Tabela Matriz Novo Curso

248 visualizações

Publicada em

1ª Tarefa
A Biblioteca Escolar. Dsafios e Oportunidades no contexto de Mudança

Publicada em: Turismo, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
248
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tabela Matriz Novo Curso

  1. 1. Tabela matriz a utilizar para a realização da 1ª parte da tarefa, conforme indicações do Guia da Sessão Conhecimento na área Biblioteca escolar Aspectos críticos que a Literatura Desafios. Acções Domínio Pontos fortes Fraquezas Oportunidades Ameaças identifica a implementar Formação .Liderança especializada Dificuldades na Professores Gestão da Falta de Consciência da cooperação pelo bibliotecários a Tornar evidente a informação que reconhecimento função de não tempo inteiro participação no potencia a do P.B. professor e gestor reconhecimento Colaboração de PEE,PCA e RI Competências do construção do Diferenciação em Existência de: do papel do outros parceiros professor bibliotecário Conhecimento relação à carreira Rede de P.B. Presença no Interacção e e ao modelo de bibliotecas Conselho trabalho de avaliação Grupos Pedagógico equipa concelhios e Sabe As Novas RBE Dificuldades Participação e Falta de formação Constituição da Organização e Gestão da Tecnologias ao Grupos de acrescidas por Intervenção na especializada equipa por 4 anos BE serviço da BE- trabalho horas equipa de PTE dos elementos da Plano de Acção espaço de concelhios insuficientes equipa Formação aprendizagem e Cooperação de atribuídas à adequada conhecimento técnico da B.M. equipa na catalogação Resistência ao trabalho em ambiente digital
  2. 2. Conhecimento na área Biblioteca escolar Elaboração do Adequação da catálogo colectivo O PNL quer no Ausência de uma Disponibilização Verbas escassas colecção Criação do apoio financeiro, política de de recursos on- para um Actualização da Regulamento de quer nas aquisições line para Agrupamento colecção empréstimos sugestões para Fundo divulgação grande e com Gestão da Colecção Apostar mais na inter-bibliotecas aquisição de documental ainda poucos recursos qualidade que na Elaborar com a fundo documental insuficiente quantidade Direcção Executiva doc.”Política de Gestão da Colecção” A BE como espaço para a A utilização dos Potencializar A excessiva carga Aplicar novas Reconhecimento construção da recursos tem recursos para horária dos metodologias inferior ao A BE como espaço de aprendizagem e vindo a aumentar, apoio às áreas docentes e o /recursos para esperado dos conhecimento e conhecimento assim como o curriculares não excesso de potenciar a recursos aprendizagem. Trabalho Espaço de reconhecimento disciplinares burocracia pode articulação com existentes colaborativo e articulado recursos válidos da sua como Área dificultar o acesso os docentes Preferência por com Departamentos e de apoio importância, no -Projecto e à BE um ensino docentes. curricular, para a seio da Estudo Alguma tradicional na sala interacção e comunidade Acompanhado resistência à de aula colaboração com escolar mudança, pela o professor na parte de alguns sala de aula docentes
  3. 3. Conhecimento na área Biblioteca escolar Actividades de Orientação Resistência à A BE como um Promoção da insuficiente PNL Difusão de Boas colaboração com espaço de eleição Leitura em acerca do que os Partilha de Práticas a BE para para a promoção colaboração com professores recursos Colaboração com trabalhar as da leitura e os professores pretendem com os os docentes para o literacias da desenvolvimento Semana da trabalhos dos desenvolvimento Formação para a leitura e informação das literacias Leitura alunos das literacias da para as literacias Criação de informação leitores Tendência para Acções de pesquisar formação informação e não (formais e a trabalhar, informais) sobre personalizando os as literacias da trabalhos que informação realizam. Formação em Ausência de Dispersão nos Recursos Novas tecnologias A alteração de PTE articulação com a meios como se disponíveis na Web2.0 e outras práticas BE na utilização divulgam e Web ferramentas a tradicionais, rumo A abundância de dos recursos partilham os BE e os novos ambientes utilizar como à mudança recursos digitais digitais recursos na escola digitais. forma de aceder e (computadores Resistência de permitir o acesso portáteis, quadros alguns docentes à informação interactivos, aos recursos Procurar a moodle) digitais articulação entre
  4. 4. Conhecimento na área Biblioteca escolar Melhorar o A Recolha de A possibilidade A inexperiência Poder desempenho : evidências acerca O facto de de aceder a na aplicação do implementar o serviços, dos serviços existirem duas modelos e modelo de auto- Modelo de Auto- articulação, prestados é “carreiras” e dois Gestão de evidências/ práticas já avaliação Aval iação das comprometimento fundamental para modelos avaliação. utilizados BE dos agentes a sua avaliação e, A existência de educativos, de consequentement formação na área forma a levar a e, um contributo de Auto-avaliação uma maior para a melhoria consciencializaçã da sua qualidade o destes serviços. Gestão da mudança SÍNTESE Factores de sucesso Obstáculos a vencer Acções prioritárias As barreiras entre a sala de aula e a Articular de uma forma mais evidente Comprometer o aluno na O interesse dos alunos em geral pelos biblioteca e persistente com os professores das construção do ambientes e recursos digitais O facilitismo no tratamento da áreas curriculares e não curriculares conhecimento a partir da O apoio da RBE / coordenadores inter- informação informação que obtém na concelhios A falta de rigor na avaliação dos Formar utilizadores em ambientes sala de aula e na trabalhos produzidos com base nas digitais biblioteca pesquisas on-line

×