SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 17
Baixar para ler offline
Câncer e
Metástases Ósseas
Você sabe o que é
Metástase Óssea ?
As metástases ocorrem quando as
células cancerígenas originárias de um
tumor primário, por exemplo, mama
ou pulmão, deixam o local e se
disseminam para outros órgãos
distantes através do sistema sanguíneo
e linfático.
Os locais mais comuns de
metástases incluem osso, pulmão,
fígado e cérebro.
Fatores de Risco
Qualquer tipo de câncer pode
causar uma metástase óssea.
Apesar do médico não ter como
prever se a doença irá se disseminar,
certos tipos de câncer são mais
propensos a causar metástases, como
os cânceres de mama, pulmão,
tireoide, próstata e rim.
Tumores maiores e que se
disseminaram para os gânglios
linfáticos também são mais
propensos a se espalhar para os ossos.
Onde as Metástases
Ósseas aparecem?
A metástase pode se desenvolver em
qualquer osso, mas com mais
frequência aparece nos ossos que
estão no centro do corpo. O local
mais comum é na coluna vertebral.
Outras áreas comuns incluem o osso
da perna (fêmur), bacia (ilíaco),
braço (úmero), costelas e crânio.
Sinais e Sintomas
A dor óssea é muitas vezes o
primeiro sintoma de uma metástase.
No início, a dor pode ser intermitente
e muitas vezes piora à noite,
melhorando ao se movimentar.
Com o tempo, a dor pode piorar com
os movimentos e se tornar constante
e intensa, prejudicando as atividades
rotineiras do paciente.
Dica Oncoguia: Após o tratamento e para ajudar a recuperar o
tônus e força muscular, o paciente pode precisar de fisioterapia.
Converse com seu médico.
Compressão da Medula
Quando o câncer se dissemina à
coluna pode provocar a compressão da
medula espinhal. Isso pode afetar
algumas raízes nervosas, causando
perda de mobilidade, fraqueza
muscular, dormência e dificuldade
para urinar. A compressão da medula
é considerada uma emergência
médica, pois pode levar à paralisia.
Os tratamentos incluem injeções de
anti-inflamatórios hormonais,
radioterapia, quimioterapia e cirurgia.
Como a Metástase afeta os
Ossos
A metástase óssea pode danificar os
ossos, tornando-os mais fracos. Com o
tempo, isso pode provocar fraturas,
mesmo durante atividades de rotina,
como tossir ou sentar em uma cadeira.
Em outras circunstâncias, a metástase
óssea pode causar o endurecimento do
osso, mas mesmo assim existe o risco
de fratura.
Exames de Imagem para
Metástases Ósseas
Mesmo que o paciente não apresente
qualquer sintoma, o médico pode solicitar
alguns exames de imagem, como:
• Radiografia. Que pode ajudar a
diagnosticar áreas de metástases ósseas e
confirmar se um osso está fraturado.
• Cintilografia óssea. Exame que muitas
vezes diagnostica uma metástase antes de
uma radiografia, além de permitir o
estudo corpo inteiro num só exame.
• Outros exames. Tomografia
computadorizada, ressonância magnética
e PETscan.
Exames de Laboratório
Como as metástases provocam perdas
ósseas, o cálcio é frequentemente
liberado do osso à corrente
sanguínea.
Níveis altos de cálcio podem causar
alguns sintomas, como náuseas,
constipação, desidratação e até
mesmo coma.
Em alguns casos, o médico poderá enviar uma amostra de tecido
ósseo para análise laboratorial e assim confirmar (ou não) uma
metástase óssea.
Tratamento do Tumor
Primário
As terapias sistêmicas como
quimioterapia, hormonioterapia e
imunoterapia são realizadas como
parte do tratamento para o câncer
primário.
Administradas por via oral ou
injetável, elas atuam nas células
cancerígenas do organismo.
Os tratamentos sistêmicos são geralmente eficazes, mas
podem provocar efeitos colaterais, como náuseas, vômitos,
perda de cabelo, fadiga e infecções.
Bisfosfonatos
Os bisfosfonatos são uma classe
de medicamentos utilizados para
tratar a osteoporose, uma doença
em que os ossos tornam-se finos e
fracos.
Em pacientes com câncer, certos
bisfosfonatos podem ajudar a reduzir
a dor além do dano ósseo, e podem
diminuir também os níveis de cálcio e
os riscos de fraturas.
Os efeitos colaterais da medicação podem incluir fadiga, náuseas,
vômitos, anemia e dores nos ossos e nas articulações. Ou efeito
colateral grave, entretanto raro, é a osteonecrose de mandíbula.
Tratando os Ossos
Os tratamentos locais tem como
objetivo destruir o tumor ou
retardar o crescimento das suas
células e focam apenas nos ossos, ou
seja, onde encontra-se a doença.
A radioterapia utiliza radiação de
alta energia para destruir essas
células.
A ablação é outro tipo de tratamento
local que destrói tumores com calor,
frio, correntes elétricas ou álcool.
Outro tratamento local consiste em injetar cimento ósseo para
ajudar a estabilizar a área da lesão.
Cirurgia
A cirurgia é frequentemente utilizada
como um tratamento para ajudar a
estabilizar o osso afetado e que
possa estar com risco de fratura.
No entanto, em casos onde os ossos
estão quebrados devido à doença (e
por isso não se regeneram), a cirurgia
também é realizada para reparar essas
fraturas.
Converse com seu médico e discuta se será realizada uma
cirurgia focando a prevenção ou restauração de fraturas.
Gerenciando a Dor
Em muitos casos, os tratamentos
para metástase óssea também
ajudarão a aliviar a dor óssea.
Entretanto, se a dor persistir, o
médico pode prescrever analgésicos
e anti-inflamatórios contra a dor.
Se estes medicamentos não
controlarem a dor, o médico pode
prescrever um medicamento do
grupo dos analgésicos narcóticos.
Dica Oncoguia: É muito importante que seu médico saiba se a
medicação está funcionando, assim como os efeitos colaterais que
eventualmente possam aparecer com o uso da medicação. Mantenha-o
sempre informado.
Após o Tratamento
Geralmente, as metástases ósseas
não têm cura, mas os tratamentos
podem reduzi-las e aliviar seus
sintomas.
Converse com seu médico sobre
quaisquer novos sintomas ou
efeitos colaterais da medicação.
Além disso, você pode ter uma
recuperação mais rápida se você
assumir ativamente o
gerenciamento de sua saúde.
Esclareça sempre suas dúvidas e aprenda sobre sua condição,
conhecendo as opções de tratamentos e cuidando mais de si!
Câncer e Metástases Ósseas

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Esclerose múltipla slides
Esclerose múltipla slidesEsclerose múltipla slides
Esclerose múltipla slides
 
Osteoporose
OsteoporoseOsteoporose
Osteoporose
 
Sistema osteoarticular
Sistema osteoarticularSistema osteoarticular
Sistema osteoarticular
 
Tecido ósseo
Tecido ósseoTecido ósseo
Tecido ósseo
 
Fraturas
FraturasFraturas
Fraturas
 
Cancer
CancerCancer
Cancer
 
Osteoporose
OsteoporoseOsteoporose
Osteoporose
 
Artrose
ArtroseArtrose
Artrose
 
Osteoporose slide com refer
Osteoporose slide com referOsteoporose slide com refer
Osteoporose slide com refer
 
Tipos de fraturas
Tipos de fraturasTipos de fraturas
Tipos de fraturas
 
ARTRITE REUMATÓIDE
ARTRITE REUMATÓIDEARTRITE REUMATÓIDE
ARTRITE REUMATÓIDE
 
Úlceras Vasculogênicas
Úlceras VasculogênicasÚlceras Vasculogênicas
Úlceras Vasculogênicas
 
Doenças Osteoarticulares
Doenças OsteoarticularesDoenças Osteoarticulares
Doenças Osteoarticulares
 
Cancer
CancerCancer
Cancer
 
Osteoartrose Na Terceira Idade
Osteoartrose Na Terceira IdadeOsteoartrose Na Terceira Idade
Osteoartrose Na Terceira Idade
 
Lesão Celular - Dr. José Alexandre P. de Almeida
Lesão Celular - Dr. José Alexandre P. de AlmeidaLesão Celular - Dr. José Alexandre P. de Almeida
Lesão Celular - Dr. José Alexandre P. de Almeida
 
Osteoartrite
OsteoartriteOsteoartrite
Osteoartrite
 
Câncer de pele
Câncer de peleCâncer de pele
Câncer de pele
 
Aula Sistema Muscular
Aula Sistema MuscularAula Sistema Muscular
Aula Sistema Muscular
 
Síndrome Compartimental
Síndrome CompartimentalSíndrome Compartimental
Síndrome Compartimental
 

Destaque

Como combater o Câncer sem quimioterapia
Como combater o Câncer sem quimioterapiaComo combater o Câncer sem quimioterapia
Como combater o Câncer sem quimioterapiaJoão S Magalhães
 
Alimentos que combatem cancer
Alimentos que combatem cancerAlimentos que combatem cancer
Alimentos que combatem cancersaugor
 
Graviola - Cura para o Câncer
Graviola - Cura para o CâncerGraviola - Cura para o Câncer
Graviola - Cura para o CâncerGabriel Morales
 
15 Alimentos que Aumentam a Imunidade
15 Alimentos que Aumentam a Imunidade15 Alimentos que Aumentam a Imunidade
15 Alimentos que Aumentam a ImunidadeOncoguia
 
Alimentos que Ajudam a Combater o Câncer
Alimentos que Ajudam a Combater o CâncerAlimentos que Ajudam a Combater o Câncer
Alimentos que Ajudam a Combater o CâncerOncoguia
 
Receita Suco Para Aumentar A Imunidade
Receita Suco Para Aumentar A ImunidadeReceita Suco Para Aumentar A Imunidade
Receita Suco Para Aumentar A ImunidadeMaisVitamina
 
Lesão litica sessão de raciocinio clínico
Lesão litica sessão de raciocinio clínicoLesão litica sessão de raciocinio clínico
Lesão litica sessão de raciocinio clínicojaninemagalhaes
 
Câncer de Próstata
Câncer de PróstataCâncer de Próstata
Câncer de PróstataOncoguia
 
Aumente A Imunidade de Seu Corpo
Aumente A Imunidade de Seu CorpoAumente A Imunidade de Seu Corpo
Aumente A Imunidade de Seu Corposaugor
 
Alimentos combatem cancer
Alimentos combatem cancerAlimentos combatem cancer
Alimentos combatem cancersaugor
 
Atencao saude idoso
Atencao saude idosoAtencao saude idoso
Atencao saude idosoMarcio Roriz
 
TC tórax: metástases pulmonares
TC tórax: metástases pulmonaresTC tórax: metástases pulmonares
TC tórax: metástases pulmonaresarbarretto
 
Promovendo o acesso ao tratamento Onco BCG
Promovendo o acesso ao tratamento Onco BCGPromovendo o acesso ao tratamento Onco BCG
Promovendo o acesso ao tratamento Onco BCGOncoguia
 
Haematopathology: An introduction to the various myeloid cell neoplasms
Haematopathology: An introduction to the various  myeloid cell neoplasmsHaematopathology: An introduction to the various  myeloid cell neoplasms
Haematopathology: An introduction to the various myeloid cell neoplasmsQatar Cardiovascular Research Centre
 
Câncer avançado: O desafio da falta de dados - Nivaldo Vieira
Câncer avançado: O desafio da falta de dados - Nivaldo VieiraCâncer avançado: O desafio da falta de dados - Nivaldo Vieira
Câncer avançado: O desafio da falta de dados - Nivaldo VieiraOncoguia
 
PET/CT: Fatores que afetam o SUV
PET/CT: Fatores que afetam o SUVPET/CT: Fatores que afetam o SUV
PET/CT: Fatores que afetam o SUVTadeu Kubo
 
Dor Oncológica
Dor OncológicaDor Oncológica
Dor OncológicaOncoguia
 
Plantas medicinais de uso domético
Plantas medicinais de uso dométicoPlantas medicinais de uso domético
Plantas medicinais de uso dométicodrsluizcd
 

Destaque (20)

Como combater o Câncer sem quimioterapia
Como combater o Câncer sem quimioterapiaComo combater o Câncer sem quimioterapia
Como combater o Câncer sem quimioterapia
 
Alimentos que combatem cancer
Alimentos que combatem cancerAlimentos que combatem cancer
Alimentos que combatem cancer
 
Graviola - Cura para o Câncer
Graviola - Cura para o CâncerGraviola - Cura para o Câncer
Graviola - Cura para o Câncer
 
15 Alimentos que Aumentam a Imunidade
15 Alimentos que Aumentam a Imunidade15 Alimentos que Aumentam a Imunidade
15 Alimentos que Aumentam a Imunidade
 
Alimentos que Ajudam a Combater o Câncer
Alimentos que Ajudam a Combater o CâncerAlimentos que Ajudam a Combater o Câncer
Alimentos que Ajudam a Combater o Câncer
 
Receita Suco Para Aumentar A Imunidade
Receita Suco Para Aumentar A ImunidadeReceita Suco Para Aumentar A Imunidade
Receita Suco Para Aumentar A Imunidade
 
Lesão litica sessão de raciocinio clínico
Lesão litica sessão de raciocinio clínicoLesão litica sessão de raciocinio clínico
Lesão litica sessão de raciocinio clínico
 
Câncer de Próstata
Câncer de PróstataCâncer de Próstata
Câncer de Próstata
 
Aumente A Imunidade de Seu Corpo
Aumente A Imunidade de Seu CorpoAumente A Imunidade de Seu Corpo
Aumente A Imunidade de Seu Corpo
 
Alimentos combatem cancer
Alimentos combatem cancerAlimentos combatem cancer
Alimentos combatem cancer
 
Atencao saude idoso
Atencao saude idosoAtencao saude idoso
Atencao saude idoso
 
TC tórax: metástases pulmonares
TC tórax: metástases pulmonaresTC tórax: metástases pulmonares
TC tórax: metástases pulmonares
 
Promovendo o acesso ao tratamento Onco BCG
Promovendo o acesso ao tratamento Onco BCGPromovendo o acesso ao tratamento Onco BCG
Promovendo o acesso ao tratamento Onco BCG
 
Haematopathology: An introduction to the various myeloid cell neoplasms
Haematopathology: An introduction to the various  myeloid cell neoplasmsHaematopathology: An introduction to the various  myeloid cell neoplasms
Haematopathology: An introduction to the various myeloid cell neoplasms
 
Câncer avançado: O desafio da falta de dados - Nivaldo Vieira
Câncer avançado: O desafio da falta de dados - Nivaldo VieiraCâncer avançado: O desafio da falta de dados - Nivaldo Vieira
Câncer avançado: O desafio da falta de dados - Nivaldo Vieira
 
Biofísica
Biofísica Biofísica
Biofísica
 
PET/CT: Fatores que afetam o SUV
PET/CT: Fatores que afetam o SUVPET/CT: Fatores que afetam o SUV
PET/CT: Fatores que afetam o SUV
 
Dor Oncológica
Dor OncológicaDor Oncológica
Dor Oncológica
 
Plantas medicinais de uso domético
Plantas medicinais de uso dométicoPlantas medicinais de uso domético
Plantas medicinais de uso domético
 
Diagnostico Precoce AR
Diagnostico Precoce ARDiagnostico Precoce AR
Diagnostico Precoce AR
 

Semelhante a Câncer e Metástases Ósseas

Osteossarcoma
OsteossarcomaOsteossarcoma
OsteossarcomaOncoguia
 
6_-_Doencas_osteomusculares_e_quedas.pptx
6_-_Doencas_osteomusculares_e_quedas.pptx6_-_Doencas_osteomusculares_e_quedas.pptx
6_-_Doencas_osteomusculares_e_quedas.pptxGeniViana
 
Praticas educacao fisica_para_pessoas_com_deficiencia
Praticas educacao fisica_para_pessoas_com_deficienciaPraticas educacao fisica_para_pessoas_com_deficiencia
Praticas educacao fisica_para_pessoas_com_deficienciaElisabeth Mattos
 
trabalho de Reumato.pptx
trabalho de Reumato.pptxtrabalho de Reumato.pptx
trabalho de Reumato.pptxThalitaRosalen2
 
Seminário tumores ósseos - Melorreostose, hiperparatireoidismo, mieloma múlti...
Seminário tumores ósseos - Melorreostose, hiperparatireoidismo, mieloma múlti...Seminário tumores ósseos - Melorreostose, hiperparatireoidismo, mieloma múlti...
Seminário tumores ósseos - Melorreostose, hiperparatireoidismo, mieloma múlti...felipe_wlanger
 
Blog tecido osseo histologia pronto
Blog tecido osseo histologia prontoBlog tecido osseo histologia pronto
Blog tecido osseo histologia prontosamuelalves
 
61700575 caso-clinico
61700575 caso-clinico61700575 caso-clinico
61700575 caso-clinicoAlba Andrade
 
Sistema de sustentação
Sistema de sustentaçãoSistema de sustentação
Sistema de sustentaçãoLuiz Reis
 
Artrite 7 maneiras de reduzir a dor
Artrite 7 maneiras de reduzir a dorArtrite 7 maneiras de reduzir a dor
Artrite 7 maneiras de reduzir a dorEmpresas Com Sucesso
 
Artrose max
Artrose maxArtrose max
Artrose maxlcinfo
 
Osteoporose reumatoguia
Osteoporose reumatoguiaOsteoporose reumatoguia
Osteoporose reumatoguiaReumatoguia
 
Osteoporose tudo o que precisa de saber sobre esta doença óssea silenciosa.pdf
Osteoporose tudo o que precisa de saber sobre esta doença óssea silenciosa.pdfOsteoporose tudo o que precisa de saber sobre esta doença óssea silenciosa.pdf
Osteoporose tudo o que precisa de saber sobre esta doença óssea silenciosa.pdfPill Reminder
 
5-densitometria-ossea-150619105522-lva1-app6891.pdf
5-densitometria-ossea-150619105522-lva1-app6891.pdf5-densitometria-ossea-150619105522-lva1-app6891.pdf
5-densitometria-ossea-150619105522-lva1-app6891.pdfvaldomiro furtado furtado
 

Semelhante a Câncer e Metástases Ósseas (20)

Osteossarcoma
OsteossarcomaOsteossarcoma
Osteossarcoma
 
6_-_Doencas_osteomusculares_e_quedas.pptx
6_-_Doencas_osteomusculares_e_quedas.pptx6_-_Doencas_osteomusculares_e_quedas.pptx
6_-_Doencas_osteomusculares_e_quedas.pptx
 
Praticas educacao fisica_para_pessoas_com_deficiencia
Praticas educacao fisica_para_pessoas_com_deficienciaPraticas educacao fisica_para_pessoas_com_deficiencia
Praticas educacao fisica_para_pessoas_com_deficiencia
 
trabalho de Reumato.pptx
trabalho de Reumato.pptxtrabalho de Reumato.pptx
trabalho de Reumato.pptx
 
Fraturas em Idosos.pptx
Fraturas em Idosos.pptxFraturas em Idosos.pptx
Fraturas em Idosos.pptx
 
Seminário tumores ósseos - Melorreostose, hiperparatireoidismo, mieloma múlti...
Seminário tumores ósseos - Melorreostose, hiperparatireoidismo, mieloma múlti...Seminário tumores ósseos - Melorreostose, hiperparatireoidismo, mieloma múlti...
Seminário tumores ósseos - Melorreostose, hiperparatireoidismo, mieloma múlti...
 
Blog tecido osseo histologia pronto
Blog tecido osseo histologia prontoBlog tecido osseo histologia pronto
Blog tecido osseo histologia pronto
 
61700575 caso-clinico
61700575 caso-clinico61700575 caso-clinico
61700575 caso-clinico
 
Osteossarcoma
OsteossarcomaOsteossarcoma
Osteossarcoma
 
Sistema de sustentação
Sistema de sustentaçãoSistema de sustentação
Sistema de sustentação
 
Artrite 7 maneiras de reduzir a dor
Artrite 7 maneiras de reduzir a dorArtrite 7 maneiras de reduzir a dor
Artrite 7 maneiras de reduzir a dor
 
Tumores ósseos benignos
Tumores ósseos benignosTumores ósseos benignos
Tumores ósseos benignos
 
Tumores ósseos malignos
Tumores ósseos malignosTumores ósseos malignos
Tumores ósseos malignos
 
Artrose max
Artrose maxArtrose max
Artrose max
 
Osteoporose trabalho CIT
Osteoporose trabalho CITOsteoporose trabalho CIT
Osteoporose trabalho CIT
 
Osteoporose reumatoguia
Osteoporose reumatoguiaOsteoporose reumatoguia
Osteoporose reumatoguia
 
Atlas Osseo.pdf
Atlas Osseo.pdfAtlas Osseo.pdf
Atlas Osseo.pdf
 
5 densitometria-ossea
5 densitometria-ossea5 densitometria-ossea
5 densitometria-ossea
 
Osteoporose tudo o que precisa de saber sobre esta doença óssea silenciosa.pdf
Osteoporose tudo o que precisa de saber sobre esta doença óssea silenciosa.pdfOsteoporose tudo o que precisa de saber sobre esta doença óssea silenciosa.pdf
Osteoporose tudo o que precisa de saber sobre esta doença óssea silenciosa.pdf
 
5-densitometria-ossea-150619105522-lva1-app6891.pdf
5-densitometria-ossea-150619105522-lva1-app6891.pdf5-densitometria-ossea-150619105522-lva1-app6891.pdf
5-densitometria-ossea-150619105522-lva1-app6891.pdf
 

Mais de Oncoguia

Feelings about Radiotherapy: the Brazilian Cancer Patients' Perspective
Feelings about Radiotherapy: the Brazilian Cancer Patients' PerspectiveFeelings about Radiotherapy: the Brazilian Cancer Patients' Perspective
Feelings about Radiotherapy: the Brazilian Cancer Patients' PerspectiveOncoguia
 
Insights from a Brazilian Patient Group
Insights from a Brazilian Patient GroupInsights from a Brazilian Patient Group
Insights from a Brazilian Patient GroupOncoguia
 
Return to work after breast cancer: disparities among patients treated in pub...
Return to work after breast cancer: disparities among patients treated in pub...Return to work after breast cancer: disparities among patients treated in pub...
Return to work after breast cancer: disparities among patients treated in pub...Oncoguia
 
Obesidade e câncer nas políticas públicas
Obesidade e câncer nas políticas públicasObesidade e câncer nas políticas públicas
Obesidade e câncer nas políticas públicasOncoguia
 
Pesquisas do Oncoguia mostra visão sobre câncer por quem mora na favela
Pesquisas do Oncoguia mostra visão sobre câncer por quem mora na favelaPesquisas do Oncoguia mostra visão sobre câncer por quem mora na favela
Pesquisas do Oncoguia mostra visão sobre câncer por quem mora na favelaOncoguia
 
Percepções e prioridades do câncer nas favelas brasileiras
Percepções e prioridades do câncer nas favelas brasileirasPercepções e prioridades do câncer nas favelas brasileiras
Percepções e prioridades do câncer nas favelas brasileirasOncoguia
 
Consultas Públicas do SUS / Paciente oncológico: informe-se e participe!
Consultas Públicas do SUS / Paciente oncológico: informe-se e participe!Consultas Públicas do SUS / Paciente oncológico: informe-se e participe!
Consultas Públicas do SUS / Paciente oncológico: informe-se e participe!Oncoguia
 
Impactos do Câncer na vida dos familiares cuidadores
Impactos do Câncer na vida dos familiares cuidadoresImpactos do Câncer na vida dos familiares cuidadores
Impactos do Câncer na vida dos familiares cuidadoresOncoguia
 
Cosaúde e o processo de incorporação de tecnologias oncológicas
Cosaúde e o processo de incorporação de tecnologias oncológicasCosaúde e o processo de incorporação de tecnologias oncológicas
Cosaúde e o processo de incorporação de tecnologias oncológicasOncoguia
 
Relatório de atividades do Instituto Oncoguia / 2021
Relatório de atividades do Instituto Oncoguia / 2021Relatório de atividades do Instituto Oncoguia / 2021
Relatório de atividades do Instituto Oncoguia / 2021Oncoguia
 
Por uma oncologia mais atual e justa
 Por uma oncologia mais atual e justa Por uma oncologia mais atual e justa
Por uma oncologia mais atual e justaOncoguia
 
Percepções da população brasileira sobre o câncer
Percepções da população brasileira sobre o câncerPercepções da população brasileira sobre o câncer
Percepções da população brasileira sobre o câncerOncoguia
 
Datafolha_Oncoguia_PercepcoesSobreOCancer .pdf
Datafolha_Oncoguia_PercepcoesSobreOCancer .pdfDatafolha_Oncoguia_PercepcoesSobreOCancer .pdf
Datafolha_Oncoguia_PercepcoesSobreOCancer .pdfOncoguia
 
Como contribuir em Consulta Pública da Conitec
Como contribuir em Consulta Pública da ConitecComo contribuir em Consulta Pública da Conitec
Como contribuir em Consulta Pública da ConitecOncoguia
 
Contribuição Oncoguia com a ATS na SS - 03.2022
Contribuição Oncoguia com a ATS na SS - 03.2022Contribuição Oncoguia com a ATS na SS - 03.2022
Contribuição Oncoguia com a ATS na SS - 03.2022Oncoguia
 
Study of cancer patient's communication of pain to the health team
Study of cancer patient's communication of pain to the health teamStudy of cancer patient's communication of pain to the health team
Study of cancer patient's communication of pain to the health teamOncoguia
 
How can we help: The needs of those seeking breast cancer information and sup...
How can we help: The needs of those seeking breast cancer information and sup...How can we help: The needs of those seeking breast cancer information and sup...
How can we help: The needs of those seeking breast cancer information and sup...Oncoguia
 
Caring for colorectal cancer patients: the perspective of informal caregivers...
Caring for colorectal cancer patients: the perspective of informal caregivers...Caring for colorectal cancer patients: the perspective of informal caregivers...
Caring for colorectal cancer patients: the perspective of informal caregivers...Oncoguia
 
Cancer de fígado - ILNC
Cancer de fígado - ILNCCancer de fígado - ILNC
Cancer de fígado - ILNCOncoguia
 
Como contribuir em consulta pública da Conitec
Como contribuir em consulta pública da ConitecComo contribuir em consulta pública da Conitec
Como contribuir em consulta pública da ConitecOncoguia
 

Mais de Oncoguia (20)

Feelings about Radiotherapy: the Brazilian Cancer Patients' Perspective
Feelings about Radiotherapy: the Brazilian Cancer Patients' PerspectiveFeelings about Radiotherapy: the Brazilian Cancer Patients' Perspective
Feelings about Radiotherapy: the Brazilian Cancer Patients' Perspective
 
Insights from a Brazilian Patient Group
Insights from a Brazilian Patient GroupInsights from a Brazilian Patient Group
Insights from a Brazilian Patient Group
 
Return to work after breast cancer: disparities among patients treated in pub...
Return to work after breast cancer: disparities among patients treated in pub...Return to work after breast cancer: disparities among patients treated in pub...
Return to work after breast cancer: disparities among patients treated in pub...
 
Obesidade e câncer nas políticas públicas
Obesidade e câncer nas políticas públicasObesidade e câncer nas políticas públicas
Obesidade e câncer nas políticas públicas
 
Pesquisas do Oncoguia mostra visão sobre câncer por quem mora na favela
Pesquisas do Oncoguia mostra visão sobre câncer por quem mora na favelaPesquisas do Oncoguia mostra visão sobre câncer por quem mora na favela
Pesquisas do Oncoguia mostra visão sobre câncer por quem mora na favela
 
Percepções e prioridades do câncer nas favelas brasileiras
Percepções e prioridades do câncer nas favelas brasileirasPercepções e prioridades do câncer nas favelas brasileiras
Percepções e prioridades do câncer nas favelas brasileiras
 
Consultas Públicas do SUS / Paciente oncológico: informe-se e participe!
Consultas Públicas do SUS / Paciente oncológico: informe-se e participe!Consultas Públicas do SUS / Paciente oncológico: informe-se e participe!
Consultas Públicas do SUS / Paciente oncológico: informe-se e participe!
 
Impactos do Câncer na vida dos familiares cuidadores
Impactos do Câncer na vida dos familiares cuidadoresImpactos do Câncer na vida dos familiares cuidadores
Impactos do Câncer na vida dos familiares cuidadores
 
Cosaúde e o processo de incorporação de tecnologias oncológicas
Cosaúde e o processo de incorporação de tecnologias oncológicasCosaúde e o processo de incorporação de tecnologias oncológicas
Cosaúde e o processo de incorporação de tecnologias oncológicas
 
Relatório de atividades do Instituto Oncoguia / 2021
Relatório de atividades do Instituto Oncoguia / 2021Relatório de atividades do Instituto Oncoguia / 2021
Relatório de atividades do Instituto Oncoguia / 2021
 
Por uma oncologia mais atual e justa
 Por uma oncologia mais atual e justa Por uma oncologia mais atual e justa
Por uma oncologia mais atual e justa
 
Percepções da população brasileira sobre o câncer
Percepções da população brasileira sobre o câncerPercepções da população brasileira sobre o câncer
Percepções da população brasileira sobre o câncer
 
Datafolha_Oncoguia_PercepcoesSobreOCancer .pdf
Datafolha_Oncoguia_PercepcoesSobreOCancer .pdfDatafolha_Oncoguia_PercepcoesSobreOCancer .pdf
Datafolha_Oncoguia_PercepcoesSobreOCancer .pdf
 
Como contribuir em Consulta Pública da Conitec
Como contribuir em Consulta Pública da ConitecComo contribuir em Consulta Pública da Conitec
Como contribuir em Consulta Pública da Conitec
 
Contribuição Oncoguia com a ATS na SS - 03.2022
Contribuição Oncoguia com a ATS na SS - 03.2022Contribuição Oncoguia com a ATS na SS - 03.2022
Contribuição Oncoguia com a ATS na SS - 03.2022
 
Study of cancer patient's communication of pain to the health team
Study of cancer patient's communication of pain to the health teamStudy of cancer patient's communication of pain to the health team
Study of cancer patient's communication of pain to the health team
 
How can we help: The needs of those seeking breast cancer information and sup...
How can we help: The needs of those seeking breast cancer information and sup...How can we help: The needs of those seeking breast cancer information and sup...
How can we help: The needs of those seeking breast cancer information and sup...
 
Caring for colorectal cancer patients: the perspective of informal caregivers...
Caring for colorectal cancer patients: the perspective of informal caregivers...Caring for colorectal cancer patients: the perspective of informal caregivers...
Caring for colorectal cancer patients: the perspective of informal caregivers...
 
Cancer de fígado - ILNC
Cancer de fígado - ILNCCancer de fígado - ILNC
Cancer de fígado - ILNC
 
Como contribuir em consulta pública da Conitec
Como contribuir em consulta pública da ConitecComo contribuir em consulta pública da Conitec
Como contribuir em consulta pública da Conitec
 

Câncer e Metástases Ósseas

  • 1.
  • 3. Você sabe o que é Metástase Óssea ? As metástases ocorrem quando as células cancerígenas originárias de um tumor primário, por exemplo, mama ou pulmão, deixam o local e se disseminam para outros órgãos distantes através do sistema sanguíneo e linfático. Os locais mais comuns de metástases incluem osso, pulmão, fígado e cérebro.
  • 4. Fatores de Risco Qualquer tipo de câncer pode causar uma metástase óssea. Apesar do médico não ter como prever se a doença irá se disseminar, certos tipos de câncer são mais propensos a causar metástases, como os cânceres de mama, pulmão, tireoide, próstata e rim. Tumores maiores e que se disseminaram para os gânglios linfáticos também são mais propensos a se espalhar para os ossos.
  • 5. Onde as Metástases Ósseas aparecem? A metástase pode se desenvolver em qualquer osso, mas com mais frequência aparece nos ossos que estão no centro do corpo. O local mais comum é na coluna vertebral. Outras áreas comuns incluem o osso da perna (fêmur), bacia (ilíaco), braço (úmero), costelas e crânio.
  • 6. Sinais e Sintomas A dor óssea é muitas vezes o primeiro sintoma de uma metástase. No início, a dor pode ser intermitente e muitas vezes piora à noite, melhorando ao se movimentar. Com o tempo, a dor pode piorar com os movimentos e se tornar constante e intensa, prejudicando as atividades rotineiras do paciente.
  • 7. Dica Oncoguia: Após o tratamento e para ajudar a recuperar o tônus e força muscular, o paciente pode precisar de fisioterapia. Converse com seu médico. Compressão da Medula Quando o câncer se dissemina à coluna pode provocar a compressão da medula espinhal. Isso pode afetar algumas raízes nervosas, causando perda de mobilidade, fraqueza muscular, dormência e dificuldade para urinar. A compressão da medula é considerada uma emergência médica, pois pode levar à paralisia. Os tratamentos incluem injeções de anti-inflamatórios hormonais, radioterapia, quimioterapia e cirurgia.
  • 8. Como a Metástase afeta os Ossos A metástase óssea pode danificar os ossos, tornando-os mais fracos. Com o tempo, isso pode provocar fraturas, mesmo durante atividades de rotina, como tossir ou sentar em uma cadeira. Em outras circunstâncias, a metástase óssea pode causar o endurecimento do osso, mas mesmo assim existe o risco de fratura.
  • 9. Exames de Imagem para Metástases Ósseas Mesmo que o paciente não apresente qualquer sintoma, o médico pode solicitar alguns exames de imagem, como: • Radiografia. Que pode ajudar a diagnosticar áreas de metástases ósseas e confirmar se um osso está fraturado. • Cintilografia óssea. Exame que muitas vezes diagnostica uma metástase antes de uma radiografia, além de permitir o estudo corpo inteiro num só exame. • Outros exames. Tomografia computadorizada, ressonância magnética e PETscan.
  • 10. Exames de Laboratório Como as metástases provocam perdas ósseas, o cálcio é frequentemente liberado do osso à corrente sanguínea. Níveis altos de cálcio podem causar alguns sintomas, como náuseas, constipação, desidratação e até mesmo coma. Em alguns casos, o médico poderá enviar uma amostra de tecido ósseo para análise laboratorial e assim confirmar (ou não) uma metástase óssea.
  • 11. Tratamento do Tumor Primário As terapias sistêmicas como quimioterapia, hormonioterapia e imunoterapia são realizadas como parte do tratamento para o câncer primário. Administradas por via oral ou injetável, elas atuam nas células cancerígenas do organismo. Os tratamentos sistêmicos são geralmente eficazes, mas podem provocar efeitos colaterais, como náuseas, vômitos, perda de cabelo, fadiga e infecções.
  • 12. Bisfosfonatos Os bisfosfonatos são uma classe de medicamentos utilizados para tratar a osteoporose, uma doença em que os ossos tornam-se finos e fracos. Em pacientes com câncer, certos bisfosfonatos podem ajudar a reduzir a dor além do dano ósseo, e podem diminuir também os níveis de cálcio e os riscos de fraturas. Os efeitos colaterais da medicação podem incluir fadiga, náuseas, vômitos, anemia e dores nos ossos e nas articulações. Ou efeito colateral grave, entretanto raro, é a osteonecrose de mandíbula.
  • 13. Tratando os Ossos Os tratamentos locais tem como objetivo destruir o tumor ou retardar o crescimento das suas células e focam apenas nos ossos, ou seja, onde encontra-se a doença. A radioterapia utiliza radiação de alta energia para destruir essas células. A ablação é outro tipo de tratamento local que destrói tumores com calor, frio, correntes elétricas ou álcool. Outro tratamento local consiste em injetar cimento ósseo para ajudar a estabilizar a área da lesão.
  • 14. Cirurgia A cirurgia é frequentemente utilizada como um tratamento para ajudar a estabilizar o osso afetado e que possa estar com risco de fratura. No entanto, em casos onde os ossos estão quebrados devido à doença (e por isso não se regeneram), a cirurgia também é realizada para reparar essas fraturas. Converse com seu médico e discuta se será realizada uma cirurgia focando a prevenção ou restauração de fraturas.
  • 15. Gerenciando a Dor Em muitos casos, os tratamentos para metástase óssea também ajudarão a aliviar a dor óssea. Entretanto, se a dor persistir, o médico pode prescrever analgésicos e anti-inflamatórios contra a dor. Se estes medicamentos não controlarem a dor, o médico pode prescrever um medicamento do grupo dos analgésicos narcóticos. Dica Oncoguia: É muito importante que seu médico saiba se a medicação está funcionando, assim como os efeitos colaterais que eventualmente possam aparecer com o uso da medicação. Mantenha-o sempre informado.
  • 16. Após o Tratamento Geralmente, as metástases ósseas não têm cura, mas os tratamentos podem reduzi-las e aliviar seus sintomas. Converse com seu médico sobre quaisquer novos sintomas ou efeitos colaterais da medicação. Além disso, você pode ter uma recuperação mais rápida se você assumir ativamente o gerenciamento de sua saúde. Esclareça sempre suas dúvidas e aprenda sobre sua condição, conhecendo as opções de tratamentos e cuidando mais de si!