MEDO?
MEDO?
 A palavra medo provém do termo latim metus.
Trata-se de uma perturbação angustiosa perante
um risco ou uma ameaça ...
O QUE É MEDO?
 O medo é uma emoção que se caracteriza por um
intenso sentimento habitualmente desagradável,
provocado pel...
SINTO ISSO ?
   Todo mundo tem medo de alguma coisa. O medo
é um sentimento que a gente precisa ter para
sobreviver. Ele ...
EFEITOS DO MEDO NO CORPO.
 Os efeitos do medo podem ser facilmente
identificados no nosso corpo. Como o sentimento
de uma...
QUANDO O MEDO VIRA DOENÇA?
 Na maioria das vezes, o nosso medo é normal e
considerado até saudável. Mas ele também pode
v...
TIPOS DE MEDO...
 Abisso fobia – medo de abismos, precipícios;
Ablepsifobia – medo de ficar cego;
Ablutofobia – medo de t...
 Electrofobia – medo de eletricidade;
Eleuterofobia – medo da liberdade;
Equinofobia – medo de cavalos;
Fagofobia – medo ...
"A vida é maravilhosa se não se tem medo dela."
(Charles Chaplin)
FIM...
 Feito por:
- Sara Freire Costa N°21
- &
- Bruna Mayume N°01
- 1° Médio.
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Trabalho power point filosofia medo.

1.773 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.773
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
46
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho power point filosofia medo.

  1. 1. MEDO?
  2. 2. MEDO?  A palavra medo provém do termo latim metus. Trata-se de uma perturbação angustiosa perante um risco ou uma ameaça real ou imaginária. O conceito também se refere ao receio ou à apreensão que alguém tem de que venha a acontecer algo contrário àquilo que pretende.
  3. 3. O QUE É MEDO?  O medo é uma emoção que se caracteriza por um intenso sentimento habitualmente desagradável, provocado pela percepção de um perigo, seja ele presente ou futuro, real ou suposto. O medo é uma das emoções primárias que resultam da aversão natural à ameaça, presente tanto nos animais como nos seres humanos.
  4. 4. SINTO ISSO ?    Todo mundo tem medo de alguma coisa. O medo é um sentimento que a gente precisa ter para sobreviver. Ele nos ajuda a identificar ameaças e perigos que podem nos prejudicar. Imagina que você está atravessando a rua e vê um ônibus vindo rápido na sua direção. Se não existisse o medo você seria atropelada.
  5. 5. EFEITOS DO MEDO NO CORPO.  Os efeitos do medo podem ser facilmente identificados no nosso corpo. Como o sentimento de uma resposta natural do corpo quando nos sentimos ameaçados, nosso cérebro libera hormônios que servem para alertar o organismo da tal situação de perigo. Os sinais mais comuns são frio na barriga, respiração forte, coração batendo rápido, suor, boca seca, tremedeira, visão embaçada e até desmaios.
  6. 6. QUANDO O MEDO VIRA DOENÇA?  Na maioria das vezes, o nosso medo é normal e considerado até saudável. Mas ele também pode virar um problema e chegar a ser uma doença. É o que chamamos de fobia. A Dra. Neuza Corassa, do Centro de Psicologia Especializado em Medos, explica que o medo passa a ser doença quando ele vem de ameaças que não são reais, ou seja, de coisas que não trazem nenhum perigo de verdade á pessoa. Ou também quando passa a atrapalhar nosso dia a dia, como os estudos ou as atividades sociais. Nesse caso, é necessário procurar a ajuda de um psicólogo ou um psiquiatra.
  7. 7. TIPOS DE MEDO...  Abisso fobia – medo de abismos, precipícios; Ablepsifobia – medo de ficar cego; Ablutofobia – medo de tomar banho; Amatofobia – medo de poeiras; Batofobia – medo de profundidade; Botanofobia – medo de plantas; Brontofobia – medo de trovões e relâmpagos; Biofobia – medo da vida; Cinofobia – medo de cães; Copofobia – medo da fadiga; Corofobia – medo de dançar; Clinofobia – medo de ir para cama; Diabetofobia – medo de diabetes; Dipsofobia – medo de beber; Disabiliofobia – medo de se vestir na frente de alguém; Dromofobia – medo de cruzar ruas; Eisoptrofobia – medo de espelhos ou de se ver no espelho;
  8. 8.  Electrofobia – medo de eletricidade; Eleuterofobia – medo da liberdade; Equinofobia – medo de cavalos; Fagofobia – medo de engolir ou de comer; Falacrofobia – medo de tornar-se careca; Farmacofobia – medo de tomar remédios; Fobofobia – medo de fobias; Gamofobia – medo de casar; Gimnofobia – medo de nudez; Glossofobia – medo de falar ou tentar falar em publico; Gnosiofobia – medo do conhecimento; Globofobia – medo de bexigas; Hadefobia – medo do inverno; Hagiofobia – medo de santos ou coisas santas; Hidrofobia – medo de água; Hipsifobia – medo de altura; Iatrofobia – medo de ir ao médico; Ictiofobia – medo de peixe; Iofobia – medo de veneno; Insectofobia – medo de insectos; Katsaridafobia – medo de baratas; Lactofobia – medo de leite; Lilapsofobia – medo de furacões; Limnofobia – medo de lagos; Linonofobia – medo de cordas; Melanofobia – medo de cor preta; Melissofobia – medo de abelhas; Melofobia – medo ou ódio de música; Mictofobia – medo de escuridão; Nelofobia – medo de vidro; Neofarmafobia – medo de medicamentos novos; Neofobia – medo de qualquer coisa nova; Noctifobia – medo da noite; Oenofobia – medo de vinhos; Ofidiofobia – medo de cobras; Oclofobia – medo de multidão; Ocofobia – medo de veículos; Pirofobia – medo do fogo; Quimofobia – medo de ondas; Radiofobia – medo de radiação, raio-x; Somnifobia – medo de dormir; Termofobia – medo de calor; Uranofobia – medo do céu; Verbofobia – medo de palavras; Xenofobia – medo de estrangeiros ou estranhos; Zoofobia – medo de animais.
  9. 9. "A vida é maravilhosa se não se tem medo dela." (Charles Chaplin)
  10. 10. FIM...  Feito por: - Sara Freire Costa N°21 - & - Bruna Mayume N°01 - 1° Médio.

×