Introdução à Análise Técnica e Gráfica

5.302 visualizações

Publicada em

conceitos iniciais de analise tecnica, tambem conhecida como analise grafica, muito utilizada para decidir onde investir.

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
17 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.302
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
749
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
17
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Introdução à Análise Técnica e Gráfica

  1. 1. Introdução à Análise Técnica
  2. 2. Número de Slides: 26 Duração Prevista: 40 minutos Agenda Histórico Teoria de Dow Candlesticks Análise Gráfica Indicadores Técnicos
  3. 3. Histórico Leonardo Pisano neste ano publicou o Livro do Ábaco. Sua descoberta de importância para nosso estudo é a da chamada razão áurea, a partir da seqüência de Fibonacci. 1202 1755 Munehisa Homma escreveu o livro A Fonte do Ouro, o primeiro livro de psicologia de mercado. Criador de um padrão gráfico utilizado até hoje: os Candlesticks. Charles Dow, criador do índice Dow Jones. Escreveu uma série de princípios para entender e analisar o comportamento do mercado, que conhecidos como Teoria de Dow. 1922
  4. 4. Todas as informações do mercado são descontadas no preço da ação. Principal ou de longo prazo, Secundária ou de médio prazo e terciária ou de curto prazo. Fase de acumulação, movimento e distribuição. As médias não podem divergir, devem seguir em uma mesma direção. O volume deve aumentar à medida que os preços aumentam ou diminuem. Ao assumir uma tendência de alta ou baixa ela é válida até dar sinais efetivos de reversão. Teoria de Dow
  5. 5. Teoria de Dow Dia que de fato ocorreu a oferta de aquisição ... E os “sardinhas” mais uma vez ficaram no prejuízo
  6. 6. Teoria de Dow BNCA3 – maio/2008
  7. 7. Candlesticks O Candlestick tem esse nome, pois o corpo parece uma vela. Máxima Mínima Abertura Fechamento
  8. 8. Candlesticks Alguns padrões gráficos de Candlesticks Estrela Doji Dias longos Dias curtos Marubozu Túmulo Martelo
  9. 9. Candlesticks Alguns padrões gráficos de Candlesticks Estrela Doji Dias longos Dias curtos Marubozu Túmulo Martelo
  10. 10. Candlesticks Alguns padrões gráficos de Candlesticks Harami (Grávida) Estrela da tarde GOLL4: maio a junho de 2007
  11. 11. Análise Gráfica Procura entender o comportamento das cotações através da variação histórica de seus preços e buscar padrões gráficos para tentar antecipar movimentos futuros, através de:
  12. 12. Análise Gráfica Suportes e Resistências Linhas de Tendências Padrões Gráficos Procura entender o comportamento das cotações através da variação histórica de seus preços e buscar padrões gráficos para tentar antecipar movimentos futuros, através de:
  13. 13. Análise Gráfica Linhas de Tendências Padrões Gráficos Suportes e Resistências
  14. 14. Análise Gráfica Suportes e Resistências Linhas de Tendências Padrões Gráficos GGBR4: 2006
  15. 15. Análise Gráfica Suportes e Resistências Linhas de Tendências Padrões Gráficos TAMM4: 2006 e 2007
  16. 16. Análise Gráfica Suportes e Resistências Linhas de Tendências Padrões Gráficos IBOV: dezembro de 2008 VALE5: abril 2008 Ombro Cabeça Ombro
  17. 17. Indicadores Técnicos Os indicadores técnicos são cálculos matemáticos feitos com base em informações de variações de preço e volume para tentar avaliar a real situação do papel atual. São classificados em três tipos:
  18. 18. Momento Tendência Volume Indicadores Técnicos Os indicadores técnicos são cálculos matemáticos feitos com base em informações de variações de preço e volume para tentar avaliar a real situação do papel atual. São classificados em três tipos:
  19. 19. Tendência Volume Momento Indicadores Técnicos
  20. 20. Momento Tendência Volume Indicadores Técnicos
  21. 21. Momento Tendência Volume Indicadores Técnicos VALE5 – julho 2007
  22. 22. Momento Tendência Volume Indicadores Técnicos
  23. 23. Momento Tendência Volume Indicadores Técnicos LAME4 – 2007 e 2008
  24. 24. Momento Tendência Volume Indicadores Técnicos
  25. 25. Momento Tendência Volume Indicadores Técnicos ELET6 – 2006/2007
  26. 26. Dúvidas? ...?
  27. 27. Obrigado pela sua atenção . Contato: Rodrigo Puga – [email_address] Blogs: https://www.investbolsa.com.br/blogs/ Fim

×