Comunicação para pequenas e médias empresas

491 visualizações

Publicada em

A Intelligenzia, empresa especializada em comunicação para pequenas e médias empresas, acaba de lançar o e-book gratuito sobre como fazer a gestão da comunicação para PMEs, escrito pela equipe da agência.

O livro traz noções básicas sobre a definição dos públicos de interesse, aspectos da comunicação on-line, produção de conteúdo para mídias sociais, conteúdos fundamentais para o site da empresa, noções básicas de SEO, e algumas regras para envio de e-mails marketing. Para saber mais, acesse: www.intelligenzia.com.br

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
491
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Comunicação para pequenas e médias empresas

  1. 1. A agência de comunicação das pequenas e médias2Comunicação ou publicidade?Com quem devo me comunicar?Comunicação onlineO que é imprescindível ter no meu siteO conteúdo é o reiAs regras de ouro do SEORedes sociais: um pequeno guia práticoE-mail marketing: regras de ouro
  2. 2. Porque a gente gosta de usar a cachola :-)Para os pequenos empreendedores, comunicar-se é vital. Uma empresa que estánascendo, ou tem pouco tempo de vida, precisa fazer-se conhecida. Só que muitas vezesnão há recursos disponíveis, ou tempo, ou até mesmo conhecimento por parte doempreendedor para efetuar uma comunicação de qualidade –e com o melhor custo-benefício possível.Por isso escrevemos este e-book: para ajudar os empreendedores, sejam eles de qualquertamanho, a pensar quais são as melhores escolhas em termos de comunicação para suasempresas. Também queremos ajudar os pequenos a minimamente terem condições defazer sua própria comunicação –e transformá-la em uma ferramenta efetiva para ocrescimento de suas organizações.Se você tiver dúvidas, ou quiser saber mais, fale com a gente:contato@intelligenzia.com.br.Boa leitura!3
  3. 3. Porque a gente gosta de usar a cachola :-)A resposta é: os dois. Mas antes de a gente te explicar o porquê disso, vale a penaentender os conceitos e como, hoje, as empresas têm organizado a sua comunicação demaneira geral:Comunicação corporativa, ou relações públicas: a comunicação corporativa cuidaprincipalmente da reputação da empresa, isto é, como ela é vista por seus diferentespúblicos – clientes, funcionários, fornecedores, parceiros de negócios – etc. Umacomunicação eficiente engloba desde a comunicação visual até, por exemplo, o seurelacionamento com seus clientes. Aquela velha história de que “tudo é comunicação” éverdade: do seu cartão de visitas até a sua estratégia de lançamento de um novo produtoou serviço.E então a publicidade serve para quê? A publicidade é uma das formas de comunicação: éuma maneira de anunciar seus produtos e serviços em espaços pagos. Ou seja: apublicidade é um braço importante da comunicação, mas é apenas uma parte dela.4
  4. 4. Ter uma comunicação efetiva com todos os seus públicos-alvo demanda tempo einvestimento em recursos. Mas é possível começar com os mais importantes e comuns atodas as empresas. Veja quais são:5ClientesFuncionáriosParceiros denegóciosMercado emgeralA agência de comunicação das pequenas e médias
  5. 5. Porque a gente gosta de usar a cachola :-)Saiba porquê é necessário comunicar-se com esses públicos:Clientes: os clientes e os seus funcionários são os públicos maisimportantes da sua cadeia de comunicação. Independente do seuproduto ou serviço, bom atendimento e comunicação constante.6Funcionários: seus colaboradores são o primeiro público a ser conquistado quando se tratade reputação organizacional. Já viu aquela empresa que tem uma série de produtos ouserviços, mas que infelizmente seus próprios funcionários não conhecem nem a metade?Ou imagine que você é uma empresa socialmente responsável, o que é um diferencial paraseus competidores, mas seu vendedor não conhece a informação, ou não sabe comopassar isso ao seu cliente. Complicado, não é?
  6. 6. Saiba porquê é necessário comunicar-se com esses públicos:Parceiros de negócios: se você depende de uma rede de parceirospara vender seu produto ou serviço, é imprescindível mantê-losbem informados. Uma franquia, por exemplo, tem a obrigação demunir seus franqueados de todas as informações necessárias para7a venda, desde o lançamento de um novo produto, até informações sobre venda, perfiladequado de público, e melhores oportunidades. Essa comunicação, de preferência, deveser regular;Mercado: se você não informar ao mercado o que a sua empresa tem feito, fica difícilconhecer você. Seja pelo seu site, mídias sociais, assessoria de imprensa ou publicidade, émuito importante comunicar o que você tem feito. Isso não só ajuda a sua empresamas, ao compartilhar conhecimento, você dá uma mão para o crescimento de todo mundo;-)A agência de comunicação das pequenas e médias
  7. 7. 8A melhor comunicação que você pode fazer ressalta suas qualidades,seus produtos e serviços, e não evidencia suas deficiências.Quanto mais profissionalizada for a sua comunicação, mais você vai sedestacar no mercado e se distanciar dos seus competidores, ainda queeles tenham produtos e serviços e serviços semelhantes aos seus.Porque a gente gosta de usar a cachola :-)
  8. 8. 9De uma forma simples, a comunicação on-line é feita a partir:De um website institucional ou e-commerce;De páginas ou perfis em uma ou mais redes sociais.O maior benefício da comunicação online é justamente sua difusão orgânica, ou seja, vocênão precisa pagar nada para seu site ser indexado pelo Google, ou para ter uma página noFacebook.Entretanto, você pode utilizar os serviços pagos destas ferramentas, que veiculamanúncios. O Facebook tem uma plataforma paga de anúncios para páginas e posts, e oGoogle conta com o Google Adwords.Recentemente, o Linkedin também lançou um serviço de anúncios.A agência de comunicação das pequenas e médias
  9. 9. 10Todo contato online é um lead em potencial, ou seja, é alguém podeestar interessado em fazer negócios com você. Suas ferramentas onlineprecisam refletir o que a sua empresa é.Porque a gente gosta de usar a cachola :-)
  10. 10. 11Você não precisa ter um site cheio de imagens em movimento, ou com poluído eminformações. É preciso garantir três coisas:Que as pessoas entendam o que você faz quando entrarem no seu site;Que seus produtos e serviços estejam “à mão”, e não escondidos no site;Que as formas de contato sejam claras e eficientes.Um site ruim é aquele que, além de não ter informações claras e disponíveis, tem umlayout “amador” – ou seja: se não dá para fazer nada muito elaborado, torne o maissimples possível.Se você já resolveu a questão visual, que causa a primeira impressão no seu visitante, éhora de se concentrar no conteúdo do seu site.A agência de comunicação das pequenas e médias
  11. 11. 12Para que se seu site seja relevante, é preciso oferecer conteúdo de relevância. Isso não vaifazer apenas com que seu visitante fique mais tempo no seu site. Conteúdo relevantetambém ajuda o seu site a ser melhor indexado pelas ferramentas de busca, em especial oGoogle.Além de fazer uma boa descrição sobre seus serviços ou produtos, e sobre a sua empresa,gere conteúdo de qualidade acerca do que você oferece. Você pode ter um blog para falardo tema, escrever e postar artigos, ou criar um ebook, por exemplo. Aproprie-se do tema –construa sua marca na web em torno do seu conhecimento sobre determinado assunto etorne-se referência.Pense sempre em criar conteúdo que ofereça interesse e que as pessoas queiramcompartilhar – isso é o mais importante!Porque a gente gosta de usar a cachola :-)
  12. 12. 13Ter um bom conteúdo é também uma técnica de SEO – Search Engine Optimization, que éum conjunto de práticas que otimizam o seu site para ser indexado mais facilmente pelasferramentas de busca, com destaque ao Google.Você pode adotar algumas regras simples de SEO que já ajudam, e muito, na indexação doseu site. Veja:Seu conteúdo precisa ser único – evite fazer cópias – crie seu próprio conteúdo!Faça uma lista de palavras-chave para o seu negócio – e assegure-se de que seu conteúdoirá conter ao menos algumas delas;Utilize textos longos – faça textos com ao menos 250 palavras;A agência de comunicação das pequenas e médias
  13. 13. 14Agregue valor – ofereça conteúdo que resolva o problema do seu cliente, responda aquestões importantes etc – não se fixe apenas em promover a sua empresa;Crie um FAQ sobre seus produtos e serviços – tenha uma página simples com perguntas erespostas sobre seus produtos/serviços, ou sobre o ramo de atuação que você está;Construa URLs amigáveis – configure seu site para que suas URLs sejam sempre amigáveis.Por exemplo: se você comercializa roupas para gestantes, e você fez uma página com dicassobre como uma gestante pode se vestir confortavelmente, sua URL pode ser:http://www.meusite.com/roupas-confortaveis-para-gestantes - evite utilizar URLs como:http://www.meusite.com/123.html – lembre-se que o Google classifica a relevância de umconteúdo pelas palavras chave;Utilize as mídias sociais – ter conteúdo nas mídias sociais ajuda muito na indexação doGoogle.Porque a gente gosta de usar a cachola :-)
  14. 14. 15Utilize as mídias sociais – ter conteúdo nas mídias sociais ajuda muito na indexação doGoogle;Evite usar Flash – por mais bonito que seja, o Google não indexa conteúdo em Flash. Evite.Além disso, novas tecnologias, como HTML5 já existem para substituir o Flash;Faça links de forma correta – o Google entende que quanto mais links tem umapágina, mais importante ela é. E essa regra vale tanto para links para o seu próprio sitequanto para links para outras páginas. Mas cuidado na hora de fazer o link – veja esses doisexemplos: “clique aqui para ler o e-book sobre comunicação” se apenas a expressão“clique aqui” estiver linkada, o Google entende como assunto o “clique aqui”. O corretoseria: “clique aqui para ler o e-book sobre comunicação”.A agência de comunicação das pequenas e médias
  15. 15. 16O uso das ferramentas sociais auxilia na disseminação do seu conteúdo, e estabelecerelevância para o seu site. Maior relevância, mais leads, ou seja, mais contatos de clientesem potenciais para o seu negócio.Há várias redes sociais, mas as mais importantes (e que você já deve conhecer) são:Facebook, Twitter, Linkedin e Google+. Cada uma tem sua particularidade, entretanto, háalgumas regras básicas que podem ser seguidas em todas. Veja:Perfil ou página? Tanto o Facebook quanto o Google+ possuem ferramentas específicaspara a criação de páginas corporativas. Ainda que muita gente crie um perfil, essa não é amaneira correta de disseminar seu conteúdo, e o Facebook costuma deletar os perfis quesão utilizados por empresas. Opte por uma página;Uso de imagens – Facebook e Google+: utilize imagens acompanhando seu texto parapostar. Isso tornará seu conteúdo relevante (cuidado com os direitos autorais!);Porque a gente gosta de usar a cachola :-)
  16. 16. 17Frequência de atualização: Não tem jeito: para construir audiência, é preciso atualizar comconteúdo relevante que faça as pessoas compartilharem em suas próprias páginas.Atualizações devem ser feitas, se possível, ao menos três vezes por semana. O ideal é fazerisso diariamente. Essa é a melhor forma de construir audiência de forma orgânica. Massaiba que cada vez mais o Facebook dificulta a vida desse compartilhamento orgânico paraestimular a venda de publicidade no canal;Melhor horário e dia de postagem: postar conteúdo sempre perto da hora almoço, entre11h e 12h, durante a semana, abrange quem começou a trabalhar cedo e vai checar a redeantes de sair para o almoço, como também quem acordou mais tarde. Antes das 9h damanhã não vale a pena. Deixe o melhor conteúdo para a terça-feira em diante;Relevância de conteúdo: fazer posts apenas se autopromovendo é como dar um “tiro nopé”. Mescle a “venda” do seu produto e serviço com conteúdo próprio e publicaçõesinteressantes de outros sites. Lembre-se que você precisa manter seu usuário!A agência de comunicação das pequenas e médias
  17. 17. 18Mensagem certa para o público certo – não adianta você postar a foto de um cachorrinhodando bom dia se você não tem conteúdo. Pior que isso: cada post é uma possibilidade deconquistar a atenção de alguém. Evite essa interação vazia;Responda os interessados, os clientes etc – não ignore o seu usuário de redes sociais –responda! Mas lembre-se: seja formal e polido. Não é porque você está utilizando oFacebook que é possível tratar o cliente como um vizinho ou amigo. Seja profissional;Cuidado na hora de anunciar – é muito fácil fazer e pagar por anúncios nas redes sociais. Odifícil é fazer um anúncio segmentado o suficiente para trazer o público certo para suapágina. Cuidado com os cliques vazios: pagar anúncios para ter muitos “likes” sem olhar aqualidade, é jogar dinheiro fora!Nunca abandone uma rede social - se começar, não pare. Se parar, tire do ar. É melhornão ter do que ter uma página abandonada. Quer pior impressão que esta?Porque a gente gosta de usar a cachola :-)
  18. 18. 19Uma ferramenta extremamente eficaz, quando bem usada, é o e-mail marketing. Mascomo toda ferramenta online, o mau uso pode levar até a classificação do seu domíniocomo spammer. Conheça algumas dicas importantes:Tenha um bom mailing – ainda que você utilize ferramentas gratuitas, enviar um e-mailmarketing gera custos: para você, que vai enviar os dados pela sua rede, e para o seualvo, que irá receber a mensagem. Um mailing ruim é aquele adquirido de um fornecedornão qualificado, que vai vender muitos endereços que não existem ou que se tornaramalvo de spammers. Se você vai comprar um mailing, procure uma empresa credenciada àABEMD – (Associação Brasileira de Marketing Direto);Se não comprar, construa – tenha um local no seu site em que as pessoas possam secadastrar para receber mensagens – que seja visível. Você pode utilizar uma série deferramentas gratuitas para armazenar esses e-mails, como o MailChimp(www.mailchimp.com);A agência de comunicação das pequenas e médias
  19. 19. 20Bom conteúdo, sempre – para ser lido, mantenha o assunto da sua mensagem e seuconteúdo relevantes. Cuidado com erros de português, ou com mensagens que não fazema menor diferença para o seu público. Se você é um consultor de negócios, não vai fazerdiferença mandar um e-mail para o seu mailing parabenizando a todos pelo dia dasmães, por exemplo. Tudo muda se você tiver, por exemplo, uma loja de bijuterias –obviamente que a relevância é bem maior;Não envie anexos– além de serem um peso, frequentemente e-mails com anexo sãobloqueados como spam pelos clientes de e-mail, Outlook, por exemplo;Consulte a black list – Você pode verificar se um domínio já está em uma black list, ouseja, foi listado por orgãos internacionais como um endereço de envio de spams. Acesse osite: http://multirbl.base64.com.br/ e verifique, adicionando seu domínio, ou o servidoronde está configurado seu domínio;Porque a gente gosta de usar a cachola :-)
  20. 20. 21Evite palavras “spammer”– algumas palavras já se tornaram “clássicas” na classificação despam. Utilizar “gratuito”, ou “grátis”, “vagas abertas”, “ganhe dinheiro”, “consulte-nos”,“aproveite nossa promoção”, “mala direta”, “mala direta de e-mail”, “tenha seu site nainternet”, ou colocar preço no assunto;Integre o e-mail marketing com outras ações – o mesmo conteúdo que você envia por e-mail deve ser destaque no seu site, estar postado nas mídias sociais etc– trabalhe o mesmoconteúdo em vários canais, e tenha outras estratégias de marketing para ganhar clientes;Atenção com o dia e a hora do envio – segunda-feira é o pior dia: as pessoas estão compressa, e certamente não vão prestar atenção na sua mensagem. Prefira qualquer dia entreterça e quinta, dentro do horário comercial. Evite também dias próximos a feriados;Regras – conheça todas as boas práticas consultando o site do Capem (Código deAutorregulamentação para a prática do e-mail marketing) – www.capem.org.brA agência de comunicação das pequenas e médias
  21. 21. 22Entre em contato conosco pelo e-mail:contato@intelligenzia.com.brFaça o workshop sobre Comunicação para PMEs Intelligenzia. Matrículas abertas!http://www.intelligenzia.com.br/cursos-workshops-comunicacao-para-pmes/Quer saber como podemos ajudar a comunicação da sua empresa? Fale conosco!www.intelligenzia.com.br/faleconoscoPorque a gente gosta de usar a cachola :-)

×