FÓSSEISGeologia 10
2   Nuno Correia 10/11
3   Dos biliões de    organismos que    existiram na Terra em    épocas passadas,    apenas uma pequena    parte ficou   ...
Fóssil4       Todo e qualquer vestígio identificável, corpóreo ou        de actividade orgânica, de organismos do passado...
Somatofóssil      Icnofóssil5    Nuno Correia 10/11
Somatofóssil6       Fóssil de restos somáticos        (isto é, do corpo) de        organismos do passado.        Por exem...
Icnofóssil7       Fóssil de vestígios de actividade biológica de        organismos do passado. Por exemplo, fósseis de   ...
Fossilização8       Para que um organismo        ou um vestígio seja        preservado, terá de ser        rapidamente en...
9       A fossilização é o        conjunto de fenómenos        físicos e químicos que        permitem a formação de      ...
Processo de fossilização10                     Nuno Correia 10/11
Processos de fossilização11        Moldagem        Mineralização        Conservação                         Nuno Correi...
Moldagem12    A moldagem é um tipo de     fossilização em que as     partes moles do ser vivo     desaparecem totalmente,...
13        Um bom ambiente para a sua formação e         conservação são os sedimentos depositados em         meio marinho...
Molde interno14    Molde de superfícies ou de     cavidades interiores de     estruturas somáticas ou de     vestígios de...
15   Nuno Correia 10/11
Molde externo16    Molde de superfícies ou de     cavidades exteriores de     estruturas somáticas ou de     vestígios de...
Mineralização17        há a "transformação do         fóssil em pedra".        A mineralização é um         processo de ...
18        Quando os sedimentos que         envolvem o ser vivo sofrem         compressão devido ao peso         de mais s...
Braquiópodes19       Nuno Correia 10/11
Rudistas     Os rudistas foram moluscos bivalves marinhos de     tamanho e morfologia bastante variados. Eles     possuiam...
Conservação21    Na conservação há a preservação     integral ou parcial do corpo do ser     vivo na resina ou no gelo. ...
22   Nuno Correia 10/11
23    Este processo de fossilização,     que é o mais raro, implica a     preservação total do indivíduo     ou parte del...
Kaliningrad, Russia24           Nuno Correia 10/11
25        Os vestígios da actividade         dos seres vivos, como         manifestações de         alimentação - excreme...
26   Nuno Correia 10/11
Paleontologia   Ciência natural que estuda a Vida do passado da Terra e    seu desenvolvimento ao longo do tempo geológic...
Paleontólogo   Um paleontólogo é um cientista com formação superior    em Geologia (ou em Biologia, ainda que esta seja  ...
O que é necessário para se ser                 paleontólogo?   Para se ser paleontólogo é    necessário, sobretudo, ser-s...
   Os paleontólogos são cientistas com    um gosto muito especial pela    Geologia e pela Biologia (pelas    Ciências da ...
G6 - Fósseis
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

G6 - Fósseis

658 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
658
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

G6 - Fósseis

  1. 1. FÓSSEISGeologia 10
  2. 2. 2 Nuno Correia 10/11
  3. 3. 3 Dos biliões de organismos que existiram na Terra em épocas passadas, apenas uma pequena parte ficou preservada sob a forma de fósseis. Nuno Correia 10/11
  4. 4. Fóssil4  Todo e qualquer vestígio identificável, corpóreo ou de actividade orgânica, de organismos do passado, conservado em contextos geológicos, isto é, nas rochas (do latim fossile < fossu, cavado, retirado do chão cavando). Nuno Correia 10/11
  5. 5. Somatofóssil Icnofóssil5 Nuno Correia 10/11
  6. 6. Somatofóssil6  Fóssil de restos somáticos (isto é, do corpo) de organismos do passado. Por exemplo, fósseis de dentes, de carapaças, de folhas, de conchas, de troncos, etc. Nuno Correia 10/11
  7. 7. Icnofóssil7  Fóssil de vestígios de actividade biológica de organismos do passado. Por exemplo, fósseis de pegadas, de marcas de mordidas, de ovos (da casca dos ovos), de excrementos (os coprólitos), de túneis e de galerias de habitação, etc. Nuno Correia 10/11
  8. 8. Fossilização8  Para que um organismo ou um vestígio seja preservado, terá de ser rapidamente enterrado em sedimentos ou outro meio protector, sem oxigénio, não sendo destruído nem pelo calor e pressão nem pelos agentes erosivos. Nuno Correia 10/11
  9. 9. 9  A fossilização é o conjunto de fenómenos físicos e químicos que permitem a formação de um fóssil. No entanto, este é um fenómeno muito raro na Natureza, porque, habitualmente, quando os seres vivos morrem, entram em decomposição. Nuno Correia 10/11
  10. 10. Processo de fossilização10 Nuno Correia 10/11
  11. 11. Processos de fossilização11  Moldagem  Mineralização  Conservação Nuno Correia 10/11
  12. 12. Moldagem12 A moldagem é um tipo de fossilização em que as partes moles do ser vivo desaparecem totalmente, deixando gravado na rocha um molde geralmente das suas partes duras, como conchas, dentes e ossos. Nuno Correia 10/11
  13. 13. 13  Um bom ambiente para a sua formação e conservação são os sedimentos depositados em meio marinho. Nuno Correia 10/11
  14. 14. Molde interno14 Molde de superfícies ou de cavidades interiores de estruturas somáticas ou de vestígios de actividade orgânica. Os moldes internos são formados pelo material que ocupa a cavidade interior de uma qualquer estrutura, reproduzindo (em negativo) a sua forma e os seus relevos. Nuno Correia 10/11
  15. 15. 15 Nuno Correia 10/11
  16. 16. Molde externo16  Molde de superfícies ou de cavidades exteriores de estruturas somáticas ou de vestígios de actividade orgânica.  Os moldes externos são constituídos pelo material que cobre a superfície externa de uma qualquer estrutura, reproduzindo (em negativo) a sua forma e os seus relevos (a sua ornamentação). Nuno Correia 10/11
  17. 17. Mineralização17  há a "transformação do fóssil em pedra".  A mineralização é um processo de fossilização em que a matéria orgânica que constitui o ser vivo é substituída por minerais. Nuno Correia 10/11
  18. 18. 18  Quando os sedimentos que envolvem o ser vivo sofrem compressão devido ao peso de mais sedimentos que sobre eles se vão acumulando, acontecem transformações em que certos minerais, como a calcite e a sílica, substituem a matéria que constitui as partes duras do ser vivo, como conchas, ossos, dentes, raízes e troncos. Nuno Correia 10/11
  19. 19. Braquiópodes19 Nuno Correia 10/11
  20. 20. Rudistas Os rudistas foram moluscos bivalves marinhos de tamanho e morfologia bastante variados. Eles possuiam uma concha fixa ao substrato e eram bem adaptados ao modo de vida séssil. Os rudistas alcançaram uma grande população na segunda metade do período Cretáceo habitando principalmente o mar de Tetis. Deixaram de existir, entretanto, quando ao fim do Cretáceo ocorreu a extinção K-T.20 Nuno Correia 10/11
  21. 21. Conservação21  Na conservação há a preservação integral ou parcial do corpo do ser vivo na resina ou no gelo.  É o tipo menos comum de fossilização. Nuno Correia 10/11
  22. 22. 22 Nuno Correia 10/11
  23. 23. 23 Este processo de fossilização, que é o mais raro, implica a preservação total do indivíduo ou parte dele. Para ocorrera mumificação, é necessário que o ser vivo, ou parte dele, seja envolvido por uma substância impermeável, como, por exemplo, o âmbar. Kaliningrad, Russia Nuno Correia 10/11
  24. 24. Kaliningrad, Russia24 Nuno Correia 10/11
  25. 25. 25  Os vestígios da actividade dos seres vivos, como manifestações de alimentação - excrementos -, nidificação - ovos - e movimento - pegadas - também são fósseis, quando passam pelos processos descritos anteriormente. Nuno Correia 10/11
  26. 26. 26 Nuno Correia 10/11
  27. 27. Paleontologia Ciência natural que estuda a Vida do passado da Terra e seu desenvolvimento ao longo do tempo geológico, bem como os processos de integração da informação biológica no registo geológico (do Gr. palaiós, antigo + óntos, ser + lógos, tratado).
  28. 28. Paleontólogo Um paleontólogo é um cientista com formação superior em Geologia (ou em Biologia, ainda que esta seja menos frequente) que estuda os fósseis para investigar como eram os organismos e os ecossistemas do passado da Terra. O paleontólogo estuda os fósseis, também, para perceber como estes se formaram e como podem ser usados para a datação relativa dos estratos rochosos em que ocorrem. Os paleontólogos são os cientistas que estudam Paleontologia.
  29. 29. O que é necessário para se ser paleontólogo? Para se ser paleontólogo é necessário, sobretudo, ser-se curioso e querer saber mais sobre os animais e as plantas que povoaram a Terra há muitos milhões de anos e sobre os fósseis, os vestígios desses mesmos organismos que encontramos actualmente conservados nas rochas.
  30. 30.  Os paleontólogos são cientistas com um gosto muito especial pela Geologia e pela Biologia (pelas Ciências da Natureza em geral), uma vez que, para investigar a Vida do passado da Terra e estudar os seus fósseis, é necessário conhecer bem a geologia dos locais onde estes ocorrem e a biologia dos organismos que lhes deram origem.

×