Pintas x Melanoma: Saiba Diferenciar

10.229 visualizações

Publicada em

Galeria de imagens alternando entre pintas benignas e o câncer de pele melanoma para ajudar na identificação de cada um.

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

Pintas x Melanoma: Saiba Diferenciar

  1. 1. Pintas x Melanoma: Saiba Diferenciar
  2. 2. Imagem 1 de Pinta Normal Uma pinta é um tumor benigno da pele que se desenvolve a partir de melanócitos. Pintas não costumam estar presentes ao nascimento, mas começam a surgir em crianças e adolescentes. A maioria das pintas nunca causará qualquer problema, mas uma pessoa com mais de 50 pintas normais (ou mais de 5 pintas atípicas ou displásicas) tem um risco aumentado de desenvolver melanoma, uma forma agressiva de câncer de pele. Esta galeria de imagens alternará entre pintas benignas e o câncer de pele melanoma para ajudar na identificação de cada um.
  3. 3. Imagem 1 de Melanoma A imagem de um câncer de pele melanoma mostra muitas vezes, forma irregular e multicolorida. A detecção precoce do melanoma aumenta a chance de sucesso do tratamento. O autoexame regular da pele permite a detecção precoce do câncer de pele, e deve ser realizado em frente a um espelho numa sala iluminada. É importante conhecer o padrão de pintas, sardas e outras marcas na pele para poder detectar o aparecimento de novas pintas ou alterações nas já existentes.
  4. 4. Imagem 2 de Pinta Normal Este é um exemplo de uma pinta normal. Observe que é quase perfeitamente redonda. O câncer de pele melanoma é geralmente assimétrico. Embora a maioria das pintas sejam benignas, certos tipos apresentam um risco maior de desenvolver melanoma. Muitas pessoas de raça branca têm pintas displásicas ou atípicas, que são maiores do que as comuns, com bordas irregulares e vários tons. As pessoas que têm pintas displásicas e histórico familiar de melanoma têm um risco aumentado para o melanoma antes dos 40 anos.
  5. 5. Imagem 2 de Melanoma O melanoma é frequentemente assimétrico, ao contrário das pintas benignas. Pessoas com 50 ou mais pintas normais, devem fazer um autoexame da pele cuidadosamente várias vezes por ano. Procure um médico se detectar:  Uma nova pinta, de forma irregular, marrom com áreas mais escuras ou pretas.  Um sinal de nascença simples que muda de cor (escurecendo), tamanho (crescendo), ou textura (tornando-se rígida), e descasca ou sangra.  Uma lesão com borda irregular com área ou pontos vermelhos, brancos, azuis, cinzas ou preto-azulados.  Uma nova protuberância brilhante, firme, em qualquer parte do corpo.  Pintas escuras sob as unhas de mãos ou pés, nas palmas das mãos, plantas dos pés, ou nas membranas mucosas.
  6. 6. Imagem 3 de Pinta Normal Essa imagem mostra uma pinta normal. Observe que a cor é a mesma em toda a pinta e não existem vários tons de marrom, preto, ou bege, como é geralmente visto no melanoma.
  7. 7. Imagem 3 de Melanoma O melanoma tem uma borda desigual, irregular ou entalhada. Essa é outra maneira de distinguir o melanoma de pintas normais, que normalmente têm as bordas lisas e regulares.
  8. 8. Imagem 4 de Pinta Normal As pintas normais têm uma variedade de tamanhos e cores, como:  Pequena descoloração da pele como sardas (chamada de mácula).  Uma, mácula maior.  Uma pinta sobressaliente acima do nível da pele.  Uma pinta que perdeu sua cor escura. Nenhum destas imagens corresponde a melanoma.
  9. 9. Imagem 4 de Melanoma A regra "ABCDE” pode ser usada para lembrar o que deve ser procurado:  Assimetria - A forma de metade da pinta não coincidir com a outra metade.  Borda - As bordas são irregulares, entalhadas ou dentadas.  Cor - A cor não é uniforme. Tom de preto, marrom e canela podem estar presentes. Áreas brancas, cinza, vermelha ou azul também podem ser vistas.  Diâmetro - O diâmetro maior que 6 mm.  Evolução - Pinta existente mudando de tamanho, forma, cor, aparência, ou se desenvolve em uma área de pele previamente normal. Além disso, quando o melanoma se desenvolve em uma pinta existente, a textura pode tornar-se dura, irregular ou escamosa. Embora a pele possa parecer diferente e coçar ou sangrar, o melanoma geralmente não causa dor.
  10. 10. Imagem 5 de Pinta Normal Exemplos de pintas comuns:  Descoloração uniforme ou castanho bronzeado da pele, de 1 a 2 mm de diâmetro.  Maior descoloração da pele.  Pinta ligeiramente acima da superfície da pele.  Pinta que está claramente sobressaliente em relação à superfície da pele.  Pinta rosa ou cor de pele. Todas estas pintas são normais, e até mesmo um única pinta pode passar por estas fases ao longo do tempo. No entanto, todas elas têm uma borda lisa e está claramente separada da pele circundante, em contraste com o melanoma.
  11. 11. Imagem 5 de Melanoma A imagem final é de uma lesão que aumentou de tamanho ao longo do tempo, uma característica fundamental do melanoma. Lembre-se, o melanoma pode ser curado se detectado precocemente, ao contrário de muitos tipos de câncer. Se você tiver várias pintas ou outros fatores de risco, é importante que você faça regularmente o autoexame da pele. Consulte seu médico se observar qualquer pinta que você ache suspeita, especialmente se é nova ou se modificou suas características e tamanho.

×