Veículos de investigação marítima

929 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
929
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Veículos de investigação marítima

  1. 1. Veículos de Investigação Marítima<br />
  2. 2. Introdução<br />Escolhemos este tema porque queríamos obter mais informações e conhecimentos sobre os diferentes tipos de veículos que estudam os ambientes marinhos, sendo o produto final deste trabalho um powerpoint. <br />
  3. 3. O que são veículos de investigação?<br />Os veículos de investigação são instrumentos náuticos controlados remotamente que estudam os ambientes marinhos, não pondo em risco a vida humana. Estes equipamentos são mais seguros e eficientes, por estas razões têm vindo ao longo dos anos a substituir a actividade humana.<br />
  4. 4. As suas aplicações<br />Estes instrumentos servem para:<br /><ul><li>Monitorização ambiental;
  5. 5. Monitorização de cascos de navios;
  6. 6. Monitorização de produtos;
  7. 7. Apoio de mergulhadores;
  8. 8. Exploração de cavernas;
  9. 9. Actividades de lazer;
  10. 10. Recolha de amostras;
  11. 11. Apoio em geral de actividades subaquáticas;
  12. 12. Turismo.</li></li></ul><li>Como são constituídos?<br />Em geral, os veículos de investigação são constituídos por:<br /><ul><li>Hélices;
  13. 13. Motor(es);
  14. 14. Sistema de vídeo;
  15. 15. Cabos;
  16. 16. Braço mecânico para suporte de material;
  17. 17. Sensores e medidores de parâmetros ambientais e contaminantes;
  18. 18. Câmara fotográfica ;
  19. 19. Sistema de suporte de amostras líquidas ou de sedimentos;
  20. 20. Hidrofone.</li></li></ul><li>Tipos de Veículos de Investigação<br />Existem diferentes tipos de veículos que estudam os ambientes marítimos, como por exemplo:<br /><ul><li>Amarrações– Consiste num conjunto de equipamentos oceanográficos (sensores) interligados fisicamente e colocados em medição dentro de água (no oceano, num rio ou num estuário), durante um determinado período de tempo. Existem dois tipos de amarrações: as fixas e as flutuantes.</li></li></ul><li><ul><li>Colhedor- É um amostrador de sedimentos, que usualmente é utilizado em investigação marinha para o reconhecimento da natureza dos sedimentos superficiais não consolidados que cobrem o fundo marinho. </li></ul> Este equipamento apresenta como principal característica a capacidade de retirar uma amostra de sedimentos até 15 cm de espessura.<br />
  21. 21. <ul><li>Correntómetro – O correntómetro tem como função medir a velocidade das correntes marítimas. Existem vários tipos de correntómetros, sendo que estes podem ser classificados com base no seu princípio de funcionamento: com ou sem peças móveis. Utilizam as partículas em suspensão para medir as correntes marítimas. A variação entre a frequência do sinal emitido e o sinal reflectido recebido pelo equipamento permite, assim, calcular a velocidade das partículas reflectoras.</li></li></ul><li><ul><li>CTD - É um equipamento que permite caracterizar fisicamente a água, indicando-nos o seu perfil de temperatura e condutividade associadas à profundidade.</li></li></ul><li><ul><li>Perfiladores- Os perfiladores acústicos são equipamentos que permitem obter um perfil da corrente ao longo da coluna de água. Estes funcionam partindo do pressuposto que existem partículas em suspensão (sedimentos e plâncton) e que estas se deslocam com as massas de água, tirando partido do efeito de Doppler.</li></li></ul><li><ul><li>ROV- Um ROV é um veículo subaquático, controlado remotamente, que permite a observação remota do fundo do mar e estruturas submarinas. A ligação entre o veículo e a superfície é assegurada por um cabo umbilical que permite a comunicação bidireccional, assim como o transporte de energia para o veículo.</li></li></ul><li><ul><li>Sonar - Através da emissão de um determinado som e da interpretação desse som depois de ter sido reflectido por um objecto, é possível determinar a distância e a direcção em que esse objecto se encontra. </li></li></ul><li><ul><li>Multifeixe - O multifeixe permite a medição de profundidades com elevada exactidão, pois tem uma potencialidade de cobertura total do fundo do mar com elevada densidade de medições, permitindo a construção de modelos digitais de terreno que reproduzem de forma fiel o relevo submarino.</li></li></ul><li><ul><li>Vibrocorer - Este aparelho estuda a variação temporal dos processos sedimentares, a partir da recolha de amostras verticais do sedimento não perturbando o fundo marinho. A penetração do vibrocorer no sedimento é desempenhada pela acção de um motor eléctrico, que actua como vibro-percussor.</li></li></ul><li>Institutos em Portugal que utilizam estes veículos<br />As instituições que em Portugal utilizam veículos de investigação marítima são: o Ministério da Marinha, o Instituto de Investigação Marítima Português, Instituto Hidrográfico, Instituto Português de Investigação da Pesca e do Mar, Laboratório Nacional de Engenharia, Faculdades que leccionem Ciências do Mar em particular as de Biologia Marítima, Oceanografia e Arqueologia Marítima.<br />
  22. 22. Conclusão<br />Neste período a elaboração do nosso trabalho correu bem, todos trabalhámos de igual forma. Tivemos mais tempo para realizar o trabalho e já possuíamos alguma informação, que no período passado nos tinha sido difícil de obter. O grupo funcionou bem em conjunto.<br />
  23. 23. NETGRAFIA<br /><ul><li>www.hidrografico.pt/amarracoes-oceanograficas.php
  24. 24. www.idelsur.com/.../images/ejkp_05_2.jpg
  25. 25. www.pmel.noaa.gov/.../First_CTD-01.jpg
  26. 26. oceanexplorer.noaa.gov/.../media/rov_aw_600.jp
  27. 27. www.naval.com.br/blog/wp-content/uploads/2009/01/sonar-1.jpg
  28. 28. ozcoasts.org.au
  29. 29. www.mar.mil.br/dhn/dhn/images/NHOTAU_mfeixe.jpg
  30. 30. www.mdn.gov.pt/mdn/pt/
  31. 31. www.marinha.pt/PT/Pages/homepage.aspx
  32. 32. www.lnec.pt/
  33. 33. eu-fp7-coralfish.net/.../AZORES_rov.jpg
  34. 34. www.pmel.noaa.gov/cfc/review/ctd1.small.gif
  35. 35. www.youtube.com
  36. 36. mundoeducacao.com.br
  37. 37. animals.webcontente.com
  38. 38. noticias.uol.com.br
  39. 39. dse.ufpb.br
  40. 40. aquariodeubatuba.com.br
  41. 41. www.brasilescola.com
  42. 42. pescaemsintra.com
  43. 43. msocean7.blogspot.com
  44. 44. marine.usgs.gov/fact-sheets/michigan/sonar.gif</li></li></ul><li>Anexo<br />Questionário sobre os veículos de investigação<br /><ul><li>Qual é o instituto onde trabalha? </li></ul> Marinha Portuguesa.<br /><ul><li>Qual é o seu cargo?</li></ul> Tenente.<br /><ul><li>Lida com veículos de investigação?</li></ul> Não.<br /><ul><li>Concorda com a substituição do homem pelos veículos de investigação? Porquê?</li></ul> Sim, porque é mais seguro para o ser humano, e não se põem vidas em risco.<br />
  45. 45. Este trabalho foi realizado por:<br /><ul><li>Andreia Ferro
  46. 46. Daniela Matos
  47. 47. Inês Esteves
  48. 48. Inês Figueira
  49. 49. Miguel Duarte</li></li></ul><li>FIM<br />

×