A linha 7ºano

7.673 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre a linha - 7º Ano

Publicada em: Educação, Turismo, Tecnologia
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.673
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
500
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
141
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A linha 7ºano

  1. 1. Educação Visual – 7º ano Professoras Isilda Gameiro e Rita Simões E.B. 2,3 Marquês de Pombal
  2. 2. <ul><li>A linha e as suas características. </li></ul><ul><li>Observação da exploração da linha em obras de arte. </li></ul><ul><li>Exercícios de aplicações expressivas da linha. </li></ul>CONTEÚDOS: A Forma e o Espaço - Interacção dos elementos visuais:
  3. 3. “ A linha é um ponto dando um passeio” Paul Klee E.B. 2,3 Marquês de Pombal
  4. 4. A linha é o “rasto” deixado por um ponto que se desloca numa direcção qualquer; é um conjunto de pontos que determinam uma forma ou uma direcção, por isso está relacionada com a acção e o movimento. Souza Campos
  5. 5. A linha pode servir para definir, pelo contorno, a forma. Mas pode também ter valor plástico em si mesma, adquirindo diferentes expressões. A expressão da linha decorre quer do registo [espessuras, força, textura] , quer dos seus ritmos e movimentos, mas também do modo como ocupa e organiza o espaço do campo visual. Keith Haring
  6. 6. A linha só tem uma dimensão – o comprimento – e é infinita . É constituída por pontos invisíveis, o que a torna também invisível. Mas como não podemos trabalhar com linhas invisíveis e infinitas, necessitamos de limitar o seu comprimento e desenhamo-la com uma certa grossura . a d imen s ão
  7. 7. O diferentes tipos de linhas <ul><li>Consoante o tipo de movimento e a direcção dos pontos surgem vários tipos de linhas: </li></ul><ul><ul><li>Rectas quando seguem sempre a mesma direcção; </li></ul></ul><ul><ul><li>Curvas quando a sua direcção varia de uma forma constante e contínua; </li></ul></ul><ul><ul><li>Quebrada quando a direcção varia, de uma forma descontínua . </li></ul></ul>
  8. 8. Relativamente à forma a linha pode ser: enroladas onduladas espiraladas
  9. 9. O As p ec t o Vi s ual LONGA CURTA LARGA ESTREITA ABERTA FECHADA GEOMÉTRICA LIVRE
  10. 10. a d irecção das f ormas l ineares Quando a direcção é sempre a mesma , as linhas são rectas : verticais horizontais oblíquas
  11. 11. Num mesmo campo visual e em relação a outras linhas , poderão ser: paralelas concorrentes perpendiculares
  12. 12. <ul><li>A linha desempenhou um papel de grande importância na arte, quando em Fevereiro de 1909 surge, em França, um movimento chamado Futurismo. </li></ul><ul><li>Os artistas do Futurismo procuravam expressar o movimento actual, registando a velocidade descrita pelas figuras em movimento no espaço. </li></ul><ul><li>O artista futurista não está interessado em pintar um automóvel, mas captar a forma plástica da velocidade descrita por ele no espaço. </li></ul>
  13. 13. <ul><li>Os dois principais artistas a difundir este Movimento Artístico foram: </li></ul><ul><li>Marcel Duchamp [1887 – 1968] </li></ul><ul><li>Giacomo Balla [1871 – 1958] </li></ul>
  14. 14. Ba ll a Cão na Coleira, Giacomo Balla, 1912
  15. 15. Duc h amp Nu descendo escadas Marcel Duchamp 1912
  16. 17. Maria He l ena Vieira da Si l va   Uma das mais importantes Pintoras Europeias da segunda metade do século XX . Nasceu em Lisboa em 13 de Junho de 1908; morreu em Paris a 6 de Março de 1992 .
  17. 18. Maria He l ena Vieira da Si l va   As Grandes Construções, 1956 A biblioteca – Vieira da Silva, 1949
  18. 19. Júlio P omar Nasceu em Lisboa, 10 de Janeiro de 1926. É um pintor e escultor português.
  19. 20. Júlio P omar Retrato de Fernando Pessoa. Retrato Oficial de Mário Soares - 1994
  20. 22. Nasceu em 1956, em Orange, New Jersey. Licenciou-se em Design na Universidade de Massachusetts, Dartmouth, MA. (1979-1983) D esi g ner, E sc u ltor, F o t ógrafo
  21. 29. Po d es sa b er mais e m: http// www.brucegray.com
  22. 30. E.B. 2,3 Marquês de Pombal Rita Simões <ul><li>Para explorarmos a técnica da Linha vamos utilizar: cartolinas de várias c o r e s , recortes , papéis coloridos , tesoura, cola e canetas de feltro. </li></ul>
  23. 31. <ul><li>Utiliza como fundo do teu trabalho uma cartolina A3. </li></ul><ul><li>Com base nas imagens apresentadas, tenta desenhar formas e linhas como Bruce Gray. </li></ul><ul><li>Para tal, utiliza papéis coloridos, recortes de jornais e/ou revistas. </li></ul><ul><li>Cria a partir dai as várias formas. </li></ul><ul><li>Preenche os espaços com linhas diversificando ao máximo as configurações deste elemento de comunicação visual. </li></ul><ul><li>Deves utilizar marcadores de feltro. </li></ul><ul><li>Prazo de realização deste trabalho: 8 aulas de 45 minutos. </li></ul>

×