Neuropsicologia

74.321 visualizações

Publicada em

Curso: Psicopedagogia Clínica e Institucional
Disciplina: Neuropsicologia e Psicomotricidade
Profª: Marta Isabel

1 comentário
43 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
74.321
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
204
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2.235
Comentários
1
Gostaram
43
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Neuropsicologia

  1. 1. Neuropsicologia e Psicomotricidade Curso: Psicopedagogia Clínica e Institucional Disciplina: Neuropsicologia e Psicomotricidade Marta Isabel Maio, 2010.
  2. 2. PAUTA DA MANHÃ (29052010) 1) Apresentação 2) Contrato 3) O que neurociências? 4) Filme neurobiológica. 5) Iniciando e Refletindo: o que sei sobre importância do cérebro para minha profissão? 6) Aula dialogada com apresentação de Slides – Neuropsicologia 7) Atividades no. 1 – trio (1,5) ponto
  3. 3. O que é neurociência
  4. 4. Percurso da Neurociência Franz Joseph Gall (1758-1828) Pierre Paul Broca Carl Wernicke (1824-1880) (1848-1905) Fritsch e Htzig Estimulação Eletrica animais
  5. 5. Percurso da Neurociência 1970: revolução Neurociências na imagenologia Psicologia Luria ... Neuropsicologia  Fonoaudiologia  Pedagogia  Psiquiatria...
  6. 6. NEUROCIÊNCIAS Caminho Percorrido...
  7. 7. Neurociência: Neurociência é a área multidisciplinar de conhecimento que analisa o sistema nervoso para entender as bases biológicas do comportamento. Floyd E. Bloom
  8. 8. NEUROCIÊNCIAS A neurociência reúne as disciplinas biológicas que estudam o sistema nervoso, normal e patológico, especialmente a anatomia e a fisiologia do cérebro relacionado com as demais disciplinas que explicam o comportamento, o processo de aprendizagem e cognição humana bem como os mecanismos de regulação orgânica.  ...Filme
  9. 9. O que é Psiconeurologia
  10. 10. Neuropsicologia: A neuropsicologia é uma ciência relativamente nova ( meados do século XX) conquistando e ampliando cada vez mais espaço e importância; Ciência dedicada a estudar a expressão comportamental das disfunções cerebrais(Lezak, 1983)
  11. 11. Neuropsicologia (Conceito) É o campo do conhecimento que trata da relação entre cognição e comportamento e a atividade do sistema nervoso central em condições normais e patológicas (Nitrini).
  12. 12. Neuropsicologia (Conceito) Ciência cujo objetivo específico é a investigação do papel dos sistemas cerebrais individuais nas formas complexas da atividade mental. (Luria, 1984) Área de especialidade profissional... (Ciasca, 2006).
  13. 13. Neuropsicologia (Conceito) A neuropsicologia tem como objeto de estudo os distúrbios cognitivos e emocionais, o estudo dos distúrbios de personalidade ocasionados por lesões do cérebro e ainda a investigação de como diferentes lesões causam déficits em diversas áreas da cognição humana(Gil 2002)
  14. 14. Neuropsicologia Multidisciplinar Clinica Equipe médica Psicólogo Terapia Ocupacional Avaliação Fisioterapia Fonoaudiologia Pedagogos Assistente Social Psicopedagogia Reabilitação Educador Físico Outros.
  15. 15. O que é COGNIÇÃO
  16. 16. Neuropsicologia (Conceito) A Neuropsicologia estuda a expressão cognitiva e comportamental das diferentes lesões e disfunções cerebrais. (Chamamos de cognição tudo que envolve os processos mentais relacionados a: atenção, memória, percepção, juízo, pensamento,linguagem e outros.).
  17. 17. •Cérebro •Estrutural •Cerebelo •SNC •Medula espinha NEUROCIÊNCIA •Neurônios Estudo científico do cérebro e do SN •Atenção “Convergência” de muitas tecnologias Cognitivo •Memória Aprendizagem •R. Lógico •Percepção •(...)
  18. 18. Neuropsicologia Atenção Aprendizagem Memória Raciocínio Percepção Planejamento Julgamento Tomada de Flexibilidade decisão
  19. 19. A neuropsicologia neurociência cognitiva é a ciência que investiga a relação sistema nervoso, comportamento e cognição, envolvendo processos cerebrais, psicológicos e mentais.
  20. 20. Que importância tem para o psicopedagogo Compreender cérebro?
  21. 21. Histórico Seculo XX – Aleksandr Romanovitch Luria (1902-1977)
  22. 22. ALEKXANDR R. LURIA Importante neurofisiologista da Universidade de Moscou; Pedagogia e psicologia; Ampla visão da cognição; Neuropsicologo russo 1902 – 1977; a luz das novas descobertas identifica três sistemas ou unidades funcionais:
  23. 23. UNIDADES FUNCIONAIS DE LURIA Luria se opunha a duas vertentes dentro da neuropsicologia: o localizacionismo estreito e a visão holística; Localização dinâmica das funções mentais superiores: entende o cérebro como constituído por complexos sistemas funcionais que se formam ao longo do desenvolvimento cultural, responsáveis pelas funções superiores; Os sistemas funcionais , portanto,distinguem- se não somente pela complexidade de sua estrutura, como também pela mobilidade de suas partes constituintes.
  24. 24. Unidades Funcionais de Luria Cada unidade funcional compreende um conjunto de órgãos ou de áreas corticais que, constituem o grande sistema neuropsicológico da aprendizagem humana. A aprendizagem é fruto do desenvolvimento dessas unidades funcionais; Cada uma destas unidades está envolvida em todos os tipos de aprendizagem, da praxia à linguagem, sem exceção;
  25. 25. Unidades Funcionais de Luria Cérebro Cérebro é o órgão mais organizado do nosso organismo; Para lidar com problemas de DA e TA, é inevitável a procura de um conhecimento psiconeurológico, dado que os sintomas apresentados são, possivelmente, reflexo de uma disfunção;
  26. 26. Unidades Funcionais de Luria Alekxandr R LURIA: formalizou a idéia de sistemas funcionais do cérebro. Haveria três sistemas funcionais básicos que trabalham juntas: Unidade para regular o tono ou a vigília;  Unidade para obter, processar e armazenar informações; Unidade programar, regular e verificar a atividade mental;
  27. 27. Unidades Funcionais de Luria Organização cortical e hierárquica: Áreas Primárias (projeção): recebem impulsos da periferia ou os enviam para ela; Áreas secundárias (de projeção-associação) cujas informações são processadas ou programadas;  Áreas terciárias (ou de sobreposição) realizam as funções integrativas.
  28. 28. Unidades Funcionais de Luria Para Luria (1984), a realização de qualquer atividade mental só poderá ser explicada: das áreas corticais e subcorticais;
  29. 29. UNIDADES FUNCIONAIS DE LURIA Para Luria o cérebro é uma constelação de trabalho concentrada principalmente em três grandes unidades (blocos) funcionais; Os processos mentais do homem e a sua atividade consciente ocorrem com a participação destas três unidades, cada uma delas com seu papel específico, importante para qualquer tipo de atividade mental. As unidades compreendem os seguintes :
  30. 30. UNIDADES FUNCIONAIS De Luria. 2ª UNIDADE: 3ª UNIDADE: 1ª UNIDADE: Obter (Recepção), Programa,regula processar e Regula Tônus, (análise) e verifica a Vigília armazenagem de atividade informações (mundo exterior) mental
  31. 31. SISTEMA NERVOSO CENTRAL
  32. 32. SISTEMA NERVOSO CENTRAL
  33. 33. CÉREBRO_______
  34. 34. Proposta de Avaliação Neuropsicologia Neuropsicologia - Atualmente: Luria – incrementou uma visão mais dinâmica do funcionamento cerebral. Atualmente • Estudo da ação integrada dos neurônios em diferentes regiões ao mesmo tempo
  35. 35. Sistemas de Neurotransmissores
  36. 36. .
  37. 37. Hemisférios cerebrais Hemisfério Direito Hemisfério esquerdo Individuo destro
  38. 38. Cérebro esquerdo: lê as palavras Cérebro direito: vê as cores
  39. 39. 1ª UNIDADE: Alerta e atenção Estruturas: FUNÇÃO: Disfunção(grave): Medula Regula o nível de energia ; Tronco Memória; Expressiva deteriorazação mental; cerebral Sequenciação temporal; Mantendo a harmonia Perda da consciencia; Cerebelo Danos leves: cortical; Sistema Atenção; Desorganização de limbico e Reflexo de Orientação. memória,; Tálamo Alerta, Distraictibilidade e Tonicidade,Equilíbrio Deficits de atenção; Hiperatividade;
  40. 40. PRIMEIRA UNIDADE FUNCIONAL
  41. 41. PRIMEIRA UNIDADE FUNCIONAL
  42. 42. TRONCO CEREBRAL Atenção Vigilância Integração neuro-sensorial motora; Integração vestibular Integração tônica;
  43. 43. TRONCO ENCEFÁLICO Haste em que o cérebro e o cerebelo se apóiam; Formação reticular: complexa rede de neurônios que em parte servem de estações de retransmissão do cérebro para o cerebelo e medula e vice-versa. Sítio de controle de funções vitais (respiração, estado de consciência e ciclo sono-vigilia, controle cárdio-vascular, etc).
  44. 44. CEREBELO Coordenação de movimentos automáticos e voluntários; Segurança gravitacional; Manutenção do equilibrio corporal Proprioceptividade ou cinestésicas(todo corpo); Controle da postura e dos movimentos(T.E e CCM) Participa do planejamento motor e do controle dos movimentos delicados; Evidências que o cerebelo além função motora , também funcionamento cognitivo;
  45. 45. Disfunção Ou Lesão CEREBELO Comprometer o equilíbrio corporal; Alterações no tônus postural; Incoordenações motoras Presença de tremores; Ataxia e outros.
  46. 46. Primeira Unidades Funcionais Sem a primeira unidade o cérebro é incapaz de responder aos estímulos do mundo ; Nenhuma aprendizagem seria possível,o acesso a funções psiquicas superiore s não seria viável;
  47. 47. SEGUNDO SISTEMA FUNCIONAL • Para Luria (1981), existem três leis básicas que governam a estrutura e funcionamento das regiões que compõem o segundo sistema cerebral: a lei da estrutura hierárquica das zonas corticais, a lei da especificidade decrescente das zonas corticais hierarquicamente organizadas e a lei da lateralização progressiva funções. • Com o aparecimento da maior aptidão da mão direita (que está associada ao trabalho e que evidentemente se relaciona com um estágio bastante precoce da história do homem), e mais tarde coo aparecimento de outro processo correlato, a saber, a fala, ade lateralização de funções começa a ocorrer, fenômeno estque n encontrado em animais mas que no homem se tornou um importante princípio da organização funcional do cérebro. (Lu, p.58)
  48. 48. 2ª UNIDADE: Obter (Recepção), processar (análise) e armazenagem de informações (anterior) FUNÇÃO: DISFUNÇÃO: Retenção e integração da informação Disturbio de ESTRUTURAS: aprendizagem(leitura, Aprendizagens L.Occipital(visão) precoces; escrita), e matemática L.Temporal Aprendizagens Cegueira; (audição) e pré-escolares; Surdez cortical L.Parietal(tátil- Análise, sintese, Desordem de cinestésica) Discriminação processamento ou Lateralidade, reconhecimento de Noção de corpo, informações; Estrut. Espaço- Temporal. 2/6/2010 DIP-ICHC
  49. 49. Função cortical superior TEMPORAL LOBO TEMPORAL
  50. 50. CÉREBRO_______
  51. 51. FUNÇÃOCORTICAL SUPERIOR Funções dos Lobos Temporais(Dominante):  Entender e processar a linguagem;  Memória de médio prazo;  Memória de longo prazo;  Aprendizado auditivo;  Recuperação de palavras;  Memórias complexas;  Processamento visual e auditivo;  Estabilidade emocional;
  52. 52. FUNÇÃO CORTICAL SUPERIOR Lado não Dominante:  Reconhecer as expressões faciais; TEMPORAL  Decodificar a entonação vocal;  Na audição de ritmo;  Apreciação de música ;  Aprendizado visual;  Implicação em lutas com habilidades sociais;
  53. 53. FUNÇÃO CORTICAL SUPERIOR – L. Temporal Disfunção em ambos os LT:  Problemas de memória, TEMPORAL annésia;  Dores de cabeça ou dores abdominais sem explicação clara;  Ansiedade , pânico ou medo por nenhuma razão particular;
  54. 54. FUNÇÃO CORTICAL SUPERIOR – L. Temporal Disfunção em ambos os lobo temporais:  Percepções sensoriais TEMPORAL anormais, distorções visuais ou auditivas(ilusões sensoriais);  Sentimento de déjá vu ou jamais vu;  Períodos de vazio, desligamento ou confusão;  Preocupação religiosa ou moral;
  55. 55. FUNÇÃO CORTICAL SUPERIOR – L. Temporal  Pensamento tenebrosos, como pensamento suicidas ou homicidas; TEMPORAL  Hipergrafia ou escrever excessivamente;  Problemas de leitura e de processamento de linguagem são também comuns(LTE);  Pessoas com dislexia podem ter atividade diminuída LTE;
  56. 56. FUNÇÃO CORTICAL SUPERIOR – L. Temporal  Problemas comuns associados com anomalias do LTE incluem: Agressão – dirigida interna ou externamente; Pensamento tenebroso ou violento; Sensibilidade a coisas superficiais; Paranóia suave(ex.:falando ou rindo)–problemas relacionamento; Problemas em achar palavras; Dificuldade de leitura ( ler- lembrar-integrar), dislexia(herdada e ocasionada) e;  instabilidade emocional;
  57. 57. FUNÇÃO CORTICAL SUPERIOR – L. Temporal  O aumento ou a diminuição da atividade LT leva a condutas e humores flutuantes, inconsciente ou TEMPORAL imprevisíveis.  Problemas LT podem vir fontes diversas: Genética, Traumas na cabeça e; Exposição de elementos tóxicos ou infecciosos.
  58. 58. FUNÇÃO CORTICAL SUPERIOR – L. OCCIPITAL Funções dos L.O: ☻Estimulações visuais ☻Gestalt visual; ☻Percepção visual; ☻Rotação e perseguição visual; ☻Descodificação visual com participação de outros centros visuais do cérebro;
  59. 59. FUNÇÃO CORTICAL SUPERIOR – L. OCCIPITAL Funções dos L.O: ☻Integração visual figura fundo ☻Constância perceptiva ☻Posicionamento e relação espacial;
  60. 60. FUNÇÃO CORTICAL SUPERIOR – L. OCCIPITAL DISFUNÇÃO L.O: ☻Alterações nos campos visuais; ☻Dificuldade de localizar objetos no meio; ☻Agnosia para cores ☻Alucinações e ilusões visuais; ☻Cegueira para palavras; ☻Dificuldade em reconhecer objetos desenhados;
  61. 61. FUNÇÃO CORTICAL SUPERIOR – L. OCCIPITAL DISFUNÇÃO L.O: ☻Incapacidade de reconhecer o movimento de um objeto (agnosia para movimento); ☻Dificuldades na movimentação visual; ☻Dificuldades na visão tridimensional
  62. 62. FUNÇÃO CORTICAL SUPERIOR – L.Parietal  Registro tátil;  Imagem do corpo (somatognosia);  Reconhecimento tatil de formas e objetos;  Direcionalidade;  Leitura;  Elaboração grafomotora;
  63. 63. FUNÇÃO CORTICAL SUPERIOR – L.Parietal  Imagem espacial;  Elaboração de praxias;  Processamento espacial;  Integração somato- sensorial;  Discriminação tatilquinestésica
  64. 64. TERCEIRA UNIDADE FUNCIONAL • LINHA DE ATUAÇÃO:
  65. 65. 3ª UNIDADE: Programa, regula e verifica a atividade mental FUNÇÃO: Estruturas: Aprendizagem humana; LESÕES OU DISFUNÇÃO: Função Psiquica superior( Perda de controle dos L.Frontal ler,escrever, resolver impulsos, Córtex pré-frontal Distúrbios problemas); comportamentais e Córtex pré- motor F.E.de planificação; Emocionais, Córtex pré-central Avaliação,cont.temporal; Dificuldade no controle Controle emociona;Cont. do cpto social ; Inibitório;Atenção Entre outros voluntária;criatividade (Pré-frontais:Areas Psicomotoras).
  66. 66. Organização. FUNÇÃO CORTICAL SUPERIOR
  67. 67. CORTEX FRONTAL Parte mais evoluída do cérebro(13); Dividido em três seções: 1. Córtex pré-frontal: Planejamento e análise das consequencias de ações futuras, comportamento; 2. Córtex pré- motor:Integração dos atos motores e sequencias de ações aprendidas; programação e planejamento das atividades motoras e principalmente com iniciação de movimentos voluntárias (área motora) 3. Córtex pré-central: Mediar movimentos e esta relacionado com movimentos voluntários;
  68. 68. Córtex frontal  É a maior parte do córtex cerebral humano;  É uma das últimas regiões a se desenvolver;  Responsável por comportamentos exclusivamente humanos;  Integra informações internas do corpo, do ambiente, e do estado emocional do indivíduo
  69. 69. FUNÇÃO CORTICAL SUPERIOR  Função córtex pré-frontal:  Observa, supervisiona, guia direciona e concentra o nosso comportamento;  Supervisiona as “funções executivas”(gerenciamento, julgamento, controle de impulso, planejamento, organização e pensamento critíco...);  Usar o tempo com sabedoria;  Comunicar com os outros;  Ajuda pensar sobre o que dizer antes de dizer...resolver situações(piorar);
  70. 70. FUNÇÃO CORTICAL SUPERIOR • PROCESSA  Controle do Impulso - capacidade de pensar sobre as consequências do cpto: escolha do parceiro, a inteiração cliente, trato com crianças difíceis, gasto de dinheiro, modo de dirigir no transito é essencial harmonia viver sociedade.  Sem o funcionamento adequado do córtex pré-frontal, é difícil agir forma consistente e respeitoso, e o impulso toma conta da pessoa;
  71. 71. FUNÇÃO CORTICAL SUPERIOR Funções Córtex pré-Frontal:  Córtex pré-frontal é a parte mais evoluída do cérebro;  No geral, CPF é a parte do cérebro que observa,supervisiona, guia, direciona e concentra o nosso cpto;  Controle do impulso;  Interação com o sistema Límbico;  Solidariedade
  72. 72. FUNÇÃO CORTICAL SUPERIOR Funções do córtex Pré- frontal SL controla o humor e a libido, o CPF é traduzir o funcionamento do SL em sentimentos que são reconhecidos, em emoções e em palavras como amor, ou ódio. Controle do impulso são altamente influenciado pelo CPF:consequencia do cpto, escolha do parceiro, interação com cliente, trato com crianças dificeis, gasto de dinheiro;
  73. 73. FUNÇÃO CORTICAL SUPERIOR Funções do córtex Pré- frontal O CPF tem muitas conexões com o SL, ele envia mensagens inibitórias que ajudam a mantê- lo sob controle. Ajuda “usar a cabeça junto com as emoções”;
  74. 74. FUNÇÃO CORTICAL SUPERIOR Disfunções do córtex Pré- frontal  Pode diminuir abstração sem afetar o nível intelectual Diminuição na velocidade mental; Apatia; Diminuição na expressão verbal; Dificuldade de atenção, distração; Falta de perseverança; Problema no controle de impulso; hiperatividade; Desorganização;
  75. 75. FUNÇÃO CORTICAL SUPERIOR Disfunções do córtex Pré- frontal Atraso por problemas de administração de tempo; Tendência ao adiamento; Falta de disponibilidade de emoções; Interpretações errôneas; Falhas no julgamento Dificuldade de aprender com a experiência; Problemas de memória de curto prazo; Ansiedade social e de teste.
  76. 76. FUNÇÃO CORTICAL SUPERIOR DISFUNÇÃO Lobo Pré –frontal: Leva um decréscimo na habilidade de expressar pensamentos e sentimentos; O CPF pode não inibir adequadamente o SL, provocando um aumento da vullnera Sem o funcionamento adequado do córtex pré-frontal, é difícil agir de modo consistente e respeitoso, e o impulso toma conta da pessoa. Quando há dano ou atividade diminuída CPF(Principalmente lado esquerdo) este não pode inibir o SL o que provoca uma vulnerabilidade à depressão;
  77. 77. CORTEX PRÉ-FRONTAL Disfunção dos Lobos Frontais  Sintomatologia obsessivo-compulsiva Distúrbio de Déficit de atenção(DDA): Basicamente uma disfunção geneticamente herdada do CPF,devido, em parte a uma deficiência do neurotransmissor dopamina.  Esquizofrenia
  78. 78. FUNÇÃO CORTICAL SUPERIOR DISFUNÇÃO Dano ou atividade diminuída nessa parte do cérebro, especialmente lado esquerdo, o CPF não inibi adequadamente o SL, provoca vulnerabilidade a depressão. Ex.: Pessoas com derrame no LF.
  79. 79. CORTEX PRÉ-FRONTAL Rico em conexões Maior parte das funções esta ligada as funções Executivas – encarregado do controle da ação; Os distúrbios da personalidade se devem às ligações do lobo frontal com o sistema límbico e às estruturas que regulam as emoções.
  80. 80. Córtex frontal Disfunções do córtex frontal produzem algumas das síndromes mais extravagantes Causam desordem : • cognição • humor • comportamento
  81. 81. Proposta de Avaliação Neuropsicologia 3. Terciárias (zonas de superposição) requerem a participação de muitas áreas corticais;
  82. 82. Unidades Funcionais de Luria A compreensão do comportamento e da aprendizagem pede conhecimento das estruturas e das funções do órgão que o organiza; A compreensão da organização neuropsicológica da cognição(Luria) torna-se um modelo fundamental para a educação e reabilitação; Reflexão...
  83. 83. “O cérebro aprende atuando”

×