Trabalho de sirlane

236 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
236
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho de sirlane

  1. 1. ESCOLA ESTADUAL CORONEL DIAS COELHO TRABALHO DE HISTÓRIAEtnia: Africana, Indígenas, Européia e Portugueses.AFRICANASCARACTERISTICAS:A África, por se tratar de um continente de clima tropical, salvo algumas regiões, recebe grandeinsolação, possui temperatura elevada em razão de sua localização geográfica, pois estápróxima à linha do Equador e do Trópico de Câncer e de Capricórnio.É um dos continentes de maior biodiversidade do mundo, fato proveniente da quantidade deenergia (calor) que favorece o desenvolvimento de matéria orgânica gerada pela decomposiçãode plantas, tornando-se propício à germinação de variadas espécies de vegetais, a partir daíhabitam nessas plantas insetos e micro-organismos que vão propagar a própria existência daflora, além de compor a cadeia alimentar, pois servem de alimentos para os animais maiores.CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS E RELIGIOSAS:No campo religioso, a contribuição negra é inestimável, principalmente porque os africanos, aoinvés de se isolarem, aprenderam a conviver com outros setores da sociedade. No processo dacolonização firmaram-se no Brasil características com traços culturais diferentes trazidos peloseuropeus, índios e africanos que contribuiu nos aspectos econômicos, sociais e políticos para aformação da identidade brasileira. Devidos as necessidades de exploração econômica da mão-de - obra que os europeus estavam enfrentando, apelaram para a mão-de-obra escravaindígena, logo se aproveitou a força de trabalho do negro africano, vindos diretamente da áfricanos navios negreiros para serem vendidos ao Brasil para trabalharem nos serviços pesados,obrigatoriamente tiveram que submeter a cultura africana.CONTRIBUIÇÕES CULTURAIS:Na religião, música, dança, alimentações, língua, têm a influência negra, apesar da repressãoque sofreram as suas manifestações culturais mais cotidianas.CONTRIBUIÇÕES LINGUISTICAS:Do século XVI ao século XIX, o tráfico transatlântico trouxe em cativeiro para o Brasilquatro acinco milhões de falantes africanos originários de duas regiões da África subsaariana: a região banto, situadaao longo da extensão sul da linha do equador, e a região oeste-africana ou “sudanesa”, queabrange territórios que vão do Senegal à Nigéria.A região banto compreende um grupo de 300línguas muito semelhantes, faladas em21 países: Camarões, Chade, República Centro-Africana,Guiné Equatorial, Gabão, Ango-la, Namíbia, República Popular do Congo (Congo-Brazzaville),República Democrática doCongo (RDC ou Congo-Kinshasa), Burundi, Ruanda, Uganda,Tanzânia, Quênia, Malavi,Zâmbia, Zimbábue, Botsuana, Lesoto, Moçambique, África do Sul.INDIGENAS
  2. 2. CULTURA:Os Guaranis manifestam sua cultura em trabalhos em cerâmica e em rituais religiosos. Possuemsua própria língua, somente ensinam o português às crianças maiores de seis anos. Sãomigrantes e agricultores. Acreditam que a morte é somente uma passagem para a “terra semmales”, onde os que se foram partem para este local para proteger os que na Terra ficaram.LINGUA:Os Ianomâmis falam quatro línguas: a Yanomam, Sanumá, Yanomame e Yanam. Suashabitações são construídas de caibros encaixados, amarrados com cipó e revestidas de palha.Possuem características seminômades, já que mudam de habitat quando acreditam terexplorado uma região ao máximo. São caçadores e acreditam em rixis: espíritos de animais queao serem mortos tornam-se protetores e amigos. A Carajás fala apenas uma língua: a Macro-Jê.São divididos em Karajás, Javaés e Xambioás. Acreditam na transformação do homem emanimais e vice-versa. Reside nas proximidades do rio Araguaia, pois acreditam que sua criação,rituais de passagem, alimento e alegria são dados por ele. Vivem do cultivo do milho,mandioca, batata, banana, cará, melancia, feijão e amendoim, e prezam pela pintura corporal.Dividem o trabalho, fica para os homens a defesa do território, abertura de roças, construçãodas casas, pesca e outros. Para as mulheres o trabalho de educar os filhos, cuidar dos afazeresdomésticos, do casamento dos filhos, da pintura e ornamentação das crianças e outros.EUROPEIACARACTERISTICAS:Com uma área de 11.400.000 km, a Europa estende-se a oeste dos Montes Urais como umprolongamento da grande massa continental que é a Ásia. É o mais marítimo dos continentes,com um litoral extremamente recortado.CULTURA:A cultura Européia pode ser mais bem descrita como uma série de culturas sobrepostas, e queenvolve questões de Ocidente contra Oriente e Cristianismo contra Islão. Existem várias linhasde ruptura culturais através do continente e movimentos culturais inovadores discordam unsdos outros. Assim, uma "cultura comum européia" ou "valores comuns europeus", é algo cujadefinição é mais complexa do que parece.LINGUA:As línguas européias estão, em sua maioria, dentro de três principais grupos lingüísticos: aslínguas românicas, derivadas da língua latina do Império Romano; as línguas germânicas, cujosancestrais vieram de língua do sul da Escandinávia; e as línguas eslavas. As línguas românicassão faladas principalmente no sudoeste da Europa, assim como na Romênia e na Moldávia, queestão situadas na Europa Oriental. As línguas germânicas são faladas no noroeste da Europa ealgumas partes da Europa Central. As línguas eslavas são faladas na Europa Central, Oriental eSudeste da Europa. Muitas outras línguas fora dos três principais grupos são faladas na Europa.O grupo de línguas célticas também é um grupo distinto, como os restantes já referidos, eembora tenha desaparecido grande parte do seu uso diário, ainda existem diferentes númerosde falantes de cada uma das seis línguas célticas: irlandês, gaélico escocês e manx, galês,córnico e bretão. Multilinguismo e a proteção das línguas regionais e minoritárias são objetivospolíticos reconhecidos na Europa de hoje. O Conselho da Europa através da Convenção-Quadro
  3. 3. para a Protecção das Minorias Nacionais do Conselho da Europa e da Carta Europeia dasLínguas Regionais. A Europa possui uma extensa fonte de linguas muçulmanas.PORTUGUESESCARACTERISTICAS:Os portugueses são o povo ou nação com origem em Portugal, na Península Ibérica ou ilhas(Açores e Madeira), no sudoeste da Europa. O português é a sua língua, eo catolicismo a religião nominalmente predominante. Geneticamente, os dados apontam parauma fraca diferenciação interna dos portugueses, cuja base é essencialmente continentaleuropéia de origem paleolítica. A base genética da população do território português mantém-se aproximadamente a mesma nos últimos quarenta milénios, apesar da presença de inúmerospovos no território português que também contribuíram para o patrimônio genético dos seushabitantes.CULTURA:Até cerca de meados do século XX, era freqüente identificar "cultura" com as conquistas doespírito, ao longo dos tempos, ao invés de "civilização", mais ligada ao progresso materialPorém, nas últimas décadas, graças à evolução, entre outros, dos estudos históricos,antropológicos e sociológicos, tem vindo a reforçar-se a idéia de que não basta falar de cultura,em geral, dada a existência de diversos tipos de cultura. Daí o fato de hoje se usaremfreqüentemente expressões como: cultura erudita e cultura popular, cultura de elites e culturade massas, cultura literária, filosófica ou cultura científica ou técnico-científica; cultura materiale cultura empresarial; culturas nacionais e culturas regionais, etc.

×