BELEZA
A BELEZA O AMOR E A
SABEDORIA SEGUNDO
SÓCRATES
Sócrates foi um dos homens mais sábios e
inteligente da Grécia Antiga.
Foi ...
TEORIA ARISTOTÉLICA
DA BELEZA
Aristóteles abandona completamente o
idealismo platônico no que se refere a beleza,
pois par...
. Os gregos identificavam a beleza com o belo
clássico, mas Aristóteles parece ter
pressentido que ela apreendia outras
ca...
COLÉGIO MONTEIRO LOBATO
Prof. Izabel Cabral
Nome: Décio e Ketryn Nº 6 e 13
1º Médio
COLÉGIO MONTEIRO LOBATO
Prof. Izabel Cabral
Nome: Décio e Ketryn Nº 6 e 13
1º Médio
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Beleza visão filosófica

615 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
615
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Beleza visão filosófica

  1. 1. BELEZA
  2. 2. A BELEZA O AMOR E A SABEDORIA SEGUNDO SÓCRATES Sócrates foi um dos homens mais sábios e inteligente da Grécia Antiga. Foi um pensador da Beleza e separou-a da Moral e da Política. Entendia que a Beleza também se construía na harmonia existente em todos os homens que vivessem em comunhão, numa cidade justa. Só por meio da sabedoria é que o homem tornar-se-ia virtuoso
  3. 3. TEORIA ARISTOTÉLICA DA BELEZA Aristóteles abandona completamente o idealismo platônico no que se refere a beleza, pois para ele a beleza de um objeto não depende de uma participação maior ou menor numa beleza suprema. Decorre apenas de certa harmonia, entre as partes do objeto e sua relação com o todo. O belo exigiria ainda, uma característica importante que seria a grandeza ou imponência, e ao mesmo tempo proporção e medida nesse todo
  4. 4. . Os gregos identificavam a beleza com o belo clássico, mas Aristóteles parece ter pressentido que ela apreendia outras categorias além do belo. As características essenciais da beleza seriam a ordem, ou harmonia, assim como a grandeza. Aristóteles se preocupa com as medidas e suas proporções. A célebre fórmula dos aristotélicos seria que a beleza consiste em unidade na variedade.
  5. 5. COLÉGIO MONTEIRO LOBATO Prof. Izabel Cabral Nome: Décio e Ketryn Nº 6 e 13 1º Médio
  6. 6. COLÉGIO MONTEIRO LOBATO Prof. Izabel Cabral Nome: Décio e Ketryn Nº 6 e 13 1º Médio

×