InterCon 2016 - A revolução da Internet das Coisas na educação

209 visualizações

Publicada em

Pedro Minatel e Tiago Primo da Samsung fala sobre A revolução da Internet das Coisas na educação no InterCon 2016.
Saiba mais em http://intercon2016.imasters.com.br/

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
209
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
0
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

InterCon 2016 - A revolução da Internet das Coisas na educação

  1. 1. A revolução da internet das coisas na educação Pedro minatel & Tiago Primo Intercon 2016 Outubro de 2016
  2. 2. Pedro Minatel l Técnico em Eletrônica (2003) l Sist. de Informação (2009) l Pesquisador na área de Segurança e IoT (Samsung) l Patentes e Projetos em Sec e IoT l Blog: http://pedrominatel.com.br - Mais de 60 artigos publicados.
  3. 3. Tiago Primo PhD l Graduação em Analise de Sistemas pela UCPEL l Mestrado em Ciência da Computação pela PUCRS l Doutorado em Ciência da Computação pela UFRGS l Pesquisador na área de Educação (Samsung) l Patentes e Projetos em Educação
  4. 4. Laboratório Hacker de Campinas l Fundado em Campinas no ano de 2011 l Tem sede própria mantida pelos sócios l Reuniões regulares e semanais (i.e Oficina de IoT) l Acesso 24 horas para sócios l Site: http://lhc.net.br
  5. 5. O Arduino e a sua importância na educação
  6. 6. O Arduino e a sua importância na educação l Lançado em 2005 na Itália l Plataforma de prototipagem l Microcontrolador de 8bits l Entradas e saídas digitais l Entradas analógicas l Programável em C/C++ l Sistema de shields.
  7. 7. O Arduino e a sua importância na educação l Plataforma de baixo custo e de fácil acesso. l Proporcionou acesso ao desenvolvimento embarcado, antes restrito pelo alto custo das placas e programadores. l Fácil utilização. l Proporciona camadas de abstração. l
  8. 8. Menções honrosas
  9. 9. E a Internet das Coisas?
  10. 10. E a Internet das Coisas? l Já é considerada a próxima revolução. l Possibilita a conectividade entre objetos físicos. l Aplicável na educação. l Grande potencial de mercado para os próximos anos.
  11. 11. ESP8266
  12. 12. ESP8266 l Modulo com WiFi integrado. l Microcontrolador de 32bits. l Entradas e saídas digitais. l Entrada analógica. l Compatível com Arduino. l Baixo custo. l Fácil aprendizado. l Reutilização do conhecimento.
  13. 13. DEFINIÇÃO Aprendizado Aprimorado por refere-se ao suporte de qualquer atividade de ensino através de utilização de tecnologia. Seu foco está no suporte a utilização de tecnologias para qualquer abordagem pedagógica que possa se beneficiar disto. 17 Desafio: Como maximizar a experiência de aprendizado mantendo um calendário de aulas balanceado. Ctx Brasil
  14. 14. BREVE CONTEXTO DA EDUCAÇÃO NO BRASIL 18 ˜17% Gastos Públicos OECD 2015 2022 3,5 4 4,5 5 5,5 6 6,5 7 7,5 2007 2009 2011 2013 2015 Anos Iniciais Publica Meta Pub Particular Meta Par 3,1 3,6 4,1 4,6 5,1 5,6 6,1 6,6 7,1 2007 2009 2011 2013 2015 Anos Finais Publica Meta Pub Particular Meta Par 3 3,5 4 4,5 5 5,5 6 6,5 2007 2009 2011 2013 2015 Ensino Médio Publica Meta Pub Particular Meta Par Prova Brasil Entender
  15. 15. ENTENDER OS ATORES
  16. 16. A VISÃO DO PROFESSOR Preparação ( O processo de pesquisar e organizar conteúdos para a aula ) Execução ( O processo de executar a aula ) Feedback ( A etapa de analisar o comportamento e desempenho dos alunos, visando a próxima aula ) 20 Walvoord, B. and Anderson, V. J. Effective Grading, Jossey-Bass, 1998. Atividades Principais
  17. 17. A VISÃO DO ALUNO DE UMA AULA Querem um professor que mantenha o controle na sala de aula Professor Interativo, estimule discussões produtivas com os alunos Aulas com diferentes mídias, não apenas expositivas Conteúdos mais enriquecidos e associados aos temas da aula Professor precisa dominar o conteúdo e associar com situações do mundo real. 21 Seres Humanos mantem 20 Minutos de atenção constantes. SalaMundo, 2013 An Analysis of Applying the Short BridgeMethod to Digital Education Renata Zilse, Tiago Primo, Andrew Koster and Fernando Koch (2016, HCII, a ser publicado) Science Daily
  18. 18. VISÃO DO DIRETOR Cuidas das Finanças Prestar contas a comunidade Conduzir o projeto político-pedagógico Acompanhar o cotidiano da sala de aula e avanço na aprendizagem Manter a comunicação com os pais Ser parceiro na gestão da aprendizagem dos alunos 22 O que o Brasil quer ser quando Crescer, Gustavo Ioschpe, 2014 Editora Objetiva
  19. 19. INICIATIVAS
  20. 20. SCRATCH FOR ANDROID Programação em Blocos + Arduino ou RPI Framework
  21. 21. COMPUTAÇÃO NA ESCOLA Universidade Federal de SC Envolvimento de Pais e Filhos Ensino de Física Materialização do Conhecimento
  22. 22. SCRATCH X Exemplos aplicáveis a diversas disciplinas
  23. 23. OPORTUNIDADES PARA INOVAÇÃO Coletar dados dos Alunos com sensores visando inferir estados emocionais (tensão, ansiedade ... ) Baseados em sinais fisiológicos dos Alunos sugerir conteúdos mais apropriados Monitorar os ambientes escolares visando economia de energia ou aumentar o conforto dos alunos
  24. 24. NO QUE EU APOSTO 28 Lição de Casa Os indícios apontam para: Tutores Inteligentes Sistemas de Recomendação Conteúdo Personalizado automaticamente Formação de Grupos Compartilhamento Assíncrono e Síncrono de Conhecimento Inteligência Artificial para agrupar alunos Atividades personalizadas que unam o dia-dia do aluno com os conteúdos de sala de aula Uso Massivo de Realidade Virtual e Aumentada para tornar mais lúdico e trazer engajamento Exercícios Colaborativos Aprendizado Adaptativo Conteúdos que visem integração físico-virtual
  25. 25. DICAS A educação é Pluridisciplinar. Como agregar novas áreas de maneira contribuir com o objetivo principal de ensinar e aprender. Embora os limites entre contextos de ensino sejam flexíveis. Escolha com cautela o que melhor se adapta a sua possível inovação Professores podem se beneficiar de suporte nas suas etapas de Preparação, Execução e Feedback de aula Alunos se motivam com bons professores. Empoderar estes professores pode ser um caminho para inovação. Diretores precisam de ferramentas de suporte para o processo de tomada de decisão. 29
  26. 26. INOVE, MAS LEMBRE-SE! 30 O Núcleo do processo de preparação de aula não muda Pense em manter engajamento e retenção de conhecimento elevados O desempenho dos alunos deve ser mensurado e de acordo com as métricas nacionais Antes de criar conteúdos, visite uma escola e entenda o estilo pedagógico dela Inove em soluções de apoio ao professor, ensine o professor o benefício do uso de tecnologia Colete dados sem violar a privacidade dos alunos Não existem Unicórnios ou Bala de Prata. Vá para campo e valide.
  27. 27. Perguntas?????
  28. 28. ”Profetas da Esperança” Luiz Carlos de Lima (Secretário de Edu. SJC) OBRIGADO

×