SlideShare uma empresa Scribd logo

Como fazer um powerpoint (1)

I
I

Trabalhos de apresentação com PowerPoint

Como fazer um powerpoint (1)

1 de 15
Baixar para ler offline
Biblioteca da Escola Básica Egas Moniz
Ano Letivo 2015/2016
Regras na Elaboração da Apresentação
Aspetos a considerar:
 Texto;
 Animação;
 Objeto;
 Objeto Imagem;
 Recomendações;
 Recomendações – Orador;
 Esquema da Apresentação;
 Ajuda;
 Bibliografia.
Apresentação - Texto
O tamanho do texto deve ser grande:
 O corpo dos textos superior a 24;
 Os títulos entre 40 e 44.
 Tipos de letra aconselhados:
 Arial;
 Verdana;
 Calibri.
 Um tipo de letra e poucos estilos.
Exemplo Incorreto
 Dia Internacional da Felicidade comemora-se este ano pela primeira vez
 Porque “a busca da felicidade é um dos objetivos fundamentais do ser humano” e porque precisamos de “uma abordagem
mais inclusiva e equilibrada ao crescimento económico que promova o desenvolvimento sustentável e o bem-estar”, a
assembleia-geral da ONU decidiu em Junho de 2012, proclamar o dia 20 de Março como o Dia Internacional da felicidade,
através de Resolução aprovada por consenso.
 A ideia foi lançada pelo Butão, que ao invés de adotar como estatística oficial o Produto Interno Bruto (PIB), analisa a “
Felicidade Nacional Bruta” desde 1972, que consiste em analisar não apenas o crescimento económico, os aspetos
psicológicos, culturais, ambientais e espirituais. O Secretário-Geral e os outros membros das Nações Unidas gostaram da
ideia e concordaram que para sermos felizes precisamos de um ambiente saudável, de sermos tratados de maneira igual pela
sociedade em que estamos inseridos, de educação e de condições mínimas, pelo menos, de sobrevivência, entre outras
coisas. A ideia foi lançada pelo Butão, que ao invés de adotar como estatística oficial o Produto Interno Bruto (PIB), analisa a “
Felicidade Nacional Bruta” desde 1972, que consiste em analisar não apenas o crescimento económico, os aspetos
psicológicos, culturais, ambientais e espirituais. O Secretário-Geral e os outros membros das Nações Unidas gostaram da
ideia e concordaram que para sermos felizes precisamos de um ambiente saudável, de sermos tratados de maneira igual pela
sociedade em que estamos inseridos, de educação e de condições mínimas, pelo menos, de sobrevivência, entre outras
coisas.
 Assim, durante a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável – Rio +20, foi acordado que seria
adotada uma abordagem equilibrada, integração de três pilares: Crescimento económico, desenvolvimento social e proteção
ambiental.
 Ban Ki-moon na sua mensagem para o primeiro Dia Internacional da Felicidade reforça o seu compromisso com o
desenvolvimento humano inclusivo e sustentável e renova o compromisso em ajudar os outros. Ele afirma que “quando
contribuímos para o bem comum, enriquecemo-nos a nós próprios. A compaixão promove a felicidade e ajudará a construir o
futuro que queremos”.
Apresentação - Texto
 Não devem utilizar-se muitas MAIÚSCULAS, pois o seu
USO EXCESSIVO DIFICULTA A LEITURA.
 Devemos colocar:
 8 linhas por diapositivo;
 8 palavras por linha;
 2 ideias no máximo.
 Os parágrafos devem estar formatados;
 Poucas cores.
Contrastes de Boa Leitura
Anúncio

Recomendados

Politica combate ao desemprego modulo 5- economia
Politica combate ao desemprego  modulo 5-  economiaPolitica combate ao desemprego  modulo 5-  economia
Politica combate ao desemprego modulo 5- economiaDaniela Costa
 
Como fazer um trabalho?
Como fazer um trabalho?Como fazer um trabalho?
Como fazer um trabalho?ildamaria
 
Como fazer um powerpoint (1)
Como fazer um powerpoint (1)Como fazer um powerpoint (1)
Como fazer um powerpoint (1)ildamaria
 
03 dimensões da gestão escolar
03 dimensões da gestão escolar03 dimensões da gestão escolar
03 dimensões da gestão escolarJoao Balbi
 
SLIDE DE TEORIAS ADMINISTRATIVAS E GESTÃO ESCOLAR
SLIDE DE TEORIAS ADMINISTRATIVAS E GESTÃO ESCOLARSLIDE DE TEORIAS ADMINISTRATIVAS E GESTÃO ESCOLAR
SLIDE DE TEORIAS ADMINISTRATIVAS E GESTÃO ESCOLARProfRibamar Campos
 
Mensagem de ano novo do coach souzaneto da comece a viver! para países de lín...
Mensagem de ano novo do coach souzaneto da comece a viver! para países de lín...Mensagem de ano novo do coach souzaneto da comece a viver! para países de lín...
Mensagem de ano novo do coach souzaneto da comece a viver! para países de lín...Souza Neto
 
Newsletter 26 de Junho
Newsletter 26 de JunhoNewsletter 26 de Junho
Newsletter 26 de Junhoaiesecbhmkt
 
3 - CD - 3 DOMINIOS_VÍDEOS.pptx
3 - CD - 3 DOMINIOS_VÍDEOS.pptx3 - CD - 3 DOMINIOS_VÍDEOS.pptx
3 - CD - 3 DOMINIOS_VÍDEOS.pptxPaulo Cacela
 

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Como fazer um powerpoint (1)

Jornal da Educare - Novembro 2013
Jornal da Educare - Novembro 2013Jornal da Educare - Novembro 2013
Jornal da Educare - Novembro 2013adlmendes
 
Diferença entre crescimento e desenvolvimento
Diferença entre crescimento e desenvolvimentoDiferença entre crescimento e desenvolvimento
Diferença entre crescimento e desenvolvimentoturam11tv
 
UWU Solutions - 6 sugestões de leitura para as suas férias
UWU Solutions - 6 sugestões de leitura para as suas fériasUWU Solutions - 6 sugestões de leitura para as suas férias
UWU Solutions - 6 sugestões de leitura para as suas fériasUWU Solutions, Lda.
 
Volkswagen auto europa organização positiva
Volkswagen auto europa organização positivaVolkswagen auto europa organização positiva
Volkswagen auto europa organização positivaAlfredo Leite
 
Informações sobre o Mundo Brilhante
Informações sobre o Mundo BrilhanteInformações sobre o Mundo Brilhante
Informações sobre o Mundo BrilhanteAlfredo Leite
 
Acolhimento 8 ano prof silmara e hadan
Acolhimento 8 ano   prof silmara e hadanAcolhimento 8 ano   prof silmara e hadan
Acolhimento 8 ano prof silmara e hadanHádan Lucas
 
Booklet iGCDP @SL | Q2-Q3 de 2015
Booklet iGCDP @SL | Q2-Q3 de 2015Booklet iGCDP @SL | Q2-Q3 de 2015
Booklet iGCDP @SL | Q2-Q3 de 2015Hermano Reis
 
Desafios do Profissional de Comunicação Visual
Desafios do Profissional de Comunicação VisualDesafios do Profissional de Comunicação Visual
Desafios do Profissional de Comunicação VisualAlessandro Dias
 
Educacao financeira - 100 dicas
Educacao financeira - 100 dicasEducacao financeira - 100 dicas
Educacao financeira - 100 dicasGrupo Shield
 

Semelhante a Como fazer um powerpoint (1) (12)

Jornal da Educare - Novembro 2013
Jornal da Educare - Novembro 2013Jornal da Educare - Novembro 2013
Jornal da Educare - Novembro 2013
 
Diferença entre crescimento e desenvolvimento
Diferença entre crescimento e desenvolvimentoDiferença entre crescimento e desenvolvimento
Diferença entre crescimento e desenvolvimento
 
UWU Solutions - 6 sugestões de leitura para as suas férias
UWU Solutions - 6 sugestões de leitura para as suas fériasUWU Solutions - 6 sugestões de leitura para as suas férias
UWU Solutions - 6 sugestões de leitura para as suas férias
 
Educação Financeira com Sustentabilidade
Educação Financeira com SustentabilidadeEducação Financeira com Sustentabilidade
Educação Financeira com Sustentabilidade
 
Whats Up #11
Whats Up #11Whats Up #11
Whats Up #11
 
Educação Financeira se aprende na Escola?
Educação Financeira se aprende na Escola?Educação Financeira se aprende na Escola?
Educação Financeira se aprende na Escola?
 
Volkswagen auto europa organização positiva
Volkswagen auto europa organização positivaVolkswagen auto europa organização positiva
Volkswagen auto europa organização positiva
 
Informações sobre o Mundo Brilhante
Informações sobre o Mundo BrilhanteInformações sobre o Mundo Brilhante
Informações sobre o Mundo Brilhante
 
Acolhimento 8 ano prof silmara e hadan
Acolhimento 8 ano   prof silmara e hadanAcolhimento 8 ano   prof silmara e hadan
Acolhimento 8 ano prof silmara e hadan
 
Booklet iGCDP @SL | Q2-Q3 de 2015
Booklet iGCDP @SL | Q2-Q3 de 2015Booklet iGCDP @SL | Q2-Q3 de 2015
Booklet iGCDP @SL | Q2-Q3 de 2015
 
Desafios do Profissional de Comunicação Visual
Desafios do Profissional de Comunicação VisualDesafios do Profissional de Comunicação Visual
Desafios do Profissional de Comunicação Visual
 
Educacao financeira - 100 dicas
Educacao financeira - 100 dicasEducacao financeira - 100 dicas
Educacao financeira - 100 dicas
 

Mais de ildamaria

Ficha 2 revisoes 7
Ficha 2 revisoes 7Ficha 2 revisoes 7
Ficha 2 revisoes 7ildamaria
 
Um dia na tua vida com a matemática 8º C
Um dia na tua vida com a matemática 8º CUm dia na tua vida com a matemática 8º C
Um dia na tua vida com a matemática 8º Cildamaria
 
Um dia na tua vida com a matemática e a Metáfora / Poesia_8º B
Um dia na tua vida com a matemática e a Metáfora / Poesia_8º BUm dia na tua vida com a matemática e a Metáfora / Poesia_8º B
Um dia na tua vida com a matemática e a Metáfora / Poesia_8º Bildamaria
 
Guia elaborar relatorio
Guia elaborar relatorioGuia elaborar relatorio
Guia elaborar relatorioildamaria
 
Regulamento sementinha mágica - Concurso
Regulamento sementinha mágica - ConcursoRegulamento sementinha mágica - Concurso
Regulamento sementinha mágica - Concursoildamaria
 
Guião para elaborar relatório
Guião para elaborar relatórioGuião para elaborar relatório
Guião para elaborar relatórioildamaria
 
1º teste de avaliação, 9ºa,b,corrigido
1º teste de avaliação, 9ºa,b,corrigido1º teste de avaliação, 9ºa,b,corrigido
1º teste de avaliação, 9ºa,b,corrigidoildamaria
 
Mês das bibliotecas escolas bibliopaper
Mês das bibliotecas escolas bibliopaperMês das bibliotecas escolas bibliopaper
Mês das bibliotecas escolas bibliopaperildamaria
 
Ficha de gramática 2ª junho 2014 7º ano
Ficha de gramática 2ª junho 2014 7º anoFicha de gramática 2ª junho 2014 7º ano
Ficha de gramática 2ª junho 2014 7º anoildamaria
 
Obras lidas
Obras lidas Obras lidas
Obras lidas ildamaria
 
Teste 7º ano fevereiro 2014 FRANCES
Teste 7º ano fevereiro 2014 FRANCESTeste 7º ano fevereiro 2014 FRANCES
Teste 7º ano fevereiro 2014 FRANCESildamaria
 
Ficha de trabalho março 2014 alt
Ficha de trabalho março 2014 altFicha de trabalho março 2014 alt
Ficha de trabalho março 2014 altildamaria
 
Dia de S. Valentim 2014
Dia de S. Valentim 2014Dia de S. Valentim 2014
Dia de S. Valentim 2014ildamaria
 
Ficha de revisoes 7º ano fevereiro 2014
Ficha de revisoes 7º ano fevereiro 2014Ficha de revisoes 7º ano fevereiro 2014
Ficha de revisoes 7º ano fevereiro 2014ildamaria
 
LA GASTRONOMIE FRANÇAISE
LA GASTRONOMIE FRANÇAISELA GASTRONOMIE FRANÇAISE
LA GASTRONOMIE FRANÇAISEildamaria
 
FêTes Et Traditions Francaises Joao Carlos
FêTes Et Traditions Francaises Joao CarlosFêTes Et Traditions Francaises Joao Carlos
FêTes Et Traditions Francaises Joao Carlosildamaria
 
L'hymne français
L'hymne françaisL'hymne français
L'hymne françaisildamaria
 
Fêtes et Traditions françaises - travail de João Carlos Pinto
Fêtes et Traditions françaises - travail de João Carlos PintoFêtes et Traditions françaises - travail de João Carlos Pinto
Fêtes et Traditions françaises - travail de João Carlos Pintoildamaria
 
LA GASTRONOMIE FRANÇAISE
LA GASTRONOMIE FRANÇAISELA GASTRONOMIE FRANÇAISE
LA GASTRONOMIE FRANÇAISEildamaria
 

Mais de ildamaria (19)

Ficha 2 revisoes 7
Ficha 2 revisoes 7Ficha 2 revisoes 7
Ficha 2 revisoes 7
 
Um dia na tua vida com a matemática 8º C
Um dia na tua vida com a matemática 8º CUm dia na tua vida com a matemática 8º C
Um dia na tua vida com a matemática 8º C
 
Um dia na tua vida com a matemática e a Metáfora / Poesia_8º B
Um dia na tua vida com a matemática e a Metáfora / Poesia_8º BUm dia na tua vida com a matemática e a Metáfora / Poesia_8º B
Um dia na tua vida com a matemática e a Metáfora / Poesia_8º B
 
Guia elaborar relatorio
Guia elaborar relatorioGuia elaborar relatorio
Guia elaborar relatorio
 
Regulamento sementinha mágica - Concurso
Regulamento sementinha mágica - ConcursoRegulamento sementinha mágica - Concurso
Regulamento sementinha mágica - Concurso
 
Guião para elaborar relatório
Guião para elaborar relatórioGuião para elaborar relatório
Guião para elaborar relatório
 
1º teste de avaliação, 9ºa,b,corrigido
1º teste de avaliação, 9ºa,b,corrigido1º teste de avaliação, 9ºa,b,corrigido
1º teste de avaliação, 9ºa,b,corrigido
 
Mês das bibliotecas escolas bibliopaper
Mês das bibliotecas escolas bibliopaperMês das bibliotecas escolas bibliopaper
Mês das bibliotecas escolas bibliopaper
 
Ficha de gramática 2ª junho 2014 7º ano
Ficha de gramática 2ª junho 2014 7º anoFicha de gramática 2ª junho 2014 7º ano
Ficha de gramática 2ª junho 2014 7º ano
 
Obras lidas
Obras lidas Obras lidas
Obras lidas
 
Teste 7º ano fevereiro 2014 FRANCES
Teste 7º ano fevereiro 2014 FRANCESTeste 7º ano fevereiro 2014 FRANCES
Teste 7º ano fevereiro 2014 FRANCES
 
Ficha de trabalho março 2014 alt
Ficha de trabalho março 2014 altFicha de trabalho março 2014 alt
Ficha de trabalho março 2014 alt
 
Dia de S. Valentim 2014
Dia de S. Valentim 2014Dia de S. Valentim 2014
Dia de S. Valentim 2014
 
Ficha de revisoes 7º ano fevereiro 2014
Ficha de revisoes 7º ano fevereiro 2014Ficha de revisoes 7º ano fevereiro 2014
Ficha de revisoes 7º ano fevereiro 2014
 
LA GASTRONOMIE FRANÇAISE
LA GASTRONOMIE FRANÇAISELA GASTRONOMIE FRANÇAISE
LA GASTRONOMIE FRANÇAISE
 
FêTes Et Traditions Francaises Joao Carlos
FêTes Et Traditions Francaises Joao CarlosFêTes Et Traditions Francaises Joao Carlos
FêTes Et Traditions Francaises Joao Carlos
 
L'hymne français
L'hymne françaisL'hymne français
L'hymne français
 
Fêtes et Traditions françaises - travail de João Carlos Pinto
Fêtes et Traditions françaises - travail de João Carlos PintoFêtes et Traditions françaises - travail de João Carlos Pinto
Fêtes et Traditions françaises - travail de João Carlos Pinto
 
LA GASTRONOMIE FRANÇAISE
LA GASTRONOMIE FRANÇAISELA GASTRONOMIE FRANÇAISE
LA GASTRONOMIE FRANÇAISE
 

Último

ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdfkeiciany
 
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdfCosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdfalexandrerodriguespk
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Jean Carlos Nunes Paixão
 
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfCOSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfalexandrerodriguespk
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdfkeiciany
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADO
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADOPROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADO
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADOColaborar Educacional
 
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptxSlides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!Psyc company
 
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...manoelaarmani
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...azulassessoriaacadem3
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Mary Alvarenga
 
Apresentação Aula Usabilidade Web Jogos e Apps
Apresentação Aula Usabilidade Web Jogos e AppsApresentação Aula Usabilidade Web Jogos e Apps
Apresentação Aula Usabilidade Web Jogos e AppsAlexandre Oliveira
 
CURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdfCURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdfdaniele690933
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoPaula Meyer Piagentini
 

Último (20)

ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
 
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdfCosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
 
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfCOSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
 
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADO
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADOPROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADO
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADO
 
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptxSlides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
 
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
 
Apresentação Aula Usabilidade Web Jogos e Apps
Apresentação Aula Usabilidade Web Jogos e AppsApresentação Aula Usabilidade Web Jogos e Apps
Apresentação Aula Usabilidade Web Jogos e Apps
 
CURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdfCURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdf
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
 

Como fazer um powerpoint (1)

  • 1. Biblioteca da Escola Básica Egas Moniz Ano Letivo 2015/2016
  • 2. Regras na Elaboração da Apresentação Aspetos a considerar:  Texto;  Animação;  Objeto;  Objeto Imagem;  Recomendações;  Recomendações – Orador;  Esquema da Apresentação;  Ajuda;  Bibliografia.
  • 3. Apresentação - Texto O tamanho do texto deve ser grande:  O corpo dos textos superior a 24;  Os títulos entre 40 e 44.  Tipos de letra aconselhados:  Arial;  Verdana;  Calibri.  Um tipo de letra e poucos estilos.
  • 4. Exemplo Incorreto  Dia Internacional da Felicidade comemora-se este ano pela primeira vez  Porque “a busca da felicidade é um dos objetivos fundamentais do ser humano” e porque precisamos de “uma abordagem mais inclusiva e equilibrada ao crescimento económico que promova o desenvolvimento sustentável e o bem-estar”, a assembleia-geral da ONU decidiu em Junho de 2012, proclamar o dia 20 de Março como o Dia Internacional da felicidade, através de Resolução aprovada por consenso.  A ideia foi lançada pelo Butão, que ao invés de adotar como estatística oficial o Produto Interno Bruto (PIB), analisa a “ Felicidade Nacional Bruta” desde 1972, que consiste em analisar não apenas o crescimento económico, os aspetos psicológicos, culturais, ambientais e espirituais. O Secretário-Geral e os outros membros das Nações Unidas gostaram da ideia e concordaram que para sermos felizes precisamos de um ambiente saudável, de sermos tratados de maneira igual pela sociedade em que estamos inseridos, de educação e de condições mínimas, pelo menos, de sobrevivência, entre outras coisas. A ideia foi lançada pelo Butão, que ao invés de adotar como estatística oficial o Produto Interno Bruto (PIB), analisa a “ Felicidade Nacional Bruta” desde 1972, que consiste em analisar não apenas o crescimento económico, os aspetos psicológicos, culturais, ambientais e espirituais. O Secretário-Geral e os outros membros das Nações Unidas gostaram da ideia e concordaram que para sermos felizes precisamos de um ambiente saudável, de sermos tratados de maneira igual pela sociedade em que estamos inseridos, de educação e de condições mínimas, pelo menos, de sobrevivência, entre outras coisas.  Assim, durante a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável – Rio +20, foi acordado que seria adotada uma abordagem equilibrada, integração de três pilares: Crescimento económico, desenvolvimento social e proteção ambiental.  Ban Ki-moon na sua mensagem para o primeiro Dia Internacional da Felicidade reforça o seu compromisso com o desenvolvimento humano inclusivo e sustentável e renova o compromisso em ajudar os outros. Ele afirma que “quando contribuímos para o bem comum, enriquecemo-nos a nós próprios. A compaixão promove a felicidade e ajudará a construir o futuro que queremos”.
  • 5. Apresentação - Texto  Não devem utilizar-se muitas MAIÚSCULAS, pois o seu USO EXCESSIVO DIFICULTA A LEITURA.  Devemos colocar:  8 linhas por diapositivo;  8 palavras por linha;  2 ideias no máximo.  Os parágrafos devem estar formatados;  Poucas cores.
  • 7. Maus Contrastes Isto é um mau exemplo pelo contraste da cor. Isto é um mau exemplo pelo contraste da cor. Isto é um mau exemplo pelo contraste da cor.
  • 8. Apresentação - Animação  A informação deve aparecer a acompanhar o nosso discurso.  As melhores animações são as mais simples como: Aparecer, Entrar, Desvanecer…  Não é obrigatório o recurso às animações.
  • 9. Apresentação - Objetos  O diapositivo não deve ter muitas tabelas ou blocos de textos.  Tabela de forma clara e resumida com o máximo de 7 linhas e 4 colunas.  O recurso aos SONS, na apresentação, só é feito quando estritamente necessário.
  • 10. Apresentação - Objeto Imagem  As IMAGENS só são usadas quando completam a ideia e as vamos explicar. O seu uso excessivo pode distrair.  Manter a escala das imagens (100%).  A imagem deve ser nítida e percetível. Exemplo incorreto
  • 11. Recomendações  Não apresentar demasiados diapositivos.  Ter atenção às gralhas ortográficas.  Recurso a frases breves, diretas e de compreensão imediata.  Usar uma linguagem simples e objetiva.
  • 12. Recomendações - Orador  Explicar palavras e termos técnicos.  Ter em atenção o ritmo: nem demasiado rápido nem demasiado lento.  Os textos apresentados não devem ser lidos pelo apresentador.
  • 13. Esquema da Apresentação Para a realização de uma apresentação deverá ter-se em conta os tópicos que se seguem:  Capa;  Índice (opcional);  Introdução;  Desenvolvimento;  Conclusão;  Bibliografia.
  • 14. Apoio… Para consolidar os conceitos e regras apreendidas para a elaboração de um trabalho, de um relatório e de uma apresentação poderás consultar o blogue da biblioteca nos recursos de apoio. http://biblegas.blogspot.pt/
  • 15. Bibliografia Disponível em:  http://slideplayer.com.br/slide/1744025/ - consultado em 05-04-2016  http://slideplayer.com.br/slide/1234764/ - consultado em 05-04-2016