SlideShare uma empresa Scribd logo

TDAH

1 de 22
Baixar para ler offline
TRANSTORNO DO DEFICIT DE
 ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE
                  Heloiza Regina Vaz Pinto
Psicóloga, Psicopedagoga e especializanda em Neuropsicologia
A característica básica deste transtorno é a falta de
persistência em atividades que requeiram atenção.
Essas crianças tentam fazer várias coisas ao mesmo
tempo e além de não acabarem nada, deixam tudo
desorganizado. O diagnóstico fica mais fácil
depois que a criança entra para a escola, porque aí
a comparação com outras crianças é natural,
evidenciando-se o comportamento diferente..
Características
Os três aspectos fundamentais são a desatenção, a
 hiperatividade e a impulsividade. A desatenção é
 caracterizada pela dificuldade de prestar atenção a
 detalhes ou errar por descuido em atividades escolares,
 dificuldade de manter a atenção mesmo nos jogos ou
 brincadeiras.
A criança muitas vezes aparenta não escutar quando
lhe dirigem a palavra, não seguir as instruções dadas e
não terminar as tarefas propostas, dificuldade em
organizar-se e evitação de atividades que exijam
concentração, perda constantes de materiais próprios
por distrair-se com facilidade perante estímulos
alheios.
A criança muitas vezes aparenta não escutar quando
lhe dirigem a palavra, não seguir as instruções dadas e
não terminar as tarefas propostas, dificuldade em
organizar-se e evitação de atividades que exijam
concentração, perda constantes de materiais próprios
por distrair-se com facilidade perante estímulos
alheios.
A impulsividade caracteriza-se por dar respostas
precipitadamente mesmo antes da pergunta ter sido
completada, meter-se ou interromper as atividades dos
outros e ter dificuldade de esperar a sua vez.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Tdah apresentação - slides
Tdah   apresentação - slidesTdah   apresentação - slides
Tdah apresentação - slidesNikki Britto
 
Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade
Transtorno de déficit de atenção e hiperatividadeTranstorno de déficit de atenção e hiperatividade
Transtorno de déficit de atenção e hiperatividadeAna Larissa Perissini
 
Transtorno do déficit de atenção e hiperatividade tdah power point
Transtorno do déficit de atenção e hiperatividade tdah power pointTranstorno do déficit de atenção e hiperatividade tdah power point
Transtorno do déficit de atenção e hiperatividade tdah power pointSme Otacílio Costa
 
Transtorno opositor desafiante
Transtorno opositor desafianteTranstorno opositor desafiante
Transtorno opositor desafianteisismaat
 
Dificuldades De Aprendizagem
Dificuldades De AprendizagemDificuldades De Aprendizagem
Dificuldades De AprendizagemMaristela Couto
 
Como ensinar uma criança com tdah
Como ensinar uma criança com tdahComo ensinar uma criança com tdah
Como ensinar uma criança com tdahSimoneHelenDrumond
 
Transtorno Desafiador Opositivo - TDO
Transtorno Desafiador Opositivo - TDOTranstorno Desafiador Opositivo - TDO
Transtorno Desafiador Opositivo - TDOCassia Dias
 
Transtornos de Aprendizagem na Escola
Transtornos de Aprendizagem na EscolaTranstornos de Aprendizagem na Escola
Transtornos de Aprendizagem na EscolaRosângela Gonçalves
 
Tdah uma conversa_com_educadores
Tdah uma conversa_com_educadoresTdah uma conversa_com_educadores
Tdah uma conversa_com_educadoresMarlene Campos
 
Palestra Dislexia, Tdah, Autismo, Down
Palestra Dislexia, Tdah, Autismo, DownPalestra Dislexia, Tdah, Autismo, Down
Palestra Dislexia, Tdah, Autismo, DownLiviamandelli
 
Autismo os educadores são a chave para inclusão!
Autismo  os educadores são a chave para inclusão!Autismo  os educadores são a chave para inclusão!
Autismo os educadores são a chave para inclusão!Raline Guimaraes
 
TDA/H - O Transtorno do Déficit de Atenção/ com Hiperatividade
TDA/H - O Transtorno do Déficit de Atenção/ com HiperatividadeTDA/H - O Transtorno do Déficit de Atenção/ com Hiperatividade
TDA/H - O Transtorno do Déficit de Atenção/ com HiperatividadeJanaina Spolidorio
 

Mais procurados (20)

Tdah apresentação - slides
Tdah   apresentação - slidesTdah   apresentação - slides
Tdah apresentação - slides
 
Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade
Transtorno de déficit de atenção e hiperatividadeTranstorno de déficit de atenção e hiperatividade
Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade
 
Tdah tela
Tdah telaTdah tela
Tdah tela
 
Transtorno do déficit de atenção e hiperatividade tdah power point
Transtorno do déficit de atenção e hiperatividade tdah power pointTranstorno do déficit de atenção e hiperatividade tdah power point
Transtorno do déficit de atenção e hiperatividade tdah power point
 
TDAH - aula 1
TDAH - aula 1TDAH - aula 1
TDAH - aula 1
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Transtorno opositor desafiante
Transtorno opositor desafianteTranstorno opositor desafiante
Transtorno opositor desafiante
 
TDAH - Rogério Goulart Paes
TDAH - Rogério Goulart PaesTDAH - Rogério Goulart Paes
TDAH - Rogério Goulart Paes
 
Dificuldades De Aprendizagem
Dificuldades De AprendizagemDificuldades De Aprendizagem
Dificuldades De Aprendizagem
 
Como ensinar uma criança com tdah
Como ensinar uma criança com tdahComo ensinar uma criança com tdah
Como ensinar uma criança com tdah
 
ApresentaçãO Autismo
ApresentaçãO AutismoApresentaçãO Autismo
ApresentaçãO Autismo
 
Tdah adul..[1]
Tdah adul..[1]Tdah adul..[1]
Tdah adul..[1]
 
Transtorno Desafiador Opositivo - TDO
Transtorno Desafiador Opositivo - TDOTranstorno Desafiador Opositivo - TDO
Transtorno Desafiador Opositivo - TDO
 
Tdah
TdahTdah
Tdah
 
Transtornos de Aprendizagem na Escola
Transtornos de Aprendizagem na EscolaTranstornos de Aprendizagem na Escola
Transtornos de Aprendizagem na Escola
 
Tdah uma conversa_com_educadores
Tdah uma conversa_com_educadoresTdah uma conversa_com_educadores
Tdah uma conversa_com_educadores
 
Palestra Dislexia, Tdah, Autismo, Down
Palestra Dislexia, Tdah, Autismo, DownPalestra Dislexia, Tdah, Autismo, Down
Palestra Dislexia, Tdah, Autismo, Down
 
Autismo os educadores são a chave para inclusão!
Autismo  os educadores são a chave para inclusão!Autismo  os educadores são a chave para inclusão!
Autismo os educadores são a chave para inclusão!
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
TDA/H - O Transtorno do Déficit de Atenção/ com Hiperatividade
TDA/H - O Transtorno do Déficit de Atenção/ com HiperatividadeTDA/H - O Transtorno do Déficit de Atenção/ com Hiperatividade
TDA/H - O Transtorno do Déficit de Atenção/ com Hiperatividade
 

Destaque

Cartilha do TDAH
Cartilha do TDAHCartilha do TDAH
Cartilha do TDAHParamédico
 
TDAH - Déficit de Atenção/Hiperatividade na Escola
TDAH - Déficit de Atenção/Hiperatividade na Escola TDAH - Déficit de Atenção/Hiperatividade na Escola
TDAH - Déficit de Atenção/Hiperatividade na Escola appairj
 
Transtorno de deficit de atencao
Transtorno de deficit de atencaoTranstorno de deficit de atencao
Transtorno de deficit de atencao68bomfim
 
Palestra IV Seminário Multidisciplinar do ICG - Dra. Meire Incarnacão Ribeiro...
Palestra IV Seminário Multidisciplinar do ICG - Dra. Meire Incarnacão Ribeiro...Palestra IV Seminário Multidisciplinar do ICG - Dra. Meire Incarnacão Ribeiro...
Palestra IV Seminário Multidisciplinar do ICG - Dra. Meire Incarnacão Ribeiro...Instituto Consciência GO
 
Tdah pré formatação 20 04
Tdah   pré formatação 20 04Tdah   pré formatação 20 04
Tdah pré formatação 20 04Cristiano Borges
 
Cartilha direito-dos-portadores-de-tdah
Cartilha direito-dos-portadores-de-tdahCartilha direito-dos-portadores-de-tdah
Cartilha direito-dos-portadores-de-tdahParamédico
 
Síndrome de Down e TDAH
Síndrome de Down e TDAHSíndrome de Down e TDAH
Síndrome de Down e TDAHceciliaconserva
 
Processos psicológicos básicos psicologia
Processos psicológicos básicos   psicologia Processos psicológicos básicos   psicologia
Processos psicológicos básicos psicologia Maria Santos
 

Destaque (20)

Cartilha do TDAH
Cartilha do TDAHCartilha do TDAH
Cartilha do TDAH
 
TDAH - Déficit de Atenção/Hiperatividade na Escola
TDAH - Déficit de Atenção/Hiperatividade na Escola TDAH - Déficit de Atenção/Hiperatividade na Escola
TDAH - Déficit de Atenção/Hiperatividade na Escola
 
Transtorno de deficit de atencao
Transtorno de deficit de atencaoTranstorno de deficit de atencao
Transtorno de deficit de atencao
 
Palestra IV Seminário Multidisciplinar do ICG - Dra. Meire Incarnacão Ribeiro...
Palestra IV Seminário Multidisciplinar do ICG - Dra. Meire Incarnacão Ribeiro...Palestra IV Seminário Multidisciplinar do ICG - Dra. Meire Incarnacão Ribeiro...
Palestra IV Seminário Multidisciplinar do ICG - Dra. Meire Incarnacão Ribeiro...
 
Direitos da Criança na Ed. Infantil
Direitos da Criança na Ed. InfantilDireitos da Criança na Ed. Infantil
Direitos da Criança na Ed. Infantil
 
Tdah pré formatação 20 04
Tdah   pré formatação 20 04Tdah   pré formatação 20 04
Tdah pré formatação 20 04
 
Parametro de QLDD
Parametro de QLDDParametro de QLDD
Parametro de QLDD
 
Currículo nos anos inicias
Currículo nos anos iniciasCurrículo nos anos inicias
Currículo nos anos inicias
 
Luto normal
Luto normalLuto normal
Luto normal
 
Melhorar a atenção e a memória
Melhorar a atenção e a memóriaMelhorar a atenção e a memória
Melhorar a atenção e a memória
 
DCNEIs
DCNEIsDCNEIs
DCNEIs
 
Transtorno de Déficit de atenção Hiperatividade: estudo de caso
Transtorno de Déficit de atenção Hiperatividade: estudo de casoTranstorno de Déficit de atenção Hiperatividade: estudo de caso
Transtorno de Déficit de atenção Hiperatividade: estudo de caso
 
Cartilha direito-dos-portadores-de-tdah
Cartilha direito-dos-portadores-de-tdahCartilha direito-dos-portadores-de-tdah
Cartilha direito-dos-portadores-de-tdah
 
Projeto TDAH: o professor como Mitigador do processo de ensino aprendizagem
Projeto TDAH: o professor como Mitigador do processo de ensino aprendizagemProjeto TDAH: o professor como Mitigador do processo de ensino aprendizagem
Projeto TDAH: o professor como Mitigador do processo de ensino aprendizagem
 
Atenção
AtençãoAtenção
Atenção
 
Informe Psicopedagógico
Informe PsicopedagógicoInforme Psicopedagógico
Informe Psicopedagógico
 
Síndrome de Down e TDAH
Síndrome de Down e TDAHSíndrome de Down e TDAH
Síndrome de Down e TDAH
 
Princípios da Ventilação Invasiva
Princípios da Ventilação InvasivaPrincípios da Ventilação Invasiva
Princípios da Ventilação Invasiva
 
Processos psicológicos básicos psicologia
Processos psicológicos básicos   psicologia Processos psicológicos básicos   psicologia
Processos psicológicos básicos psicologia
 
Deficiência Intelectual
Deficiência IntelectualDeficiência Intelectual
Deficiência Intelectual
 

Semelhante a TDAH

Nee hiperatividade jessica fer
Nee hiperatividade jessica ferNee hiperatividade jessica fer
Nee hiperatividade jessica ferfergwen
 
Défice de atenção e hiperactividade
Défice de atenção e hiperactividadeDéfice de atenção e hiperactividade
Défice de atenção e hiperactividadeTania Silva
 
Vi phda
 Vi phda Vi phda
Vi phdaHDFF
 
Nossa quanta agitação!ok
Nossa quanta agitação!okNossa quanta agitação!ok
Nossa quanta agitação!okJosiane Mochel
 
Deficit de atencao_ou_tdah-1modulo_22-47
Deficit de atencao_ou_tdah-1modulo_22-47Deficit de atencao_ou_tdah-1modulo_22-47
Deficit de atencao_ou_tdah-1modulo_22-47Giordana Garcia
 
Trabalho sobre ação pedagógica coerente junto a alunos com DDAH
Trabalho sobre ação pedagógica coerente junto a alunos com DDAHTrabalho sobre ação pedagógica coerente junto a alunos com DDAH
Trabalho sobre ação pedagógica coerente junto a alunos com DDAHPriscila Pettine
 
Webpalestra_TranstornosMentais Infância_Adolescência.pdf
Webpalestra_TranstornosMentais Infância_Adolescência.pdfWebpalestra_TranstornosMentais Infância_Adolescência.pdf
Webpalestra_TranstornosMentais Infância_Adolescência.pdfDaniloRibeirodosSant3
 
TRANSTORNO DO DÉFICIT DE ATENÇÃO- HIPERATIVIDADE.ppt
TRANSTORNO DO DÉFICIT DE ATENÇÃO- HIPERATIVIDADE.pptTRANSTORNO DO DÉFICIT DE ATENÇÃO- HIPERATIVIDADE.ppt
TRANSTORNO DO DÉFICIT DE ATENÇÃO- HIPERATIVIDADE.pptDanyCampos19
 
slide TDAH completo.ppt.pptx
slide TDAH completo.ppt.pptxslide TDAH completo.ppt.pptx
slide TDAH completo.ppt.pptxBLACKNET4
 
Transtornos do Neurodesenvolvimento - TDAH.pptx
Transtornos do Neurodesenvolvimento - TDAH.pptxTranstornos do Neurodesenvolvimento - TDAH.pptx
Transtornos do Neurodesenvolvimento - TDAH.pptxJessicaDassi
 
TDAH – Transtorno do Déficit da Atenção / Hiperatividade
TDAH – Transtorno do Déficit da Atenção / HiperatividadeTDAH – Transtorno do Déficit da Atenção / Hiperatividade
TDAH – Transtorno do Déficit da Atenção / Hiperatividademendessergio
 
P point hiperatividade trabalho grupo- conceição casco, joana bacalhau e te...
P point hiperatividade   trabalho grupo- conceição casco, joana bacalhau e te...P point hiperatividade   trabalho grupo- conceição casco, joana bacalhau e te...
P point hiperatividade trabalho grupo- conceição casco, joana bacalhau e te...Inês Caeiro Russo
 

Semelhante a TDAH (20)

hiperatividade
hiperatividadehiperatividade
hiperatividade
 
Hiperactividade
Hiperactividade  Hiperactividade
Hiperactividade
 
Nee hiperatividade jessica fer
Nee hiperatividade jessica ferNee hiperatividade jessica fer
Nee hiperatividade jessica fer
 
Défice de atenção e hiperactividade
Défice de atenção e hiperactividadeDéfice de atenção e hiperactividade
Défice de atenção e hiperactividade
 
Déficit de Atenção, Hiperatividade, Discalculia e Outras Síndromes Que Causam...
Déficit de Atenção, Hiperatividade, Discalculia e Outras Síndromes Que Causam...Déficit de Atenção, Hiperatividade, Discalculia e Outras Síndromes Que Causam...
Déficit de Atenção, Hiperatividade, Discalculia e Outras Síndromes Que Causam...
 
Vi phda
 Vi phda Vi phda
Vi phda
 
Nossa quanta agitação!ok
Nossa quanta agitação!okNossa quanta agitação!ok
Nossa quanta agitação!ok
 
Deficit de atencao_ou_tdah-1modulo_22-47
Deficit de atencao_ou_tdah-1modulo_22-47Deficit de atencao_ou_tdah-1modulo_22-47
Deficit de atencao_ou_tdah-1modulo_22-47
 
Trabalho sobre ação pedagógica coerente junto a alunos com DDAH
Trabalho sobre ação pedagógica coerente junto a alunos com DDAHTrabalho sobre ação pedagógica coerente junto a alunos com DDAH
Trabalho sobre ação pedagógica coerente junto a alunos com DDAH
 
Webpalestra_TranstornosMentais Infância_Adolescência.pdf
Webpalestra_TranstornosMentais Infância_Adolescência.pdfWebpalestra_TranstornosMentais Infância_Adolescência.pdf
Webpalestra_TranstornosMentais Infância_Adolescência.pdf
 
Slideaula
Slideaula Slideaula
Slideaula
 
Slideaula helen
Slideaula helenSlideaula helen
Slideaula helen
 
TRANSTORNO DO DÉFICIT DE ATENÇÃO- HIPERATIVIDADE.ppt
TRANSTORNO DO DÉFICIT DE ATENÇÃO- HIPERATIVIDADE.pptTRANSTORNO DO DÉFICIT DE ATENÇÃO- HIPERATIVIDADE.ppt
TRANSTORNO DO DÉFICIT DE ATENÇÃO- HIPERATIVIDADE.ppt
 
slide TDAH completo.ppt.pptx
slide TDAH completo.ppt.pptxslide TDAH completo.ppt.pptx
slide TDAH completo.ppt.pptx
 
Transtornos do Neurodesenvolvimento - TDAH.pptx
Transtornos do Neurodesenvolvimento - TDAH.pptxTranstornos do Neurodesenvolvimento - TDAH.pptx
Transtornos do Neurodesenvolvimento - TDAH.pptx
 
TDAH – Transtorno do Déficit da Atenção / Hiperatividade
TDAH – Transtorno do Déficit da Atenção / HiperatividadeTDAH – Transtorno do Déficit da Atenção / Hiperatividade
TDAH – Transtorno do Déficit da Atenção / Hiperatividade
 
P point hiperatividade trabalho grupo- conceição casco, joana bacalhau e te...
P point hiperatividade   trabalho grupo- conceição casco, joana bacalhau e te...P point hiperatividade   trabalho grupo- conceição casco, joana bacalhau e te...
P point hiperatividade trabalho grupo- conceição casco, joana bacalhau e te...
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
PHDA
PHDAPHDA
PHDA
 
curso-tdah-sed.ppt
curso-tdah-sed.pptcurso-tdah-sed.ppt
curso-tdah-sed.ppt
 

Mais de Instituto Consciência GO

O processo de Avaliação no Ensino Superior
O processo de Avaliação no Ensino SuperiorO processo de Avaliação no Ensino Superior
O processo de Avaliação no Ensino SuperiorInstituto Consciência GO
 
Currículo e educação infantil - teóricos atuais
Currículo e educação infantil - teóricos atuaisCurrículo e educação infantil - teóricos atuais
Currículo e educação infantil - teóricos atuaisInstituto Consciência GO
 
Palestra IV Seminário Multidisciplinar do ICG - Ms. Lisa Valéria Vieira Tôrres
Palestra IV Seminário Multidisciplinar do ICG - Ms. Lisa Valéria Vieira TôrresPalestra IV Seminário Multidisciplinar do ICG - Ms. Lisa Valéria Vieira Tôrres
Palestra IV Seminário Multidisciplinar do ICG - Ms. Lisa Valéria Vieira TôrresInstituto Consciência GO
 
Saúde da Família: Uma estratégia para a reorientação do modelo assistencial
Saúde da Família: Uma estratégia para a reorientação do modelo assistencialSaúde da Família: Uma estratégia para a reorientação do modelo assistencial
Saúde da Família: Uma estratégia para a reorientação do modelo assistencialInstituto Consciência GO
 
Um modelo de educação em saúde para o programa saúde da família
Um modelo de educação em saúde para o programa saúde da famíliaUm modelo de educação em saúde para o programa saúde da família
Um modelo de educação em saúde para o programa saúde da famíliaInstituto Consciência GO
 
Portaria nº 2.488, de 21 de outubro de 2011
Portaria nº 2.488, de 21 de outubro de 2011Portaria nº 2.488, de 21 de outubro de 2011
Portaria nº 2.488, de 21 de outubro de 2011Instituto Consciência GO
 
O sistema de informação da atenção básica como ferramenta de gestão de saúde
O sistema de informação da atenção básica como ferramenta de gestão de saúdeO sistema de informação da atenção básica como ferramenta de gestão de saúde
O sistema de informação da atenção básica como ferramenta de gestão de saúdeInstituto Consciência GO
 
Saúde da Família: Limites e possibilidades para uma abordagem integral de ate...
Saúde da Família: Limites e possibilidades para uma abordagem integral de ate...Saúde da Família: Limites e possibilidades para uma abordagem integral de ate...
Saúde da Família: Limites e possibilidades para uma abordagem integral de ate...Instituto Consciência GO
 

Mais de Instituto Consciência GO (20)

O processo de Avaliação no Ensino Superior
O processo de Avaliação no Ensino SuperiorO processo de Avaliação no Ensino Superior
O processo de Avaliação no Ensino Superior
 
Saúde e Educação
Saúde e EducaçãoSaúde e Educação
Saúde e Educação
 
Modelo de Artigo Científico
Modelo de Artigo CientíficoModelo de Artigo Científico
Modelo de Artigo Científico
 
Normatização para Trabalhos Acadêmicos
Normatização para Trabalhos AcadêmicosNormatização para Trabalhos Acadêmicos
Normatização para Trabalhos Acadêmicos
 
Saúde do Trabalhador no SUS - CEREST
Saúde do Trabalhador no SUS - CERESTSaúde do Trabalhador no SUS - CEREST
Saúde do Trabalhador no SUS - CEREST
 
Currículo e educação infantil - teóricos atuais
Currículo e educação infantil - teóricos atuaisCurrículo e educação infantil - teóricos atuais
Currículo e educação infantil - teóricos atuais
 
Palestra IV Seminário Multidisciplinar do ICG - Ms. Lisa Valéria Vieira Tôrres
Palestra IV Seminário Multidisciplinar do ICG - Ms. Lisa Valéria Vieira TôrresPalestra IV Seminário Multidisciplinar do ICG - Ms. Lisa Valéria Vieira Tôrres
Palestra IV Seminário Multidisciplinar do ICG - Ms. Lisa Valéria Vieira Tôrres
 
A familia brasileira - Saude Publica
A familia brasileira - Saude PublicaA familia brasileira - Saude Publica
A familia brasileira - Saude Publica
 
Saúde da Família: Uma estratégia para a reorientação do modelo assistencial
Saúde da Família: Uma estratégia para a reorientação do modelo assistencialSaúde da Família: Uma estratégia para a reorientação do modelo assistencial
Saúde da Família: Uma estratégia para a reorientação do modelo assistencial
 
Um modelo de educação em saúde para o programa saúde da família
Um modelo de educação em saúde para o programa saúde da famíliaUm modelo de educação em saúde para o programa saúde da família
Um modelo de educação em saúde para o programa saúde da família
 
SIAD
SIADSIAD
SIAD
 
Portaria nº 2.488, de 21 de outubro de 2011
Portaria nº 2.488, de 21 de outubro de 2011Portaria nº 2.488, de 21 de outubro de 2011
Portaria nº 2.488, de 21 de outubro de 2011
 
O sistema de informação da atenção básica como ferramenta de gestão de saúde
O sistema de informação da atenção básica como ferramenta de gestão de saúdeO sistema de informação da atenção básica como ferramenta de gestão de saúde
O sistema de informação da atenção básica como ferramenta de gestão de saúde
 
Saúde da Família: Limites e possibilidades para uma abordagem integral de ate...
Saúde da Família: Limites e possibilidades para uma abordagem integral de ate...Saúde da Família: Limites e possibilidades para uma abordagem integral de ate...
Saúde da Família: Limites e possibilidades para uma abordagem integral de ate...
 
Tradução Intermodal Intralingual
Tradução Intermodal Intralingual Tradução Intermodal Intralingual
Tradução Intermodal Intralingual
 
Introducao aos Estudos da Tradução
Introducao aos Estudos da TraduçãoIntroducao aos Estudos da Tradução
Introducao aos Estudos da Tradução
 
Interpretação de Voz
Interpretação de VozInterpretação de Voz
Interpretação de Voz
 
Nota técnica nº 62 2011
Nota técnica nº 62   2011Nota técnica nº 62   2011
Nota técnica nº 62 2011
 
Sugestões de Materiais e Recursos
Sugestões de Materiais e RecursosSugestões de Materiais e Recursos
Sugestões de Materiais e Recursos
 
Sala de Recursos Multifuncionais
Sala de Recursos MultifuncionaisSala de Recursos Multifuncionais
Sala de Recursos Multifuncionais
 

Último

Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...azulassessoriaacadem3
 
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptxAndreia Silva
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...apoioacademicoead
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...GraceDavino
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...azulassessoriaacadem3
 
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...azulassessoriaacadem3
 
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...azulassessoriaacadem3
 
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdfPlanejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdfCludiaFrancklim
 
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Mary Alvarenga
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...azulassessoriaacadem3
 
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...apoioacademicoead
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;azulassessoriaacadem3
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...excellenceeducaciona
 
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...apoioacademicoead
 
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMSOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMHisrelBlog
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...azulassessoriaacadem3
 
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...assessoriaff01
 

Último (20)

Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
 
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO _
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO         _SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO         _
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO _
 
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
 
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
 
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
 
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdfPlanejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
 
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
 
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
 
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMSOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
 
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
 

TDAH

  • 1. TRANSTORNO DO DEFICIT DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE Heloiza Regina Vaz Pinto Psicóloga, Psicopedagoga e especializanda em Neuropsicologia
  • 2. A característica básica deste transtorno é a falta de persistência em atividades que requeiram atenção. Essas crianças tentam fazer várias coisas ao mesmo tempo e além de não acabarem nada, deixam tudo desorganizado. O diagnóstico fica mais fácil depois que a criança entra para a escola, porque aí a comparação com outras crianças é natural, evidenciando-se o comportamento diferente..
  • 3. Características Os três aspectos fundamentais são a desatenção, a hiperatividade e a impulsividade. A desatenção é caracterizada pela dificuldade de prestar atenção a detalhes ou errar por descuido em atividades escolares, dificuldade de manter a atenção mesmo nos jogos ou brincadeiras.
  • 4. A criança muitas vezes aparenta não escutar quando lhe dirigem a palavra, não seguir as instruções dadas e não terminar as tarefas propostas, dificuldade em organizar-se e evitação de atividades que exijam concentração, perda constantes de materiais próprios por distrair-se com facilidade perante estímulos alheios.
  • 5. A criança muitas vezes aparenta não escutar quando lhe dirigem a palavra, não seguir as instruções dadas e não terminar as tarefas propostas, dificuldade em organizar-se e evitação de atividades que exijam concentração, perda constantes de materiais próprios por distrair-se com facilidade perante estímulos alheios.
  • 6. A impulsividade caracteriza-se por dar respostas precipitadamente mesmo antes da pergunta ter sido completada, meter-se ou interromper as atividades dos outros e ter dificuldade de esperar a sua vez.
  • 7. Crianças com déficit de atenção e hiperatividade costumam ser impulsivas e propensas a se acidentarem. Não tomam cuidado consigo mesmas nem com os outros, são socialmente desinibidas, sem reservas e despreocupadas quanto às normas sociais. Podem ser impopulares com outras crianças e acabam isoladas, sem se importarem aparentemente com isso.
  • 8. Diagnóstico O diagnóstico é estabelecido pela presença das características fundamentais tendo iniciado pelo menos antes dos sete anos de idade. Pelos critérios norte americanos são necessários no mínimo seis sintomas para a realização do diagnóstico, mas esse número está sendo revisto podendo vir a ser reduzido para cinco ou quatro sintomas uma vez que a intensidade de poucos sintomas muitas vezes é suficiente para causar prejuízos à criança. A organização mundial de saúde não especifica um número de sintomas para fazer o diagnóstico.
  • 9. Tipos Há três tipos classificados de transtorno de déficit de atenção com hiperatividade. Predomínio de sintomas de atenção Predomínio de sintomas de hiperatividade / impulsividade Misto As crianças com predomínio de impulsividade e hiperatividade costumam ter mais problemas de socialização com outras crianças, justamente por serem mais agressivas do que as crianças com os outros dois tipos. O tipo misto apresenta mais a combinação com o transtorno oposicional desafiador, além deste apresentar maior prejuízo global de funcionamento.
  • 10. Comorbidade Os estudos mostram uma alta correlação do transtorno de déficit de atenção com os transtornos de conduta e oposicional desafiante, sendo que aproximadamente 30 a 50% das crianças com déficit de atenção com hiperatividade apresentam também esses outros diagnósticos. No Brasil foi encontrada uma taxa de comorbidade de 47,8%. Outros transtornos são também mais comuns nessas crianças, como depressivos que variam de 15 a 20% . De ansiedade em torno de 25% e transtornos de aprendizagem também 25% aproximadamente. Dentre os adolescentes com déficit de atenção há uma maior incidência de abuso de drogas principalmente quando adultos. Este fato provavelmente é dependente da ligação com transtornos de conduta uma vez que se sabe que há uma relação entre distúrbios de conduta na infância e abuso de drogas no adulto.
  • 11. Tratamento Há décadas os tratamentos veêm sendo pesquisados e por enquanto nada se mostrou superior a utilização de estimulantes. No Brasil apenas o metilfenidato é comercializado. Vale a pena aqui comentar o preconceito fortemente arraigado em nossa sociedade a respeito dessa medicação ou grupo farmacológico, principalmente por parte de não psiquiatras. Muitos pediatras criticam o uso do metilfenidato deixando os pais com severas dúvidas, impedindo o tratamento adequado e permitindo que prejuízos sócio-educacioais ocorram para a criança e sua família
  • 12. O metildenidato deve ser usado na dose de 20 a 60mg por dia (0,3 a 1 mg/Kg de peso corporal), sendo a dose dividida em duas tomadas ao dia, uma pela manhã outra no almoço. O metilfenidato deve ser evitado antes dos seis anos de idade, pois como seu principal efeito colateral é a inibição do apetite, pode prejudicar a alimentação levando o paciente a perder altura. Após os seis anos de idade esse efeito é mitigado, mas um acompanhamento da curva de crescimento com o pediatra é recomendável.
  • 13. O Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) é um transtorno neurobiológico, caracterizando-se como uma síndrome de conduta, tendo como sintoma primordial a atividade motora excessiva e o déficit de atenção. O transtorno nasce com o indivíduo e já aparece na primeira infância, quase sempre acompanhando o indivíduo por toda a sua vida.
  • 14. Segundo Rohde e Benczick o TDAH é um problema de saúde mental que tem como características básicas a desatenção, a agitação (hiperatividade) e a impulsividade, podendo levar a dificuldades emocionais, de relacionamento, bem como a baixo desempenho escolar; podendo ser acompanhado de outros problemas de saúde mental. Os autores Rohde e Benczich, caracterizam o TDAH em dois grupos de sintomas.
  • 16. Sintomas relacionados à desatenção: não prestar atenção a detalhes; ter dificuldade para concentrar-se; não prestar atenção ao que lhe é dito; ter dificuldade em seguir regras e instruções; desvia a atenção com outras atividades; não terminar o que começa; ser desorganizado;
  • 17. evitar atividades que exijam um esforço mental continuado; perder coisas importantes; distrair-se facilmente com coisas alheias ao que está fazendo; esquecer compromissos e tarefas. Problemas financeiros, Tarefas complexas se tornam entediantes e ficam esquecidas Dificuldade em fazer planejamento de curto ou de longo prazo
  • 18. Os sintomas relacionados à hiperatividade/impulsividade ficar remexendo as mãos e/ou os pés quando sentado; não permanecer sentado por muito tempo; pular, correr excessivamente em situações inadequadas; sensação interna de inquietude; ser barulhento em atividades lúdicas;
  • 19. ser muito agitado; falar em demasia; responder às perguntas antes de concluídas; ter dificuldade de esperar sua vez; intrometer-se em conversas ou jogos dos outros.
  • 20. Para se diagnosticar um caso de TDAH é necessário que o indivíduo em questão apresente pelo menos seis dos sintomas de desatenção e/ou seis dos sintomas de hiperatividade; além disso os sintomas devem manifestar-se em pelo menos dois ambientes diferentes e por um período superior a seis meses.
  • 21. Causas As pesquisas têm apresentado como possíveis causas de TDAH a hereditariedade, problemas durante a gravidez ou no parto, exposição a determinadas substâncias (chumbo) ou problemas familiares como: um funcionamento familiar caótico, alto grau de discórdia conjugal, baixa instrução, famílias com baixo nível socio-econômico, ou famílias com apenas um dos pais. Famílias caracterizadas por alto grau de agressividade nas interações, podem contribuir para o aparecimento de comportamento agressivo ou de oposição desafiante nas crianças.