Lixo e meio ambiente1

498 visualizações

Publicada em

Destinado a questões do cuidado com o planeta e sustentabilidade!

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Lixo e meio ambiente1

  1. 1. LIXO E MEIO AMBIENTE
  2. 2. CONCEITOS LIXO EDUCAÇÃO AMBIENTAL CIDADANIA
  3. 3. PRINCÍPIOS: 3R REDUZIR REAPROVEITAR RECICLAR
  4. 4. POSSIBILIDADES
  5. 5. CONCEITOS
  6. 6. LIXOLixo é basicamente todo e qualquerresíduo sólido proveniente dasatividades humanas ou gerado pelanatureza em aglomerações urbanas
  7. 7. É importante lembrar que o lixo gerado pornós é apenas uma pequena parte da“montanha” gerada todos os dias,composta também por resíduos industriais,da construção civil, da mineração, daagricultura e outros.
  8. 8. CLASSIFICAÇÃO DO LIXO
  9. 9. ORIGEM
  10. 10. DOS ESPAÇOS PÚBLICOS
  11. 11. RUAS, PRAÇAS E PRAIAS
  12. 12. Chamado “lixo de varrição” (enormequantidade de coisas jogadas pelaspessoas, além de folhas galhos deárvore, terra, e areia).
  13. 13. É significativo lembrar que atéelementos naturais tornam-se lixodentro do espaço urbano.
  14. 14. DAS CASAS
  15. 15. Papel, jornais velhos, embalagens deplástico e papelão, vidros, latas,restos de alimentos e outros.
  16. 16. DAS ESCOLAS
  17. 17. Geralmente muito papel, pontas delápis, além de embalagens e restosde comida, e também os produtos delimpeza.
  18. 18. DOS ESTABELECIMENTOSCOMERCIAIS
  19. 19. Hotéis e restaurantes produzem muitosrestos de comida, enquantosupermercados e lojas produzemprincipalmente embalagens de papelão.
  20. 20. DOS HOSPITAIS E OUTROSSERVIÇOS DE SAÚDE
  21. 21. Um tipo de lixo que merece cuidadosespeciais (os chamados lixospatogênicos), pois alguns materiaispodem transmitir doenças contagiosas.
  22. 22. Cuidados especiais também devemser mantidos com os perfuro-cortantes (agulhas, bisturis, etc).
  23. 23. DAS FÁBRICAS
  24. 24. Rejeitos sólidos, cuja composiçãodepende das matérias-primas e processosindustriais utilizados, que na maioria dasvezes necessitam de tratamento especial.
  25. 25. DOS ESCRITÓRIOS E BANCOS
  26. 26. Muito papel, além de restos de alimentos.Há ainda, lixos especiais que exigem umcuidado maior porque podem colocar emrisco a saúde e a vida das pessoas:O lixo radioativo, o lixo industrial tóxico,inflamável ou explosivo
  27. 27. EDUCAÇÃO AMBIENTAL
  28. 28. “A educação ambiental é um processopermanente no qual os indivíduos e acomunidade tomam consciência do seumeio ambiente e adquirem oconhecimento, os valores, as experiênciase a determinação que os tornam aptos aagir – individual e coletivamente – eresolver problemas ambientais”.
  29. 29. CIDADANIA
  30. 30. Exercício dos direitos e deveresindividuais e coletivos.
  31. 31. Um enfoque socioambiental, entendo-se omeio ambiente como um lugar dasrelações da sociedade com a natureza,sobretudo das relações sociais e culturais;a educação ambiental se configurandocomo uma prática voltada à construção dacidadania, a partir da compreensão de queas condições ambientais e as condiçõessociais são processos intrinsecamentearticulados .
  32. 32. PRINCÍPIOS: 3R
  33. 33. RECICLARReciclagem é o conjunto de técnicas quetem por finalidade aproveitar os detritose reutilizá-los no ciclo de produção quesaíram. É o resultado de uma série deatividades, pelo qual materiais setornariam lixo, ou estão no lixo, sãodesviados, coletados, separados eprocessados para serem usados comomatéria-prima na manufatura de novosprodutos.
  34. 34. REAPROVEITARTornar a aproveitar.Em relação ao lixo, é aproveitar deuma outra forma os materiais. Ex.Usar garrafas para colocar água,fazer brinquedos e outros objetos,etc.
  35. 35. REDUZIRO aquecimento global se caracterizacomo o principal problema ambientaldo planeta, hoje.Podemos agir nas pequenas açõespara poder cobrar as maiores
  36. 36. TAPA DE LUVAOs animais e as flores silvestres reunidos decidiram: O homem não merece ser extinto Damário da Cruz
  37. 37. "A natureza é o horizonte do homem.Sua explicação, seu fundamento, sua medida.Lutar pela preservação das espécies é assumiruma irmandade feita de folhas, penas, ventos,águas, peles, brilhos, cores, movimento, vida.A asa que desenha sua liberdade sobre purostons de azul não deixa rastros no céu.Uma queimada escreve sua destruição na terra.A água que corre seus cristais entre camposprotegidos e férteis, vira nuvem e chove novafertilidade sobre os prados onde o homem colhe acontinuidade da sua existência.
  38. 38. Ao manchar um oceano, o homem turva a próprianitidez do seu caminho no mundo. O ferir umafloresta, ele estabelece sobre si mesmo umasentença de morte. Ao desrespeitar a pureza dovento, a transparência do ar, ele envenena o seupróprio direito de caminhar sobre a terra.Assim, a infinidade da vida cobra de cada um, zelo ecompromisso.
  39. 39. Pequeno entre as grandezas, o homem não sedeve medir com os horizontes que o cercam,mas respeitá-los. Ter com eles a relação doamigo, a conduta do irmão, o desvelo do pai,a humildade de um servo.A vida sabe multiplicar em recompensasessas demonstrações de carinho.Na grandeza imaculada dos seus elementos.Na beleza infinita de suas formas." Autor desconhecido.

×