe, no entanto, auxiliar o desenvolvimento intelectual e moral do filho, para fazê-lo progredir. Evangelho Segundo o Espiritismo, capítulo 14, item 08.
  16. 16. CEAL Boa Noite!!!Sigamos com a paz do Nazareno.

×