SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 72
Baixar para ler offline
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
sobre
uxe tudo o mais
aula 1
mídias digitais
universidade positivo
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
ISRAEL
LESSAK
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
inovação
tá na moda
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
inovação é
contextual.
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
inovação é
relativa.
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
inovação é
intangível.
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
inovação é
perecível.
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
inovação é
experiencial.
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
EXPERIÊNCIAdousuário?
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
EXPERIÊNCIADOUSUÁRIO?
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
EXPERIÊNCIADOUSUÁRIO.
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
o mito do
design de
experiências
(
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
DESIGN?
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
DESIGN?
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
DESIGN?
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
DESIGN?
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
DESIGN?
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
DESIGN?
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
DESIGN?
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
DESIGN?
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
DESIGN?
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
DESIGN?
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
DESIGN?
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
dolatim . designare: designar,
configurar, encontrar
meios para, formar,
projetar, dar propósito,
gerar um signo, sinal,
marca, identificar.
MARTINS, Luiz G.F. A etimologia da palavra desenho (e design) na sua língua de origem e em
quatro dos seus provincianismos: desenho como forma de pensamento de conhecimento.
In: XXX CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, São Paulo. 2007.
DESIGN
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
DESIGN
artefatos
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
DESIGN
artefatos
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
DESIGN
construção
social
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
problemascomplexos
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
como
resolver
problemas
complexos?
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
design
Damien Newman, Central Office of Design
research concept design
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
<><>discover define develop deliver
“Double Diamond”, Design Council UK
design
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
projetamos soluções
por meio de ideação em um
ambiente cocriativo
de experimentação
mergulhamos no
problema do nosso cliente
com uma pesquisa
de imersão
entregamos aquilo
que é importante para
nosso cliente e relevante
para o usuário
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
imersão indexação insight
pesquisa em
campo com
abordagem
etnográfica
pesquisadores revisitam
os registros de campo,
discutem e reordenam
percepções
pesquisadores
apresentam os dados
observados e os
insights da pesquisa
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
iteração
esse processo é
realizado de forma
cíclica e contínua
enquanto durar a fase
aprendizado
os insights
iniciais geram
conhecimento
que se refletem
em uma nova
iteração
experimentação
por meio da
construção de
modelos, testamos
caminhos e
possibilidades
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
delimitação execução apresentação
a partir dos
aprendizados da fase
de experimentação,
definimos aquilo que
será executado
os consultores se
aplicam na construção
do que foi definido
ao final, a Kyvo
apresenta os resultados
do trabalho
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
design
thinking
abordagem,mindset,
visãodemundo.
éodesigncomo
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
OPERACIONAL
TÁTICO
D E S I G N
T H I N K I N G
ESTRATÉGICO
DESIGN
thinking
naadministração
denegócios
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
DESIGN
thinking
nacomunicação
D E S I G N
T H I N K I N G
EMISSOR
CANAL
FEEDBACK
CODIFICAÇÃO
REPERTÓRIO REPERTÓRIO
DECODIFICAÇÃO
RECEPTOR
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
D E S I G N
T H I N K I N G
DESEJÁVEL
ÀS PESSOAS
RENTÁVEL
AO NEGÓCIO
TECNICAMENTE
POSSÍVEL
DESIGN
thinking
nacriaçãode
novosnegócios
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
como
fazer design
para boas
experiências?
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
a economia
da experiência
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
pensar em
serviços é
lidar com a
complexidade.
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
o mito do
design de
experiências
(
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
não podemos projetar
experiências, mas podemos
projetar serviços.
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
Fredric Bastiat, 1848
“a grande lei da economia é que
serviços são trocados por serviços...
é trivial, um lugar comum…
o começo, o meio e o fim
da ciência econômica.”
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
serviço
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
serviço interaçÕes
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
serviçonegócio interaçÕes
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
USER
EXPERIENCE
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
CUSTOMER
EXPERIENCE
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
CUSTOMER
EXPERIENCE
USER
EXPERIENCE
service
design
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
design
centrado no
ser humano
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
design
centrado no
usuário
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
É o processo de design em que as
necessidades, desejos e limitações
do ser humano são levados em conta
durante todas as fases de concepção e
desenvolvimento de um projeto.
DESIGN centrado
no usuário
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
É focado na criação de produtos, serviços
e sistemas fáceis de usar e se baseia
especialmente em pesquisa, prototipação,
teste com usuários, nos princípios
de design de interação e usabilidade.
DESIGN centrado
no usuário
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
Empresas orientadas pelo
design possuem a inovação
em seu DNA e geram
melhores resultados em
seus segmentos. 
DESIGN centrado
no usuário
Fonte:
https://hbr.org/2014/04/design-can-drive-exceptional-returns-for-shareholders
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
serviçonegócio interaçÃO
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
serviço
designdedesignde designde
negócio interação
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
uxdesignde
interação
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
israellessak
Para se conectar
ENVOLVA-SEEM
nossaCOMUNIDADE:)
globalconference
SOUTHAMERICACONFERENCE
talksedrinkslocais
i x d a . o r g
f b . c o m / I x D A C u r i t i b a
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
israellessak
metodologiadeprojeto
Googleit!
T h e R e v a m p e d
D o u b l e D i a m o n d V. 2
l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
israellessak
kyvo.com.br
kyvo innovation kyvoinnovation kyvoinnovation kyvoinnovation

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Design Thinking - Aula 02
Design Thinking - Aula 02Design Thinking - Aula 02
Design Thinking - Aula 02Israel Lessak
 
Design Thinking - Aula 01
Design Thinking - Aula 01Design Thinking - Aula 01
Design Thinking - Aula 01Israel Lessak
 
Fundamentos do Design Thinking
Fundamentos do Design ThinkingFundamentos do Design Thinking
Fundamentos do Design ThinkingIgor Drudi
 
O que é Design de Serviços?
O que é Design de Serviços?O que é Design de Serviços?
O que é Design de Serviços?Victor Gonçalves
 
O Design está aqui
O Design está aquiO Design está aqui
O Design está aquiguest649cf9
 
6º Encontro do Ux Book Club Sao Paulo
6º Encontro do Ux Book Club Sao Paulo 6º Encontro do Ux Book Club Sao Paulo
6º Encontro do Ux Book Club Sao Paulo uxbookclubsp
 
Experience Design TDC Porto Alegre 2015
Experience Design TDC Porto Alegre 2015Experience Design TDC Porto Alegre 2015
Experience Design TDC Porto Alegre 2015Igor Drudi
 
Designer: ser ou não ser
Designer: ser ou não serDesigner: ser ou não ser
Designer: ser ou não serJonathan Prieto
 
Metodologia de Projeto - Design Conceitos - 1.0.BAI430
Metodologia de Projeto - Design Conceitos - 1.0.BAI430Metodologia de Projeto - Design Conceitos - 1.0.BAI430
Metodologia de Projeto - Design Conceitos - 1.0.BAI430Valdir Soares
 
Arte, design, artesanato e Aloisio Magalhães
Arte, design, artesanato e Aloisio MagalhãesArte, design, artesanato e Aloisio Magalhães
Arte, design, artesanato e Aloisio Magalhães+ Aloisio Magalhães
 
Hivelab Campfire -- empreendendo com design thinking
Hivelab  Campfire -- empreendendo com design thinkingHivelab  Campfire -- empreendendo com design thinking
Hivelab Campfire -- empreendendo com design thinkingIgor Drudi
 
Design de Interação parte II
Design de Interação parte IIDesign de Interação parte II
Design de Interação parte IIKarine Drumond
 
Projeto de Aplicativo para iPad: Boticário Maquiagem
Projeto de Aplicativo para iPad: Boticário MaquiagemProjeto de Aplicativo para iPad: Boticário Maquiagem
Projeto de Aplicativo para iPad: Boticário MaquiagemKarla Cruz
 

Mais procurados (20)

Design Thinking - Aula 02
Design Thinking - Aula 02Design Thinking - Aula 02
Design Thinking - Aula 02
 
Design Thinking - Aula 01
Design Thinking - Aula 01Design Thinking - Aula 01
Design Thinking - Aula 01
 
Fundamentos do Design Thinking
Fundamentos do Design ThinkingFundamentos do Design Thinking
Fundamentos do Design Thinking
 
O que é Design de Serviços?
O que é Design de Serviços?O que é Design de Serviços?
O que é Design de Serviços?
 
O Design está aqui
O Design está aquiO Design está aqui
O Design está aqui
 
6º Encontro do Ux Book Club Sao Paulo
6º Encontro do Ux Book Club Sao Paulo 6º Encontro do Ux Book Club Sao Paulo
6º Encontro do Ux Book Club Sao Paulo
 
Experience Design TDC Porto Alegre 2015
Experience Design TDC Porto Alegre 2015Experience Design TDC Porto Alegre 2015
Experience Design TDC Porto Alegre 2015
 
Designer: ser ou não ser
Designer: ser ou não serDesigner: ser ou não ser
Designer: ser ou não ser
 
Metodologia de Projeto - Design Conceitos - 1.0.BAI430
Metodologia de Projeto - Design Conceitos - 1.0.BAI430Metodologia de Projeto - Design Conceitos - 1.0.BAI430
Metodologia de Projeto - Design Conceitos - 1.0.BAI430
 
Arte, design, artesanato e Aloisio Magalhães
Arte, design, artesanato e Aloisio MagalhãesArte, design, artesanato e Aloisio Magalhães
Arte, design, artesanato e Aloisio Magalhães
 
Hivelab Campfire -- empreendendo com design thinking
Hivelab  Campfire -- empreendendo com design thinkingHivelab  Campfire -- empreendendo com design thinking
Hivelab Campfire -- empreendendo com design thinking
 
Design de Serviços - Midiaweb Inteligência Interativa
Design de Serviços - Midiaweb Inteligência InterativaDesign de Serviços - Midiaweb Inteligência Interativa
Design de Serviços - Midiaweb Inteligência Interativa
 
Projeto Gráfico | Pictogramas
Projeto Gráfico | PictogramasProjeto Gráfico | Pictogramas
Projeto Gráfico | Pictogramas
 
Projeto Gráfico 1 aula 02
Projeto Gráfico 1 aula 02Projeto Gráfico 1 aula 02
Projeto Gráfico 1 aula 02
 
Design de Interação parte II
Design de Interação parte IIDesign de Interação parte II
Design de Interação parte II
 
Pos editorial infografia_2016
Pos editorial infografia_2016Pos editorial infografia_2016
Pos editorial infografia_2016
 
Design de serviços
Design de serviçosDesign de serviços
Design de serviços
 
Projeto de Aplicativo para iPad: Boticário Maquiagem
Projeto de Aplicativo para iPad: Boticário MaquiagemProjeto de Aplicativo para iPad: Boticário Maquiagem
Projeto de Aplicativo para iPad: Boticário Maquiagem
 
O que é o design
O que é o designO que é o design
O que é o design
 
Projeto Grafico V | Aula 01
Projeto Grafico V | Aula 01Projeto Grafico V | Aula 01
Projeto Grafico V | Aula 01
 

Semelhante a Design centrado no usuário e experiência do cliente

TDC2016SP - Trilha Análise de Negócios
TDC2016SP - Trilha Análise de NegóciosTDC2016SP - Trilha Análise de Negócios
TDC2016SP - Trilha Análise de Negóciostdc-globalcode
 
Desenvolvendo o design na organização - Service Design Network Chapter Brazil
Desenvolvendo o design na organização - Service Design Network Chapter BrazilDesenvolvendo o design na organização - Service Design Network Chapter Brazil
Desenvolvendo o design na organização - Service Design Network Chapter BrazilNatali Garcia
 
Design Thinking: transformando a forma de pensar e resolver problemas
Design Thinking: transformando a forma de pensar e resolver problemasDesign Thinking: transformando a forma de pensar e resolver problemas
Design Thinking: transformando a forma de pensar e resolver problemasRenata Tonezi
 
Startups + UX = ♥
Startups + UX = ♥Startups + UX = ♥
Startups + UX = ♥Neue Labs
 
TDC2018SP | Trilha UX Design - Design Operations (DesOps) - mapear o trabalho...
TDC2018SP | Trilha UX Design - Design Operations (DesOps) - mapear o trabalho...TDC2018SP | Trilha UX Design - Design Operations (DesOps) - mapear o trabalho...
TDC2018SP | Trilha UX Design - Design Operations (DesOps) - mapear o trabalho...tdc-globalcode
 
Inovação em Modelos de Negócios
Inovação em Modelos de NegóciosInovação em Modelos de Negócios
Inovação em Modelos de NegóciosFabio Calzavara
 
Por que você precisaber o que é Design de Serviços?
Por que você precisaber o que é Design de Serviços?Por que você precisaber o que é Design de Serviços?
Por que você precisaber o que é Design de Serviços?.add
 
Design Thinking na Indústria
Design Thinking na IndústriaDesign Thinking na Indústria
Design Thinking na IndústriaDenise Eler
 
Design thinkingaplicado a competitividade
Design thinkingaplicado a competitividadeDesign thinkingaplicado a competitividade
Design thinkingaplicado a competitividadeWagner Lucio
 
Envolvendo usuários finais na concepção de produtos acessíveis
Envolvendo usuários finais na concepção de produtos acessíveisEnvolvendo usuários finais na concepção de produtos acessíveis
Envolvendo usuários finais na concepção de produtos acessíveisPaulo Melo
 
Como construir mais e melhores conexões
Como construir mais e melhores conexõesComo construir mais e melhores conexões
Como construir mais e melhores conexõesmabuse h.d.
 
Como construir mais e melhores conexões
Como construir mais e melhores conexõesComo construir mais e melhores conexões
Como construir mais e melhores conexõesCESAR
 
Design Thinking e Inovação Sustentável
Design Thinking e Inovação SustentávelDesign Thinking e Inovação Sustentável
Design Thinking e Inovação SustentávelDenise Eler
 
Design Sprint - Método Google para Inovação - by Erica Marques
Design Sprint - Método Google para Inovação - by Erica MarquesDesign Sprint - Método Google para Inovação - by Erica Marques
Design Sprint - Método Google para Inovação - by Erica MarquesErica Marques
 
Como transformar suas ideias em PROJETOS
Como transformar suas ideias em PROJETOSComo transformar suas ideias em PROJETOS
Como transformar suas ideias em PROJETOSDaniel de Carvalho Luz
 
Criando empresas que as pessoas adoram: O papel da UX em uma startup
Criando empresas que as pessoas adoram: O papel da UX em uma startupCriando empresas que as pessoas adoram: O papel da UX em uma startup
Criando empresas que as pessoas adoram: O papel da UX em uma startupNeue Labs
 
10 Fatos que você precisa saber sobre Design de Serviços
10 Fatos que você precisa saber sobre Design de Serviços10 Fatos que você precisa saber sobre Design de Serviços
10 Fatos que você precisa saber sobre Design de Serviços.add
 
10 coisas que você precisa saber sobre Service Design
10 coisas que você precisa saber sobre Service Design10 coisas que você precisa saber sobre Service Design
10 coisas que você precisa saber sobre Service DesignVictor Gonçalves
 
Apresentação Hitsy - D&E
Apresentação Hitsy - D&EApresentação Hitsy - D&E
Apresentação Hitsy - D&EMarcela Abbade
 

Semelhante a Design centrado no usuário e experiência do cliente (20)

TDC2016SP - Trilha Análise de Negócios
TDC2016SP - Trilha Análise de NegóciosTDC2016SP - Trilha Análise de Negócios
TDC2016SP - Trilha Análise de Negócios
 
Desenvolvendo o design na organização - Service Design Network Chapter Brazil
Desenvolvendo o design na organização - Service Design Network Chapter BrazilDesenvolvendo o design na organização - Service Design Network Chapter Brazil
Desenvolvendo o design na organização - Service Design Network Chapter Brazil
 
Design Thinking: transformando a forma de pensar e resolver problemas
Design Thinking: transformando a forma de pensar e resolver problemasDesign Thinking: transformando a forma de pensar e resolver problemas
Design Thinking: transformando a forma de pensar e resolver problemas
 
Startups + UX = ♥
Startups + UX = ♥Startups + UX = ♥
Startups + UX = ♥
 
TDC2018SP | Trilha UX Design - Design Operations (DesOps) - mapear o trabalho...
TDC2018SP | Trilha UX Design - Design Operations (DesOps) - mapear o trabalho...TDC2018SP | Trilha UX Design - Design Operations (DesOps) - mapear o trabalho...
TDC2018SP | Trilha UX Design - Design Operations (DesOps) - mapear o trabalho...
 
Inovação em Modelos de Negócios
Inovação em Modelos de NegóciosInovação em Modelos de Negócios
Inovação em Modelos de Negócios
 
Por que você precisaber o que é Design de Serviços?
Por que você precisaber o que é Design de Serviços?Por que você precisaber o que é Design de Serviços?
Por que você precisaber o que é Design de Serviços?
 
Design Thinking na Indústria
Design Thinking na IndústriaDesign Thinking na Indústria
Design Thinking na Indústria
 
Design thinkingaplicado a competitividade
Design thinkingaplicado a competitividadeDesign thinkingaplicado a competitividade
Design thinkingaplicado a competitividade
 
Envolvendo usuários finais na concepção de produtos acessíveis
Envolvendo usuários finais na concepção de produtos acessíveisEnvolvendo usuários finais na concepção de produtos acessíveis
Envolvendo usuários finais na concepção de produtos acessíveis
 
Como construir mais e melhores conexões
Como construir mais e melhores conexõesComo construir mais e melhores conexões
Como construir mais e melhores conexões
 
Como construir mais e melhores conexões
Como construir mais e melhores conexõesComo construir mais e melhores conexões
Como construir mais e melhores conexões
 
Design Thinking e Inovação Sustentável
Design Thinking e Inovação SustentávelDesign Thinking e Inovação Sustentável
Design Thinking e Inovação Sustentável
 
Design Sprint - Método Google para Inovação - by Erica Marques
Design Sprint - Método Google para Inovação - by Erica MarquesDesign Sprint - Método Google para Inovação - by Erica Marques
Design Sprint - Método Google para Inovação - by Erica Marques
 
Como transformar suas ideias em PROJETOS
Como transformar suas ideias em PROJETOSComo transformar suas ideias em PROJETOS
Como transformar suas ideias em PROJETOS
 
Criando empresas que as pessoas adoram: O papel da UX em uma startup
Criando empresas que as pessoas adoram: O papel da UX em uma startupCriando empresas que as pessoas adoram: O papel da UX em uma startup
Criando empresas que as pessoas adoram: O papel da UX em uma startup
 
10 Fatos que você precisa saber sobre Design de Serviços
10 Fatos que você precisa saber sobre Design de Serviços10 Fatos que você precisa saber sobre Design de Serviços
10 Fatos que você precisa saber sobre Design de Serviços
 
10 coisas que você precisa saber sobre Service Design
10 coisas que você precisa saber sobre Service Design10 coisas que você precisa saber sobre Service Design
10 coisas que você precisa saber sobre Service Design
 
web design
web designweb design
web design
 
Apresentação Hitsy - D&E
Apresentação Hitsy - D&EApresentação Hitsy - D&E
Apresentação Hitsy - D&E
 

Mais de Israel Lessak

Design Thinking, Conferência Criativa ETERNO
Design Thinking, Conferência Criativa ETERNODesign Thinking, Conferência Criativa ETERNO
Design Thinking, Conferência Criativa ETERNOIsrael Lessak
 
Service Jam Curitiba 2016
Service Jam Curitiba 2016Service Jam Curitiba 2016
Service Jam Curitiba 2016Israel Lessak
 
Service Design Experience: Charneira
Service Design Experience: CharneiraService Design Experience: Charneira
Service Design Experience: CharneiraIsrael Lessak
 
Design Thinking - Workshop
Design Thinking - WorkshopDesign Thinking - Workshop
Design Thinking - WorkshopIsrael Lessak
 
Creative Jam Experience #CPBR8
Creative Jam Experience #CPBR8Creative Jam Experience #CPBR8
Creative Jam Experience #CPBR8Israel Lessak
 
Tendências e Experiências Digitais
Tendências e Experiências DigitaisTendências e Experiências Digitais
Tendências e Experiências DigitaisIsrael Lessak
 
Experiências Criativas: lições de vida que aprendi em uma equipe de comunicação
Experiências Criativas: lições de vida que aprendi em uma equipe de comunicaçãoExperiências Criativas: lições de vida que aprendi em uma equipe de comunicação
Experiências Criativas: lições de vida que aprendi em uma equipe de comunicaçãoIsrael Lessak
 
Nós criamos o futuro #wedesignfuture
Nós criamos o futuro #wedesignfutureNós criamos o futuro #wedesignfuture
Nós criamos o futuro #wedesignfutureIsrael Lessak
 
Incomun: co-criação em uma plataforma de comunicação para organizações sem fi...
Incomun: co-criação em uma plataforma de comunicação para organizações sem fi...Incomun: co-criação em uma plataforma de comunicação para organizações sem fi...
Incomun: co-criação em uma plataforma de comunicação para organizações sem fi...Israel Lessak
 
#rede: o poder social da comunicação (parte2)
#rede: o poder social da comunicação (parte2)#rede: o poder social da comunicação (parte2)
#rede: o poder social da comunicação (parte2)Israel Lessak
 
#rede: o poder social da comunicação (parte1)
#rede: o poder social da comunicação (parte1)#rede: o poder social da comunicação (parte1)
#rede: o poder social da comunicação (parte1)Israel Lessak
 

Mais de Israel Lessak (12)

Design Thinking, Conferência Criativa ETERNO
Design Thinking, Conferência Criativa ETERNODesign Thinking, Conferência Criativa ETERNO
Design Thinking, Conferência Criativa ETERNO
 
Service Jam Curitiba 2016
Service Jam Curitiba 2016Service Jam Curitiba 2016
Service Jam Curitiba 2016
 
Service Design Experience: Charneira
Service Design Experience: CharneiraService Design Experience: Charneira
Service Design Experience: Charneira
 
Design Thinking - Workshop
Design Thinking - WorkshopDesign Thinking - Workshop
Design Thinking - Workshop
 
Creative Jam Experience #CPBR8
Creative Jam Experience #CPBR8Creative Jam Experience #CPBR8
Creative Jam Experience #CPBR8
 
Tendências e Experiências Digitais
Tendências e Experiências DigitaisTendências e Experiências Digitais
Tendências e Experiências Digitais
 
Experiências Criativas: lições de vida que aprendi em uma equipe de comunicação
Experiências Criativas: lições de vida que aprendi em uma equipe de comunicaçãoExperiências Criativas: lições de vida que aprendi em uma equipe de comunicação
Experiências Criativas: lições de vida que aprendi em uma equipe de comunicação
 
Nós criamos o futuro #wedesignfuture
Nós criamos o futuro #wedesignfutureNós criamos o futuro #wedesignfuture
Nós criamos o futuro #wedesignfuture
 
O Herói Criativo
O Herói CriativoO Herói Criativo
O Herói Criativo
 
Incomun: co-criação em uma plataforma de comunicação para organizações sem fi...
Incomun: co-criação em uma plataforma de comunicação para organizações sem fi...Incomun: co-criação em uma plataforma de comunicação para organizações sem fi...
Incomun: co-criação em uma plataforma de comunicação para organizações sem fi...
 
#rede: o poder social da comunicação (parte2)
#rede: o poder social da comunicação (parte2)#rede: o poder social da comunicação (parte2)
#rede: o poder social da comunicação (parte2)
 
#rede: o poder social da comunicação (parte1)
#rede: o poder social da comunicação (parte1)#rede: o poder social da comunicação (parte1)
#rede: o poder social da comunicação (parte1)
 

Design centrado no usuário e experiência do cliente

  • 1. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r sobre uxe tudo o mais aula 1 mídias digitais universidade positivo
  • 2. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r ISRAEL LESSAK
  • 3. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
  • 4. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
  • 5. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r inovação tá na moda
  • 6. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r inovação é contextual.
  • 7. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r inovação é relativa.
  • 8. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r inovação é intangível.
  • 9. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r inovação é perecível.
  • 10. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r inovação é experiencial.
  • 11. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r EXPERIÊNCIAdousuário?
  • 12. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r EXPERIÊNCIADOUSUÁRIO?
  • 13. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r EXPERIÊNCIADOUSUÁRIO.
  • 14. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
  • 15. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
  • 16. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
  • 17. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
  • 18. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
  • 19. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
  • 20. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r o mito do design de experiências (
  • 21. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r DESIGN?
  • 22. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r DESIGN?
  • 23. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r DESIGN?
  • 24. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r DESIGN?
  • 25. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r DESIGN?
  • 26. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r DESIGN?
  • 27. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r DESIGN?
  • 28. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r DESIGN?
  • 29. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r DESIGN?
  • 30. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r DESIGN?
  • 31. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r DESIGN?
  • 32. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r dolatim . designare: designar, configurar, encontrar meios para, formar, projetar, dar propósito, gerar um signo, sinal, marca, identificar. MARTINS, Luiz G.F. A etimologia da palavra desenho (e design) na sua língua de origem e em quatro dos seus provincianismos: desenho como forma de pensamento de conhecimento. In: XXX CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, São Paulo. 2007. DESIGN
  • 33. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r DESIGN artefatos
  • 34. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r DESIGN artefatos
  • 35. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r DESIGN construção social
  • 36. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r problemascomplexos
  • 37. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r como resolver problemas complexos?
  • 38. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r design Damien Newman, Central Office of Design research concept design
  • 39. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r <><>discover define develop deliver “Double Diamond”, Design Council UK design
  • 40. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r projetamos soluções por meio de ideação em um ambiente cocriativo de experimentação mergulhamos no problema do nosso cliente com uma pesquisa de imersão entregamos aquilo que é importante para nosso cliente e relevante para o usuário
  • 41. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r imersão indexação insight pesquisa em campo com abordagem etnográfica pesquisadores revisitam os registros de campo, discutem e reordenam percepções pesquisadores apresentam os dados observados e os insights da pesquisa
  • 42. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r iteração esse processo é realizado de forma cíclica e contínua enquanto durar a fase aprendizado os insights iniciais geram conhecimento que se refletem em uma nova iteração experimentação por meio da construção de modelos, testamos caminhos e possibilidades
  • 43. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r delimitação execução apresentação a partir dos aprendizados da fase de experimentação, definimos aquilo que será executado os consultores se aplicam na construção do que foi definido ao final, a Kyvo apresenta os resultados do trabalho
  • 44. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r design thinking abordagem,mindset, visãodemundo. éodesigncomo
  • 45. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r OPERACIONAL TÁTICO D E S I G N T H I N K I N G ESTRATÉGICO DESIGN thinking naadministração denegócios
  • 46. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r DESIGN thinking nacomunicação D E S I G N T H I N K I N G EMISSOR CANAL FEEDBACK CODIFICAÇÃO REPERTÓRIO REPERTÓRIO DECODIFICAÇÃO RECEPTOR
  • 47. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r D E S I G N T H I N K I N G DESEJÁVEL ÀS PESSOAS RENTÁVEL AO NEGÓCIO TECNICAMENTE POSSÍVEL DESIGN thinking nacriaçãode novosnegócios
  • 48. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r como fazer design para boas experiências?
  • 49. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
  • 50. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r a economia da experiência
  • 51. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r pensar em serviços é lidar com a complexidade.
  • 52. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r o mito do design de experiências (
  • 53. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r não podemos projetar experiências, mas podemos projetar serviços.
  • 54. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r Fredric Bastiat, 1848 “a grande lei da economia é que serviços são trocados por serviços... é trivial, um lugar comum… o começo, o meio e o fim da ciência econômica.”
  • 55. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r serviço
  • 56. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r serviço interaçÕes
  • 57. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r serviçonegócio interaçÕes
  • 58. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r
  • 59. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r USER EXPERIENCE
  • 60. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r CUSTOMER EXPERIENCE
  • 61. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r CUSTOMER EXPERIENCE USER EXPERIENCE service design
  • 62. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r design centrado no ser humano
  • 63. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r design centrado no usuário
  • 64. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r É o processo de design em que as necessidades, desejos e limitações do ser humano são levados em conta durante todas as fases de concepção e desenvolvimento de um projeto. DESIGN centrado no usuário
  • 65. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r É focado na criação de produtos, serviços e sistemas fáceis de usar e se baseia especialmente em pesquisa, prototipação, teste com usuários, nos princípios de design de interação e usabilidade. DESIGN centrado no usuário
  • 66. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r Empresas orientadas pelo design possuem a inovação em seu DNA e geram melhores resultados em seus segmentos.  DESIGN centrado no usuário Fonte: https://hbr.org/2014/04/design-can-drive-exceptional-returns-for-shareholders
  • 67. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r serviçonegócio interaçÃO
  • 68. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r serviço designdedesignde designde negócio interação
  • 69. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r uxdesignde interação
  • 70. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r israellessak Para se conectar ENVOLVA-SEEM nossaCOMUNIDADE:) globalconference SOUTHAMERICACONFERENCE talksedrinkslocais i x d a . o r g f b . c o m / I x D A C u r i t i b a
  • 71. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r israellessak metodologiadeprojeto Googleit! T h e R e v a m p e d D o u b l e D i a m o n d V. 2
  • 72. l e s s a k @ k y v o . c o m . b r israellessak kyvo.com.br kyvo innovation kyvoinnovation kyvoinnovation kyvoinnovation