1




Análise de duas competências do Professor Bibliotecário

 As duas competências escolhidas para análise são duas que ...
2




                                            -    Elaborar      um    conjunto      de    fichas   de           organ...
3




A primeira das duas competências aqui analisadas é aquela que representa a forma mais interventiva de a Biblioteca E...
4




concorrência de outros trabalhos (e do tempo que sobrar), podendo ir de uma reunião de reflexão a uma análise de dad...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

2ª sessão análise de duas competências do professor biblio

248 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

2ª sessão análise de duas competências do professor biblio

  1. 1. 1 Análise de duas competências do Professor Bibliotecário As duas competências escolhidas para análise são duas que considero serem as mais centrais. Sendo certo que dependem de outras, representam as formas mais elevadas de trabalho dentro da BE. Ei-las: Competências escolhidas Concretização Resultados esperados 6. Apoiar as actividades curriculares e Programar actividades destinadas às turmas: Alunos: favorecer o desenvolvimento dos hábitos e - Elaborar e apresentar aos professores um • Aprendem a procurar informação. Isso competências de leitura, da literacia da esquema de trabalho de pesquisa, implica saberem onde procurar informação e das competências digitais, começando por definir tópicos concretos; por (conhecer a arrumação da BE, trabalhando colaborativamente com todas as exemplo, a história da 1.ª República ou conhecer ou procurar sites estruturas do agrupamento ou escola não Portugal e na 1.ª Guerra Mundial, o corpo fidedignos), conhecer os meios para o agrupada. humano, etc. fazerem, organizarem a pesquisa dos - Elaborar um programa de escrita criativa documentos mais genéricos para os para uma sequência de visitas de uma mais específicos. determinada (qualquer) turma à BE. • Seleccionam e organizam informação, - Elaborar um guião de elaboração de se possível recolhida de diferentes trabalhos e orientar os alunos na sua fontes. utilização. • Planeiam um trabalho, identificando - Elaborar listas de sites fidedignos, por áreas um tema, definindo objectivos. temáticas. • Dividem tarefas; discutem e
  2. 2. 2 - Elaborar um conjunto de fichas de organizam dados ou resultado obtidos actividades para os utilizadores livres, tendo individualmente. em conta a utilização dos livros, • Trabalham informação registada sob computadores ou outros meios forma gráfica, verbal, etc. disponibilizados pela BE. • Participam livremente em projectos da - Organizar um conjunto de sessões de BE destinados à promoção da leitura escrita criativa. e da escrita: oficinas de escrita criativa, dramatização de contos, recontos, produção de blogues e de apresentações de diapositivos… Professores: 9. Implementar processos de avaliação dos Elaboração de um conjunto de objectivos Observação directa dos utilizadores: alunos, serviços e elaborar um relatório anual de relativos à actividade da Biblioteca, à sua professores e turmas. autoavaliação a remeter ao Gabinete da utilização pelo seu público-alvo e ao Entrevistas a professores, para conhecimento Rede de Bibliotecas Escolares. desenvolvimento de determinadas prévio das turmas e dos interesses dos competências por parte do público-alvo. professores. Elaborar ou aplicar meios de recolha de dados e definir o tratamento destes, em função dos objectivos especificamente definidos.
  3. 3. 3 A primeira das duas competências aqui analisadas é aquela que representa a forma mais interventiva de a Biblioteca Escolar e o professor bibliotecário desenvolverem a sua actividade. É também aquela em que o professor bibliotecário e a respectiva escola, ou agrupamento de escolas, têm a oportunidade de auxiliar ou promover o desenvolvimento de actividades orientadas para a aquisição ou o aperfeiçoamento de competências básicas de recolha, processamento e/ou produção de informação, por parte dos alunos. O que se espera atingir: Estas actividades podem servir como meio para que os professores titulares das turmas ensaiem, treinem ou aperfeiçoem a realização trabalhos de pesquisa ou de projecto, esperando-se fomentar o desenvolviento de um ensino que estimule nos alunos a criatividade, a autonomia, o espírito crítico, a curiosidade e o desenvolvimento dos rudimentos do trabalho científico. A possibilidade de o professor bibliotecário contactar com diferentes professores no desenvolvimento destas actividades permitirá, suponho, contactar com diferentes experiências e técnicas entretanto acumuladas e aperfeiçoadas pelos seus colegas titulares das turmas. Talvez haja mais a aprender do que a ensinar. O saber e os exemplos entretanto observados e coligidos poderão ser, por sua vez, retransmitidos. A segunda destas competências é um meio para o aperfeiçoamento constante do serviço prestado. Havendo um conjunto de objectivos claros, formulados em conjunto com os órgãos de gestão e ouvidas outras pessoas que têm responsabilidade pedagógica, não só se tem um rumo traçado para a organização e para o desenvolviemnto do serviço, como se tem uma referência para, no final de um determinado período, verificar a qualidade e a quantidade do trabalho realizado. Para que os processos de avaliação do serviço da BE sejam optimizados, será conveniente estabelecer de início um calendário dos trabalhos e um faseamento que inclua avaliaçãoe intermédias. A profundidade com que estas poderão ser realizadas dependerá da
  4. 4. 4 concorrência de outros trabalhos (e do tempo que sobrar), podendo ir de uma reunião de reflexão a uma análise de dados recolhidos através de instrumentos padronizados. O que se pode esperar atingir: Uma progressiva melhoria dos serviços, traduzida em maior eficiência e em maior coordenação entre o trabalho da BE, o trabalho lectivo e os resultados apresentados pelos alunos. O envolvimento dos órgãos de gestão e supervisão pedagógica, dos grupos disciplinares e dos professores nos processos de avaliação e de melhoria do serviço prestado pela BE.

×