A CIVILIZAÇÃO ROMANA
ROMA <ul><li>Cidade fundada no século VIII a.C. que se veio a tornar a capital do maior Império da Antiguidade; </li></ul>...
A LENDA  <ul><li>Segundo a lenda, Roma foi fundada por Rómulo e Remo, filhos gémeos do Deus Marte e de Rea Sílvia. Ao nasc...
A EXPANSÃO ROMANA
RAZÕES DA EXPANSÃO <ul><li>Razões económicas : o desejo de conquistar novos mercados e obter riquezas; </li></ul><ul><li>R...
ETAPAS DA EXPANSÃO <ul><li>SÉCULOS IV -III a C. </li></ul><ul><li>SÉCULOS II –I a C.  </li></ul><ul><li>SÉCULOS I –II d. C...
“ MARE NOSTRUM” O Mediterrâneo foi então chamado “Lago Romano”, uma vez que todos os territórios à sua volta pertenciam ao...
A LEGIÃO ROMANA <ul><li>O exército romano, nos dias áureos do Império, era uma máquina de guerra devastadora e tremendamen...
O LEGIONÁRIO <ul><li>O legionário tinha de ser cidadão romano, e os recrutas tinham de submeter-se a um rigoroso programa ...
EQUIPAMENTO <ul><li>O equipamento foi evoluindo ao longo dos anos, mas no século I d. C, um legionário usava um elmo de fe...
<ul><li>Para além da armadura e das armas, os soldados levavam ainda um cesto, uma picareta, um machado, uma serra, uma pa...
<ul><li>Nos cercos os Romanos eram impressionantes. Para derrubarem as portas das cidades, unidades de 27 legionários agru...
<ul><li>Também na guerra de cerco usavam torres móveis, rampas, escadas e catapultas gigantes, as ballistae, para lançar s...
<ul><li>As vitórias eram celebradas com toda a pompa. Em Roma, era costume realizarem-se &quot;triunfos&quot;, ou seja, ce...
Os Romanos na Península Ibérica   <ul><li>Há cerca de 2200 anos a Península Ibérica foi conquistada por um povo muito pode...
ROMANIZAÇÃO <ul><li>Os Romanos trouxeram muitas inovações que foram alterando o modo de vida dos povos peninsulares: </li>...
<ul><li>-  o uso generalizado da moeda  para o comércio; </li></ul><ul><li>-  uma rede de estradas e pontes  para unir as ...
<ul><li>-  um  novo tipo de casa,  coberta com telha, jardins interiores, repuxos de água, mosaico a cobrir o chão; </li><...
   ROMANIZAÇÃO  (factores de integração dos povos dominados) <ul><li>Exército romano , organizado e disciplinado impunha a...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Pp civilização romana

6.361 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia, Turismo
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.361
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
740
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
117
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pp civilização romana

  1. 1. A CIVILIZAÇÃO ROMANA
  2. 2. ROMA <ul><li>Cidade fundada no século VIII a.C. que se veio a tornar a capital do maior Império da Antiguidade; </li></ul><ul><li>situada na Península Itálica, na região do Lácio, junto ao rio Tibre; </li></ul><ul><li>Roma foi fundada em 753 a.C. pelos Latinos e ocupada pelos Etruscos no século VI a C. ; </li></ul><ul><li>por volta do século V a C. os Romanos instalaram uma República e iniciaram a sua expansão territorial. </li></ul>
  3. 3. A LENDA <ul><li>Segundo a lenda, Roma foi fundada por Rómulo e Remo, filhos gémeos do Deus Marte e de Rea Sílvia. Ao nascerem, os dois irmãos foram atirados ao rio Tibre sendo salvos por uma loba, que os amamentou e os protegeu até serem recolhidos por um casal de pastores. Adultos, retornaram à cidade natal de Alba Longa e adquiriram terras para fundar uma nova cidade que seria Roma. Após uma discussão, Rómulo assassinou Remo, tornando-se o fundador e primeiro chefe da cidade à qual atribuiu o nome de Roma. </li></ul>
  4. 4. A EXPANSÃO ROMANA
  5. 5. RAZÕES DA EXPANSÃO <ul><li>Razões económicas : o desejo de conquistar novos mercados e obter riquezas; </li></ul><ul><li>Razões de segurança : protegiam-se dos ataques dos povos vizinhos atacando-os primeiro; </li></ul><ul><li>Razões políticas e sociais : a ambição dos chefes e o desejo de obterem mais cargos e mais tributos . </li></ul>
  6. 6. ETAPAS DA EXPANSÃO <ul><li>SÉCULOS IV -III a C. </li></ul><ul><li>SÉCULOS II –I a C. </li></ul><ul><li>SÉCULOS I –II d. C. </li></ul><ul><li>Península Itálica </li></ul><ul><li>Cartago </li></ul><ul><li>Hispânia </li></ul><ul><li>Grécia </li></ul><ul><li>Macedónia </li></ul><ul><li>Síria </li></ul><ul><li>Judeia </li></ul><ul><li>Egipto </li></ul><ul><li>Gália </li></ul><ul><li>Britânia </li></ul><ul><li>Dácia (Roménia) </li></ul>
  7. 7. “ MARE NOSTRUM” O Mediterrâneo foi então chamado “Lago Romano”, uma vez que todos os territórios à sua volta pertenciam aos romanos – “MARE NOSTRUM ” (o nosso mar)
  8. 8. A LEGIÃO ROMANA <ul><li>O exército romano, nos dias áureos do Império, era uma máquina de guerra devastadora e tremendamente bem sucedida. A unidade principal era a legião, com cerca de 6000 homens, quase todos tropa de infantaria. Podia incluir 100 a 200 homens a cavalo, utilizados como batedores, porta-estandartes e enviados em perseguição de inimigos em fuga. </li></ul>
  9. 9. O LEGIONÁRIO <ul><li>O legionário tinha de ser cidadão romano, e os recrutas tinham de submeter-se a um rigoroso programa de selecção antes de serem aceites nas fileiras. Deviam medir pelo menos 1,70 m e ser aprovados num exame médico para garantir que se encontravam em boa condição física e tinham boa visão. Depois, alistavam-se por 20 anos. </li></ul>
  10. 10. EQUIPAMENTO <ul><li>O equipamento foi evoluindo ao longo dos anos, mas no século I d. C, um legionário usava um elmo de ferro, uma armadura peitoral ou aduelas de ferro, um escudo de madeira, dois grandes dardos, um punhal, uma espada curta, o chamado gládio, e sandálias robustas de couro. </li></ul>
  11. 11. <ul><li>Para além da armadura e das armas, os soldados levavam ainda um cesto, uma picareta, um machado, uma serra, uma panela, duas estacas para a paliçada de defesa do acampamento e cereal suficiente para uns 15 dias, num total de 40 kg. </li></ul>
  12. 12. <ul><li>Nos cercos os Romanos eram impressionantes. Para derrubarem as portas das cidades, unidades de 27 legionários agrupavam-se em testudo, ou formações &quot;em tartaruga&quot;, juntando-se uns aos outros com os escudos sobre as cabeças, o que constituía uma &quot;carapaça&quot; que os protegia dos projécteis inimigos. </li></ul>
  13. 13. <ul><li>Também na guerra de cerco usavam torres móveis, rampas, escadas e catapultas gigantes, as ballistae, para lançar sobre o inimigo pedras e setas em chamas. </li></ul>
  14. 14. <ul><li>As vitórias eram celebradas com toda a pompa. Em Roma, era costume realizarem-se &quot;triunfos&quot;, ou seja, celebrações públicas para dar as boas-vindas aos comandantes e tropas vitoriosas, com brilhantes cortejos de carros alegóricos, porta-estandartes, trombetas, exibição de prisioneiros e execuções rituais dos chefes inimigos num local perto do fórum. </li></ul>
  15. 15. Os Romanos na Península Ibérica <ul><li>Há cerca de 2200 anos a Península Ibérica foi conquistada por um povo muito poderoso: os Romanos . </li></ul><ul><li>Na Península Ibérica, um dos povos que mais resistiu ao exército romano foram os Lusitanos . Embora tivessem um exército mais fraco e menos organizado, utilizaram tácticas de guerra como os ataques de surpresa que desnorteavam os Romanos. Um dos mais famosos chefes dos Lusitanos foi Viriato . </li></ul>
  16. 16. ROMANIZAÇÃO <ul><li>Os Romanos trouxeram muitas inovações que foram alterando o modo de vida dos povos peninsulares: </li></ul><ul><li>- novas culturas como a vinha e a oliveira; </li></ul><ul><li>- exploração de minas; </li></ul><ul><li>- desenvolvimento de indústrias como a salga de peixe, olaria e tecelagem; </li></ul><ul><li>- novos materiais de construção como as telhas, os tijolos e os mosaicos; </li></ul><ul><li>- novos utensílios como ânforas, talhas, candeias, jóias; </li></ul>
  17. 17. <ul><li>- o uso generalizado da moeda para o comércio; </li></ul><ul><li>- uma rede de estradas e pontes para unir as diversas cidades a Roma e facilitar a circulação do exército e das mercadorias; </li></ul><ul><li>-   novas cidades com teatros, templos, balneários públicos com água quente (termas), aquedutos, monumentos; </li></ul>
  18. 18. <ul><li>- um novo tipo de casa, coberta com telha, jardins interiores, repuxos de água, mosaico a cobrir o chão; </li></ul><ul><li>- uso do latim como língua falada na Península e que está na base das línguas latinas (português, espanhol, francês, italiano, romeno); </li></ul><ul><li>- uso da numeração romana ; </li></ul><ul><li>- a partir do século IV, o Cristianismo passou a ser a religião oficial de todo o Império Romano. </li></ul>
  19. 19.   ROMANIZAÇÃO (factores de integração dos povos dominados) <ul><li>Exército romano , organizado e disciplinado impunha a paz e a ordem – PAX ROMANA; </li></ul><ul><li>Direito romano, conjunto de leis escritas aplicadas em todo o Império; </li></ul><ul><li>Rede de estradas, que ligava as diferentes partes do Império e facilitava a circulação de pessoas e bens; </li></ul><ul><li>Direito de cidadania romana ( séc.III – Imperador Caracala), direitos iguais para todos os homens livres do Império; </li></ul><ul><li>Latim, língua falada em todo o Império; </li></ul><ul><li>Poder centralizado do Imperador, adorado em todo o Império como um Deus ( Culto do Imperador); </li></ul><ul><li>Divulgação da cultura e dos costumes romanos, que foram sendo adoptados pelas populações do Império. </li></ul>

×