Tema e Objetivo da DissertaçãoIMPLEMENTAÇÃO DO BALANCED SCORECARD COMOINSTRUMENTO DE CONTROLO DE GESTÃO EAVALIAÇÃO DE PERF...
Metodologia e Método UtilizadoCaso de Estudo:         Faculdade de Motricidade Humana                  Realizado por Nelso...
Apresentação da FMH:    Missão    Visão    Valores    Objetivos Estragégicos    Objetivos              Realizado por Nelso...
Proposta de Modelo a Adotar eFases de Implementação Passo nº 1: Desenvolver o instrumento organizacional capaz de traduzir...
Proposta de Modelo a Adotar eFases de ImplementaçãoPasso nº 2: Ligar e comunicar o                              Nível 1   ...
Proposta de Modelo a Adotar eFases de ImplementaçãoPasso nº 3: Iniciar o planeamento decada unidade académica, focalizando...
Proposta de Modelo a Adotar eFases de ImplementaçãoPasso nº 4: Feedback, aprendizagem eflexibilidade para a modificação do...
Proposta de Modelo a Adotar eFases de ImplementaçãoPasso nº 5: Estabelecimento dosbenchmarks internos e externos paraos in...
Conclusões:Através da construção de um consórcio de faculdades euniversidades será possível criar um sistema académicode b...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Seminário de investigação

391 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
391
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Seminário de investigação

  1. 1. Tema e Objetivo da DissertaçãoIMPLEMENTAÇÃO DO BALANCED SCORECARD COMOINSTRUMENTO DE CONTROLO DE GESTÃO EAVALIAÇÃO DE PERFORMANCE EM UNIVERSIDADESPÚBLICAS Realizado por Nelson Brites Correia
  2. 2. Metodologia e Método UtilizadoCaso de Estudo: Faculdade de Motricidade Humana Realizado por Nelson Brites Correia
  3. 3. Apresentação da FMH: Missão Visão Valores Objetivos Estragégicos Objetivos Realizado por Nelson Brites Correia
  4. 4. Proposta de Modelo a Adotar eFases de Implementação Passo nº 1: Desenvolver o instrumento organizacional capaz de traduzirem a afirmação da visão da universidade em termos operacionais (visão, missão, temas estratégicos e objetivos). Realizado por Nelson Brites Correia
  5. 5. Proposta de Modelo a Adotar eFases de ImplementaçãoPasso nº 2: Ligar e comunicar o Nível 1 Nível 2 Nível 3 Key Data de Uso Esperado Faculdade X. Faculdade X. Departamento Y. Performance População Benchmark Avaliação do Resultadoinstrumento organizacional a todas as Objectivo / Tema Estratégico 1 Objectivos Objectivos 1.1.1 Indicator (s) 1.1.1.Aunidades da universidade (Docência; 1.1 1.1.2 1.1.2.A 1.1.2.B 1.2.1. ASuporte da Docência; Unidades 1. 1.2 1.2.1 1.2.1. B 1.2.1. CAdministrativas) e envolver cada uma 1.3 1.3.1 1.3.1.A 1.3.1.Bdas unidades no alinhamento dos seus 1.4 1.4.1 1.4.1.A 1.4.1.B 2.1.1.Aobjetivos individuais com o plano 2.1 2.1.1 2.1.2 2.1.1.B 2.1.2.Aestratégico corporativo de longo prazo, 2. 2.2 2.2.1 2.2.2 2.2.1. A 2.2.2. A 2.2.3 2.2.3. Cdesenvolvendo as medidas adequadas 2.3 2.3.1 2.3.1.A 2.3.1.Bde avaliação de performance e dedesempenho. Realizado por Nelson Brites Correia
  6. 6. Proposta de Modelo a Adotar eFases de ImplementaçãoPasso nº 3: Iniciar o planeamento decada unidade académica, focalizandonos recursos, prioridades e planos deação temporalmente definidos, com oestabelecimento dos critérios deperformance e as melhorias que sepretende alcançar. Realizado por Nelson Brites Correia
  7. 7. Proposta de Modelo a Adotar eFases de ImplementaçãoPasso nº 4: Feedback, aprendizagem eflexibilidade para a modificação dosparametros do instrumento proposto. Realizado por Nelson Brites Correia
  8. 8. Proposta de Modelo a Adotar eFases de ImplementaçãoPasso nº 5: Estabelecimento dosbenchmarks internos e externos paraos indicadores chave de performance. Realizado por Nelson Brites Correia
  9. 9. Conclusões:Através da construção de um consórcio de faculdades euniversidades será possível criar um sistema académicode benchmark interno e externo. Realizado por Nelson Brites Correia

×