SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
Sistema de Unidades
O Sistema de Unidades é um método de divisão e alocação de trabalho, onde este trabalho faz mais sentido e efeito
coordenado de perto por especialistas treinados. Este sistema é usado por quem deseja:
• Treinar novos líderes na prática;
• Treinar novos líderes sobre a orientação de líderes mais experientes;
• Descentralizar as ações e decisões, treinando e almejando progredir mais rapidamente;
• Diminuir as perdas, através de investimentos localizados em pequenos projetos potenciais;
• Maximizar os resultados de suas ações, investindo pequenas quantidades de recursos em vários pequenos
projetos e recebendo o retorno, em cascata, destes vários pontos investidos.
Uma Unidade é composta por cerca de 5 a 8 desbravadores. Para a sua formação, você deve pensar nas seguintes coisas:
• Nome da Unidade: qual o objetivo de ter escolhido este nome? Tem a ver com o totem ou nome do clube?;
• Grito de Guerra: devem ter o nome da Unidade, características dela e nunca se ofensivo;
• Cor da Unidade: pense em cores que caracterizem sua Unidade, distinguindo das outras;
• Cargos: todos da Unidade devem ter cargos, se faltar, invente, siga a Hierarquia:
a) Conselheiro: deverá ter de preferência 18 anos. Seus deveres estão relatados mais abaixo.
b) Conselheiro Associado: assume a Unidade na ausência do Conselheiro.
c) Capitão: supervisiona todas as atividades dadas à Unidade e seu aproveitamento.
d) Secretário: faz o relatório mensal, cuida dos documentos e cadastro dos desbravadores, chamadas, etc.
e) Capelão: deve possuir a Inspiração Juvenil, blocos de estudos bíblicos, contar histórias, sempre fazer os
cultos no cantinho de unidade, etc.
f) Tesoureiro: deverá ter um livro caixa e controlar toda a parte financeira da unidade, pensar como fazer
campanhas com a unidade para sempre terem entradas no caixa da unidade e quem sabe prover auxílio s
ajuda de outros desbravadores.
g) Almoxarife: cuidará dos materiais da Unidade, zelando por sua limpeza e manutenção.
h) Educador de Saúde (Padioleiro): responsável pela caixa de primeiros socorros e emergências médicas.
Conselheiro da Unidade
• Conselheiro é o intermediário entre a diretoria e os desbravadores devem ter contato amplo e direto com eles;
• Deve trabalhar em harmonia com o clube sendo ele um solucionador de problemas;
• Sempre estar à frente da unidade em qualquer atividade;
• Deve conhecer muito bem cada membro da unidade;
• Deve ser um cristão dedicado e sempre dar bom exemplo;
• Deve procurar expandir seus conhecimentos em diversas áreas para assim poder ajudar no crescimento do
desbravador;
• O conselheiro deve ter como objetivo principal formar novos líderes;
• Ser amigos de todos os membros da unidade e não ter privilegiados;
• Conhecer de perto a vida e a família de cada membro;
• Marchar e participar da ordem unida com a unidade;
• Participar dos acampamentos, arranjando todos os detalhes com o diretor associado;
• Assistir as reuniões da diretoria;
• Avisar o capitão com antecedência se não puder vir à reunião;
• Encarregar-se de liderar e ensinar uma unidade, trabalhando e permanecendo com eles durante o tempo que for
solicitado pela diretoria.
Conselheiro Associado
O conselheiro associado é quase sempre um líder em formação (16 anos ou mais) ou outro desbravador que já terminou
as classes dos desbravadores mais ainda deseja ajudar o clube dentro de uma unidade. O conselheiro associado deve
possuir as mesmas qualidades do conselheiro de unidade, e ter o desejo de aprender para se tornar um líder.
O conselheiro associado tem que ser o “braço direito” do conselheiro na unidade desta maneira o conselheiro poderá
dividir os problemas com seu associado e não ficara sobrecarregado e com isso o conselheiro associado poderá aprender
mais e tirar maior proveito da condição de associado e logo poderá ser efetivado como conselheiro.
Deveres do Conselheiro Associado:
1
1. Trabalhar sob a supervisão de um conselheiro adulto.
2. Ajudar em todas as atividades da unidade e do clube.
3. Aceitar as responsabilidades que lhe são delegadas pelo conselheiro.
4. Assumir uma unidade quando o conselheiro estiver ausente.
5. Participar das reuniões da diretoria.
6. Dar bom exemplo em apresentação, freqüência, pontualidade, uniforme, etc.
7. Participar da ordem unida com a unidade.
8. Participar dos acampamentos e excursões.
Capitão
O bom capitão sabe de tudo que acontece na Unidade, e por isso é capaz de fazer qualquer coisa. No entanto, ele atribui
funções para cada um da Unidade e acompanha o desenvolvimento do trabalho. Ele deve ser o primeiro da fila na
formação da Unidade e é responsável por segurar o bandeirim da Unidade. Responsável pela liderança do treinamento
em Unidade para a Ordem Unida e apresentar a Unidade ao Conselheiro e, quando solicitado, ao Diretor do Clube.
Suas funções:
1. Ele deve comandar a unidade com ou sem a presença do conselheiro.
2. Deve ser o melhor desbravador da unidade ter maiores conhecimentos para poder assim passar para os
membros da diretoria.
3. O capitão deve ser o maior incentivador da unidade.
4. O capitão deve sempre agir para fazer com que sua unidade alcance seus objetivos com êxito.
5. O capitão deve conhecer os membros da unidade para assim poder extrair o melhor de cada desbravador.
6. Auxiliar o conselheiro a cuidar dos problemas da unidade quando requisitado pela diretoria.
7. Ser responsável pela pontualidade da unidade nas reuniões ou onde quer que a unidade tenha que estar.
Secretário
1. É um desbravador escolhido pela unidade para cuidar dos assuntos da unidade relacionados a datas e agenda.
2. O secretário deve auxiliar o capitão a desenvolver as atividades da unidade da melhor forma possível.
3. Trabalhar diretamente com o conselheiro para assim programar a agenda e ficar informado das atividades da
unidade
4. Cumprir as funções do capitão na sua ausência.
Como Podemos Formar Novos Líderes?
Existem vários métodos para formar novos líderes mais sem dúvida o método mais usado é o da influência. Um bom
líder sempre inspira os seus desbravadores a serem como eles e influência não fica só no que se refere a desbravadores,
o desbravador querendo ser como o seu líder tenta parecer com ele ao máximo tanto no modo do caráter como no lado
físico. Como por exemplo:
• Corte de cabelo
• Modo de falar
• Vestuário
Todo conselheiro e capitão exercem uma influência sobre os desbravadores sendo ela positiva ou negativa, portanto se a
influência que o conselheiro transmitir a unidade for positiva, indiretamente ele estará formando novos lideres,
desbravadores que estarão capacitados para ocuparem os maiores cargos do clube. Hoje o que se observa muito é que os
conselheiros estão deixando de assumir responsabilidades que são suas e isso acaba prejudicando a unidade ou até
mesmo o clube tendo em vista que o desbravador de hoje é o líder de amanhã.
Hoje o clube de desbravadores é o único departamento que existi para juvenis adolescentes de 10-15 anos, portanto
ele é a única coisa que pode segurar o adolescente na igreja, por isso é fundamental ter bons conselheiros e capitães para
receber esses adolescentes fazer deles bons desbravadores e todo bom desbravador deve ser um bom cristão. O
conselheiro deve ter sempre em mente que o objetivo principal do clube é levar almas para cristo, portanto ele deve
fazer um trabalho voltado para isso, claro que ele irá precisar de total apoio e respaldo da diretoria.
Como Deve Funcionar Uma Unidade
2
A unidade deve sempre se preocupar em levantar o clube, ou seja, ela deve fazer tudo aquilo que for determinado pela
diretoria. A unidade deve se preocupar com a parte financeira do clube e da unidade.
Toda boa unidade tem que ter em vista fazer uma camiseta um boné alguma coisa que faça com que marque, que todos
os membros da unidade tenham.
Como conseguir dinheiro para a unidade
Existem várias maneiras, a mais usada e muito eficaz é a tradicional “campanha” é simples, reúna um pouco de dinheiro
e compre alguma coisa que possa te trazer um lucro considerável e venda. O dinheiro que a unidade conseguir pague os
custos, o restante do dinheiro deixe com o conselheiro ou com o tesoureiro de unidade até que a unidade já tenha
dinheiro suficiente para comprar o que pretende “camiseta, boné, agasalho...”.
O dinheiro deve ser gasto de maneira coerente sempre lembrando que a unidade deve pensar primeiro no clube e na sua
parte financeira também
Cuidado!!! “O conselheiro não pode somente ficar pensando em conseguir dinheiro” porque unidade boa não significa
que seja a unidade que tenha mais dinheiro.
Como Motivar Sua Unidade
Uma das principais falhas em qualquer grupo é a inatividade de certos membros do grupo o que cria problemas para a
unidade e para o conselheiro, e às vezes o principal motivo de sua inatividade seja a falta de motivação. A solução para
este problema é fazer com que este desbravador se sinta aceito pela unidade e busque sua motivação, mas existem
vários pontos a serem lembrados que serão necessários para restabelecer sua motivação.
Realização: Um senso de realização pessoal e de estar sendo útil para a unidade e de que esta dando sua contribuição
para alcançar os objetivos do grupo;
Reconhecimento: Deve haver apreciação pelo trabalho de cada membro da sua unidade, tudo sobre a visão do
conselheiro.
Interesse: O senso de que o trabalho é um desafio e será necessário todo seu empenho.
Responsabilidade: Deve ser cobrado dos membros o trabalho designado a ele e a ele deve designada a
responsabilidade.
Avance: Um senso de que o desbravador está desenvolvendo e progredindo na habilidade, adquirindo experiência, com
possibilidade de promoção.
Como Resolver Problemas na Unidade
Durante o ano poderá ocorrer algum problema na unidade e o conselheiro ele precisa estar preparado para resolver.
Existem alguns parâmetros que necessitam ser estudados em relação a isto.
O conselheiro terá que agir sempre de maneira neutra e justa, o conselheiro não pode pender para nenhuma das
partes envolvidas para que sua palavra não seja contestada e ele venha a trazer a solução, caso ao contrário estará
arrumando mais um problema. O capitão terá de intervir de maneira positiva, e em nenhum momento deverá por em
dúvida a palavra do conselheiro, mesmo que ele não concorde com o que o conselheiro disse.
Todo e qualquer problema tem um motivo, cabe ao conselheiro descobrir o motivo e dentro de um senso resolver. Uma
dos problemas mais comuns é o ciúme, geralmente o desbravador acha que sempre o conselheiro tem o seu “protegido”.
Neste caso o conselheiro tem que mostrar de forma nítida que todos tem o seu espaço dentro da unidade e que o
“protegido” é mais uma peça da unidade, uma peça com a mesma importância que as outras.
Outro problema que poderá ocorrer é falta de cuidado do conselheiro para com todas as partes necessárias para
formação de um novo líder, ou seja, o conselheiro se preocupar muito com alguma coisa “pontuação, campanha...” e
acabar esquecendo da parte mais importante que é a formação de novos líderes e com certeza isso irá prejudicar muito o
seu clube futuramente.
Todo líder deve ter a preocupação de formar novos líderes e esta formação começa na unidade com o trabalho que o
conselheiro faz encima do desbravador.
Todo líder deve ter como lema “servir” portanto tudo aquilo que for solicitado pela diretoria por mais difícil que seja
“não impossível” deve ser comprido da melhor e da mais perfeita forma possível.
3
O conselheiro também tem como dever ensinar para o seu desbravador tudo o que é relacionado a desbravadores e para
isso é necessário que o conselheiro amplie seus conhecimentos para poder passar para o seu desbravador todo o seu
conhecimento.
Por esse motivo é que o capitão tem que ser o melhor da unidade, o que tem mais conhecimento, para poder auxiliar o
conselheiro neste trabalho que não é nada fácil.
Para isso o conselheiro terá que estar sempre se atualizando para poder passar as informações corretas para seus
desbravadores e encaminhando os seus desbravadores a fazerem o curso de conselheiros e capitães já que mais sedo ou
mais tarde eles estarão liderando e quando eles forem líderes deveram estar preparados da melhor forma possível.
O conselheiro deve manter sempre a sua unidade em harmonia com as outras unidades do seu clube evitando assim
rivalidades já que todos ali estão no mesmo barco.
O conselheiro também deve se preparar fazendo cursos porque um dia ele não estará à frente de uma unidade, mas sim
de um clube e aqueles que eram seus desbravadores na sua unidade hoje são seus conselheiros, diretores associados e se
eles não foram bem formados eles estarão exercendo suas funções de maneira inadequada e conseqüentemente
prejudicando o seu clube. Hoje a igreja esta precisando muito de novos líderes e será necessário que novas pessoas com
novas idéias apareçam e esta pessoa pode estar na sua unidade basta você descobri-la.
Como Conseguir Que Tudo Que Foi Ensinado Entre Em Prática?
A maneira mais fácil de conseguir a cooperação do desbravador, é sendo amigo dele, estando presente na sua vida
dentro e fora do clube. É fundamental ao conselheiro e capitão que conheça os seus desbravadores para saber com quem
está lidando e como ele pode colaborar com a unidade.
Procure sempre mostrar ao desbravador o quanto ele é útil à unidade de valor a ele, ajude-o nas tarefas que foram
reservadas a ele caso ele não consiga.
Corresponda sempre as expectativas do seu desbravador, pois você é a maior referência na formação de seu espírito de
liderança.
“Jesus antes de ser crucificado formou e deixou líderes estes líderes levaram a sua mensagem por
todo o mundo. Jesus nos deixou o exemplo, portanto devemos formar líderes para proclamar a sua
mensagem e anunciar a sua volta”.
Jesus o maior dos líderes não conseguiu formar líderes perfeitos, não somos nós que vamos conseguir formar. Jesus nos
deu esta missão vamos cumpri-la da melhor forma possível e estaremos assim apressando sua vinda.
4
Fonte: Clube de Desbravadores Alfa Centauro
R: Carlos Maria steimberg, 75 – Vila Ré São Paulo – SP
www.alfacentauro.org
5
Fonte: Clube de Desbravadores Alfa Centauro
R: Carlos Maria steimberg, 75 – Vila Ré São Paulo – SP
www.alfacentauro.org
5

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Modelo de-ofício-para-desbravadores-2
Modelo de-ofício-para-desbravadores-2Modelo de-ofício-para-desbravadores-2
Modelo de-ofício-para-desbravadores-2Ismael Rosa
 
reunião de alinhamento ministério infantil.pptx
reunião de alinhamento ministério infantil.pptxreunião de alinhamento ministério infantil.pptx
reunião de alinhamento ministério infantil.pptxdoterraces
 
Regras de segurança ao usar machadinha
Regras de segurança ao usar machadinhaRegras de segurança ao usar machadinha
Regras de segurança ao usar machadinhaIsmael Rosa
 
Matéria de Especialidade - Acampamento 1
Matéria de Especialidade - Acampamento 1Matéria de Especialidade - Acampamento 1
Matéria de Especialidade - Acampamento 1Filhos da Rocha
 
Caderno de atividades Amigo
Caderno de atividades AmigoCaderno de atividades Amigo
Caderno de atividades AmigoFeras Feras
 
Manual de nós e amarras
Manual de nós e amarrasManual de nós e amarras
Manual de nós e amarrasIsmael Rosa
 
Protuario Líder Master Desenvolvimento_Fabricio
Protuario Líder Master Desenvolvimento_FabricioProtuario Líder Master Desenvolvimento_Fabricio
Protuario Líder Master Desenvolvimento_FabricioFabricio Kennedy
 
Carta Para Encontrista!
Carta Para Encontrista!Carta Para Encontrista!
Carta Para Encontrista!DanielD15
 
CTBD - Classes e Especialidades
CTBD - Classes e EspecialidadesCTBD - Classes e Especialidades
CTBD - Classes e EspecialidadesJonathas Art's
 
028 cerimônia modelo admissão lenço e classes
028 cerimônia modelo   admissão lenço e classes028 cerimônia modelo   admissão lenço e classes
028 cerimônia modelo admissão lenço e classesvilsongremista
 
Aventura do Desbravador
Aventura do DesbravadorAventura do Desbravador
Aventura do DesbravadorFeras Feras
 
Curso de capitão.pptx
Curso de capitão.pptxCurso de capitão.pptx
Curso de capitão.pptxDiogoMachado98
 
Caderno de atividades Excursionista
Caderno de atividades ExcursionistaCaderno de atividades Excursionista
Caderno de atividades ExcursionistaFeras Feras
 
101 ideias para os desbravadores grupo contos desbravadores
101 ideias para os desbravadores   grupo contos desbravadores101 ideias para os desbravadores   grupo contos desbravadores
101 ideias para os desbravadores grupo contos desbravadoresAlex Breno
 
Ética Profissional: Trabalho em Equipe
Ética Profissional: Trabalho em EquipeÉtica Profissional: Trabalho em Equipe
Ética Profissional: Trabalho em EquipeVadeilza Castilho
 

Mais procurados (20)

Modelo de-ofício-para-desbravadores-2
Modelo de-ofício-para-desbravadores-2Modelo de-ofício-para-desbravadores-2
Modelo de-ofício-para-desbravadores-2
 
reunião de alinhamento ministério infantil.pptx
reunião de alinhamento ministério infantil.pptxreunião de alinhamento ministério infantil.pptx
reunião de alinhamento ministério infantil.pptx
 
Regras de segurança ao usar machadinha
Regras de segurança ao usar machadinhaRegras de segurança ao usar machadinha
Regras de segurança ao usar machadinha
 
Além da magia
Além da magiaAlém da magia
Além da magia
 
Matéria de Especialidade - Acampamento 1
Matéria de Especialidade - Acampamento 1Matéria de Especialidade - Acampamento 1
Matéria de Especialidade - Acampamento 1
 
Caderno de atividades Amigo
Caderno de atividades AmigoCaderno de atividades Amigo
Caderno de atividades Amigo
 
Especialidade de Répteis
Especialidade de RépteisEspecialidade de Répteis
Especialidade de Répteis
 
Carta de apresentação
Carta de apresentaçãoCarta de apresentação
Carta de apresentação
 
Manual de nós e amarras
Manual de nós e amarrasManual de nós e amarras
Manual de nós e amarras
 
Protuario Líder Master Desenvolvimento_Fabricio
Protuario Líder Master Desenvolvimento_FabricioProtuario Líder Master Desenvolvimento_Fabricio
Protuario Líder Master Desenvolvimento_Fabricio
 
Carta Para Encontrista!
Carta Para Encontrista!Carta Para Encontrista!
Carta Para Encontrista!
 
CTBD - Classes e Especialidades
CTBD - Classes e EspecialidadesCTBD - Classes e Especialidades
CTBD - Classes e Especialidades
 
028 cerimônia modelo admissão lenço e classes
028 cerimônia modelo   admissão lenço e classes028 cerimônia modelo   admissão lenço e classes
028 cerimônia modelo admissão lenço e classes
 
Aventura do Desbravador
Aventura do DesbravadorAventura do Desbravador
Aventura do Desbravador
 
Curso de capitão.pptx
Curso de capitão.pptxCurso de capitão.pptx
Curso de capitão.pptx
 
Caderno de atividades Excursionista
Caderno de atividades ExcursionistaCaderno de atividades Excursionista
Caderno de atividades Excursionista
 
101 ideias para os desbravadores grupo contos desbravadores
101 ideias para os desbravadores   grupo contos desbravadores101 ideias para os desbravadores   grupo contos desbravadores
101 ideias para os desbravadores grupo contos desbravadores
 
Dinamica do futuro
Dinamica do futuroDinamica do futuro
Dinamica do futuro
 
Palestra sobre bullying
Palestra sobre bullyingPalestra sobre bullying
Palestra sobre bullying
 
Ética Profissional: Trabalho em Equipe
Ética Profissional: Trabalho em EquipeÉtica Profissional: Trabalho em Equipe
Ética Profissional: Trabalho em Equipe
 

Destaque

Guia para conselheiros
Guia para conselheirosGuia para conselheiros
Guia para conselheirosIsmael Rosa
 
Como ser criativo
Como ser criativoComo ser criativo
Como ser criativoIsmael Rosa
 
Materiais de campo
Materiais de campoMateriais de campo
Materiais de campoIsmael Rosa
 
Emblemas dos desbravadores
Emblemas dos desbravadoresEmblemas dos desbravadores
Emblemas dos desbravadoresIsmael Rosa
 
Trabalho da especialidade de gatos
Trabalho da especialidade de gatosTrabalho da especialidade de gatos
Trabalho da especialidade de gatosIsmael Rosa
 
Trabalho da especialidade de cães
Trabalho da especialidade de cãesTrabalho da especialidade de cães
Trabalho da especialidade de cãesIsmael Rosa
 
100 idéias de recreações
100 idéias de recreações100 idéias de recreações
100 idéias de recreaçõesIsmael Rosa
 
Curso capitaes e conselheiros e treinamento basico[1]
Curso capitaes e conselheiros e treinamento basico[1]Curso capitaes e conselheiros e treinamento basico[1]
Curso capitaes e conselheiros e treinamento basico[1]guest36ebd6
 
Curso de diretoria Desbravadores - História
Curso de diretoria Desbravadores - HistóriaCurso de diretoria Desbravadores - História
Curso de diretoria Desbravadores - HistóriaGilson Barbosa
 
Administração e planejamento Sistema de Unidades
Administração e planejamento Sistema de UnidadesAdministração e planejamento Sistema de Unidades
Administração e planejamento Sistema de UnidadesAlberto Lázaro Souza Junior
 

Destaque (12)

Guia para conselheiros
Guia para conselheirosGuia para conselheiros
Guia para conselheiros
 
Como ser criativo
Como ser criativoComo ser criativo
Como ser criativo
 
Materiais de campo
Materiais de campoMateriais de campo
Materiais de campo
 
Emblemas dos desbravadores
Emblemas dos desbravadoresEmblemas dos desbravadores
Emblemas dos desbravadores
 
Trabalho da especialidade de gatos
Trabalho da especialidade de gatosTrabalho da especialidade de gatos
Trabalho da especialidade de gatos
 
Trabalho da especialidade de cães
Trabalho da especialidade de cãesTrabalho da especialidade de cães
Trabalho da especialidade de cães
 
Conselheiros
ConselheirosConselheiros
Conselheiros
 
100 idéias de recreações
100 idéias de recreações100 idéias de recreações
100 idéias de recreações
 
Curso capitaes e conselheiros e treinamento basico[1]
Curso capitaes e conselheiros e treinamento basico[1]Curso capitaes e conselheiros e treinamento basico[1]
Curso capitaes e conselheiros e treinamento basico[1]
 
Curso de diretoria Desbravadores - História
Curso de diretoria Desbravadores - HistóriaCurso de diretoria Desbravadores - História
Curso de diretoria Desbravadores - História
 
Curso de treinamento de diretoria nível básico
Curso de treinamento de diretoria  nível básicoCurso de treinamento de diretoria  nível básico
Curso de treinamento de diretoria nível básico
 
Administração e planejamento Sistema de Unidades
Administração e planejamento Sistema de UnidadesAdministração e planejamento Sistema de Unidades
Administração e planejamento Sistema de Unidades
 

Semelhante a Sistema de unidades

Curso Conselheiro.pptx
Curso Conselheiro.pptxCurso Conselheiro.pptx
Curso Conselheiro.pptxAlexandreJr7
 
Lideranca
LiderancaLideranca
LiderancaFTC
 
Curso de conselheiro, Capelão e instrutor
Curso de conselheiro, Capelão e instrutorCurso de conselheiro, Capelão e instrutor
Curso de conselheiro, Capelão e instrutorPriscilaRodrigus
 
Material 3 - Planejamento
Material 3 - PlanejamentoMaterial 3 - Planejamento
Material 3 - PlanejamentoJoanson Sousa
 
Treinamento para presidentes de Interact Clubes
Treinamento para presidentes de Interact ClubesTreinamento para presidentes de Interact Clubes
Treinamento para presidentes de Interact ClubesFranklin Silva
 
Treinamento de te_d_2003
Treinamento de te_d_2003Treinamento de te_d_2003
Treinamento de te_d_2003wmarles
 
LIDER COACH E SUA IMORTÂNCIA NSS ORGANIZAÇÕES.
LIDER COACH E SUA IMORTÂNCIA NSS ORGANIZAÇÕES.LIDER COACH E SUA IMORTÂNCIA NSS ORGANIZAÇÕES.
LIDER COACH E SUA IMORTÂNCIA NSS ORGANIZAÇÕES.JosineiPeres
 
Iniciar e melhorar meu negócio
Iniciar e melhorar meu negócioIniciar e melhorar meu negócio
Iniciar e melhorar meu negócioJdm Proteses
 
Atenção, coordenador técnico de academias: você pode mais!
Atenção, coordenador técnico de academias: você pode mais!Atenção, coordenador técnico de academias: você pode mais!
Atenção, coordenador técnico de academias: você pode mais!Christian Munaier
 
Funções do líder
Funções do líderFunções do líder
Funções do líderseduc
 
1572544318 e book--_aprenda_a_pensar_e_agir_como_um_grande_lder_-_dale_carnegie
1572544318 e book--_aprenda_a_pensar_e_agir_como_um_grande_lder_-_dale_carnegie1572544318 e book--_aprenda_a_pensar_e_agir_como_um_grande_lder_-_dale_carnegie
1572544318 e book--_aprenda_a_pensar_e_agir_como_um_grande_lder_-_dale_carnegieHOME
 
1572544318 e book--_aprenda_a_pensar_e_agir_como_um_grande_lder_-_dale_carnegie
1572544318 e book--_aprenda_a_pensar_e_agir_como_um_grande_lder_-_dale_carnegie1572544318 e book--_aprenda_a_pensar_e_agir_como_um_grande_lder_-_dale_carnegie
1572544318 e book--_aprenda_a_pensar_e_agir_como_um_grande_lder_-_dale_carnegieHOME
 

Semelhante a Sistema de unidades (20)

Curso Conselheiro.pptx
Curso Conselheiro.pptxCurso Conselheiro.pptx
Curso Conselheiro.pptx
 
campanha liderança
campanha   liderançacampanha   liderança
campanha liderança
 
Aula 02.pptx
Aula 02.pptxAula 02.pptx
Aula 02.pptx
 
Lideranca
LiderancaLideranca
Lideranca
 
Lideranca
LiderancaLideranca
Lideranca
 
Clubes juvenis revisao 5
Clubes juvenis revisao 5Clubes juvenis revisao 5
Clubes juvenis revisao 5
 
Curso de conselheiro, Capelão e instrutor
Curso de conselheiro, Capelão e instrutorCurso de conselheiro, Capelão e instrutor
Curso de conselheiro, Capelão e instrutor
 
Sistema De Unidades
Sistema De UnidadesSistema De Unidades
Sistema De Unidades
 
Material 3 - Planejamento
Material 3 - PlanejamentoMaterial 3 - Planejamento
Material 3 - Planejamento
 
7 dicas de lideranca
7 dicas de lideranca7 dicas de lideranca
7 dicas de lideranca
 
Treinamento para presidentes de Interact Clubes
Treinamento para presidentes de Interact ClubesTreinamento para presidentes de Interact Clubes
Treinamento para presidentes de Interact Clubes
 
Treinamento de te_d_2003
Treinamento de te_d_2003Treinamento de te_d_2003
Treinamento de te_d_2003
 
LIDER COACH E SUA IMORTÂNCIA NSS ORGANIZAÇÕES.
LIDER COACH E SUA IMORTÂNCIA NSS ORGANIZAÇÕES.LIDER COACH E SUA IMORTÂNCIA NSS ORGANIZAÇÕES.
LIDER COACH E SUA IMORTÂNCIA NSS ORGANIZAÇÕES.
 
Desenvolvendo a Liderança
Desenvolvendo a LiderançaDesenvolvendo a Liderança
Desenvolvendo a Liderança
 
Iniciar e melhorar meu negócio
Iniciar e melhorar meu negócioIniciar e melhorar meu negócio
Iniciar e melhorar meu negócio
 
Atenção, coordenador técnico de academias: você pode mais!
Atenção, coordenador técnico de academias: você pode mais!Atenção, coordenador técnico de academias: você pode mais!
Atenção, coordenador técnico de academias: você pode mais!
 
Funções do líder
Funções do líderFunções do líder
Funções do líder
 
Definições
DefiniçõesDefinições
Definições
 
1572544318 e book--_aprenda_a_pensar_e_agir_como_um_grande_lder_-_dale_carnegie
1572544318 e book--_aprenda_a_pensar_e_agir_como_um_grande_lder_-_dale_carnegie1572544318 e book--_aprenda_a_pensar_e_agir_como_um_grande_lder_-_dale_carnegie
1572544318 e book--_aprenda_a_pensar_e_agir_como_um_grande_lder_-_dale_carnegie
 
1572544318 e book--_aprenda_a_pensar_e_agir_como_um_grande_lder_-_dale_carnegie
1572544318 e book--_aprenda_a_pensar_e_agir_como_um_grande_lder_-_dale_carnegie1572544318 e book--_aprenda_a_pensar_e_agir_como_um_grande_lder_-_dale_carnegie
1572544318 e book--_aprenda_a_pensar_e_agir_como_um_grande_lder_-_dale_carnegie
 

Mais de Ismael Rosa

Especialidade de astronomia
Especialidade de astronomiaEspecialidade de astronomia
Especialidade de astronomiaIsmael Rosa
 
Pontos cardeais com o relógio
Pontos cardeais com o relógioPontos cardeais com o relógio
Pontos cardeais com o relógioIsmael Rosa
 
Cartão medalha de_ouro
Cartão medalha de_ouroCartão medalha de_ouro
Cartão medalha de_ouroIsmael Rosa
 
Cartão medalha de_prata
Cartão medalha de_prataCartão medalha de_prata
Cartão medalha de_prataIsmael Rosa
 
Modelo de-ofício-para-desbravadores4
Modelo de-ofício-para-desbravadores4Modelo de-ofício-para-desbravadores4
Modelo de-ofício-para-desbravadores4Ismael Rosa
 
Modelo de-ofício-para-desbravadores3
Modelo de-ofício-para-desbravadores3Modelo de-ofício-para-desbravadores3
Modelo de-ofício-para-desbravadores3Ismael Rosa
 
Modelo de-ofício-para-desbravadores 1
Modelo de-ofício-para-desbravadores 1Modelo de-ofício-para-desbravadores 1
Modelo de-ofício-para-desbravadores 1Ismael Rosa
 
Guia do-aspirante-impresso - 2016
Guia do-aspirante-impresso - 2016Guia do-aspirante-impresso - 2016
Guia do-aspirante-impresso - 2016Ismael Rosa
 
Salvação e Serviço
Salvação e ServiçoSalvação e Serviço
Salvação e ServiçoIsmael Rosa
 
Seguro e atividade de risco
Seguro e atividade de riscoSeguro e atividade de risco
Seguro e atividade de riscoIsmael Rosa
 
Reformulação das classes regulares e avançadas
Reformulação das classes regulares e avançadasReformulação das classes regulares e avançadas
Reformulação das classes regulares e avançadasIsmael Rosa
 
Insignía de excelência
Insignía de excelênciaInsignía de excelência
Insignía de excelênciaIsmael Rosa
 
Fazendo o seguro passo a passo
Fazendo o seguro passo a passoFazendo o seguro passo a passo
Fazendo o seguro passo a passoIsmael Rosa
 
Escolhendo uma barraca
Escolhendo uma barracaEscolhendo uma barraca
Escolhendo uma barracaIsmael Rosa
 
Curiosidades sobre os desbravadores
Curiosidades sobre os desbravadoresCuriosidades sobre os desbravadores
Curiosidades sobre os desbravadoresIsmael Rosa
 
Quem são os desbravadores
Quem são os desbravadoresQuem são os desbravadores
Quem são os desbravadoresIsmael Rosa
 
Objetivo dos desbravadores
Objetivo dos desbravadoresObjetivo dos desbravadores
Objetivo dos desbravadoresIsmael Rosa
 
Ideais dos desbravadores
Ideais dos desbravadoresIdeais dos desbravadores
Ideais dos desbravadoresIsmael Rosa
 
História dos desbravadores
História dos desbravadoresHistória dos desbravadores
História dos desbravadoresIsmael Rosa
 

Mais de Ismael Rosa (20)

Acampamento 1
Acampamento 1Acampamento 1
Acampamento 1
 
Especialidade de astronomia
Especialidade de astronomiaEspecialidade de astronomia
Especialidade de astronomia
 
Pontos cardeais com o relógio
Pontos cardeais com o relógioPontos cardeais com o relógio
Pontos cardeais com o relógio
 
Cartão medalha de_ouro
Cartão medalha de_ouroCartão medalha de_ouro
Cartão medalha de_ouro
 
Cartão medalha de_prata
Cartão medalha de_prataCartão medalha de_prata
Cartão medalha de_prata
 
Modelo de-ofício-para-desbravadores4
Modelo de-ofício-para-desbravadores4Modelo de-ofício-para-desbravadores4
Modelo de-ofício-para-desbravadores4
 
Modelo de-ofício-para-desbravadores3
Modelo de-ofício-para-desbravadores3Modelo de-ofício-para-desbravadores3
Modelo de-ofício-para-desbravadores3
 
Modelo de-ofício-para-desbravadores 1
Modelo de-ofício-para-desbravadores 1Modelo de-ofício-para-desbravadores 1
Modelo de-ofício-para-desbravadores 1
 
Guia do-aspirante-impresso - 2016
Guia do-aspirante-impresso - 2016Guia do-aspirante-impresso - 2016
Guia do-aspirante-impresso - 2016
 
Salvação e Serviço
Salvação e ServiçoSalvação e Serviço
Salvação e Serviço
 
Seguro e atividade de risco
Seguro e atividade de riscoSeguro e atividade de risco
Seguro e atividade de risco
 
Reformulação das classes regulares e avançadas
Reformulação das classes regulares e avançadasReformulação das classes regulares e avançadas
Reformulação das classes regulares e avançadas
 
Insignía de excelência
Insignía de excelênciaInsignía de excelência
Insignía de excelência
 
Fazendo o seguro passo a passo
Fazendo o seguro passo a passoFazendo o seguro passo a passo
Fazendo o seguro passo a passo
 
Escolhendo uma barraca
Escolhendo uma barracaEscolhendo uma barraca
Escolhendo uma barraca
 
Curiosidades sobre os desbravadores
Curiosidades sobre os desbravadoresCuriosidades sobre os desbravadores
Curiosidades sobre os desbravadores
 
Quem são os desbravadores
Quem são os desbravadoresQuem são os desbravadores
Quem são os desbravadores
 
Objetivo dos desbravadores
Objetivo dos desbravadoresObjetivo dos desbravadores
Objetivo dos desbravadores
 
Ideais dos desbravadores
Ideais dos desbravadoresIdeais dos desbravadores
Ideais dos desbravadores
 
História dos desbravadores
História dos desbravadoresHistória dos desbravadores
História dos desbravadores
 

Sistema de unidades

  • 1. Sistema de Unidades O Sistema de Unidades é um método de divisão e alocação de trabalho, onde este trabalho faz mais sentido e efeito coordenado de perto por especialistas treinados. Este sistema é usado por quem deseja: • Treinar novos líderes na prática; • Treinar novos líderes sobre a orientação de líderes mais experientes; • Descentralizar as ações e decisões, treinando e almejando progredir mais rapidamente; • Diminuir as perdas, através de investimentos localizados em pequenos projetos potenciais; • Maximizar os resultados de suas ações, investindo pequenas quantidades de recursos em vários pequenos projetos e recebendo o retorno, em cascata, destes vários pontos investidos. Uma Unidade é composta por cerca de 5 a 8 desbravadores. Para a sua formação, você deve pensar nas seguintes coisas: • Nome da Unidade: qual o objetivo de ter escolhido este nome? Tem a ver com o totem ou nome do clube?; • Grito de Guerra: devem ter o nome da Unidade, características dela e nunca se ofensivo; • Cor da Unidade: pense em cores que caracterizem sua Unidade, distinguindo das outras; • Cargos: todos da Unidade devem ter cargos, se faltar, invente, siga a Hierarquia: a) Conselheiro: deverá ter de preferência 18 anos. Seus deveres estão relatados mais abaixo. b) Conselheiro Associado: assume a Unidade na ausência do Conselheiro. c) Capitão: supervisiona todas as atividades dadas à Unidade e seu aproveitamento. d) Secretário: faz o relatório mensal, cuida dos documentos e cadastro dos desbravadores, chamadas, etc. e) Capelão: deve possuir a Inspiração Juvenil, blocos de estudos bíblicos, contar histórias, sempre fazer os cultos no cantinho de unidade, etc. f) Tesoureiro: deverá ter um livro caixa e controlar toda a parte financeira da unidade, pensar como fazer campanhas com a unidade para sempre terem entradas no caixa da unidade e quem sabe prover auxílio s ajuda de outros desbravadores. g) Almoxarife: cuidará dos materiais da Unidade, zelando por sua limpeza e manutenção. h) Educador de Saúde (Padioleiro): responsável pela caixa de primeiros socorros e emergências médicas. Conselheiro da Unidade • Conselheiro é o intermediário entre a diretoria e os desbravadores devem ter contato amplo e direto com eles; • Deve trabalhar em harmonia com o clube sendo ele um solucionador de problemas; • Sempre estar à frente da unidade em qualquer atividade; • Deve conhecer muito bem cada membro da unidade; • Deve ser um cristão dedicado e sempre dar bom exemplo; • Deve procurar expandir seus conhecimentos em diversas áreas para assim poder ajudar no crescimento do desbravador; • O conselheiro deve ter como objetivo principal formar novos líderes; • Ser amigos de todos os membros da unidade e não ter privilegiados; • Conhecer de perto a vida e a família de cada membro; • Marchar e participar da ordem unida com a unidade; • Participar dos acampamentos, arranjando todos os detalhes com o diretor associado; • Assistir as reuniões da diretoria; • Avisar o capitão com antecedência se não puder vir à reunião; • Encarregar-se de liderar e ensinar uma unidade, trabalhando e permanecendo com eles durante o tempo que for solicitado pela diretoria. Conselheiro Associado O conselheiro associado é quase sempre um líder em formação (16 anos ou mais) ou outro desbravador que já terminou as classes dos desbravadores mais ainda deseja ajudar o clube dentro de uma unidade. O conselheiro associado deve possuir as mesmas qualidades do conselheiro de unidade, e ter o desejo de aprender para se tornar um líder. O conselheiro associado tem que ser o “braço direito” do conselheiro na unidade desta maneira o conselheiro poderá dividir os problemas com seu associado e não ficara sobrecarregado e com isso o conselheiro associado poderá aprender mais e tirar maior proveito da condição de associado e logo poderá ser efetivado como conselheiro. Deveres do Conselheiro Associado: 1
  • 2. 1. Trabalhar sob a supervisão de um conselheiro adulto. 2. Ajudar em todas as atividades da unidade e do clube. 3. Aceitar as responsabilidades que lhe são delegadas pelo conselheiro. 4. Assumir uma unidade quando o conselheiro estiver ausente. 5. Participar das reuniões da diretoria. 6. Dar bom exemplo em apresentação, freqüência, pontualidade, uniforme, etc. 7. Participar da ordem unida com a unidade. 8. Participar dos acampamentos e excursões. Capitão O bom capitão sabe de tudo que acontece na Unidade, e por isso é capaz de fazer qualquer coisa. No entanto, ele atribui funções para cada um da Unidade e acompanha o desenvolvimento do trabalho. Ele deve ser o primeiro da fila na formação da Unidade e é responsável por segurar o bandeirim da Unidade. Responsável pela liderança do treinamento em Unidade para a Ordem Unida e apresentar a Unidade ao Conselheiro e, quando solicitado, ao Diretor do Clube. Suas funções: 1. Ele deve comandar a unidade com ou sem a presença do conselheiro. 2. Deve ser o melhor desbravador da unidade ter maiores conhecimentos para poder assim passar para os membros da diretoria. 3. O capitão deve ser o maior incentivador da unidade. 4. O capitão deve sempre agir para fazer com que sua unidade alcance seus objetivos com êxito. 5. O capitão deve conhecer os membros da unidade para assim poder extrair o melhor de cada desbravador. 6. Auxiliar o conselheiro a cuidar dos problemas da unidade quando requisitado pela diretoria. 7. Ser responsável pela pontualidade da unidade nas reuniões ou onde quer que a unidade tenha que estar. Secretário 1. É um desbravador escolhido pela unidade para cuidar dos assuntos da unidade relacionados a datas e agenda. 2. O secretário deve auxiliar o capitão a desenvolver as atividades da unidade da melhor forma possível. 3. Trabalhar diretamente com o conselheiro para assim programar a agenda e ficar informado das atividades da unidade 4. Cumprir as funções do capitão na sua ausência. Como Podemos Formar Novos Líderes? Existem vários métodos para formar novos líderes mais sem dúvida o método mais usado é o da influência. Um bom líder sempre inspira os seus desbravadores a serem como eles e influência não fica só no que se refere a desbravadores, o desbravador querendo ser como o seu líder tenta parecer com ele ao máximo tanto no modo do caráter como no lado físico. Como por exemplo: • Corte de cabelo • Modo de falar • Vestuário Todo conselheiro e capitão exercem uma influência sobre os desbravadores sendo ela positiva ou negativa, portanto se a influência que o conselheiro transmitir a unidade for positiva, indiretamente ele estará formando novos lideres, desbravadores que estarão capacitados para ocuparem os maiores cargos do clube. Hoje o que se observa muito é que os conselheiros estão deixando de assumir responsabilidades que são suas e isso acaba prejudicando a unidade ou até mesmo o clube tendo em vista que o desbravador de hoje é o líder de amanhã. Hoje o clube de desbravadores é o único departamento que existi para juvenis adolescentes de 10-15 anos, portanto ele é a única coisa que pode segurar o adolescente na igreja, por isso é fundamental ter bons conselheiros e capitães para receber esses adolescentes fazer deles bons desbravadores e todo bom desbravador deve ser um bom cristão. O conselheiro deve ter sempre em mente que o objetivo principal do clube é levar almas para cristo, portanto ele deve fazer um trabalho voltado para isso, claro que ele irá precisar de total apoio e respaldo da diretoria. Como Deve Funcionar Uma Unidade 2
  • 3. A unidade deve sempre se preocupar em levantar o clube, ou seja, ela deve fazer tudo aquilo que for determinado pela diretoria. A unidade deve se preocupar com a parte financeira do clube e da unidade. Toda boa unidade tem que ter em vista fazer uma camiseta um boné alguma coisa que faça com que marque, que todos os membros da unidade tenham. Como conseguir dinheiro para a unidade Existem várias maneiras, a mais usada e muito eficaz é a tradicional “campanha” é simples, reúna um pouco de dinheiro e compre alguma coisa que possa te trazer um lucro considerável e venda. O dinheiro que a unidade conseguir pague os custos, o restante do dinheiro deixe com o conselheiro ou com o tesoureiro de unidade até que a unidade já tenha dinheiro suficiente para comprar o que pretende “camiseta, boné, agasalho...”. O dinheiro deve ser gasto de maneira coerente sempre lembrando que a unidade deve pensar primeiro no clube e na sua parte financeira também Cuidado!!! “O conselheiro não pode somente ficar pensando em conseguir dinheiro” porque unidade boa não significa que seja a unidade que tenha mais dinheiro. Como Motivar Sua Unidade Uma das principais falhas em qualquer grupo é a inatividade de certos membros do grupo o que cria problemas para a unidade e para o conselheiro, e às vezes o principal motivo de sua inatividade seja a falta de motivação. A solução para este problema é fazer com que este desbravador se sinta aceito pela unidade e busque sua motivação, mas existem vários pontos a serem lembrados que serão necessários para restabelecer sua motivação. Realização: Um senso de realização pessoal e de estar sendo útil para a unidade e de que esta dando sua contribuição para alcançar os objetivos do grupo; Reconhecimento: Deve haver apreciação pelo trabalho de cada membro da sua unidade, tudo sobre a visão do conselheiro. Interesse: O senso de que o trabalho é um desafio e será necessário todo seu empenho. Responsabilidade: Deve ser cobrado dos membros o trabalho designado a ele e a ele deve designada a responsabilidade. Avance: Um senso de que o desbravador está desenvolvendo e progredindo na habilidade, adquirindo experiência, com possibilidade de promoção. Como Resolver Problemas na Unidade Durante o ano poderá ocorrer algum problema na unidade e o conselheiro ele precisa estar preparado para resolver. Existem alguns parâmetros que necessitam ser estudados em relação a isto. O conselheiro terá que agir sempre de maneira neutra e justa, o conselheiro não pode pender para nenhuma das partes envolvidas para que sua palavra não seja contestada e ele venha a trazer a solução, caso ao contrário estará arrumando mais um problema. O capitão terá de intervir de maneira positiva, e em nenhum momento deverá por em dúvida a palavra do conselheiro, mesmo que ele não concorde com o que o conselheiro disse. Todo e qualquer problema tem um motivo, cabe ao conselheiro descobrir o motivo e dentro de um senso resolver. Uma dos problemas mais comuns é o ciúme, geralmente o desbravador acha que sempre o conselheiro tem o seu “protegido”. Neste caso o conselheiro tem que mostrar de forma nítida que todos tem o seu espaço dentro da unidade e que o “protegido” é mais uma peça da unidade, uma peça com a mesma importância que as outras. Outro problema que poderá ocorrer é falta de cuidado do conselheiro para com todas as partes necessárias para formação de um novo líder, ou seja, o conselheiro se preocupar muito com alguma coisa “pontuação, campanha...” e acabar esquecendo da parte mais importante que é a formação de novos líderes e com certeza isso irá prejudicar muito o seu clube futuramente. Todo líder deve ter a preocupação de formar novos líderes e esta formação começa na unidade com o trabalho que o conselheiro faz encima do desbravador. Todo líder deve ter como lema “servir” portanto tudo aquilo que for solicitado pela diretoria por mais difícil que seja “não impossível” deve ser comprido da melhor e da mais perfeita forma possível. 3
  • 4. O conselheiro também tem como dever ensinar para o seu desbravador tudo o que é relacionado a desbravadores e para isso é necessário que o conselheiro amplie seus conhecimentos para poder passar para o seu desbravador todo o seu conhecimento. Por esse motivo é que o capitão tem que ser o melhor da unidade, o que tem mais conhecimento, para poder auxiliar o conselheiro neste trabalho que não é nada fácil. Para isso o conselheiro terá que estar sempre se atualizando para poder passar as informações corretas para seus desbravadores e encaminhando os seus desbravadores a fazerem o curso de conselheiros e capitães já que mais sedo ou mais tarde eles estarão liderando e quando eles forem líderes deveram estar preparados da melhor forma possível. O conselheiro deve manter sempre a sua unidade em harmonia com as outras unidades do seu clube evitando assim rivalidades já que todos ali estão no mesmo barco. O conselheiro também deve se preparar fazendo cursos porque um dia ele não estará à frente de uma unidade, mas sim de um clube e aqueles que eram seus desbravadores na sua unidade hoje são seus conselheiros, diretores associados e se eles não foram bem formados eles estarão exercendo suas funções de maneira inadequada e conseqüentemente prejudicando o seu clube. Hoje a igreja esta precisando muito de novos líderes e será necessário que novas pessoas com novas idéias apareçam e esta pessoa pode estar na sua unidade basta você descobri-la. Como Conseguir Que Tudo Que Foi Ensinado Entre Em Prática? A maneira mais fácil de conseguir a cooperação do desbravador, é sendo amigo dele, estando presente na sua vida dentro e fora do clube. É fundamental ao conselheiro e capitão que conheça os seus desbravadores para saber com quem está lidando e como ele pode colaborar com a unidade. Procure sempre mostrar ao desbravador o quanto ele é útil à unidade de valor a ele, ajude-o nas tarefas que foram reservadas a ele caso ele não consiga. Corresponda sempre as expectativas do seu desbravador, pois você é a maior referência na formação de seu espírito de liderança. “Jesus antes de ser crucificado formou e deixou líderes estes líderes levaram a sua mensagem por todo o mundo. Jesus nos deixou o exemplo, portanto devemos formar líderes para proclamar a sua mensagem e anunciar a sua volta”. Jesus o maior dos líderes não conseguiu formar líderes perfeitos, não somos nós que vamos conseguir formar. Jesus nos deu esta missão vamos cumpri-la da melhor forma possível e estaremos assim apressando sua vinda. 4
  • 5. Fonte: Clube de Desbravadores Alfa Centauro R: Carlos Maria steimberg, 75 – Vila Ré São Paulo – SP www.alfacentauro.org 5
  • 6. Fonte: Clube de Desbravadores Alfa Centauro R: Carlos Maria steimberg, 75 – Vila Ré São Paulo – SP www.alfacentauro.org 5