Apr. centenário 1

517 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Negócios, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
517
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apr. centenário 1

  1. 1. BE/CRE da EB1 JI de Monte Abraão 1 A equipa : Graça Horta Helena Dias Isabel Aradas Rosário Matias (voluntária) Outubro de 2010
  2. 2. Uma Viagem pela Cidade de Queluz
  3. 3. Povoação de Queluz há 100 anos A cidade de Queluz hoje
  4. 4. Fonte dos Arcos
  5. 5. Bairro “Almeida Araújo”
  6. 6. A apanha do trigo em Queluz A lavoura nos campos de Queluz
  7. 7. Estação de Queluz (nos séc. XIX- XX) Estação de Queluz – (séc. XXI)
  8. 8. Ruas de Queluz relacionadas com a República
  9. 9.   Manuel de Arriaga, foi um advogado, professor, escritor e político de origem açoriana. Grande orador e membro destacado da geração doutrinária do republicanismo português. Foi dirigente e um dos principais ideólogos do Partido Republicano Português. A 24 de Agosto de 1911 tornou-se no primeiro presidente eleito da República Portuguesa, sucedendo na chefia do Estado ao Governo Provisório presidido por Teófilo Braga. Exerceu aquelas funções até 26 de Maio de 1915, data em que foi obrigado a demitir-se, sendo substituído no cargo pelo mesmo Teófilo Braga, que como substituto completou o tempo restante do mandato . Manuel  José  de  Arriaga  Brum  da  Silveira    (Horta,  8 de Julho  de  1840  -  Lisboa, 5 de Março de 1917)
  10. 10.           Miguel  Augusto  Bombarda  foi  um  médico  psiquiatra  e  político  republicano português.   Republicano  convicto.  Tornou-se  membro  do  Partido Republicano Português  em  1909, tendo sido eleito deputado em  Agosto de 1910. Membro do comité  revolucionário  que  implantou  a  República  em  Portugal,  em  5 de Outubro  de  1910,  e  considerado  o  seu  chefe  civil.  Não  chegou, contudo, a assistir à vitória  dos  republicanos  por  ter  sido  assassinado por um doente mental  do  Hospital  de  Rilhafoles  em  3 de Outubro de 1910, poucas horas  antes do início da revolta. Teve um  funeral  conjunto  ao  de  Cândido dos Reis,  em Outubro. Miguel Augusto Bombarda (Rio de Janeiro,  6 de Março de 1851 — Lisboa, 3 de Outubro de  1910)
  11. 11. José Elias Garcia,filho de José Francisco Garcia, chefe das oficinas do Arsenal de Marinha, revolucionário liberal que sempre se batera pela causa constitucional. Elias Garcia foi um dos vultos mais prestigiosos do movimento republicano português, na sua primeira fase. Foi coronel de Engenharia, político, jornalista, presidente de diversas organizações liberais, lente da Escola do Exército, grão-mestre da Maçonaria portuguesa, deputado e presidente da Câmara Municipal de Lisboa entre 1870 e 1890. José Elias Garcia morreu pobre, tendo dedicado toda a sua vida à defesa da Democracia José Elias Garcia (Cacilhas, a 31 de Dezembro de 1830 - Lisboa , 21 de Junho de 1891).
  12. 12. BIBLIOGRAFIA ALMEIDA-GARRETT, Francisco Lancastre de (1993) - Resenha de Queluz e Arredores, 2ª edição ,Queluz: J.F de Queluz, 2ª edição. Departamento de Cultura e Turismo da C.M.S.,(2001), Cidade de Queluz- As Raízes do Futuro, Sintra: C.M.S. http://www.arepublicano.blogspot.com. http://www.arqnet.pt.dicionario. http://centenariodarepublica.pt. http://www.presidencia.pt. http://www.primeirarepublica.org/portal. http://www.vidaslusofonas.pt.

×