Creche Comunitária Rosalda Paim

2.939 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.939
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Creche Comunitária Rosalda Paim

  1. 1. UMA PESQUISA DE CAMPO:CRECHE COMUNITÁRIA ROSALDA PAIM<br />
  2. 2.
  3. 3. AGRADECIMENTOS:<br /> Gostaria de agradecer a toda equipe da C.C.RosaldaPaim pela simpatia, abertura e acolhimento. <br />
  4. 4. Perfil funcional da creche comunitária rosaldapaim<br />As turmas são de alunos de 2 a 6 anos;<br />A creche funciona em tempo integral das 8:00 ás 17:00 horas.<br />As turmas durante o turno da manhã tem duas professoras (a titular e a auxiliar). Ambas precisam ter formação em educação Infantil. <br />O prédio da creche pertence a Universidade Federal Fluminense (UFF) e a verba vem de uma ONG : Associação de Pais e Amigos dos Deficientes da Audição (APADA-NITERÓI). Mas a creche pertence a rede da FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE NITERÓI.<br />Unidade Escolar:Creche Comunitária ROSALDA PAIM<br />Rua Dr. Celestino, 78 – Centro <br />Telefone :2629-9490 <br />
  5. 5. ENTREVISTA COM UMA PROFESSORA DE UNIDADE ESCOLAR DE ED. INFANTIL<br />PROFESSORA: Márlia ( 29 anos)<br />FUNÇÃO: Auxiliar de Creche<br />FORMAÇÃO: Ensino Médio, Técnica em Processamento de Dados, Formação de Professores e atualmente cursa o segundo período de Pedagogia na Universidade Estácio de Sá.<br />TURMA: 6º ANO <br />NÚMERO DE ALUNOS: 17 alunos<br />FAIXA ETÁRIA: 5 anos a 5 anos e 11 meses.<br />
  6. 6. Espaço e Rotina<br />A Sala de Aula apresenta: <br /><ul><li>cadeira e mesa apropriadas para crianças pequenas;
  7. 7. espelho na altura das crianças.
  8. 8. Todas as salas um têm bebedouro com água potável.
  9. 9. Estantes para materiais educativos e de higiene, cabides para mochilas.
  10. 10. Brinquedos e livros de literatura infantil.
  11. 11. Ambiente limpo, bem iluminado e agradável.</li></ul>ROTINA<br />8:00 Entrada e Café da Manhã;<br />8:30 Rodinha /Atividades em sala <br />10:40 Pátio / Bosque<br />11:20 Banho / Higiene/ Almoço/ Escovação<br />12:00 Repouso<br />13:00 Atividade em Sala <br />14:00 Lanche<br />14:20 Atividade Extraclasse <br />(Projeto Segundo Tempo/ Ministério dos Esportes)<br />15:20 Banho<br />16:00 Jantar / Escovação<br />16:30 /17:00 Saída<br />
  12. 12. Contexto sócio-cultural dos alunos:A maioria dos alunos da C.C.RosaldaPaim moram no Morro do Estado, no morro do Arroz e No morro da chácara (Niterói/rj). Em geral, as famílias das crianças prestam serviços domésticos e trabalham no sertor informal.<br />
  13. 13. projeto político pedagógico e projetos educativos<br />EXISTE AQUI NA CRECHE PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO? EXISTE ALGUM EIXO TEMÁTICO?<br />Sim, existe PPP. Aqui nós trabalhamos por projetos. Atualmente, estamos fazendo um projeto sobre o pintor ROMERO BRITTO. Para isso fizemos uma visita a loja Rei dos Quadros, aqui na Rua da Conceição. Depois buscamos informações via internet. E realizamos trabalhos tendo este autor como referência.<br />
  14. 14. Passeios <br />VOCÊS FAZEM PASSEIOS COORDENADOS?<br />Fazemos sim. Vamos ao ZOO, ao supermercado, ao Parque das Águas, ao Cinema, a Museus e etc. <br />
  15. 15. Projeto Alimentação<br />Outro tema de projeto é ALIMENTAÇÃO. Nesse tema trabalhamos com questões nutricionais, consumo, matemática. Depois, vamosa um supermercado.<br />
  16. 16. Conteúdos<br />QUAIS OS CONTEÚDOS MINISTRADOS NA C.C. ROSALDA PAIM?<br />Trabalhamos com uma diversidade imensa de conteúdos. As linguagens é o conteúdo mais relevante: palavra oral, literatura, escrita, artes visuais e musicais, linguagem corporal e linguagem matemática. Valorizamos também a Natureza e a Educação Ambiental. Não podemos esquecer também do Espaço Urbano, das relações familiares e os seus novos contextos. E por fim, da própria identidade do aluno. <br />
  17. 17. Mídias:<br />AS CRIANÇAS ALGUM TIPO DE MÍDIA NAS ATIVIDADES ESCOLARES? QUAIS?<br />Claro que sim. Usamos filmes, computador /internet e músicas. <br />AS CRIANÇAS TRAZEM DE CASA INFORMAÇÕES SOBRE TELEVISÃO, COMPUTADORES, JOGOS ELETRÔNICOS?<br />A maioria dos alunos tem acesso a essas mídias em casa. O problema maior é a qualidade daquilo que eles se apropriam. <br />
  18. 18. Soluções para as Dificuldades:<br />CASO O ALUNO TENHA ALGUMA DIFICULDADE EXISTE ALGUM PROCEDIMENTO?<br />Quando existe alguma dificuldade com um aluno eles são encaminhados a outros especialistas. Aqui, duas vezes por semana, temos a visita de psicólogos e assistentes sociais. E exame médico a cada seis meses. Também recebemos visitas da faculdade de enfermagem da UFF que nos orientam.<br />
  19. 19. Inclusão:<br />AQUI ESTUDAM ALUNOS PORTADORES DE ALGUMA DEFICIÊNCIA? <br />Temos alunos com Síndrome de Down na Creche, por causa disso, eles vão duas vezes por mês na APAE, que fica aqui perto<br />
  20. 20. Participação familiar<br />OS PAIS PARTICIPAM DO PROCESSO DE APRENDIZAGEM DOS ALUNOS? <br />Os pais participam. Mas poderiam ser mais presentes. Por exemplo, pedimos material, mas infelizmente muitos não trazem.<br />
  21. 21. E AVALIAÇÃO OCORRE COMO?<br />Fazemos um para cada aluno um PORTFÓLIO que reúne todos os projetos feitos durante todo o ano letivo. Com este instrumento podemos ter uma boa visão da evolução da criança.<br />
  22. 22. habilidades nescessárias:<br />AO FINAL DO CURSO, QUAIS HABILIDADES UM ALUNO DEVE ESTAR CAPACITADO?<br />Autonomia e Cidadania.<br />
  23. 23. CONSIDERAÇÕES FINAIS :<br />O grande objetivo de desse trabalho era falar sobre a questão midiática em uma unidade de educação infantil, usando como referencial “uma” entrevista com “um” profissional da Educação Infantil. Mas Educação Infantil, por seu dinamismo, acaba por ser integradora de outros temas.<br />Na Creche, os profissionais se mostraram receptivos. Todos foram antenciosos e responderam a tudo que foi perguntado. O primeiro encontro foi com a Professora Cátia, DIRETORA da unidade educacional. Nesse momento, ela explicou o que era uma “creche comunitária” e as especificidades desse modelo em Niterói. <br />Em outro dia ,foi feita “a entrevista” com a PROFESSORA AUXILIAR Márliada turma de 6° ano (de 5 a 5 e 11meses). Essa entrevista foi ótima, sendo possível fazer um mapeamento das atividades educativas da turma do 6ºANO da C.C. RosaldaPaim . <br />E por fim, neste mesmo dia, foi a vez de conversar com a PROFESSORA TITULAR da turma de 6º ano, a professora Edméa. Ela foi muito acolhedora também, mostrou-se disponível e aberta a qualquer dúvida. <br />A Educação Infantil : Uma obra de muitas mãos.<br />
  24. 24. A Educação Infantil é um tema muito delicado, pois trata da cidadania das crianças e dos professores no Brasil. A questão da educação de “zero a seis” parece está intimamente ligada com o processo da redemocratização brasileira. De 1982 até 2011 são três décadas. Gerações diferentes de profissionais d educação Infantil tecem uma história. E essa história é tecida, dia por dia, numa construção cotidiana. Dilemas como falta de recursos, baixos salários, conflitos geracionais, baixa formação especializada, clientelismo e “mercantilismo educacional” são realidade da Ed. Infantil no universo público, comunitário e privado. <br />Libâneo nos fala de Uma Nova Escola“(...) concebida como espaço de síntese, estaria buscando atingir aqueles objetivos (...) para uma educação básica de qualidade: formação geral e preparação para o uso da tecnologia, desenvolvimento de capacidades cognitivas e operativas, formação para o exercício da cidadania crítica e formação ética”. <br />Na Creche Comunitária RosaldaPaimpudemos constatar que o uso da tecnologia, o desenvolvimento cognitivo e operativo, a ética e o exercício da cidadania estão sendo nesta referencial da Unidade de Educação Infantil. Ao ler os textos de sobre Creches Comunitárias de Silvia Cruz (Ceará) e Vera Vasconcellos (Niterói), ambos de 2001, vemos que a realidade da educação infantil é complexa e volátil. A Educação Infantil está em crescimento, graças a uma “nova” mentalidade profissional que transita no universo educacional brasileiro. Mas ainda existe muito para ser feito... <br />“Creio haver provado que só há uma solução <br />Para os problemas brasileiros da educação. <br />Uma única. Exclusivamente uma: levar a <br />Educação a sério”.<br /> Darcy Ribeiro<br /> <br />
  25. 25. Universidade cândido mendes /unicamcurso de pedagogia/iavmfundamentos da ed. InfantilIsabela do nascimento Nogueira – p00742<br />FONTES DE PESQUISA: <br />FERREIRA, Mª Aparecida. Fundamentos da Educação Infantil. AVM. (Cadernos de Estudo)<br />LIBÂNEO,J.C. Uma nova escola. <br />CRUZ, Silvia. A creche comunitária na visão das professoras e das famílias usuárias. Revista Brasileira de Educação. Nº16,2001, pág. 48-60.<br />VASCONCELLOS, Vera Mª. Formação dos Profissionais de Educação Infantil: Reflexões sobre uma experiência. Brasília: EM ABERTO, v.18, nº73, pág.98-111,julho de 2001.<br />

×