República do ChipreRepública do ChipreBrasão de Armas
TurquiaCHIPRE
HISTÓRIAHISTÓRIACHIPRE NA ANTIGUIDADE:Depois de sucessivamente ocupado por fenícios, egípcios, assírios,persas, gregos e r...
HISTÓRIA E GEOGRAFIAHISTÓRIA E GEOGRAFIAO nome da ilha e do país deriva da palavra grega para cobre, kýpros. Poreste motiv...
HISTÓRIA E GEOGRAFIAHISTÓRIA E GEOGRAFIAA ilha é montanhosa, com duas zonas acidentadas separadas por um valeamplo (a Mesa...
ECONOMIAECONOMIAA economia nacional apresenta aspectos distintos: a porção turca é poucodesenvolvida, por outro lado, o te...
ECONOMIAECONOMIAChipre é uma república, com um sistema presidencialista de governo. Opresidente é o chefe de estado e de g...
CRISE NO CHIPRECRISE NO CHIPREO Chipre é um paraíso fiscal, um local onde ficava muito dinheiro deorigem de outros países,...
CRISE NO CHIPRECRISE NO CHIPREOs bancos estão fechados há 11 dias e existe muita incertezasobre o que acontecerá na reaber...
CULTURACULTURAApesar do fato de que a história de Chipre é uma história de ocupações einvasões, a cultura contemporânea é ...
Apresentação1chipre
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação1chipre

521 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
521
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação1chipre

  1. 1. República do ChipreRepública do ChipreBrasão de Armas
  2. 2. TurquiaCHIPRE
  3. 3. HISTÓRIAHISTÓRIACHIPRE NA ANTIGUIDADE:Depois de sucessivamente ocupado por fenícios, egípcios, assírios,persas, gregos e romanos durante a antiguidade, Chipre foi dominado pelaRepública de Veneza desde 1489 até à invasão dos turcos otomanos em 1570.Pelo Congresso de Berlim, a ilha passou à administração britânica a 12 dejulho de 1878, sendo convertida oficialmente em colónia em 1914, com oinício da Primeira Guerra Mundial.Nos fins da Segunda Guerra Mundial, os greco-cipriotas aumentam apressão para o fim do domínio britânico.Em 1960, Chipre, Grécia e o Reino Unido assinam um tratado quedeclara a independência da ilha, ficando os britânicos com a soberania dasbases de Akrotiri e Dhekelia. Makarios assume a presidência, mas aconstituição indicava que os turco-cipriotas ficariam com a vice-presidência,com poder de veto, o que dificultou o funcionamiento do estado e as relaçõesentre greco-cipriotas e turco-cipriotas, desembocando em explosões deviolência intercomunitária em 1963 e 1967.
  4. 4. HISTÓRIA E GEOGRAFIAHISTÓRIA E GEOGRAFIAO nome da ilha e do país deriva da palavra grega para cobre, kýpros. Poreste motivo, alguns autores especulam que a melhor tradução do nome emportuguês seria Cipro, em vez do ChipreSituado no Mar Mediterrâneo, o território do Chipre, geograficamente,pertence ao continente asiático, na porção denominada Oriente Médio. Porém,o país possui grande influência histórica, cultural e econômica da Europa, provadisso é que a porção sul, habitada por população de origem grega, integra aUnião Europeia (UE). O país é palco de conflitos entre turcos (muçulmanos) egregos (cristãos).O Chipre é habitado por duas comunidades: Greco-cipriota e a turco-cipriota. A diversidade entre esses dois grupos étnicos e as disputas pelopoder político motivaram os turcos a dividirem o território, entretanto, osgregos foram contrários a tal medida. Durante a década de 1970, foi proclamadaa República Turca do Norte do Chipre, sendo reconhecida somente pelaTurquia. Visando a estabelecer a paz no país, a Organização das NaçõesUnidas (ONU) declarou o Chipre uma nação bicomunitária e birregional,além de estabelecer tropas naquele país.
  5. 5. HISTÓRIA E GEOGRAFIAHISTÓRIA E GEOGRAFIAA ilha é montanhosa, com duas zonas acidentadas separadas por um valeamplo (a Mesaoria), onde se ergue a capital, Nicósia. A sudoeste erguem-seos montes Troodos, que albergam o ponto mais elevado da ilha, o monteOlimpo, com 1 953 metros de altitude. A norte erguem-se os montesPentadactylos, uma cordilheira bastante estreita que começa na costa nortee que se prolonga para leste na longa península que confere à ilha a suaforma característica. Há também pequenas planícies costeiras no sul. Nicósia éa maior cidade é a capital do estado reconhecido internacionalmente como,República Turca de Chipre do Norte. Outras cidades importantes são Limassolna parte grega e Famagusta na parte ocupada.
  6. 6. ECONOMIAECONOMIAA economia nacional apresenta aspectos distintos: a porção turca é poucodesenvolvida, por outro lado, o território Greco-cipriota detém uma economiaforte e em constante ascensão, fato impulsionado pela ingressão na UniãoEuropeia em 2004.A agricultura baseia-se na plantação de frutas, em especial as cítricas.Com uma presença importante do sector industrial que sustenta a maior partedas exportações e emprega 25% da população.O turismo é uma das principais fontes de receitas do país, Cerca de70%. Possui belas praias, além do Sítio Arqueológico de Paphos, igrejas emonastérios bizantinos nos montes Troodos e o Sítio Arqueológico deChoirokoitia, considerados patrimônios da humanidade.De acordo com dados divulgados em 2010 pela ONU, o Chipre, com médiade 0,810, apresenta Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) muito alto.Entre os fatores que contribuem para esse índice estão: apenas 2,3% doshabitantes são analfabetos; a taxa de mortalidade infantil é de 5 para cadamil nascidos vivos; a expectativa de vida é de 79 anos e os serviços desaneamento ambiental são destinados a 100% das residências.
  7. 7. ECONOMIAECONOMIAChipre é uma república, com um sistema presidencialista de governo. Opresidente é o chefe de estado e de governo, nomeando e liderando oConselho de Ministros, que exerce o poder executivo. O presidente é eleito por5 anos, por sufrágio directo e universal. O poder legislatio é exercido pelaCâmara dos Representantes. Os deputados são eleitos democraticamentepor um sistema uninominal, de 5 em 5 anos. Os deputados são só cipriotasgregos. Os representantes da denominada República Turca do Norte de Chiprenão são reconhecidos internacionalmente.-Índice de Desenvolvimento Humano (IDH): 0,810 (muito alto).-Produto Interno Bruto (PIB): 21,3 bilhões de dólares.-PIB per capita: 27.465 dólares.-Densidade demográfica: 94 hab/km².-Taxa média anual de crescimento populacional: 1%.-População residente em área urbana: 70,06%.-População residente em área rural: 29,94%
  8. 8. CRISE NO CHIPRECRISE NO CHIPREO Chipre é um paraíso fiscal, um local onde ficava muito dinheiro deorigem de outros países, com a crise este dinheiro saiu e o sistemabancário ficou abalado. Chipre evitou a falência, mas a crise nestepequeno país expôs as divisões entre os países da Eurozona e a falta deliderança do bloco.Apenas poucas horas depois de concluir o resgate à ilha cipriota, opresidente do Eurogrupo provocou uma tempestade nos mercados aoanunciar que a fórmula encontrada para o país servirá de modelo paraoutras nações com um setor financeiro frágil, contradizendo suasmensagens de que o caso cipriota era excepcional e havia sido tratadodesta maneira.Chipre, que representa apenas 0,2% do PIB da zona do euro.O Parlamento cipriota rejeitou o plano e a Eurozona teve quebuscar outras alternativas. Entre elas, decidiu por um confisco bancáriopara evitar uma fuga em massa de capitais.
  9. 9. CRISE NO CHIPRECRISE NO CHIPREOs bancos estão fechados há 11 dias e existe muita incertezasobre o que acontecerá na reabertura, prevista para quinta-feira.Na semana passada, as imagens de Nicósia mostravam os cipriotas emlongas filas.O acordo com a zona do euro prevê "decisões dolorosas parasalvar o país da falência", afirmou o presidente cipriota.Entre as medidas está o fim do Laiki Bank, o segundo maiorbanco do país, que será dividido em um banco ruim (entidade residualdestinada a desaparecer progressivamente) e um banco bom, que reuniráos depósitos inferiores a 100.000 euros.
  10. 10. CULTURACULTURAApesar do fato de que a história de Chipre é uma história de ocupações einvasões, a cultura contemporânea é de caráter grego puro, um personagemque nunca mudou durante os últimos 3500 anos.Suas praias são lindíssimas, como é comum às ilhas gregas. Existem muitospasseios de barco pelo Mediterrâneo.A culinária é bastante saudável, pois costumam comer basicamente saladas,acompanhadas de grelhados variados de frango, carneiro e porco, todostemperados com diferentes e exóticas ervas.Ao passear pelos antigos vilarejos encrustados no centro da Ilha e queparecem parados no tempo, é comum encontrar rodas de homens (nuncamulheres) em "botecos", engatando conversas ao velho estilo grego de ser.Sem esquecer as igrejas brancas, de origem ortodoxa, encrustradas naspedras, às margens do Mediterrâneo.0800 771 5041

×