SlideShare uma empresa Scribd logo
RREEFFOORRMMAA ee 
CCOONNTTRRAARRRREEFFOORRMMAA 
Profª: Fabiana Tonsis
A reforma protestante foi um movimento de 
ruptura da Igreja Católica, que deu origem a 
outras igrejas cristãs. 
A reforma aconteceu, inicialmente, em três países: 
✘Alemanha; 
✘Suíça; 
✘Inglaterra.
O Cristianismo é dividido em 3 grandes ramos 
CATÓLICOS-ORTODOXOS-PROTESTANTES 
É a religião que reúne, atualmente, o maior número de 
seguidores. 
✘Católicos 51% 
✘Protestantes 35%, que se dividem em luteranos, anglicanos, 
calvinistas etc.
✘Que razões levaram à 
divisão do cristianismo entre 
católicos e protestantes?
MMOOTTIIVVAAÇÇÕÕEESS DDAA RREEFFOORRMMAA 
1º MOTIVO 
NOVAS INTERPRETAÇÕES DA BÍBLIA 
✘Invenção da Imprensa (Gutenberg) = 
difusão da Bíblia, surgindo novas interpretações.
2º MOTIVO 
CORRENTES DE PENSAMENTOS DIFERENTES. 
Santo Agostinho = “A salvação do 
homem é alcançada pela fé”. 
São Tomás de Aquino = “A salvação 
do homem é alcançada pela fé e 
pelas boas ações”.
3º MOTIVO 
CRÍTICA AO COMPORTAMENTO DO CLERO. 
✘Simonia = Para ganhar dinheiro, o alto clero 
iludia a boa-fé de milhares de cristãos 
comercializando relíquias religiosas, em geral falsas. 
✘Indulgências = Venda do perdão dos pecados. 
Mediante pagamento, destinado a financiar obras da 
Igreja, os fiéis poderiam comprar a “salvação 
eterna”. 
✘Para piorar, boa parte dos sacerdotes desconhecia a própria doutrina 
católica e demonstrava falta de preparo para funções religiosas.
4º MOTIVO 
NOVA ÉTICA RELIGIOSA 
✘A Igreja censurava a usura e o lucro excessivo e 
defendia o preço justo. Os comerciantes ficavam 
divididos entre a busca do lucro e as obrigações 
morais. 
✘Os defensores dos lucros desejavam uma nova 
ética religiosa. Essa necessidade foi atendida, em 
grande parte, pela ética protestante (Calvino), que 
surgiu com a Reforma.
LLUUTTEERROO 
✘Martinho Lutero (1483-1546) foi um monge 
alemão. 
✘Ele foi o primeiro reformador a ter sucesso. 
✘Lutero questionava a ação da igreja, fazendo 
duras críticas à venda de indulgências, de relíquias 
sagradas e a simonia. 
✘Colocou estas e outras críticas nas suas 95 teses.
RREEFFOORRMMAA LLUUTTEERRAANNAA 
✘Nasceu na Alemanha e estudou 
direito por influência do pai. Sua forte 
inclinação para a vida religiosa o fez 
ingressar na Ordem dos Agostinianos 
(1505). 
✘Em 1510 viajou a Roma e regressou 
profundamente decepcionado com o 
clima de avareza e corrupção do alto 
clero.
✘Entre 1511 e 1513, Lutero aprofundou-se nos 
estudos bíblicos. Encontrou uma frase que 
considerou muito importante nas epístolas de São 
Paulo: “o justo se salvará pela fé”. 
Interpretou então que a fé, e não as obras, seria o 
único instrumento de salvação, graças à 
misericórdia divina.
✘Em 1517, com o objetivo de arrecadar dinheiro para 
a reconstrução da Basílica de São Pedro, o papa Leão X 
autorizou a concessão de indulgências para os fiéis que 
contribuíssem financeiramente para a obra. Lutero, em 
protesto, afixou um manifesto público (as 95 teses) na 
Catedral de Wittenberg contrário a essa atitude e 
expondo alguns elementos de sua doutrina religiosa. 
Em 1520 foi excomungado.
✘Martinho Lutero em frente a Igreja ddee WWiitttteennbbeerrgg,, aappóóss 
tteerr aaffiixxaaddoo aass 9955 tteesseess
Algumas tteesseess ddee LLuutteerroo:: 
✘21 – estão errados os pregadores de indulgências que 
dizem que um homem é libertado e salvo de todo castigo 
dos pecados pelas indulgências papais. 
✘27 – Ele pregam que a alma voa para fora do Purgatório 
tão logo tilinte o dinheiro jogado na caixa. 
✘82 – Por que o papa não esvazia o Purgatório apenas por 
caridade, se o faz através do dinheiro que emprega na 
construção de uma basílica?
Principais pontos ddoo LLuutteerraanniissmmoo 
✘A fé cristã é o único caminho para a salvação eterna. 
✘A Bíblia é a única fonte para a fé. 
✘O livre exame é uma porta legítima para o entendimento da 
Bíblia. 
✘Não aceita o culto aos santos católicos. 
✘Não adora imagens religiosas. 
✘ Nega a autoridade do papa.
RREEFFOORRMMAA CCAALLVVIINNIISSTTAA 
✘ João Calvino (1509-1564) 
nasceu na França, onde estudou 
teologia. Aderindo às ideias dos 
protestantes foi considerado 
herege e perseguido pelas 
autoridades francesas. 
✘ Em 1534, fugiu para a Suíça, 
onde o movimento reformista já 
se desenvolvia.
✘ Em 1536, Calvino publicou sua principal obra, 
onde defendia que o ser humano estava 
“predestinado” a merecer o céu ou o inferno, ou 
seja, algumas pessoas haviam sido eleitas por 
Deus para serem salvas, enquanto outras seriam 
condenadas à maldição eterna.
Principais pontos ddoo CCaallvviinniissmmoo 
✘ A salvação eterna é predestinada por Deus. 
✘ Pregava o estímulo ao trabalho e a legitimidade do lucro, 
condenando o desperdício. 
✘ A prosperidade econômica é um sinal de salvação. 
✘ Condenava o jogo, o culto às imagens de santos, as 
danças e o uso de roupas luxuosas.
RREEFFOORRMMAA AANNGGLLIICCAANNAA 
✘ Henrique VIII, rei da Inglaterra de 1509 a 
1547, fora um fiel aliado do papa, 
recebendo o título de “defensor da fé”. 
Entretanto, uma série de questões o 
levaram a romper com a Igreja católica e a 
fundar uma Igreja nacional: a Igreja 
Anglicana.
MOTIVO DO ROMPIMENTO 
✘Henrique VIII teve seu pedido de anulação de 
casamento com Catarina de Aragão negado. 
Queria essa anulação pelo fato de Catarina ter 
origem espanhola, por não ter tido um filho do 
sexo masculino e para poder se casar com sua 
amante, Ana Bolena.
RReeaaççããoo ddaa IIggrreejjaa 
✘A igreja católica reagiu a reforma 
através do Concilio De Trento . 
✘O Concilio De Trento foi uma reunião 
de todos os lideres da Igreja Católica em 
busca de soluções para impedir a 
expansão do protestantismo. 
✘Dentre as medidas tomadas pela igreja , 
destacam-se :
✘A criação do Tribunal do Santo Ofício 
✘ Manter os dogmas da igreja , os sete 
sacramentos e a hierarquia do clero 
✘ Confirmar o celibato 
✘Acabar com os abusos (indulgências 
,venda de relíquias , simonia etc...) 
✘ A Criação da companhia de Jesus

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Slides santa inquisição
Slides santa inquisiçãoSlides santa inquisição
Slides santa inquisição
Colegio GGE
 
Revisão 7º ano ASSUNTO: REFORMA E CONTRARREFORMA RELIGIOSA
Revisão 7º ano ASSUNTO: REFORMA E CONTRARREFORMA RELIGIOSARevisão 7º ano ASSUNTO: REFORMA E CONTRARREFORMA RELIGIOSA
Revisão 7º ano ASSUNTO: REFORMA E CONTRARREFORMA RELIGIOSA
Janaína Bindá
 
Idade média
Idade médiaIdade média
Idade média
Dirair
 
Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)
Isaquel Silva
 

Mais procurados (20)

Reforma Protestante
Reforma ProtestanteReforma Protestante
Reforma Protestante
 
A Reforma Protestante - 7º ANO (2017)
A Reforma Protestante - 7º ANO (2017)A Reforma Protestante - 7º ANO (2017)
A Reforma Protestante - 7º ANO (2017)
 
A contrarreforma
A contrarreformaA contrarreforma
A contrarreforma
 
Slides santa inquisição
Slides santa inquisiçãoSlides santa inquisição
Slides santa inquisição
 
Revisão 7º ano ASSUNTO: REFORMA E CONTRARREFORMA RELIGIOSA
Revisão 7º ano ASSUNTO: REFORMA E CONTRARREFORMA RELIGIOSARevisão 7º ano ASSUNTO: REFORMA E CONTRARREFORMA RELIGIOSA
Revisão 7º ano ASSUNTO: REFORMA E CONTRARREFORMA RELIGIOSA
 
28 reforma protestante e contra reforma
28   reforma protestante e contra reforma28   reforma protestante e contra reforma
28 reforma protestante e contra reforma
 
renascimento cultural 7º ano
  renascimento cultural 7º ano  renascimento cultural 7º ano
renascimento cultural 7º ano
 
A Idade Moderna
A Idade ModernaA Idade Moderna
A Idade Moderna
 
Império bizantino
Império bizantinoImpério bizantino
Império bizantino
 
Idade média
Idade médiaIdade média
Idade média
 
Grandes navegações
Grandes navegaçõesGrandes navegações
Grandes navegações
 
Igreja e cultura medieval
Igreja e cultura medievalIgreja e cultura medieval
Igreja e cultura medieval
 
Reforma Protestante
Reforma ProtestanteReforma Protestante
Reforma Protestante
 
1° ano império romano - completo
1° ano    império romano - completo1° ano    império romano - completo
1° ano império romano - completo
 
Idade média igreja e cultura
Idade média   igreja e culturaIdade média   igreja e cultura
Idade média igreja e cultura
 
Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)
 
A igreja medieval
A igreja medievalA igreja medieval
A igreja medieval
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
 
Revisão 6º ano ASSUNTO : Roma Antiga
Revisão 6º ano ASSUNTO : Roma AntigaRevisão 6º ano ASSUNTO : Roma Antiga
Revisão 6º ano ASSUNTO : Roma Antiga
 
Cruzadas
CruzadasCruzadas
Cruzadas
 

Destaque (9)

Reforma protestante
Reforma protestanteReforma protestante
Reforma protestante
 
A reforma protestante e a reação católica
A reforma protestante e a reação católicaA reforma protestante e a reação católica
A reforma protestante e a reação católica
 
Contra-Reforma Religiosa - Prof.Altair Aguilar
Contra-Reforma Religiosa - Prof.Altair AguilarContra-Reforma Religiosa - Prof.Altair Aguilar
Contra-Reforma Religiosa - Prof.Altair Aguilar
 
A Igreja e a Reforma
A Igreja e a ReformaA Igreja e a Reforma
A Igreja e a Reforma
 
A Reforma Protestante e a Contra Reforma Católica
A Reforma Protestante e a Contra Reforma CatólicaA Reforma Protestante e a Contra Reforma Católica
A Reforma Protestante e a Contra Reforma Católica
 
Reforma Católica e Contra Reforma
Reforma Católica e Contra ReformaReforma Católica e Contra Reforma
Reforma Católica e Contra Reforma
 
Reforma e contra reforma
Reforma e contra reformaReforma e contra reforma
Reforma e contra reforma
 
A Contra-Reforma Católica
A Contra-Reforma CatólicaA Contra-Reforma Católica
A Contra-Reforma Católica
 
A Reforma
A ReformaA Reforma
A Reforma
 

Semelhante a A Reforma Protestante

Reforma e contrarreforma
Reforma e contrarreformaReforma e contrarreforma
Reforma e contrarreforma
Fabiana Tonsis
 
Reforma e contra reforma
Reforma e contra reformaReforma e contra reforma
Reforma e contra reforma
Maida Marciano
 
A reforma protestante (3)
A reforma protestante (3)A reforma protestante (3)
A reforma protestante (3)
Fernanda Silva
 
Reforma protestante
Reforma protestanteReforma protestante
Reforma protestante
SabrinaAnime
 
A renovação da espiritualidade e religiosidade
A renovação da espiritualidade e religiosidadeA renovação da espiritualidade e religiosidade
A renovação da espiritualidade e religiosidade
cattonia
 
A reforma protestante
A reforma protestanteA reforma protestante
A reforma protestante
Mateus2014
 

Semelhante a A Reforma Protestante (20)

Reforma e contrarreforma
Reforma e contrarreformaReforma e contrarreforma
Reforma e contrarreforma
 
Reforma e contra reforma
Reforma e contra reformaReforma e contra reforma
Reforma e contra reforma
 
Reforma Protestante e Contrarreforma
Reforma Protestante e ContrarreformaReforma Protestante e Contrarreforma
Reforma Protestante e Contrarreforma
 
Reforma e contrarreforma
Reforma e contrarreforma   Reforma e contrarreforma
Reforma e contrarreforma
 
Reforma e contra reforma
Reforma e contra reformaReforma e contra reforma
Reforma e contra reforma
 
Reforma e contrarreforma1
Reforma e contrarreforma1Reforma e contrarreforma1
Reforma e contrarreforma1
 
A reforma aula
A reforma aulaA reforma aula
A reforma aula
 
A reforma protestante (3)
A reforma protestante (3)A reforma protestante (3)
A reforma protestante (3)
 
Reforma protestante.pdf
Reforma protestante.pdfReforma protestante.pdf
Reforma protestante.pdf
 
Reforma protestante
Reforma protestanteReforma protestante
Reforma protestante
 
Reformas religiosas
Reformas religiosasReformas religiosas
Reformas religiosas
 
Trabalho de história
Trabalho de históriaTrabalho de história
Trabalho de história
 
As reformas religiosas do séc.XVI e sua implicações atuais.
As reformas religiosas do séc.XVI e sua implicações atuais.As reformas religiosas do séc.XVI e sua implicações atuais.
As reformas religiosas do séc.XVI e sua implicações atuais.
 
Aula reforma e contra-reforma religiosa2
Aula  reforma e contra-reforma religiosa2Aula  reforma e contra-reforma religiosa2
Aula reforma e contra-reforma religiosa2
 
A renovação da espiritualidade e religiosidade
A renovação da espiritualidade e religiosidadeA renovação da espiritualidade e religiosidade
A renovação da espiritualidade e religiosidade
 
Reforma protestante
Reforma protestanteReforma protestante
Reforma protestante
 
03_04 A renovação da espiritualidade e da religiosidade.pdf
03_04 A renovação da espiritualidade e da religiosidade.pdf03_04 A renovação da espiritualidade e da religiosidade.pdf
03_04 A renovação da espiritualidade e da religiosidade.pdf
 
A reforma protestante
A reforma protestanteA reforma protestante
A reforma protestante
 
34
3434
34
 
Luteranismo
LuteranismoLuteranismo
Luteranismo
 

Mais de Isabella Neves Silva

Mais de Isabella Neves Silva (20)

Alimentos Congelados - Legislação de Alimentos
Alimentos Congelados - Legislação de AlimentosAlimentos Congelados - Legislação de Alimentos
Alimentos Congelados - Legislação de Alimentos
 
Pizza - Tecnologia de Cereais
Pizza - Tecnologia de CereaisPizza - Tecnologia de Cereais
Pizza - Tecnologia de Cereais
 
Alimentos e Nutrientes - Alimentação Humana
Alimentos e Nutrientes - Alimentação Humana Alimentos e Nutrientes - Alimentação Humana
Alimentos e Nutrientes - Alimentação Humana
 
Escalas Cartográficas - Grande e Pequena
Escalas Cartográficas - Grande e PequenaEscalas Cartográficas - Grande e Pequena
Escalas Cartográficas - Grande e Pequena
 
Pesquisa Científica
Pesquisa CientíficaPesquisa Científica
Pesquisa Científica
 
Pigmentos naturais
Pigmentos naturaisPigmentos naturais
Pigmentos naturais
 
Iogurte
IogurteIogurte
Iogurte
 
Direito coletivo do trabalho
Direito coletivo do trabalhoDireito coletivo do trabalho
Direito coletivo do trabalho
 
Demanda por moradia
Demanda por moradiaDemanda por moradia
Demanda por moradia
 
Arcadismo em Portugal
Arcadismo em PortugalArcadismo em Portugal
Arcadismo em Portugal
 
Sociedades de Terceiro mundo
Sociedades de Terceiro mundoSociedades de Terceiro mundo
Sociedades de Terceiro mundo
 
Staphylococcus aureus
Staphylococcus aureusStaphylococcus aureus
Staphylococcus aureus
 
Sociedade feudal
Sociedade feudalSociedade feudal
Sociedade feudal
 
Salário e remuneração
Salário e remuneraçãoSalário e remuneração
Salário e remuneração
 
Refluxo gastroesofágico 2
Refluxo gastroesofágico 2Refluxo gastroesofágico 2
Refluxo gastroesofágico 2
 
Pop procedimento operacional padrão
Pop   procedimento operacional padrãoPop   procedimento operacional padrão
Pop procedimento operacional padrão
 
Memória ram
Memória ramMemória ram
Memória ram
 
História
HistóriaHistória
História
 
Higiene mapa de riscos
Higiene mapa de riscosHigiene mapa de riscos
Higiene mapa de riscos
 
Gênero épico
Gênero épicoGênero épico
Gênero épico
 

A Reforma Protestante

  • 2. A reforma protestante foi um movimento de ruptura da Igreja Católica, que deu origem a outras igrejas cristãs. A reforma aconteceu, inicialmente, em três países: ✘Alemanha; ✘Suíça; ✘Inglaterra.
  • 3. O Cristianismo é dividido em 3 grandes ramos CATÓLICOS-ORTODOXOS-PROTESTANTES É a religião que reúne, atualmente, o maior número de seguidores. ✘Católicos 51% ✘Protestantes 35%, que se dividem em luteranos, anglicanos, calvinistas etc.
  • 4. ✘Que razões levaram à divisão do cristianismo entre católicos e protestantes?
  • 5. MMOOTTIIVVAAÇÇÕÕEESS DDAA RREEFFOORRMMAA 1º MOTIVO NOVAS INTERPRETAÇÕES DA BÍBLIA ✘Invenção da Imprensa (Gutenberg) = difusão da Bíblia, surgindo novas interpretações.
  • 6. 2º MOTIVO CORRENTES DE PENSAMENTOS DIFERENTES. Santo Agostinho = “A salvação do homem é alcançada pela fé”. São Tomás de Aquino = “A salvação do homem é alcançada pela fé e pelas boas ações”.
  • 7. 3º MOTIVO CRÍTICA AO COMPORTAMENTO DO CLERO. ✘Simonia = Para ganhar dinheiro, o alto clero iludia a boa-fé de milhares de cristãos comercializando relíquias religiosas, em geral falsas. ✘Indulgências = Venda do perdão dos pecados. Mediante pagamento, destinado a financiar obras da Igreja, os fiéis poderiam comprar a “salvação eterna”. ✘Para piorar, boa parte dos sacerdotes desconhecia a própria doutrina católica e demonstrava falta de preparo para funções religiosas.
  • 8. 4º MOTIVO NOVA ÉTICA RELIGIOSA ✘A Igreja censurava a usura e o lucro excessivo e defendia o preço justo. Os comerciantes ficavam divididos entre a busca do lucro e as obrigações morais. ✘Os defensores dos lucros desejavam uma nova ética religiosa. Essa necessidade foi atendida, em grande parte, pela ética protestante (Calvino), que surgiu com a Reforma.
  • 9. LLUUTTEERROO ✘Martinho Lutero (1483-1546) foi um monge alemão. ✘Ele foi o primeiro reformador a ter sucesso. ✘Lutero questionava a ação da igreja, fazendo duras críticas à venda de indulgências, de relíquias sagradas e a simonia. ✘Colocou estas e outras críticas nas suas 95 teses.
  • 10. RREEFFOORRMMAA LLUUTTEERRAANNAA ✘Nasceu na Alemanha e estudou direito por influência do pai. Sua forte inclinação para a vida religiosa o fez ingressar na Ordem dos Agostinianos (1505). ✘Em 1510 viajou a Roma e regressou profundamente decepcionado com o clima de avareza e corrupção do alto clero.
  • 11. ✘Entre 1511 e 1513, Lutero aprofundou-se nos estudos bíblicos. Encontrou uma frase que considerou muito importante nas epístolas de São Paulo: “o justo se salvará pela fé”. Interpretou então que a fé, e não as obras, seria o único instrumento de salvação, graças à misericórdia divina.
  • 12. ✘Em 1517, com o objetivo de arrecadar dinheiro para a reconstrução da Basílica de São Pedro, o papa Leão X autorizou a concessão de indulgências para os fiéis que contribuíssem financeiramente para a obra. Lutero, em protesto, afixou um manifesto público (as 95 teses) na Catedral de Wittenberg contrário a essa atitude e expondo alguns elementos de sua doutrina religiosa. Em 1520 foi excomungado.
  • 13. ✘Martinho Lutero em frente a Igreja ddee WWiitttteennbbeerrgg,, aappóóss tteerr aaffiixxaaddoo aass 9955 tteesseess
  • 14. Algumas tteesseess ddee LLuutteerroo:: ✘21 – estão errados os pregadores de indulgências que dizem que um homem é libertado e salvo de todo castigo dos pecados pelas indulgências papais. ✘27 – Ele pregam que a alma voa para fora do Purgatório tão logo tilinte o dinheiro jogado na caixa. ✘82 – Por que o papa não esvazia o Purgatório apenas por caridade, se o faz através do dinheiro que emprega na construção de uma basílica?
  • 15.
  • 16. Principais pontos ddoo LLuutteerraanniissmmoo ✘A fé cristã é o único caminho para a salvação eterna. ✘A Bíblia é a única fonte para a fé. ✘O livre exame é uma porta legítima para o entendimento da Bíblia. ✘Não aceita o culto aos santos católicos. ✘Não adora imagens religiosas. ✘ Nega a autoridade do papa.
  • 17. RREEFFOORRMMAA CCAALLVVIINNIISSTTAA ✘ João Calvino (1509-1564) nasceu na França, onde estudou teologia. Aderindo às ideias dos protestantes foi considerado herege e perseguido pelas autoridades francesas. ✘ Em 1534, fugiu para a Suíça, onde o movimento reformista já se desenvolvia.
  • 18. ✘ Em 1536, Calvino publicou sua principal obra, onde defendia que o ser humano estava “predestinado” a merecer o céu ou o inferno, ou seja, algumas pessoas haviam sido eleitas por Deus para serem salvas, enquanto outras seriam condenadas à maldição eterna.
  • 19. Principais pontos ddoo CCaallvviinniissmmoo ✘ A salvação eterna é predestinada por Deus. ✘ Pregava o estímulo ao trabalho e a legitimidade do lucro, condenando o desperdício. ✘ A prosperidade econômica é um sinal de salvação. ✘ Condenava o jogo, o culto às imagens de santos, as danças e o uso de roupas luxuosas.
  • 20. RREEFFOORRMMAA AANNGGLLIICCAANNAA ✘ Henrique VIII, rei da Inglaterra de 1509 a 1547, fora um fiel aliado do papa, recebendo o título de “defensor da fé”. Entretanto, uma série de questões o levaram a romper com a Igreja católica e a fundar uma Igreja nacional: a Igreja Anglicana.
  • 21. MOTIVO DO ROMPIMENTO ✘Henrique VIII teve seu pedido de anulação de casamento com Catarina de Aragão negado. Queria essa anulação pelo fato de Catarina ter origem espanhola, por não ter tido um filho do sexo masculino e para poder se casar com sua amante, Ana Bolena.
  • 22.
  • 23. RReeaaççããoo ddaa IIggrreejjaa ✘A igreja católica reagiu a reforma através do Concilio De Trento . ✘O Concilio De Trento foi uma reunião de todos os lideres da Igreja Católica em busca de soluções para impedir a expansão do protestantismo. ✘Dentre as medidas tomadas pela igreja , destacam-se :
  • 24.
  • 25. ✘A criação do Tribunal do Santo Ofício ✘ Manter os dogmas da igreja , os sete sacramentos e a hierarquia do clero ✘ Confirmar o celibato ✘Acabar com os abusos (indulgências ,venda de relíquias , simonia etc...) ✘ A Criação da companhia de Jesus