Sua participação é muito importante para que este Encontro Musical seja cada vez melhor!<br />A música, com sua linguagem ...
Miniatura em Jazz – Mark Nevin<br />MerrilyWeRowAlong  - Tradicional dos Estados Unidos.<br />
Casinha Pequenina - 1910<br />Modinha<br />Folclore  popular – autor desconhecido<br />.Modinha é considerada por muitos m...
Não te lembras, ó morena da pequenaCasinha onde te vi, ai ?Não te lembras, ó morena, da pequenaCasinha onde te vi ?Daquela...
Luar do Sertão – 1914<br />Catullo da Paixão Cearense<br />João Pernambuco<br />
	No dia 8 de outubro de 1863, em São Luís, Estado do Maranhão, nascia Catullo da Paixão Cearense.<br />	Nas horas vagas, C...
	No dia 10 de maio de 1946, aos 83 anos de idade, o célebre poeta popular, violinista, compositor, teatrólogo e cantor Cat...
Não há, ó gente, oh! Não, luar como esse do sertãoNão há, ó gente, oh! Não, luar como esse do sertão<br />Oh que saudade d...
Mulher Rendeira – 1922 ?<br />.De acordo com algumas pesquisas feitas por mim Zélia, não cheguei a uma conclusão de quem é...
Zé  do Norte      Lampião<br />. Parte do texto que será mencionado abaixo, foi tirado da Enciclopédia da Música Brasileir...
LAMPIÃO - Virgulino Ferreira da Silva. Compositor, cantor, cangaceiro. Vila Bela, atual Serra Talhada, PE, 07-07-1897, + A...
Músicas Juninas<br />"As músicas típicas das festas juninas podem ser apenas cantadas ou também dançadas. Até hoje muitas ...
Capelinha De Melão <br />Compositor – João de Barro - Braguinha<br />Foi cantor e um dos maiores                   composi...
   .Músicas infantis: Chapeuzinho Vermelho", "História da Baratinha", "Pinóquio" e "A Canoa Virou", entre outras.<br />   ...
Cintura Fina -  1950Parceria:  Luiz Gonzaga e Zé Dantas - xote<br />Minha morena, chegue pra cáPra dançar xote, se deita e...
No Meu Pé de Serra – 1946 - Xote<br />.Luiz Gonzaga:                                       Nasceu na fazenda Caiçara, no s...
. Lá no meu pé de serra deixei ficar meu coração ai que saudade tenho eu vou voltar pro meu sertão No meu roçado eu trabal...
Vida de Viajante 1953<br />Luiz Gonzaga<br />HervéCordovil<br />
Quando olhei a terra ardendo Qual fogueira de São João Eu perguntei a Deus do céu, ai Por que tamanha judiação. <br />Que ...
Baião de Dois Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira<br />.O ritmo binário do baião, vestido por melodias dolentes muitas delas ...
Capitão que moda é essa, deixe a tripa e a cuiéHome não vai na cozinha, que é lugá só de mulhéVôjuntá feijão de corda, num...
Zé Dantas 27/02/1921 - 11/03/1962 Á bêcê do Sertão – 1953 - Forró<br />José Dantas Filho, ou Zédantas como gostava de assi...
O encontro com Luiz Gonzaga ocorreu no Recife, no Grande Hotel, onde o homem tímido mostrou suas composições ao ilustre Go...
Suas parcerias são consideradas Clássicos da Música Popular<br />Brasileira, a exemplo de Vem Morena, Acauã, Riacho do Nav...
II Encontro Musical Cantinho Musical22 06 2010<br />AUTORA<br />Professora Zélia Assis<br />INFORMAÇÕES E IMAGENS<br />Pro...
MÚSICAS<br />. Larissa <br /> Miniatura em Jazz – Mark Nevim<br />. Simoni<br />MerrilyWeRowAlong  - Tradicional dos Estad...
. Fátima<br />Capelinha de Melão – Carlos Alberto Ferreira Braga<br />. Letícia<br />Cintura Fina – Luiz Gonzaga / Zé dant...
REVISÃO<br />Professora Zélia Assis<br />AGRADECIMENTOS<br />O meu muito obrigada  a todos os alunos por terem se dedicado...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ii encontro musical

1.968 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Turismo, Tecnologia
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.968
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ii encontro musical

  1. 1.
  2. 2. Sua participação é muito importante para que este Encontro Musical seja cada vez melhor!<br />A música, com sua linguagem universal, nos faz parar, nos leva à reflexão, nos faz cantarem coro, derrubando as barreiras do preconceito criado pela humanidade.<br />
  3. 3. Miniatura em Jazz – Mark Nevin<br />MerrilyWeRowAlong - Tradicional dos Estados Unidos.<br />
  4. 4. Casinha Pequenina - 1910<br />Modinha<br />Folclore popular – autor desconhecido<br />.Modinha é considerada por muitos musicólogos como a primeira manifestação popular musical civilizada  tipicamente brasileira. Seu estudo começou a se desenvolver a partir de 1930 quando o grande estudioso da cultura brasileira Mario de Andrade publicou sua obra Modinhas Imperiais. "Casinha Pequenina" é a mais famosa delas. Segundo o historiador Mozart de Araújo, a modinha brasileira se diferencia das canções de outros povos pelo seu conteúdo de lirismo, de ternura e de saudade.  Mario de Andrade definiu maravilhosamente: <br />"Modinha é um suspiro de amor".<br />
  5. 5. Não te lembras, ó morena da pequenaCasinha onde te vi, ai ?Não te lembras, ó morena, da pequenaCasinha onde te vi ?Daquela enorme mangueira {Altaneira onde cantava O bem-te-vi. <br />Não te lembras do cantar, do trinarDo mimoso rouxinol, ai ?Não te lembras do cantar, do trinar Do mimoso rouxinol ?Que contente assim cantava Anunciava o nascer Do flâmeo sol. <br />Tu não te lembras da casinha pequeninaOnde o nosso amor nasceu, ai ?Tu não te lembras da casinha pequeninaOnde o nosso amor nasceu ?Tinha um coqueiro do lado Que coitado de saudade Já morreu. <br />Tu não te lembras das juras, oh, perjurasQue fizeste com fervor, ai ?Tu não te lembras das juras, oh perjurasQue fizeste com fervor ?Daquele beijo demorado Prolongado que selou O nosso amor. <br />
  6. 6. Luar do Sertão – 1914<br />Catullo da Paixão Cearense<br />João Pernambuco<br />
  7. 7. No dia 8 de outubro de 1863, em São Luís, Estado do Maranhão, nascia Catullo da Paixão Cearense.<br /> Nas horas vagas, Catullo estudava música e chegou a tocar dois instrumentos: flauta de cinco chaves e violão. <br /> Como o poeta também era músico, ele costumava adaptar as suas poesias às canções de compositores famosos como Chiquinha Gonzaga, Anacleto de Medeiros, João Pernambuco, Pedro Alcântara, Antônio Callado, e nas vozes de Cadete, Vicente Celestino, Mário Pinheiro, Eduardo das Neves, entre outros.<br />
  8. 8. No dia 10 de maio de 1946, aos 83 anos de idade, o célebre poeta popular, violinista, compositor, teatrólogo e cantor Catullo da Paixão Cearense veio falecer no Rio de Janeiro. O ilustre nordestino, contudo, já tinha se tornado em vida um imortal. Pelo menos através de sua música Luar do sertão, que todos os brasileiros continuam cantando em noites de luar:<br />
  9. 9. Não há, ó gente, oh! Não, luar como esse do sertãoNão há, ó gente, oh! Não, luar como esse do sertão<br />Oh que saudade do luar da minha terraLá na serra branquejando, folhas secas pelo chãoEste luar cá da cidade tão escuroNão tem aquela saudade, do luar lá do sertão!Se a lua nasce por detras da verde mataMais parece um sol de prata, prateando a solidãoE a gente pega na viola e ponteiaE a canção e a lua cheia, a nascer no coração<br />
  10. 10. Mulher Rendeira – 1922 ?<br />.De acordo com algumas pesquisas feitas por mim Zélia, não cheguei a uma conclusão de quem é a composição desta música. Precisa de uma pesquisa aprofundada. <br />.Textos informam que foi de autoria do cantor e compositor paraibano Alfredo Ricardo do Nascimento, mais conhecido como "Zé do Norte“. A música é atribuída a personalidade de Virgulino Ferreira, "o Lampião" e, ficou mundialmente conhecida após ser incluída na trilha sonora do clássico "O Cangaceiro", de Lima Barreto, de 1953, que foi considerado o melhor filme de aventura do Festival de Cannes daquele ano. <br />
  11. 11. Zé do Norte Lampião<br />. Parte do texto que será mencionado abaixo, foi tirado da Enciclopédia da Música Brasileira e encontra-se todo no site http://sombarato.org/node/1186<br />.Outros dizem que é:<br />
  12. 12. LAMPIÃO - Virgulino Ferreira da Silva. Compositor, cantor, cangaceiro. Vila Bela, atual Serra Talhada, PE, 07-07-1897, + Angicos, SE, 28-07-1938. Segundo Luís da Câmara Cascudo, Lampião, além de compor, era dançador, criador e divulgador do xaxado, além de cantador de emboladas e sambas (de acordo com pesquisas realizadas por Frederico Bezerra Maciel). Antes de Lampião, não havia música no cangaço. Sua criação máxima foi o baião 'Mulher rendeira', que se tornou no hino de guerra do sertão. Tinha 24 anos na época da composição, inspirada no aniversário natalício de sua avó materna, Maria Jacosa Vieira Lopes, de profissão 'rendeira'. O período de elaboração é de setembro de 1921 a fevereiro de 1922.A natureza musical da obra, o ritmo, é toada-baião. <br />
  13. 13. Músicas Juninas<br />"As músicas típicas das festas juninas podem ser apenas cantadas ou também dançadas. Até hoje muitas são compostas, especialmente pelos nordestinos, e formam o repertório do forró que se transformou em baile realizado não apenas no período junino.<br />
  14. 14. Capelinha De Melão <br />Compositor – João de Barro - Braguinha<br />Foi cantor e um dos maiores compositores da música brasileira.<br /> Autor de inúmeras Marchinhas de carnaval, como: Chiquita Bacana, Balancê entre outras.<br />
  15. 15. .Músicas infantis: Chapeuzinho Vermelho", "História da Baratinha", "Pinóquio" e "A Canoa Virou", entre outras.<br /> .Canções de festas juninas e clássicos: <br /> Mané Fogueteiro", "Noites de Junho", "Capelinha de Melão" e "Sobe Balão". .MPB: "Copacabana" e a letra de "Carinhoso", composta para o choro de Pixinguinha.<br />
  16. 16. Cintura Fina - 1950Parceria: Luiz Gonzaga e Zé Dantas - xote<br />Minha morena, chegue pra cáPra dançar xote, se deita em meu cangoteE pode cochilarTu es mulher pra homem nenhumBotar defeito, por isso satisfeitoCom você eu vou dançarVem ca, cintura fina, cintura de pilãoCintura de menina, vem ca meu coraçãoQuando eu abarco essa cintura de pilãoFico frio, arrepiado, quase morro de paixãoE fecho os olhos quando sinto o teu calorPois teu corpo so foi feito pro fetiço do amor <br />
  17. 17. No Meu Pé de Serra – 1946 - Xote<br />.Luiz Gonzaga: Nasceu na fazenda Caiçara, no sopé da Serra de Araripe, na zona rural de Exu, sertão de Pernambuco. Em 11 de abril de 1945, Luiz Gonzaga gravou sua primeira música como cantor, no estúdio da RCA Victor.<br />.Parceria entre Gonzaga e Humberto se deu em 1946.<br />.Humberto Teixeira:<br /> Era filho de João Euclides Teixeira e Lucíola Cavalcante Teixeira. Desde cedo apresentava aptidões para a música; aos seis anos, aprendeu a tocar musete . O seu tio Lafaiete Teixeira, foi o responsável pelos seus primeiros ensinamentos musicais. <br />
  18. 18. . Lá no meu pé de serra deixei ficar meu coração ai que saudade tenho eu vou voltar pro meu sertão No meu roçado eu trabalhava todo dia mas no meu rancho tinha tudo que eu queria lá se plantava quase toda quinta-feira sanfona não voltava e tome xote a noite inteira <br />. O xote é bom de se dançar, a gente gruda na cabocla sem soltar um passo lá, um outro cá enquanto o fole tá tocando, tá gemendo tá chorando, tá sugando, reclamando sem parar.<br />
  19. 19. Vida de Viajante 1953<br />Luiz Gonzaga<br />HervéCordovil<br />
  20. 20. Quando olhei a terra ardendo Qual fogueira de São João Eu perguntei a Deus do céu, ai Por que tamanha judiação. <br />Que braseiro, que fornalha Nem um pé de plantação<br /> Por falta d'água perdi meu gado Morreu de sede meu alazão.<br />Até mesmo a asa branca Bateu asas do sertão<br /> Então eu disse adeus Rosinha Guarda contigo meu coração .<br />Longe longe muitas léguas Numa triste solidão Espero a chuva cair de novo Para eu voltar pro meu sertão <br />Quando o verde dos teus olhos<br /> Se espalhar na plantação <br /> Eu te asseguro não chores não, viu <br /> Que eu voltarei, viu Meu coração<br />
  21. 21. Baião de Dois Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira<br />.O ritmo binário do baião, vestido por melodias dolentes muitas delas em modo menor, foi devidamente estilizado, amaciado para o paladar urbano pelo sanfoneiro Luiz Gonzaga.<br />
  22. 22. Capitão que moda é essa, deixe a tripa e a cuiéHome não vai na cozinha, que é lugá só de mulhéVôjuntá feijão de corda, numa panela de arrozCapitão vai já pra sala, que hoje têm baião de doisAi, ai ai, ó baião que bom tu soisSe o baião é bom sozinho, que dirá baião de doisSe o baião é bom sozinho, que dirá baião de doisAi ai, baião de dois, ai ai, baião de dois<br />
  23. 23. Zé Dantas 27/02/1921 - 11/03/1962 Á bêcê do Sertão – 1953 - Forró<br />José Dantas Filho, ou Zédantas como gostava de assinar, nasceu em Carnaíba, localizada no Sertão do Pajeú, em Pernambuco. O compositor era dotado de um vasto conhecimento no que diz respeito às tradições e as raízes sertanejas, temáticas utilizadas em suas músicas, até então não gravadas. <br />
  24. 24. O encontro com Luiz Gonzaga ocorreu no Recife, no Grande Hotel, onde o homem tímido mostrou suas composições ao ilustre Gonzagão. O Rei do Baião, encantado, decorou algumas músicas e prometeu gravá-las, atendendo a uma única exigência do compositor: não deixar transparecer seu sobrenome “Dantas”, por temer que seu pai – fazendeiro rígido – cortasse a sua mesada, que o mantinha estudando na capital. <br />Parceria Luiz Gonzaga e Zé Dantas:<br />O Xote das Meninas, Cintura Fina,<br />Vem Morena, A Letra I e outras. <br />Cantaram:ABC do Sertão, Forró <br />de Mane Vito e Samarica Parteira.<br />
  25. 25. Suas parcerias são consideradas Clássicos da Música Popular<br />Brasileira, a exemplo de Vem Morena, Acauã, Riacho do Navio, A Volta da Asa Branca e Sabiá, entre muitas outras. <br />Composição: Zé Dantas / Luiz Gonzaga <br />Lá no meu sertão pros caboclo lêTêm que aprender um outro ABCO jota é ji, o éle é lêO ésse é si, mas o érreTem nome de rêAté o ypsilon lá é pissiloneO eme é mê, O ene é nêO efe é fê, o gê chama-se guêNa escola é engraçado ouvir-se tanto "ê"A, bê, cê, dê,Fê, guê, lê, mê,Nê, pê, quê, rê,Tê, vê e zê.<br />
  26. 26. II Encontro Musical Cantinho Musical22 06 2010<br />AUTORA<br />Professora Zélia Assis<br />INFORMAÇÕES E IMAGENS<br />Profª Zélia Assis<br />Alunas e Alunos<br /> - Fátima Vasconcelos de Araújo <br />- Letícia Vanderlei Ferreira<br /> - Gabriel S. C. Vasconcelos de Araújo <br /> – Eliane Fátima Pinheiro do Egito<br /> - Márcio ,Mattos C. Cabral e Silva<br />
  27. 27. MÚSICAS<br />. Larissa <br /> Miniatura em Jazz – Mark Nevim<br />. Simoni<br />MerrilyWeRowAlong - Tradicional dos Estados Unidos<br />. Estér<br />CasinhaPequenina – Autor Desconhecido<br />.Márcio<br />Canção – CristineTourino<br />.Nilza<br />Luar do Sertão – Catullo da PaixãoCearense / João Pernambuco<br />. Enyangela<br />MulherRendeira<br />
  28. 28. . Fátima<br />Capelinha de Melão – Carlos Alberto Ferreira Braga<br />. Letícia<br />Cintura Fina – Luiz Gonzaga / Zé dantas<br />. Gabriel<br />No Meu Pé de Serra – Luiz Gonzaga / Humberto Texeira<br />. Márcio<br />Vida de Viajante – Luiz Gonzaga / HervéCordovil<br />. Larissa<br />Baião de Dois - Luiz Gonzaga / Humberto Texeira<br />. Eliane<br />A bêcê do Sertão - Luiz Gonzaga / Zé dantas<br />
  29. 29. REVISÃO<br />Professora Zélia Assis<br />AGRADECIMENTOS<br />O meu muito obrigada a todos os alunos por terem se dedicado aos estudos, professor de violão Venâncio na orientação de seus alunos e Miranda. Juntos fizemos com que este evento se realizasse com muita alegria e satisfação. <br />Professora Zélia Assis<br />Cantinho Musical<br />

×