SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
D. Gestão da BED.2. Condições humanas e materiais para a prestação de ServiçosIndicadoresFactores críticos de sucessoInstrumentos de Recolha de Evidências sugeridosEvidências extraídas do Instrumentos, a integrar no Relatório de Auto-avaliaçãoD.2.1 Liderança do/aprofessor/abibliotecário/a.D.2.2. Adequação daequipa em número e qualificações àsnecessidades de funcionamento da BE e às solicitações da comunidade educativa.D.2.3. Adequação da BE em termos deespaço e de equipamento às necessidades da escola/ agrupamento.D.2.4. Resposta doscomputadores e equipamentos tecnológicos ao trabalho e aos novosdesafios da BE.O Professor bibliotecário/a.• O/a professor/a coordenador/a:- É um membro activo da comunidade educativa, mobilizando a equipa e a escola/ Agrupamento para o cumprimento dos objectivos da BE e para a sua integração na escola. - Define e distribui funções e cria boas relações interpessoais com a equipa e um ambiente de trabalho propício ao bom funcionamento da BE.- Participa nos órgãos de decisão  pedagógica e nos momentos de planificação de actividades, sugerindo recursos e inventariando possibilidadesde trabalho com a BE.- Recorre à planificação estratégica e operacional, de acordo com os objectivos definidos e as problemáticas identificadas.- Operacionaliza um programa de formação para as literacias e articula com os docentes contribuindo para as aprendizagens dos alunos e para o sucesso escolar- Inclui as bibliotecas das escolas do Agrupamento no seu plano, trabalhando articuladamente e direccionando actividades a estas escolas/bibliotecas.-Promove a(s) bibliotecas escolar(es) que gere e introduz um processo de melhoria contínua, desenvolvendo uma estratégia de marketing para a BE e sua avaliação sistemática.• O/A coordenador/a possui um nível de formação adequado (curso de pós-graduação ou 250h ou mais de formação nas áreas das BEna área das BE) e um perfil que o/a tornam apto/a gerir a equipa e a BE.• A equipa é pluridisciplinar, adequada em número e possui formação e competênciascompatíveis com as funções que desempenha.• A equipa integra um ou mais auxiliares de acção educativa a tempo inteiro com formaçãoacrescida e competências técnicas e organizacionais adequadas à gestão local da BE e à implementação do serviço de referência.• A equipa tem uma postura proactiva que induz comportamentos de acesso e uso dos recursos e garante uma mediação eficaz entre as necessidades dos utilizadores e as fontes de informação/ possibilidades da BE.• A equipa interage com a escola/ agrupamento, com os departamentos e com os professores em múltiplas  actividades.• Os alunos são acompanhados e formados para o uso da BE e para as diferentes literacias.• A BE reflecte e integra os normativos definidospelo ME/ RBE.• A BE disponibiliza condições de espaço capazes de responder, no seu funcionamento, às solicitações da comunidade escolar e a uma utilização diversificada. • A organização do espaço em zonas funcionais permite uma utilização do espaço e dosrecursos e o trabalho individual e em grupo.• O mobiliário é adequado em quantidade, cor e altura à faixa etária dos alunos, proporcionando boas condições de espaço, acomodação e o acesso livre dos utilizadores à documentação.• Os equipamentos são suficientes para as necessidades locais e para as necessidades locais e para as necessidades do agrupamento.• Os equipamentos respondem em adequação e funcionalidade aos desafios que o paradigmaactual coloca e ao trabalho e uso da documentação em diferentes suportes.• Os equipamentos de leitura áudio/Mp3 e vídeo DVD são adequados em número e condições de funcionamento.• O número de computadores responde à procuras e às solicitações dos utilizadores.• O hardware está actualizado e o software responde às exigências da solicitações.• A equipa articula a manutenção e uso das TICcom o coordenador das TIC, rentabilizando equipamentos e possibilidades de trabalho.• A BE funciona em rede (Intranet e Internet) e explora as potencialidades que as redes facultam na escola e no agrupamento.• A BE recorre a diferentes tipos de ferramentas Web, como plataformas (LMS) ou outros dispositivos da WEB2., para incentivar o diálogoe desenvolver processos formativos ou criativos.• Autoavaliação do/a professor/acoordenador/a (CK1)• Questionário aos professores (QP3)• Registos dos projectos e programas• Registos do trabalho articulado comdepartamentos e professores; Actas de reuniõesBlogue, desdobráveis, vitrine/ expositor(alunos); placard  sala de professores e de directores de turma)• Currículos profissionais dosmembros da equipa• Horário da equipa• Questionário aos professores (QP3)Questionários a alunos             (criados pela equipa )Registos de contactos / reuniões informais; PAA;Plantas e outros documentos com a distribuição dos equipamentosDocumentos caracterizadores da BE(plantas, equipamentos, etc.)• Registos de observação doFuncionamento• Questionário aos professores (QP3)                                                          • Questionário aos alunos (QA4)• Questionário aos alunos (QA4• Inventário de material existenteRegistos de temas por áreas de pesquisa   • Questionário aos professores (QP3)Plataforma Moodle e WikispacesA Professora bibliotecária reuniu periodicamente coma equipa da BE para a planificação do trabalho;A BE distribui periodicamente funções aos professores da equipa e outros professores colaboradores; A  Coordenadora/  professora bibliotecária planificou actividades com a outra professora bibliotecária do Agrupamento, para articular actividades do 1ºciclo A Professora Bibliotecária participa nas reuniões de Conselho Pedagógico, transmitindo informações a todos os Coordenadores dos Departamentos de todos os níveis de ensinoO Professor bibliotecário e a equipa planifica acções e desenvolve materiais para o desenvolvimento das literacias ( brevemente disponíveis on-line no Wikispace da biblioteca)A BE desenvolve trabalho e estratégia de marketing junto da comunidade educativaA BE aplicou questionários aos professores e alunos , em anos anteriores, de forma a avaliar a qualidade dos serviços . A aplicar uma amostra este ano.A BE observa os comportamentos, gerindo o acesso aos recursos existentes; A BE mede o grau de satisfação dos serviços e recursos através da análise dos inquéritos.A Equipa desenvolve trabalho articulado com alguns Departamentos, ensino especial e professores do 1º ciclo.A BE solicita A BE recolhe, analisa e divulga resultados de Estatísticas acerca do funcionamento e espaços.A BE aplicou questionários aos professores e alunos , em anos anteriores, de forma a avaliar a qualidade dos serviços . A aplicar uma amostra este ano.A Equipa aplicará questionários de forma a auscultar o grau de satisfação dos utilizadoresA equipa da BE orienta os trabalhos de pesquisa na Internet  de forma a evitar que os alunos façam apenas “copy/paste”.O Professor bibliotecário e a equipa desenvolve materiais de apoio curricular e não curricular (brevemente disponíveis on-line no Wikispace da biblioteca)
Tabela D.2.
Tabela D.2.
Tabela D.2.
Tabela D.2.
Tabela D.2.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentacao ao Conselho Pedagogico
Apresentacao ao Conselho PedagogicoApresentacao ao Conselho Pedagogico
Apresentacao ao Conselho Pedagogico
nuno.jose.duarte
 
MAFSessao6 Tabela D.1
MAFSessao6 Tabela D.1 MAFSessao6 Tabela D.1
MAFSessao6 Tabela D.1
ameliafig
 
Custoias .ppt-cp2013
Custoias .ppt-cp2013Custoias .ppt-cp2013
Custoias .ppt-cp2013
maria cancela
 
Re sín-2011-2012-mabe-be cre-.ppt-
Re sín-2011-2012-mabe-be cre-.ppt-Re sín-2011-2012-mabe-be cre-.ppt-
Re sín-2011-2012-mabe-be cre-.ppt-
maria cancela
 
Sant ppt-cp-nov-2013
Sant ppt-cp-nov-2013Sant ppt-cp-nov-2013
Sant ppt-cp-nov-2013
maria cancela
 
Apresentacao resumo mabe_2012
Apresentacao resumo mabe_2012Apresentacao resumo mabe_2012
Apresentacao resumo mabe_2012
Mariana Oliveira
 
Sintese Desafios Oportunidades Turma 2
Sintese Desafios Oportunidades Turma 2Sintese Desafios Oportunidades Turma 2
Sintese Desafios Oportunidades Turma 2
franciscamonteiro
 
Apresentacao ao Conselho Pedagogico
Apresentacao ao Conselho PedagogicoApresentacao ao Conselho Pedagogico
Apresentacao ao Conselho Pedagogico
nuno.jose.duarte
 
2009 2010 apresentacao-de_relatorio_de_auto_be_agrup.[1]
2009 2010 apresentacao-de_relatorio_de_auto_be_agrup.[1]2009 2010 apresentacao-de_relatorio_de_auto_be_agrup.[1]
2009 2010 apresentacao-de_relatorio_de_auto_be_agrup.[1]
Zélia Maria
 
1ª Parte Da 1ª Tarefa
1ª Parte Da 1ª Tarefa1ª Parte Da 1ª Tarefa
1ª Parte Da 1ª Tarefa
joana56
 
Relatório de auto-avaliação da Biblioteca Escolar
Relatório de auto-avaliação da Biblioteca EscolarRelatório de auto-avaliação da Biblioteca Escolar
Relatório de auto-avaliação da Biblioteca Escolar
Carlos Pinheiro
 
O modelo de_auto-avaliacao_no_contexto_escola_agrupamento
O modelo de_auto-avaliacao_no_contexto_escola_agrupamentoO modelo de_auto-avaliacao_no_contexto_escola_agrupamento
O modelo de_auto-avaliacao_no_contexto_escola_agrupamento
ddfdelfim
 
Sessão 3 tabela para-o_trabalho_1
Sessão 3 tabela para-o_trabalho_1Sessão 3 tabela para-o_trabalho_1
Sessão 3 tabela para-o_trabalho_1
anapaulasilvasanches
 

Mais procurados (20)

Tabela 1
Tabela 1Tabela 1
Tabela 1
 
Apresentacao ao Conselho Pedagogico
Apresentacao ao Conselho PedagogicoApresentacao ao Conselho Pedagogico
Apresentacao ao Conselho Pedagogico
 
Sessao6parte1
Sessao6parte1Sessao6parte1
Sessao6parte1
 
Da teoria à prática
Da teoria à práticaDa teoria à prática
Da teoria à prática
 
MAFSessao6 Tabela D.1
MAFSessao6 Tabela D.1 MAFSessao6 Tabela D.1
MAFSessao6 Tabela D.1
 
Custoias .ppt-cp2013
Custoias .ppt-cp2013Custoias .ppt-cp2013
Custoias .ppt-cp2013
 
Re sín-2011-2012-mabe-be cre-.ppt-
Re sín-2011-2012-mabe-be cre-.ppt-Re sín-2011-2012-mabe-be cre-.ppt-
Re sín-2011-2012-mabe-be cre-.ppt-
 
Sant ppt-cp-nov-2013
Sant ppt-cp-nov-2013Sant ppt-cp-nov-2013
Sant ppt-cp-nov-2013
 
Apresentacao resumo mabe_2012
Apresentacao resumo mabe_2012Apresentacao resumo mabe_2012
Apresentacao resumo mabe_2012
 
Sintese Desafios Oportunidades Turma 2
Sintese Desafios Oportunidades Turma 2Sintese Desafios Oportunidades Turma 2
Sintese Desafios Oportunidades Turma 2
 
I passos-cp
I passos-cpI passos-cp
I passos-cp
 
Re-sínt-...pptx_
  Re-sínt-...pptx_  Re-sínt-...pptx_
Re-sínt-...pptx_
 
Apresentacao ao Conselho Pedagogico
Apresentacao ao Conselho PedagogicoApresentacao ao Conselho Pedagogico
Apresentacao ao Conselho Pedagogico
 
2009 2010 apresentacao-de_relatorio_de_auto_be_agrup.[1]
2009 2010 apresentacao-de_relatorio_de_auto_be_agrup.[1]2009 2010 apresentacao-de_relatorio_de_auto_be_agrup.[1]
2009 2010 apresentacao-de_relatorio_de_auto_be_agrup.[1]
 
1ª Parte Da 1ª Tarefa
1ª Parte Da 1ª Tarefa1ª Parte Da 1ª Tarefa
1ª Parte Da 1ª Tarefa
 
Relatório de auto-avaliação da Biblioteca Escolar
Relatório de auto-avaliação da Biblioteca EscolarRelatório de auto-avaliação da Biblioteca Escolar
Relatório de auto-avaliação da Biblioteca Escolar
 
O modelo de_auto-avaliacao_no_contexto_escola_agrupamento
O modelo de_auto-avaliacao_no_contexto_escola_agrupamentoO modelo de_auto-avaliacao_no_contexto_escola_agrupamento
O modelo de_auto-avaliacao_no_contexto_escola_agrupamento
 
Sessão 3 tabela para-o_trabalho_1
Sessão 3 tabela para-o_trabalho_1Sessão 3 tabela para-o_trabalho_1
Sessão 3 tabela para-o_trabalho_1
 
Tabela para o_trabalho_1_
Tabela para o_trabalho_1_Tabela para o_trabalho_1_
Tabela para o_trabalho_1_
 
DomíNio D2
DomíNio D2DomíNio D2
DomíNio D2
 

Destaque (13)

A Lenda Das Sete Cidades
A  Lenda Das Sete CidadesA  Lenda Das Sete Cidades
A Lenda Das Sete Cidades
 
A Lenda Das Sete Cidades
A Lenda Das Sete CidadesA Lenda Das Sete Cidades
A Lenda Das Sete Cidades
 
Alexandre herculano o alcaide de santarém
Alexandre herculano   o alcaide de santarémAlexandre herculano   o alcaide de santarém
Alexandre herculano o alcaide de santarém
 
A Lenda Das Sete Cidades
A  Lenda Das Sete CidadesA  Lenda Das Sete Cidades
A Lenda Das Sete Cidades
 
A lenda das sete cidades
A lenda das sete cidadesA lenda das sete cidades
A lenda das sete cidades
 
O rouxinol
O rouxinolO rouxinol
O rouxinol
 
Lenda da Lagoa das Sete Cidades
Lenda da Lagoa das Sete Cidades Lenda da Lagoa das Sete Cidades
Lenda da Lagoa das Sete Cidades
 
A Lenda Das Sete Cidades
A Lenda Das Sete CidadesA Lenda Das Sete Cidades
A Lenda Das Sete Cidades
 
A lenda-das-sete-cidades
A lenda-das-sete-cidadesA lenda-das-sete-cidades
A lenda-das-sete-cidades
 
Lendas de Portugal Gentil Marques
Lendas de Portugal Gentil MarquesLendas de Portugal Gentil Marques
Lendas de Portugal Gentil Marques
 
Lagoa das sete cidades
Lagoa das sete cidadesLagoa das sete cidades
Lagoa das sete cidades
 
A Lagoa das Sete Cidades
A Lagoa das Sete Cidades A Lagoa das Sete Cidades
A Lagoa das Sete Cidades
 
Lendas de-portugal
Lendas de-portugalLendas de-portugal
Lendas de-portugal
 

Semelhante a Tabela D.2.

Domínio B - 4ª Semana
Domínio B - 4ª SemanaDomínio B - 4ª Semana
Domínio B - 4ª Semana
becrepombais
 
GestãO Da Be DomíNio D2
GestãO Da Be   DomíNio D2GestãO Da Be   DomíNio D2
GestãO Da Be DomíNio D2
becrepombais
 
Integracao do modelo_de_auto-avaliacao_na_escola.agrupamento
Integracao do modelo_de_auto-avaliacao_na_escola.agrupamentoIntegracao do modelo_de_auto-avaliacao_na_escola.agrupamento
Integracao do modelo_de_auto-avaliacao_na_escola.agrupamento
rosamfsilvabiblio
 
Reunião de de professores bibliotecários de Cascais
Reunião de de professores bibliotecários de CascaisReunião de de professores bibliotecários de Cascais
Reunião de de professores bibliotecários de Cascais
Carlos Pinheiro
 
QP3 Gestão da BE/CRE
QP3 Gestão da BE/CREQP3 Gestão da BE/CRE
QP3 Gestão da BE/CRE
Luisa Lamas
 
4 maria jose_bernardes_-_dominio-c
4 maria jose_bernardes_-_dominio-c4 maria jose_bernardes_-_dominio-c
4 maria jose_bernardes_-_dominio-c
Thumbelina17
 
4 maria jose_bernardes_-_dominio-c
4 maria jose_bernardes_-_dominio-c4 maria jose_bernardes_-_dominio-c
4 maria jose_bernardes_-_dominio-c
Thumbelina17
 
4 maria jose_bernardes_-_dominio-c
4 maria jose_bernardes_-_dominio-c4 maria jose_bernardes_-_dominio-c
4 maria jose_bernardes_-_dominio-c
Thumbelina17
 
Temática relacionada com a be
Temática relacionada com a beTemática relacionada com a be
Temática relacionada com a be
slideschearBE
 
Trabalho Plano Avaliacao A2 A 2.2 E A 2.4 Isabel Trabucho
Trabalho Plano Avaliacao A2   A 2.2 E A 2.4 Isabel TrabuchoTrabalho Plano Avaliacao A2   A 2.2 E A 2.4 Isabel Trabucho
Trabalho Plano Avaliacao A2 A 2.2 E A 2.4 Isabel Trabucho
isabelcristinavale
 

Semelhante a Tabela D.2. (20)

Domínio B - 4ª Semana
Domínio B - 4ª SemanaDomínio B - 4ª Semana
Domínio B - 4ª Semana
 
GestãO Da Be DomíNio D2
GestãO Da Be   DomíNio D2GestãO Da Be   DomíNio D2
GestãO Da Be DomíNio D2
 
Tarefa 5.1
Tarefa 5.1Tarefa 5.1
Tarefa 5.1
 
Plano Avaliacao A22 A25
Plano Avaliacao A22 A25Plano Avaliacao A22 A25
Plano Avaliacao A22 A25
 
Integracao do modelo_de_auto-avaliacao_na_escola.agrupamento
Integracao do modelo_de_auto-avaliacao_na_escola.agrupamentoIntegracao do modelo_de_auto-avaliacao_na_escola.agrupamento
Integracao do modelo_de_auto-avaliacao_na_escola.agrupamento
 
Plano avaliação
Plano avaliaçãoPlano avaliação
Plano avaliação
 
Reunião de de professores bibliotecários de Cascais
Reunião de de professores bibliotecários de CascaisReunião de de professores bibliotecários de Cascais
Reunião de de professores bibliotecários de Cascais
 
Joao Alves Reis C1 C1.2 C1.4 SessãO4
Joao Alves Reis C1 C1.2 C1.4 SessãO4Joao Alves Reis C1 C1.2 C1.4 SessãO4
Joao Alves Reis C1 C1.2 C1.4 SessãO4
 
Ppt Mav SessãO3
Ppt Mav SessãO3Ppt Mav SessãO3
Ppt Mav SessãO3
 
Relatorio de Execução de Atividades e do Plano de Melhoria da biblioteca 13-14
Relatorio de Execução de Atividades e do Plano de Melhoria da biblioteca 13-14Relatorio de Execução de Atividades e do Plano de Melhoria da biblioteca 13-14
Relatorio de Execução de Atividades e do Plano de Melhoria da biblioteca 13-14
 
QP3 Gestão da BE/CRE
QP3 Gestão da BE/CREQP3 Gestão da BE/CRE
QP3 Gestão da BE/CRE
 
4 maria jose_bernardes_-_dominio-c
4 maria jose_bernardes_-_dominio-c4 maria jose_bernardes_-_dominio-c
4 maria jose_bernardes_-_dominio-c
 
4 maria jose_bernardes_-_dominio-c
4 maria jose_bernardes_-_dominio-c4 maria jose_bernardes_-_dominio-c
4 maria jose_bernardes_-_dominio-c
 
4 maria jose_bernardes_-_dominio-c
4 maria jose_bernardes_-_dominio-c4 maria jose_bernardes_-_dominio-c
4 maria jose_bernardes_-_dominio-c
 
4ªSessãO B1 B3
4ªSessãO B1 B34ªSessãO B1 B3
4ªSessãO B1 B3
 
Temática relacionada com a be
Temática relacionada com a beTemática relacionada com a be
Temática relacionada com a be
 
Sessão 3
Sessão 3 Sessão 3
Sessão 3
 
O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares
O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas EscolaresO Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares
O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares
 
Trabalho Plano Avaliacao A2 A 2.2 E A 2.4 Isabel Trabucho
Trabalho Plano Avaliacao A2   A 2.2 E A 2.4 Isabel TrabuchoTrabalho Plano Avaliacao A2   A 2.2 E A 2.4 Isabel Trabucho
Trabalho Plano Avaliacao A2 A 2.2 E A 2.4 Isabel Trabucho
 
Projetode redesenhocurricular
Projetode redesenhocurricularProjetode redesenhocurricular
Projetode redesenhocurricular
 

Último

Último (8)

Convergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor SucroenergéticoConvergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
 
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
 
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfAula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
 
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
 

Tabela D.2.

  • 1. D. Gestão da BED.2. Condições humanas e materiais para a prestação de ServiçosIndicadoresFactores críticos de sucessoInstrumentos de Recolha de Evidências sugeridosEvidências extraídas do Instrumentos, a integrar no Relatório de Auto-avaliaçãoD.2.1 Liderança do/aprofessor/abibliotecário/a.D.2.2. Adequação daequipa em número e qualificações àsnecessidades de funcionamento da BE e às solicitações da comunidade educativa.D.2.3. Adequação da BE em termos deespaço e de equipamento às necessidades da escola/ agrupamento.D.2.4. Resposta doscomputadores e equipamentos tecnológicos ao trabalho e aos novosdesafios da BE.O Professor bibliotecário/a.• O/a professor/a coordenador/a:- É um membro activo da comunidade educativa, mobilizando a equipa e a escola/ Agrupamento para o cumprimento dos objectivos da BE e para a sua integração na escola. - Define e distribui funções e cria boas relações interpessoais com a equipa e um ambiente de trabalho propício ao bom funcionamento da BE.- Participa nos órgãos de decisão pedagógica e nos momentos de planificação de actividades, sugerindo recursos e inventariando possibilidadesde trabalho com a BE.- Recorre à planificação estratégica e operacional, de acordo com os objectivos definidos e as problemáticas identificadas.- Operacionaliza um programa de formação para as literacias e articula com os docentes contribuindo para as aprendizagens dos alunos e para o sucesso escolar- Inclui as bibliotecas das escolas do Agrupamento no seu plano, trabalhando articuladamente e direccionando actividades a estas escolas/bibliotecas.-Promove a(s) bibliotecas escolar(es) que gere e introduz um processo de melhoria contínua, desenvolvendo uma estratégia de marketing para a BE e sua avaliação sistemática.• O/A coordenador/a possui um nível de formação adequado (curso de pós-graduação ou 250h ou mais de formação nas áreas das BEna área das BE) e um perfil que o/a tornam apto/a gerir a equipa e a BE.• A equipa é pluridisciplinar, adequada em número e possui formação e competênciascompatíveis com as funções que desempenha.• A equipa integra um ou mais auxiliares de acção educativa a tempo inteiro com formaçãoacrescida e competências técnicas e organizacionais adequadas à gestão local da BE e à implementação do serviço de referência.• A equipa tem uma postura proactiva que induz comportamentos de acesso e uso dos recursos e garante uma mediação eficaz entre as necessidades dos utilizadores e as fontes de informação/ possibilidades da BE.• A equipa interage com a escola/ agrupamento, com os departamentos e com os professores em múltiplas actividades.• Os alunos são acompanhados e formados para o uso da BE e para as diferentes literacias.• A BE reflecte e integra os normativos definidospelo ME/ RBE.• A BE disponibiliza condições de espaço capazes de responder, no seu funcionamento, às solicitações da comunidade escolar e a uma utilização diversificada. • A organização do espaço em zonas funcionais permite uma utilização do espaço e dosrecursos e o trabalho individual e em grupo.• O mobiliário é adequado em quantidade, cor e altura à faixa etária dos alunos, proporcionando boas condições de espaço, acomodação e o acesso livre dos utilizadores à documentação.• Os equipamentos são suficientes para as necessidades locais e para as necessidades locais e para as necessidades do agrupamento.• Os equipamentos respondem em adequação e funcionalidade aos desafios que o paradigmaactual coloca e ao trabalho e uso da documentação em diferentes suportes.• Os equipamentos de leitura áudio/Mp3 e vídeo DVD são adequados em número e condições de funcionamento.• O número de computadores responde à procuras e às solicitações dos utilizadores.• O hardware está actualizado e o software responde às exigências da solicitações.• A equipa articula a manutenção e uso das TICcom o coordenador das TIC, rentabilizando equipamentos e possibilidades de trabalho.• A BE funciona em rede (Intranet e Internet) e explora as potencialidades que as redes facultam na escola e no agrupamento.• A BE recorre a diferentes tipos de ferramentas Web, como plataformas (LMS) ou outros dispositivos da WEB2., para incentivar o diálogoe desenvolver processos formativos ou criativos.• Autoavaliação do/a professor/acoordenador/a (CK1)• Questionário aos professores (QP3)• Registos dos projectos e programas• Registos do trabalho articulado comdepartamentos e professores; Actas de reuniõesBlogue, desdobráveis, vitrine/ expositor(alunos); placard sala de professores e de directores de turma)• Currículos profissionais dosmembros da equipa• Horário da equipa• Questionário aos professores (QP3)Questionários a alunos (criados pela equipa )Registos de contactos / reuniões informais; PAA;Plantas e outros documentos com a distribuição dos equipamentosDocumentos caracterizadores da BE(plantas, equipamentos, etc.)• Registos de observação doFuncionamento• Questionário aos professores (QP3) • Questionário aos alunos (QA4)• Questionário aos alunos (QA4• Inventário de material existenteRegistos de temas por áreas de pesquisa • Questionário aos professores (QP3)Plataforma Moodle e WikispacesA Professora bibliotecária reuniu periodicamente coma equipa da BE para a planificação do trabalho;A BE distribui periodicamente funções aos professores da equipa e outros professores colaboradores; A Coordenadora/ professora bibliotecária planificou actividades com a outra professora bibliotecária do Agrupamento, para articular actividades do 1ºciclo A Professora Bibliotecária participa nas reuniões de Conselho Pedagógico, transmitindo informações a todos os Coordenadores dos Departamentos de todos os níveis de ensinoO Professor bibliotecário e a equipa planifica acções e desenvolve materiais para o desenvolvimento das literacias ( brevemente disponíveis on-line no Wikispace da biblioteca)A BE desenvolve trabalho e estratégia de marketing junto da comunidade educativaA BE aplicou questionários aos professores e alunos , em anos anteriores, de forma a avaliar a qualidade dos serviços . A aplicar uma amostra este ano.A BE observa os comportamentos, gerindo o acesso aos recursos existentes; A BE mede o grau de satisfação dos serviços e recursos através da análise dos inquéritos.A Equipa desenvolve trabalho articulado com alguns Departamentos, ensino especial e professores do 1º ciclo.A BE solicita A BE recolhe, analisa e divulga resultados de Estatísticas acerca do funcionamento e espaços.A BE aplicou questionários aos professores e alunos , em anos anteriores, de forma a avaliar a qualidade dos serviços . A aplicar uma amostra este ano.A Equipa aplicará questionários de forma a auscultar o grau de satisfação dos utilizadoresA equipa da BE orienta os trabalhos de pesquisa na Internet de forma a evitar que os alunos façam apenas “copy/paste”.O Professor bibliotecário e a equipa desenvolve materiais de apoio curricular e não curricular (brevemente disponíveis on-line no Wikispace da biblioteca)