Envelhecer Feliz! Nome: Isabel Paiva Nº 903322
Velhice. Estado ou Processo? <ul><li>“ Envelhecer é um processo natural.  </li></ul><ul><li>O corpo, que antes possuía uma...
Velhice. Mudanças corporais! <ul><li>Aspecto físico: rugas, cabelo cinza/branco, postura curvada, (…); </li></ul><ul><li>Ó...
Velhice. Mudanças psicossociais! <ul><li>Efeitos fisiológicos de envelhecimento; </li></ul><ul><li>Consciência da aproxima...
Ideias do senso comum face à  velhice! Negativas  (mentes doentes) Positivas  (mentes sãs) Caduco; Senil; Só estorva; (…) ...
Porque é que a sociedade não pode aceitar estas  (negativas)  ideias? <ul><li>Segundo Tavares et al. (2007:105)  “a velhic...
O que fazer? Perante tal problemática, muito há a dizer e a fazer. Porém, cabe a cada um de nós proporcionar a este grupo ...
Envelhecer Feliz! <ul><li>1º - Proibido dizer  “já estou velho para isso…”; </li></ul><ul><li>2º - Dizer antes “cheguei ao...
Quero aprender! Quero  ensinar! Quero continuar a amar!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Envelhecer feliz

1.479 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia, Esportes
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.479
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
48
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
40
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Envelhecer feliz

  1. 1. Envelhecer Feliz! Nome: Isabel Paiva Nº 903322
  2. 2. Velhice. Estado ou Processo? <ul><li>“ Envelhecer é um processo natural. </li></ul><ul><li>O corpo, que antes possuía uma vitalidade </li></ul><ul><li>extraordinária, aos poucos, bem aos poucos, vai-se curvando aos ditames do tempo”. </li></ul><ul><li>http://www.cancaonova.com/portal/canais/formacao/internas.php?id=&e=11424 </li></ul>
  3. 3. Velhice. Mudanças corporais! <ul><li>Aspecto físico: rugas, cabelo cinza/branco, postura curvada, (…); </li></ul><ul><li>Órgãos dos sentidos: diminuição da visão, da audição, do paladar e do olfacto; </li></ul><ul><li>Músculos, ossos e mobilidade: diminuição do peso, da tonicidade muscular, da altura, (…); </li></ul><ul><li>Órgãos internos: diminuição da capacidade de funcionamento do coração, modificação do sistema imunitário, (…). </li></ul><ul><li>Adaptado de Craig (1996) </li></ul>
  4. 4. Velhice. Mudanças psicossociais! <ul><li>Efeitos fisiológicos de envelhecimento; </li></ul><ul><li>Consciência da aproximação do fim da vida; </li></ul><ul><li>Suspensão da actividade profissional por reforma; </li></ul><ul><li>Declínio no prestígio social. </li></ul>
  5. 5. Ideias do senso comum face à velhice! Negativas (mentes doentes) Positivas (mentes sãs) Caduco; Senil; Só estorva; (…) “ Velhos são os trapos”; A idade não conta, o que conta é o espírito; Idade + experiência de vida = sabedoria; (…) Não podemos esquecer que os “velhos” de hoje foram “ontem” os nossos jovens e que os jovens de hoje, serão “velhos” amanhã!
  6. 6. Porque é que a sociedade não pode aceitar estas (negativas) ideias? <ul><li>Segundo Tavares et al. (2007:105) “a velhice está longe de ser considerada como uma fase deteriorizante, declinatória e irreversível”. </li></ul><ul><li>Numa época de novos paradigmas, a velhice deve ser encarada como sendo um processo de desenvolvimento onde existem capacidades de reserva que podem ser utilizadas em compensação do declínio de determinadas competências. </li></ul>
  7. 7. O que fazer? Perante tal problemática, muito há a dizer e a fazer. Porém, cabe a cada um de nós proporcionar a este grupo etário uma qualidade de vida que lhe permita envelhecer feliz. Como? Verificando se as relações sociais e familiares do idoso são positivas e consistentes; motivando o idoso a encarar esta etapa de vida com optimismo (…) ajudando-o a envelhecer feliz!
  8. 8. Envelhecer Feliz! <ul><li>1º - Proibido dizer “já estou velho para isso…”; </li></ul><ul><li>2º - Dizer antes “cheguei ao ponto culminante da vida”; </li></ul><ul><li>3º - Assumir que as limitações podem ser reversíveis; </li></ul><ul><li>4º - Repetir. Tenho muito para aprender e muito para ensinar; (…) </li></ul>
  9. 9. Quero aprender! Quero ensinar! Quero continuar a amar!

×