Gestão de Conflitos

1.387 visualizações

Publicada em

Slides do Professor Sam Cyrous em uma palestra dada no Seminário Multidisciplinar do Instituto Consciência GO.

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.387
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
25
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
37
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gestão de Conflitos

  1. 1. Gestão de Conflitos <ul><li>Sam Cyrous </li></ul>
  2. 2. Podemos ter uma sociedade perfeita?
  3. 3. http://www.flickr.com/photos/carlosemerson/5378858456/in/photostream
  4. 4. Aonde ir?
  5. 5. <ul><li>Cada era tem seu próprio problema e cada alma sua especial aspiração. O remédio que o mundo necessita em suas aflições hodiernas não pode ser, jamais, o mesmo daquele requisitado pela era subsequente. </li></ul><ul><li>Bahá’u’lláh </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Todo o ponto de vista é a vista de um ponto. Para entender como alguém lê, é necessário saber como são seus olhos e qual é sua visão do mundo. Isso faz da leitura sempre uma releitura. </li></ul><ul><li>Leonardo Boff </li></ul>
  7. 7. <ul><li>De fato, as agressões e os conflitos têm de tal maneira caracterizado os nossos sistemas sociais, econômicos e religiosos, que muitos já se entregaram à noção de que tal comportamento é intrínseco à natureza humana e, consequentemente, é inextirpável. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Com a consolidação deste ponto de vista, assistimos ao desenvolvimento de uma contradição paralisante nos afazeres humanos. (...) concede-se aceitação indiscriminada à noção de que os seres humanos são incorrigivelmente egoístas e agressivos, e, portanto, incapazes de erigir um sistema social simultaneamente progressivo e pacífico, dinâmico e harmonioso – um sistema que dê rédea livre à iniciativa e à criatividade individuais, mas baseadas na cooperação e na reciprocidade. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Enquanto nada é mais fácil do que denunciar o mal-feitor, nada é mais difícil do que compreender a um. </li></ul><ul><li>Dostoyevsky </li></ul>
  10. 10. <ul><li>Algumas das criaturas existentes podem viver solitárias e sozinhas. Uma árvore, por exemplo, pode viver sem assistência e cooperação de outras árvores. Alguns animais vivem isolados e levam uma existência separada dos de sua espécie. Mas isto é impossível ao homem. Cooperação e parceria são essenciais em sua vida. Através de associação e reunião, encontramos alegria e desenvolvimento individual e coletivo. </li></ul><ul><li>‘ Abdu’l-Bahá </li></ul>
  11. 13. <ul><li>Nenhum dia vem duas vezes. </li></ul><ul><li>Martha Root </li></ul>
  12. 14. http://www.flowersplane.com/army-ranger/
  13. 15. Liderança <ul><li>Seja honesto consigo mesmo sobre o que realmente está em jogo e descreva possíveis riscos e custos de manter o conflito. </li></ul><ul><li>Seja sincero com os outros sobre as suas necessidades, verifique se o que eles compreendem é o que você está dizendo; jamais desafie a pessoa, mas a posição dela. </li></ul>
  14. 16. Liderança <ul><li>Procure compromisso mútuo, dirigindo-se ativamente às preocupações do outro. </li></ul><ul><li>Deixe os outros limparem a cara (afinal, você procura a reconciliação, não é?). </li></ul>
  15. 17. The Meeting of Abraham and Melchizedek
  16. 18. Archie Cochrane
  17. 20. Cultura de Aprendizagem <ul><li>Investigar a verdade, livre de preconceitos, imitações ou superstições </li></ul><ul><li>Observar com os próprios olhos e não com os alheios. </li></ul><ul><li>Escutar com os próprios ouvidos e não com os ouvidos de outros. </li></ul><ul><li>Desvendar mistérios com a ajuda das próprias consciências e não com as dos demais. </li></ul>
  18. 21. Necessidades <ul><li>Certeza </li></ul><ul><li>Incerteza </li></ul><ul><li>Significância </li></ul><ul><li>Conexão </li></ul><ul><li>Crescimento e contribuição </li></ul>
  19. 22. <ul><li>Quando teias de aranha se unem, podem segurar até um leão. </li></ul><ul><li>Provérbio Africano </li></ul>
  20. 24. <ul><li>Há Cinco Princípios Essenciais para a vitória: [1] saber quando lutar e quando não lutar; [2] perceber como posicionar pequenos e grandes contingentes; [3] ter oficiais e homens que partilhem uma só vontade; [4] esperar o inesperado; [5] ter um general capaz, desobrigado do soberano </li></ul>
  21. 25. <ul><li>. Estes cinco princípios apontam o caminho para a vitória. Daí a máxima «conhece o inimigo, conhece-te a ti mesmo, e a vitória nunca está em causa, nem em cem batalhas». Aquele que se conhece a si mesmo mas não conhece o inimigo sofrerá uma derrota por cada vitória. Aquele que não se conhece a si mesmo nem conhece o inimigo sucumbirá em todas as batalhas. </li></ul>
  22. 26. <ul><li>Uma pessoa que parece ser do tipo Convencional é distinguida pela preferência em seguir regras e demonstrar aptidões organizacionais. Similarmente, um ambiente tende a fazer demandas, recompensar as competências, e encorajar valores típicos do modelo ambiental ao qual mais se parece. (…) </li></ul>
  23. 27. <ul><li>Uma pessoa que aparente o tipo Convencional irá buscar e perseverar em ambientes Convencionais porque eles demandam as competências que a pessoa tem, fomenta os valores ou perspectivas da pessoa, e recompensa as realizações distintivas das pessoas Convencionais. </li></ul>
  24. 28. <ul><li>Mas o amor que se orienta para as obras boas, que se concretiza na moderação e na justiça, tanto entre os homens como entre os deuses, o que detém o máximo poder: só ele nos dá acesso à felicidade plena, só ele nos torna capazes de convivermos em boa amizade uns com os outros e com os nossos superiores, que são os deuses. </li></ul>
  25. 29. <ul><li>Em vista do fato de que atualmente tais indivíduos plenamente desenvolvidos e amplamente eruditos são difíceis de se encontrar, e o governo e o povo estão em terrível necessidade de ordem e orientação, é essencial estabelecer um corpo de eruditos cujos diversos grupos de membros seriam, cada um deles, especialista em um dos ramos de conhecimento anteriormente mencionados. Este corpo deve deliberar com a maior energia e vigor quanto a todas as exigências atuais e futuras, e estabelecer equilíbrio e ordem. </li></ul>
  26. 31. <ul><li>Quem trabalha sozinho adiciona. Quem trabalha em grupo multiplica. </li></ul><ul><li>Peseschkian </li></ul>
  27. 32. <ul><li>O fenômeno da comunicação depende não do que é transmitido, mas do que acontece com a pessoa que recebe a mensagem. </li></ul><ul><li>Maturana </li></ul>
  28. 33. <ul><li>Muitos pensam que são maravilhosos com as pessoas porque falam bem. Não se dão conta de que ser maravilhosos com as pessoas significa escutar bem. </li></ul><ul><li>Peter Drucker </li></ul>
  29. 34. <ul><li>Quase no começo havia a curiosidade. </li></ul><ul><li>Isaac Asimov </li></ul>
  30. 35. <ul><li>A imaginação é tudo... é a antecipação das atrações vindouras da vida. </li></ul><ul><li>Albert Einstein </li></ul>
  31. 36. <ul><li>Levantar novas perguntas, novas possibilidades, ver antigas perguntas desde um novo ângulo, requer imaginação criativa e marca um verdadeiro progresso. </li></ul><ul><li>Albert Einstein </li></ul>
  32. 37. <ul><li>O inferno somos nós. (T. S. Elliot) </li></ul><ul><li>O inferno são os outros. (J. P. Sartre) </li></ul><ul><li>O inferno é a ausência dos outros. (Garaudy) </li></ul><ul><li>Os outros, para mim, são o céu. (G. Marcel) </li></ul>
  33. 38. <ul><li>Cada um de nós tem, em si, Céu e Inferno. </li></ul>

×