Tratamento Humanizado - Pascoal Marracini

699 visualizações

Publicada em

Palestra apresentada por Pascoal Marracini no dia 09/04/2015, no V Fórum Nacional de Políticas de Saúde em Oncologia

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Tratamento Humanizado - Pascoal Marracini

  1. 1. Tratamento Humanizado, rápido e atual 09/04/2015 Brasília – DF
  2. 2. “Humanizar é ofertar atendimento de qualidade articulando os avanços tecnológicos com acolhimento, com melhoria de ambientes de cuidado e das condições de trabalho dos profissionais.” (HumanizaSus – Ministério da Saúde)
  3. 3. “Como política, a Humanização deve, portanto, traduzir princípios e modos de operar no conjunto das relações entre profissionais e usuários, entre os diferentes profissionais, entre as diversas unidades e serviços de saúde e entre as instâncias que constituem o SUS.” (HumanizaSus – Ministério da Saúde)
  4. 4. “Nesse sentido, a Humanização supõe troca de saberes (incluindo os dos pacientes e familiares), diálogo entre os profissionais e modos de trabalhar em equipe. E aqui vale ressaltar que não estamos nos referindo a um conjunto de pessoas reunidas eventualmente para ‘resolver’ um problema, mas à produção de uma grupalidade que sustente construções coletivas, que suponha mudanças pelos encontros entre seus componentes.” (HumanizaSus – Ministério da Saúde)
  5. 5. “Assim, tomamos a Humanização como estratégia de interferência no processo de produção de saúde, levando-se em conta que sujeitos sociais, quando mobilizados, são capazes de transformar realidades transformando-se a si próprios nesse mesmo processo.” (HumanizaSus – Ministério da Saúde)
  6. 6. Marcas Específicas 1.Serão reduzidas as filas e o tempo de espera com ampliação do acesso e atendimento acolhedor e resolutivo baseados em critérios de risco; 2.Todo usuário do SUS saberá quem são os profissionais que cuidam de sua saúde, e os serviços de saúde só se responsabilizarão por sua referência territorial;
  7. 7. Marcas Específicas 3. As unidades de saúde garantirão as informações ao usuário, o acompanhamento de pessoas de sua rede social (de livre escolha) e os direitos do código dos usuários do SUS; 4. As unidades de saúde garantirão gestão participativa aos seus trabalhadores e usuários, assim como educação permanente aos trabalhadores.
  8. 8. Diretrizes na Atenção Especializada 1.Garantir agenda extraordinária em função da análise de risco e das necessidades do usuário; 2.Estabelecer critérios de acesso, identificados de forma pública, incluídos na rede assistencial, com efetivação de protocolos de referência e contra- referência;
  9. 9. Diretrizes na Atenção Especializada 3. Otimizar o atendimento ao usuário, articulando a agenda multi-profissional em ações diagnósticas, terapêuticas que impliquem diferentes saberes e terapêuticas de reabilitação; 4. Definir protocolos clínicos, garantindo a eliminação de intervenções desnecessárias e respeitando as diferenças e as necessidades do sujeito.
  10. 10. Acolhimento Reconhecer o que o outro traz como legítima e singular necessidade de saúde. O acolhimento deve comparecer e sustentar a relação entre equipes/serviços e usuários/populações. Como valor das práticas de saúde, o acolhimento é constituído de forma coletiva, a partir da análise dos processos de trabalho e tem como objetivo a construção de relações de confiança, compromisso e vínculo entre as equipes/serviços, trabalhador/equipes e usuário com sua rede socioafetiva.
  11. 11. Problemas e Desafios • Consultas que não duram mais de dez minutos; Médicos que não demonstram atenção, acolhimento ou conversam com os seus pacientes; • Instalações precárias e insalubres; • Grande espera para o agendamento e realização de cirurgias, sessões de radioterapia e quimioterapia; • Tratamentos defasados.
  12. 12. Estratégias • Maior acolhimento e melhora da relação entre equipes/serviços e usuários/populações; • Criação de espaços saudáveis, aconchegantes e confortáveis; • Valorização do trabalhador com condições apropriadas de trabalho; • Segurança e dignidade do paciente.
  13. 13. Estado de São Paulo • Pesquisa realizada entre os usuários do SUS – Premiação Melhores Hospitais - Humanização • Fundação Amaral carvalho – Jaú • Hospital de Câncer de Barretos • Instituto do Câncer Arnaldo Vieira de Carvalho • ICESP
  14. 14. Conclusão • Gestor • Prestador/Colaborador • Usuário

×