Preparando-se para a Cirurgiawww.oncoguia.org.br
Informe-se sobre sua Cirurgia e Anestesia  A maioria das cirurgias são eletivas - planejadas, não são procedimentos  emerg...
Conheça a Equipe Médica Conheça a sua equipe médica e não hesite em dizer-lhes tudo sobre a sua saúde. O cirurgião e o ane...
Discuta seu Histórico Clínico  Relate a sua equipe médica questões de sua saúde, como doenças pulmonares,  diabetes, press...
Se você fuma... Pare! Informe a seu médico e anestesista se você fuma. Fumar aumenta o risco de complicações como o de inf...
Diminua o consumo de Álcool antes da Cirurgia O álcool pode ter relação com o aumento do risco de morte durante a cirurgia...
Medicamentos, Suplementos, Vitaminas Não deixe de mencionar a seu médico e a sua equipe quaisquer medicamentos com prescri...
Verifique sua Pressão Arterial Se você tem pressão arterial alta, comunique a sua equipe médica, especialmente ao anestesi...
Gerencie Seu Peso e Alimente-se Bem O sobrepeso ou obesidade pode aumentar o risco de complicações. Embora a perda de peso...
Exercite-se e Mantenha-se Ativo Alimentar-se bem e fazer exercícios antes da cirurgia podem ajudar você a ter uma recupera...
Combata as Infecções Hospitalares Lavando as Mãos Para diminuir o risco de infecções hospitalares uma dica importante é so...
Pergunte sobre Opções de Anestesia O tipo de cirurgia a ser realizado muitas vezes determina onde e como você será anestes...
Trombose Venosa e Embolia A cirurgia pode aumentar o risco de trombose venosa profunda e embolia pulmonar. Os coágulos de ...
Não Coma ou Beba Antes da Cirurgia A anestesia pode causar vômitos durante ou após a cirurgia. Enquanto o seu corpo normal...
Pessoas Saudáveis obtém melhores resultados na Cirurgia Mesmo que a cirurgia seja realizada de forma segura, sempre será u...
Preparando se para a cirurgia
Preparando se para a cirurgia
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Preparando se para a cirurgia

4.300 visualizações

Publicada em

É muito importante que o paciente tome determinados cuidados no período que antecede a cirurgia, já que indivíduos saudáveis e seguros certamente podem apresentar resultados mais positivos ao tratamento. Informação sobre a cirurgia, diálogo com a equipe médica e gerenciamento do peso são apenas algumas dicas. Saiba mais

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.300
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.227
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Preparando se para a cirurgia

  1. 1. Preparando-se para a Cirurgiawww.oncoguia.org.br
  2. 2. Informe-se sobre sua Cirurgia e Anestesia A maioria das cirurgias são eletivas - planejadas, não são procedimentos emergenciais - o que significa que provavelmente você terá tempo para se preparar. Saiba mais sobre a sua cirurgia. Converse com seu médico e tire todas as suas dúvidas sobre possíveis riscos, complicações e tempo de recuperação. Pacientes que estão bem informados sobre as opções terapêuticas enfrentam com maior facilidade o tratamento.www.oncoguia.org.br
  3. 3. Conheça a Equipe Médica Conheça a sua equipe médica e não hesite em dizer-lhes tudo sobre a sua saúde. O cirurgião e o anestesista, que realizarão a sua cirurgia, lhe fornecerão conforto e cuidado durante a cirurgia, não fique com dúvidas pergunte sobre as suas opções e riscos.www.oncoguia.org.br
  4. 4. Discuta seu Histórico Clínico Relate a sua equipe médica questões de sua saúde, como doenças pulmonares, diabetes, pressão alta, tratamento dentário, artrite ou alergias alimentares ou de medicamentos. Também é fundamental dizer se você - ou algum membro de sua família – já teve alguma reação à anestesia, é importante para que o anestesista possa substitutir algum dos medicamentos que serão utilizados durante a cirurgia.www.oncoguia.org.br
  5. 5. Se você fuma... Pare! Informe a seu médico e anestesista se você fuma. Fumar aumenta o risco de complicações como o de infecções e outros riscos cirúrgicos. Seus pulmões ajudam seu corpo a se livrar da anestesia inalatória. Parar de fumar antes da cirurgia pode ajudar na recuperação pós-cirúrgica. O ideal é parar de fumar pelo menos duas semanas antes da cirurgia. As terapias de reposição de nicotina e grupos de apoio são algumas opções para ajudar a parar de fumar mais facilmente.www.oncoguia.org.br
  6. 6. Diminua o consumo de Álcool antes da Cirurgia O álcool pode ter relação com o aumento do risco de morte durante a cirurgia. Pode ter efeitos imprevisíveis sobre a anestesia e causar sangramento excessivo em casos de existir alguma lesão hepática decorrente do uso crônico de álcool. Seja honesto com seus médicos sobre o quanto e com que frequência você bebe. Parar de beber ou pelo menos diminuir o consumo, pode reduzir o risco de complicações pós-cirúrgicas. Tente não beber no mês que antecede a cirurgia. Ou, no máximo, ingerir não mais do que dois drinques por dia.www.oncoguia.org.br
  7. 7. Medicamentos, Suplementos, Vitaminas Não deixe de mencionar a seu médico e a sua equipe quaisquer medicamentos com prescrição (ou não) que você toma. Isso significa que até mesmo analgésicos para dor, vitaminas, suplementos ou medicamentos homeopáticos devem ser mencionados. Alguns podem provocar efeitos colaterais, como uma hemorragia excessiva, durante a cirurgia. O seu médico lhe orientará sobre quais medicamentos você poderá tomar antes e no dia da sua cirurgia.www.oncoguia.org.br
  8. 8. Verifique sua Pressão Arterial Se você tem pressão arterial alta, comunique a sua equipe médica, especialmente ao anestesista. Ele será responsável pela monitoração da sua pressão e outros sinais vitais durante a cirurgia. Mantenha sua pressão arterial sob controle antes do procedimento cirúrgico, pergunte ao seu médico como fazer isso. Se você estiver fazendo uso de medicações para controle da pressão, não se esqueça de perguntar ao seu médico se você deve tomar seus remédios no dia da cirurgia.www.oncoguia.org.br
  9. 9. Gerencie Seu Peso e Alimente-se Bem O sobrepeso ou obesidade pode aumentar o risco de complicações. Embora a perda de peso possa ajudar na sua recuperação, não inicie uma dieta, se estiver há menos de um mês da cirurgia. Em vez disso, procure se alimentar saudavelmente para uma boa recuperação. Informe também a seu médico e anestesista, se você tem apneia do sono, que está frequentemente associada ao excesso de peso, pois você poderá precisar de uma anestesia especial para ajudar na respiração durante a cirurgia.www.oncoguia.org.br
  10. 10. Exercite-se e Mantenha-se Ativo Alimentar-se bem e fazer exercícios antes da cirurgia podem ajudar você a ter uma recuperação cirúrgica mais rápida. Não importa o seu nível de atividade, converse com sua equipe médica sobre isso antes da cirurgia, pois eles poderão ajudar e orientar sobre o tipo de atividade que pode realizar antes e após o procedimento.www.oncoguia.org.br
  11. 11. Combata as Infecções Hospitalares Lavando as Mãos Para diminuir o risco de infecções hospitalares uma dica importante é sobre a importância de uma boa higiene. No hospital, esteja atento se seus médicos e enfermeiros higienizam as mãos antes de tratá-lo. Após a cirurgia, mantenha as mãos limpas. E atenção aos sinais de infecção como febre, calafrios, fraqueza, aumento da dor, inchaço, vermelhidão, sangramento e descamação de feridas.www.oncoguia.org.br
  12. 12. Pergunte sobre Opções de Anestesia O tipo de cirurgia a ser realizado muitas vezes determina onde e como você será anestesiado, mas mesmo assim, pergunte ao anestesista sobre possíveis opções de anestesia. A anestesia local entorpece apenas uma pequena parte do corpo, a regional uma área maior, e a anestesia geral afeta todo o seu corpo. Dependendo do tipo de anestesia, pode ser administrada por via intravenosa ou inalada.www.oncoguia.org.br
  13. 13. Trombose Venosa e Embolia A cirurgia pode aumentar o risco de trombose venosa profunda e embolia pulmonar. Os coágulos de sangue que eventualmente se formam e se soltam podem ser fatais. Converse com seu médico para saber se existe risco de você ter esses coágulos e como podem ser prevenidos. Alguns fatores aumentam o risco de formação de coágulos, como idade, peso, tabagismo, certas condições clínicas e medicamentos. A sua equipe médica lhe informará sobre seus possíveis riscos em função do seu histórico clínico.www.oncoguia.org.br
  14. 14. Não Coma ou Beba Antes da Cirurgia A anestesia pode causar vômitos durante ou após a cirurgia. Enquanto o seu corpo normalmente realiza a digestão de alimentos você pode vomitar até os efeitos da anestesia terminarem. Isso pode causar importantes complicações como broncoaspiração, pneumonia e asfixia. Por este motivo, siga corretamente as instruções de seu médico sobre não comer ou beber antes da cirurgia.www.oncoguia.org.br
  15. 15. Pessoas Saudáveis obtém melhores resultados na Cirurgia Mesmo que a cirurgia seja realizada de forma segura, sempre será um trauma para o corpo. Pessoas que se exercitam, comem alimentos saudáveis, não fumam, limitam o uso de álcool e mantém outros hábitos saudáveis ​são, muitas vezes, mais capazes de lidar com esse estresse. Você não pode voltar atrás e reviver a sua vida, mas sim fazer o melhor possível até o momento da cirurgia e, em seguida, manter esses novos hábitos. Pessoas com preparo físico e mental geralmente têm uma recuperação mais rápida, com menos dor e menos complicações.www.oncoguia.org.br

×