Tecnologias a favor da aprendizagem

711 visualizações

Publicada em

Palestra para educadores sobre o uso de tecnologias nas escolas a favor da aprendizagem.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
711
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tecnologias a favor da aprendizagem

  1. 1. Tecnologia eficaz: quais premissas, quais condições, quais expectativas críveis? Isabel Farah Schwartzman Fórum de educadores. Setembro de 2013
  2. 2. Agenda Tecnologias educacionais em contexto Como a tecnologia pode ajudar a educação? Dois exemplos em São Paulo Bola de cristal
  3. 3. Tecnologias educacionais em contexto
  4. 4. Tecnologia na educação Alguma novidade?
  5. 5. Tecnologia na educação Alguma novidade?
  6. 6. Computadores não tem impacto!
  7. 7. Larry Cuban, 2001 • Grande investimento em computadores • Pouco uso pelos professores • Uso dissociado do conteúdo ensinado • Sem impacto na aprendizagem • Conclusão: parar investimento em computadores!
  8. 8. Alguém viu o gorila?
  9. 9. Parece óbvio, mas não é… • Hardware apenas não importa. - Qual o software, aplicativo, metodologia, conteúdo? • Software apenas não importa. – Quais os objetivos de aprendizagem? – Como o software está integrado à proposta de ensino e aprendizagem? – Como é feito o planejamento e a avaliação do uso do software?
  10. 10. Como a tecnologia pode ajudar a educação?
  11. 11. Video aula Objetos digitais MOOCs Plataformas adaptativas Muitas palavras Gamification Livro digital Recursos educacionais abertos Blended learning Ambiente virtual de aprendizagem Ambientes colaborativos Flipped classroom Aplicativos
  12. 12. A tecnologia sozinha é suficiente?
  13. 13. Clayton Christensen Harvard Business School
  14. 14. Tipologia de blended Learning
  15. 15. Modelo blended depende da proposta didática Flip the flip Primeiro interagir, depois sistematizar Mastery based learning Cada um avança no seu ritmo Flipped Classroom Aproveitar a aula para a interagir
  16. 16. Como a tecnologia pode ajudar a aprendizagem? 1. Acesso e equidade 2. Interação e feedback 3. Motivação e colaboração 4. Inteligência e diferenciação 5. Mobilidade
  17. 17. 1. Acesso e equidade
  18. 18. 2. Interação e feedback
  19. 19. 3. Motivação e colaboração
  20. 20. 4. Inteligência e diferenciação
  21. 21. 5. Mobilidade
  22. 22. Dois exemplos de São Paulo
  23. 23. Gestão da aprendizagem Avaliação Objetivos claros Planejamento Formação de professores
  24. 24. Khan Academy Fundação Lemann Objetivo Melhorar o aprendizado dos alunos de escolas públicas em matemática.
  25. 25. Uso por alunos e professores Alunos acessam a ferramenta com login e senha individuais • Vídeos • Exercícios • Meu Sistema Solar Alunos assistem os vídeos e fazem exercícios na sala, com orientação do professor • Cada aluno ou grupo trabalha de acordo com seu nível de aprendizagem, no seu ritmo; • Professor ganha tempo para auxiliar os alunos com mais dificuldade Professor acessa relatórios • Tem acesso às informações sobre o desempenho de cada estudante • Planeja as próximas aulas, de acordo com o desenvolvimento de cada um.
  26. 26. O software
  27. 27. Informática Educativa Secretaria de Educação Municipal de São Paulo Desenvolvimento de “habilidades do século XXI” e temas curriculares Metodologia de projetos com tecnologia Práticas visíveis, por meio de ambientes de colaboração digital Avaliação compartilhada por meio de rubrica produzida em conjunto Disseminação e discussão de boas práticas Programa desenvolvido pela Secretaria de Educação de SP com o Prof. Cesar Nunes (USP)
  28. 28. Rubrica de avaliação de atividades – Sec. Educ. Munic. São Paulo
  29. 29. Rubrica de avaliação de atividades – Sec. Educ. Munic. São Paulo
  30. 30. Bola de Cristal
  31. 31. Resumindo • As tecnologias podem ser muito úteis, desde que seu uso seja coerente com os objetivos de aprendizagem. • Elas podem ampliar o acesso e proporcionar uma apredizagem mais interativa, motivadora e personalizada. • Os dois casos apresentados têm objetivos bem distintos e usam tecnologias de forma coerente para atendê-los. • Ambos usam ferramentas claras de planejamento e avaliação sistemáticas do uso da tecnologia.
  32. 32. Um olhar para fora • A forma como as tecnologias são usadas fora da escola e o papel que elas desempenham na aprendizagem informal devem influenciar cada vez mais o dia a dia da escola.
  33. 33. Algumas referências • Christensen, C; Michael, B Staker, H (2013) Is K12 Blended Learning Disruptive? An introduction of the theory of hybrids • Khan, S. (2012) The one world school house: education reimagined • Schneider, B; Wallace, J; Blickstein, P; Pea, R (2013) Preparing for future learning with a tangible user interface: the case of neuroscience
  34. 34. Obrigada! ifs003@mail.harvard.edu

×