SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
Chuvas Ácidas
Introdução  As chuvas acidas alteram a biodiversidade em muitos locais do planeta. Com este trabalho pretendo mostrar o que se pode alterar no nosso dia-a-dia para proteger e cuidar  o nosso ambiente, evitando assim as chuvas acidas que contribuem para o degredo do nosso mundo. Mostrando como actuam as chuvas acidas, onde actuam e as consequências.
O que são as chuvas ácidas? A chuva ácida é caracterizada por ter um pH ácido (abaixo de 4,5) e produz-se quando o Enxofre(proveniente da queima dos combustíveis fósseis) e o Azotopresente no ar se combinam com o Oxigénio, formando assim o Dióxido de Enxofree Dióxido de Azoto.     Estes compostos vão-se espalhar pela atmosfera e fundem-se com as partículas de água que estão em suspensão, formando assim o Ácido Sulfúrico , Ácido Nítricoe também Ácido Clorídrico em pequenas quantidades.
Origem e formação dos compostos ácidos       Embora a amónia e os compostos orgânicos voláteis, com destaque para o dimetilsulfuretode origem oceânica e o ácido fórmico nalgumas regiões de floresta tropical, contribuam para a acidez da precipitação, os dois principais grupos de compostos que geram a acidez da precipitação são os óxidos de azoto e os óxidos de enxofre, com predominância para estes últimos, os quais são esmagadoramente de origem atrófica.
Um pouco de história          Apesar da relação entre precipitação ácida e poluição do ar ter sido descoberta em 1852, o seu estudo científico sistemático apenas se iniciou nos finais da década de 1960.  HaroldHarvey, professor de Ecologia na Universidade de Toronto, publicou em 1972 um dos primeiros trabalhos sobre um lago "morto" em resultado da acidificação das suas águas pela deposição ácida, trazendo a questão da chuva ácida para a ribalta da política ambiental.
Se a chuva ácida chegar a natureza?           A chuva ácida traz imensos problemas para a vida na terra, principalmente se afectar as florestas e os lagos. As árvores morrem e os seres vivos que vivem nos lagos são destruídos.           Mas não são só as florestas e os lagos que são afectados por estas chuvas, as pedras também são destruídas.          As catedrais, os monumentos, as estátuas e edifícios antigos ao serem atingidos pelas chuvas ácidas podem transformar-se em póe desaparecer.
E se chegar a nós?          A chuva liberta materiais tóxicos que estavam no solo. Esses metais podem atingir rios e ser utilizados pelo homem causando sérios problemas de saúde.         Associado à chuva ácida estão ligadas as seguintes doenças:  Nariz e Garganta: Mais casos de asma e sinusite Olhos: Maior probabilidade de conjuntivite Brônquios: Maior predisposição à roncopneumonia Pulmões: Riscos de enfisema Coração: Mais doenças cardiovasculares
Regiões mais afectadas       As regiões particularmente afectadas incluem a maior parte da Europa, particularmente a Escandinávia, onde muitos dos lagos estão tão acidificados que já não têm peixes e com extensas áreas florestais fortemente danificadas, grande parte do nordeste dos Estados Unidos da América e do sueste do Canadá. Outras regiões afectadas são sueste da China e Taiwan.
Utilizar o metro: por ser eléctrico polui menos do que os carros Utilizar transportes colectivos: ao diminuir o número de carros, o número de poluentes diminui Utilizar fontes de energia menos poluentes: energia hidroeléctrica, energia geotérmica, energia das marés, energia eólica, energia nuclear Purificar os escapes dos veículos: utilizar gasolina sem chumbo e adaptar um conversor catalítico        Utilizar combustíveis com baixo teor de enxofre. Soluções
Webiografia http://pt.wikipedia.org/wiki/Chuva_%C3%A1cida http://mundoamorrer.com.sapo.pt/chuva_acida.htm
Conclusão         Alterando pequenas coisas do nosso dia-a-dia, podemos melhorar e cuidar o ambiente para que as chuvas acidas não afectem o nosso mundo.
Trabalho realizado por :            Ana Margarida  nº 1        Jessica Ferreira  nº 12

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Trabalho de geografia secas
Trabalho de geografia   secasTrabalho de geografia   secas
Trabalho de geografia secasprotecaocivil
 
Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º Ano
Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º AnoResumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º Ano
Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º AnoVitor Perfeito
 
Poluição atmosférica trabalho
Poluição atmosférica trabalhoPoluição atmosférica trabalho
Poluição atmosférica trabalhoMayjö .
 
8.ºano chuvas ácidas
8.ºano chuvas ácidas8.ºano chuvas ácidas
8.ºano chuvas ácidasMaria Rocha R
 
Cheias e inundações
Cheias e inundaçõesCheias e inundações
Cheias e inundaçõesJMCDINIS
 
Vagas de frio e calor
Vagas de frio e calorVagas de frio e calor
Vagas de frio e calorMayjö .
 
Poluição atmosférica
Poluição atmosféricaPoluição atmosférica
Poluição atmosféricaTânia Reis
 
Cantigas de amigo - resumo
Cantigas de amigo - resumoCantigas de amigo - resumo
Cantigas de amigo - resumoGijasilvelitz 2
 
Ricardo Reis - Análise do poema "Vem sentar-te comigo, Lídia, à beira do rio"...
Ricardo Reis - Análise do poema "Vem sentar-te comigo, Lídia, à beira do rio"...Ricardo Reis - Análise do poema "Vem sentar-te comigo, Lídia, à beira do rio"...
Ricardo Reis - Análise do poema "Vem sentar-te comigo, Lídia, à beira do rio"...FilipaFonseca
 
A Poluição Ambiental - Powerpoint
A Poluição Ambiental - PowerpointA Poluição Ambiental - Powerpoint
A Poluição Ambiental - Powerpointpicoalto
 
Vulcanismo Primário e Secundário
Vulcanismo Primário e SecundárioVulcanismo Primário e Secundário
Vulcanismo Primário e SecundárioLuís Reguengo
 
Poluição atmosférica
Poluição atmosféricaPoluição atmosférica
Poluição atmosféricaHelena Marques
 
Poluição da Água
Poluição da ÁguaPoluição da Água
Poluição da ÁguaPetedanis
 

Mais procurados (20)

Ambiente
AmbienteAmbiente
Ambiente
 
Trabalho de geografia secas
Trabalho de geografia   secasTrabalho de geografia   secas
Trabalho de geografia secas
 
Cheias e inundações
Cheias e inundaçõesCheias e inundações
Cheias e inundações
 
Lírica camoniana
Lírica camonianaLírica camoniana
Lírica camoniana
 
A Poluição
A PoluiçãoA Poluição
A Poluição
 
Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º Ano
Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º AnoResumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º Ano
Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º Ano
 
Poluição atmosférica trabalho
Poluição atmosférica trabalhoPoluição atmosférica trabalho
Poluição atmosférica trabalho
 
8.ºano chuvas ácidas
8.ºano chuvas ácidas8.ºano chuvas ácidas
8.ºano chuvas ácidas
 
Cheias e inundações
Cheias e inundaçõesCheias e inundações
Cheias e inundações
 
Vagas de frio e calor
Vagas de frio e calorVagas de frio e calor
Vagas de frio e calor
 
Cesário verde
Cesário verdeCesário verde
Cesário verde
 
Poluição atmosférica
Poluição atmosféricaPoluição atmosférica
Poluição atmosférica
 
Cheias e inundações
Cheias e inundaçõesCheias e inundações
Cheias e inundações
 
Orfeu rebelde
Orfeu rebeldeOrfeu rebelde
Orfeu rebelde
 
Cantigas de amigo - resumo
Cantigas de amigo - resumoCantigas de amigo - resumo
Cantigas de amigo - resumo
 
Ricardo Reis - Análise do poema "Vem sentar-te comigo, Lídia, à beira do rio"...
Ricardo Reis - Análise do poema "Vem sentar-te comigo, Lídia, à beira do rio"...Ricardo Reis - Análise do poema "Vem sentar-te comigo, Lídia, à beira do rio"...
Ricardo Reis - Análise do poema "Vem sentar-te comigo, Lídia, à beira do rio"...
 
A Poluição Ambiental - Powerpoint
A Poluição Ambiental - PowerpointA Poluição Ambiental - Powerpoint
A Poluição Ambiental - Powerpoint
 
Vulcanismo Primário e Secundário
Vulcanismo Primário e SecundárioVulcanismo Primário e Secundário
Vulcanismo Primário e Secundário
 
Poluição atmosférica
Poluição atmosféricaPoluição atmosférica
Poluição atmosférica
 
Poluição da Água
Poluição da ÁguaPoluição da Água
Poluição da Água
 

Destaque (14)

Pegada ecológica
Pegada ecológicaPegada ecológica
Pegada ecológica
 
Lixo
LixoLixo
Lixo
 
pH de soluções
pH de soluçõespH de soluções
pH de soluções
 
Pegada Ecológica
Pegada EcológicaPegada Ecológica
Pegada Ecológica
 
A Pegada Ecológica
A Pegada EcológicaA Pegada Ecológica
A Pegada Ecológica
 
A pegada ecologica
A pegada ecologicaA pegada ecologica
A pegada ecologica
 
Pegada ecológica
Pegada ecológicaPegada ecológica
Pegada ecológica
 
Pegada ecológica final
Pegada ecológica finalPegada ecológica final
Pegada ecológica final
 
Aula sobre lixo 6 ano
Aula sobre lixo 6 anoAula sobre lixo 6 ano
Aula sobre lixo 6 ano
 
Slide consumo-e-consumismo
Slide consumo-e-consumismoSlide consumo-e-consumismo
Slide consumo-e-consumismo
 
Consumismo
ConsumismoConsumismo
Consumismo
 
TRABALHO COMPLETO SOBRE O LIXO
TRABALHO COMPLETO SOBRE O LIXO TRABALHO COMPLETO SOBRE O LIXO
TRABALHO COMPLETO SOBRE O LIXO
 
Globalização e sociedade de consumo
Globalização e sociedade de consumoGlobalização e sociedade de consumo
Globalização e sociedade de consumo
 
Slides agua
Slides   aguaSlides   agua
Slides agua
 

Semelhante a Chuvas ácidas

Acida
AcidaAcida
AcidaNeila
 
Trabalho De Geografia é Esse
Trabalho De Geografia é EsseTrabalho De Geografia é Esse
Trabalho De Geografia é Esseguestf69354
 
Poluição e desertificao final
Poluição e desertificao finalPoluição e desertificao final
Poluição e desertificao finalbfp1997
 
Alterações na atmosfera e suas implicações
Alterações na atmosfera e suas implicaçõesAlterações na atmosfera e suas implicações
Alterações na atmosfera e suas implicaçõesguest3eaec9
 
Chuvas ácidas 9g
Chuvas ácidas 9gChuvas ácidas 9g
Chuvas ácidas 9gMayjö .
 
Ambiente E Sociedade Atmosfera Parte II
Ambiente E Sociedade Atmosfera Parte IIAmbiente E Sociedade Atmosfera Parte II
Ambiente E Sociedade Atmosfera Parte IIPedui
 
Ciências naturais: Efeito estufa
Ciências naturais: Efeito estufaCiências naturais: Efeito estufa
Ciências naturais: Efeito estufaMariana Silva
 
Poluicao do ar e chuvas acidas
Poluicao do ar e chuvas acidasPoluicao do ar e chuvas acidas
Poluicao do ar e chuvas acidasap3bmachado
 

Semelhante a Chuvas ácidas (20)

Acida
AcidaAcida
Acida
 
Poluiçao
PoluiçaoPoluiçao
Poluiçao
 
Acida
AcidaAcida
Acida
 
Trabalho De Geografia é Esse
Trabalho De Geografia é EsseTrabalho De Geografia é Esse
Trabalho De Geografia é Esse
 
Chuvasacidas
ChuvasacidasChuvasacidas
Chuvasacidas
 
Poluição e desertificao final
Poluição e desertificao finalPoluição e desertificao final
Poluição e desertificao final
 
senai chuva acida
senai chuva acidasenai chuva acida
senai chuva acida
 
Alterações na atmosfera e suas implicações
Alterações na atmosfera e suas implicaçõesAlterações na atmosfera e suas implicações
Alterações na atmosfera e suas implicações
 
Chuvas ácidas 9g
Chuvas ácidas 9gChuvas ácidas 9g
Chuvas ácidas 9g
 
Chuva ácida
Chuva  ácidaChuva  ácida
Chuva ácida
 
Ambiente E Sociedade Atmosfera Parte II
Ambiente E Sociedade Atmosfera Parte IIAmbiente E Sociedade Atmosfera Parte II
Ambiente E Sociedade Atmosfera Parte II
 
Chuva ácida
Chuva ácidaChuva ácida
Chuva ácida
 
Chuvas ácidas
Chuvas ácidas Chuvas ácidas
Chuvas ácidas
 
Ciências naturais: Efeito estufa
Ciências naturais: Efeito estufaCiências naturais: Efeito estufa
Ciências naturais: Efeito estufa
 
Chuvas ácidas
Chuvas ácidasChuvas ácidas
Chuvas ácidas
 
Chuva ácida power point final
Chuva ácida power point finalChuva ácida power point final
Chuva ácida power point final
 
Poluicao do ar e chuvas acidas
Poluicao do ar e chuvas acidasPoluicao do ar e chuvas acidas
Poluicao do ar e chuvas acidas
 
Ar
ArAr
Ar
 
Chuva acida power point (1)
Chuva acida power point (1)Chuva acida power point (1)
Chuva acida power point (1)
 
Chuva acida power point (1)
Chuva acida power point (1)Chuva acida power point (1)
Chuva acida power point (1)
 

Mais de Ilda Bicacro

unicef_convenc-a-o_dos_direitos_da_crianca.pdf
unicef_convenc-a-o_dos_direitos_da_crianca.pdfunicef_convenc-a-o_dos_direitos_da_crianca.pdf
unicef_convenc-a-o_dos_direitos_da_crianca.pdfIlda Bicacro
 
A nossa escola precisa ... Nós Propomos 2 - Maria Luz Belo.pdf
A nossa escola precisa ... Nós Propomos 2 - Maria Luz Belo.pdfA nossa escola precisa ... Nós Propomos 2 - Maria Luz Belo.pdf
A nossa escola precisa ... Nós Propomos 2 - Maria Luz Belo.pdfIlda Bicacro
 
PROJETO_Eu _pedalo_tu corres_ele conduz_nós andamos_ Não _arriscamos_2A_EB SE...
PROJETO_Eu _pedalo_tu corres_ele conduz_nós andamos_ Não _arriscamos_2A_EB SE...PROJETO_Eu _pedalo_tu corres_ele conduz_nós andamos_ Não _arriscamos_2A_EB SE...
PROJETO_Eu _pedalo_tu corres_ele conduz_nós andamos_ Não _arriscamos_2A_EB SE...Ilda Bicacro
 
EB1_Cumeada_ NP_Interculturalidade - Matilde Mateus.pptx
EB1_Cumeada_ NP_Interculturalidade - Matilde Mateus.pptxEB1_Cumeada_ NP_Interculturalidade - Matilde Mateus.pptx
EB1_Cumeada_ NP_Interculturalidade - Matilde Mateus.pptxIlda Bicacro
 
Projeto - Aprender a Viver Juntos - 3.ºSN - Sara Correia.pdf
Projeto - Aprender a Viver Juntos - 3.ºSN - Sara Correia.pdfProjeto - Aprender a Viver Juntos - 3.ºSN - Sara Correia.pdf
Projeto - Aprender a Viver Juntos - 3.ºSN - Sara Correia.pdfIlda Bicacro
 
Interculturalidade EB1 Cumeada.pptx
Interculturalidade EB1 Cumeada.pptxInterculturalidade EB1 Cumeada.pptx
Interculturalidade EB1 Cumeada.pptxIlda Bicacro
 
Direitos das crianças
Direitos das criançasDireitos das crianças
Direitos das criançasIlda Bicacro
 
ESS_Trocas e Baldrocas.pdf
ESS_Trocas e Baldrocas.pdfESS_Trocas e Baldrocas.pdf
ESS_Trocas e Baldrocas.pdfIlda Bicacro
 
Cernache do Bonjardim em (re)construcao NP 2022.pdf
Cernache do Bonjardim em (re)construcao NP 2022.pdfCernache do Bonjardim em (re)construcao NP 2022.pdf
Cernache do Bonjardim em (re)construcao NP 2022.pdfIlda Bicacro
 
Respeita a diferenca.pdf
Respeita a diferenca.pdfRespeita a diferenca.pdf
Respeita a diferenca.pdfIlda Bicacro
 
ESS_EspacosExterioresESS.pdf
ESS_EspacosExterioresESS.pdfESS_EspacosExterioresESS.pdf
ESS_EspacosExterioresESS.pdfIlda Bicacro
 
ESS_Dar vida as Ribeiras .pptx
ESS_Dar vida as Ribeiras .pptxESS_Dar vida as Ribeiras .pptx
ESS_Dar vida as Ribeiras .pptxIlda Bicacro
 
ESS_multiculturalidade.pptx
ESS_multiculturalidade.pptxESS_multiculturalidade.pptx
ESS_multiculturalidade.pptxIlda Bicacro
 
ESS_multiculturalidade.pptx
ESS_multiculturalidade.pptxESS_multiculturalidade.pptx
ESS_multiculturalidade.pptxIlda Bicacro
 
ESS_Org Transito Serta.pptx
ESS_Org Transito Serta.pptxESS_Org Transito Serta.pptx
ESS_Org Transito Serta.pptxIlda Bicacro
 
ESS_Campismo Caravanismo.pptx
ESS_Campismo Caravanismo.pptxESS_Campismo Caravanismo.pptx
ESS_Campismo Caravanismo.pptxIlda Bicacro
 
AES_ BARCOS-SUSTENTÁVEIS-DA-SERTA-5C-21-22.pdf
AES_ BARCOS-SUSTENTÁVEIS-DA-SERTA-5C-21-22.pdfAES_ BARCOS-SUSTENTÁVEIS-DA-SERTA-5C-21-22.pdf
AES_ BARCOS-SUSTENTÁVEIS-DA-SERTA-5C-21-22.pdfIlda Bicacro
 
AES_ Uso Excessivo Tecnologia.pdf
AES_ Uso Excessivo Tecnologia.pdfAES_ Uso Excessivo Tecnologia.pdf
AES_ Uso Excessivo Tecnologia.pdfIlda Bicacro
 
ESS_Mudar De...A Vida.pdf
ESS_Mudar De...A Vida.pdfESS_Mudar De...A Vida.pdf
ESS_Mudar De...A Vida.pdfIlda Bicacro
 

Mais de Ilda Bicacro (20)

unicef_convenc-a-o_dos_direitos_da_crianca.pdf
unicef_convenc-a-o_dos_direitos_da_crianca.pdfunicef_convenc-a-o_dos_direitos_da_crianca.pdf
unicef_convenc-a-o_dos_direitos_da_crianca.pdf
 
A nossa escola precisa ... Nós Propomos 2 - Maria Luz Belo.pdf
A nossa escola precisa ... Nós Propomos 2 - Maria Luz Belo.pdfA nossa escola precisa ... Nós Propomos 2 - Maria Luz Belo.pdf
A nossa escola precisa ... Nós Propomos 2 - Maria Luz Belo.pdf
 
PROJETO_Eu _pedalo_tu corres_ele conduz_nós andamos_ Não _arriscamos_2A_EB SE...
PROJETO_Eu _pedalo_tu corres_ele conduz_nós andamos_ Não _arriscamos_2A_EB SE...PROJETO_Eu _pedalo_tu corres_ele conduz_nós andamos_ Não _arriscamos_2A_EB SE...
PROJETO_Eu _pedalo_tu corres_ele conduz_nós andamos_ Não _arriscamos_2A_EB SE...
 
EB1_Cumeada_ NP_Interculturalidade - Matilde Mateus.pptx
EB1_Cumeada_ NP_Interculturalidade - Matilde Mateus.pptxEB1_Cumeada_ NP_Interculturalidade - Matilde Mateus.pptx
EB1_Cumeada_ NP_Interculturalidade - Matilde Mateus.pptx
 
Projeto - Aprender a Viver Juntos - 3.ºSN - Sara Correia.pdf
Projeto - Aprender a Viver Juntos - 3.ºSN - Sara Correia.pdfProjeto - Aprender a Viver Juntos - 3.ºSN - Sara Correia.pdf
Projeto - Aprender a Viver Juntos - 3.ºSN - Sara Correia.pdf
 
Interculturalidade EB1 Cumeada.pptx
Interculturalidade EB1 Cumeada.pptxInterculturalidade EB1 Cumeada.pptx
Interculturalidade EB1 Cumeada.pptx
 
Direitos das crianças
Direitos das criançasDireitos das crianças
Direitos das crianças
 
ESS_Trocas e Baldrocas.pdf
ESS_Trocas e Baldrocas.pdfESS_Trocas e Baldrocas.pdf
ESS_Trocas e Baldrocas.pdf
 
Cernache do Bonjardim em (re)construcao NP 2022.pdf
Cernache do Bonjardim em (re)construcao NP 2022.pdfCernache do Bonjardim em (re)construcao NP 2022.pdf
Cernache do Bonjardim em (re)construcao NP 2022.pdf
 
Respeita a diferenca.pdf
Respeita a diferenca.pdfRespeita a diferenca.pdf
Respeita a diferenca.pdf
 
Pos Sec Serta.pdf
Pos Sec Serta.pdfPos Sec Serta.pdf
Pos Sec Serta.pdf
 
ESS_EspacosExterioresESS.pdf
ESS_EspacosExterioresESS.pdfESS_EspacosExterioresESS.pdf
ESS_EspacosExterioresESS.pdf
 
ESS_Dar vida as Ribeiras .pptx
ESS_Dar vida as Ribeiras .pptxESS_Dar vida as Ribeiras .pptx
ESS_Dar vida as Ribeiras .pptx
 
ESS_multiculturalidade.pptx
ESS_multiculturalidade.pptxESS_multiculturalidade.pptx
ESS_multiculturalidade.pptx
 
ESS_multiculturalidade.pptx
ESS_multiculturalidade.pptxESS_multiculturalidade.pptx
ESS_multiculturalidade.pptx
 
ESS_Org Transito Serta.pptx
ESS_Org Transito Serta.pptxESS_Org Transito Serta.pptx
ESS_Org Transito Serta.pptx
 
ESS_Campismo Caravanismo.pptx
ESS_Campismo Caravanismo.pptxESS_Campismo Caravanismo.pptx
ESS_Campismo Caravanismo.pptx
 
AES_ BARCOS-SUSTENTÁVEIS-DA-SERTA-5C-21-22.pdf
AES_ BARCOS-SUSTENTÁVEIS-DA-SERTA-5C-21-22.pdfAES_ BARCOS-SUSTENTÁVEIS-DA-SERTA-5C-21-22.pdf
AES_ BARCOS-SUSTENTÁVEIS-DA-SERTA-5C-21-22.pdf
 
AES_ Uso Excessivo Tecnologia.pdf
AES_ Uso Excessivo Tecnologia.pdfAES_ Uso Excessivo Tecnologia.pdf
AES_ Uso Excessivo Tecnologia.pdf
 
ESS_Mudar De...A Vida.pdf
ESS_Mudar De...A Vida.pdfESS_Mudar De...A Vida.pdf
ESS_Mudar De...A Vida.pdf
 

Último

cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdfJorge Andrade
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Bullying - Texto e cruzadinha
Bullying        -     Texto e cruzadinhaBullying        -     Texto e cruzadinha
Bullying - Texto e cruzadinhaMary Alvarenga
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfAdrianaCunha84
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASBCRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASBAline Santana
 
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarCaixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarIedaGoethe
 

Último (20)

cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Bullying - Texto e cruzadinha
Bullying        -     Texto e cruzadinhaBullying        -     Texto e cruzadinha
Bullying - Texto e cruzadinha
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASBCRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
 
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarCaixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
 

Chuvas ácidas

  • 2. Introdução As chuvas acidas alteram a biodiversidade em muitos locais do planeta. Com este trabalho pretendo mostrar o que se pode alterar no nosso dia-a-dia para proteger e cuidar o nosso ambiente, evitando assim as chuvas acidas que contribuem para o degredo do nosso mundo. Mostrando como actuam as chuvas acidas, onde actuam e as consequências.
  • 3. O que são as chuvas ácidas? A chuva ácida é caracterizada por ter um pH ácido (abaixo de 4,5) e produz-se quando o Enxofre(proveniente da queima dos combustíveis fósseis) e o Azotopresente no ar se combinam com o Oxigénio, formando assim o Dióxido de Enxofree Dióxido de Azoto.     Estes compostos vão-se espalhar pela atmosfera e fundem-se com as partículas de água que estão em suspensão, formando assim o Ácido Sulfúrico , Ácido Nítricoe também Ácido Clorídrico em pequenas quantidades.
  • 4. Origem e formação dos compostos ácidos Embora a amónia e os compostos orgânicos voláteis, com destaque para o dimetilsulfuretode origem oceânica e o ácido fórmico nalgumas regiões de floresta tropical, contribuam para a acidez da precipitação, os dois principais grupos de compostos que geram a acidez da precipitação são os óxidos de azoto e os óxidos de enxofre, com predominância para estes últimos, os quais são esmagadoramente de origem atrófica.
  • 5. Um pouco de história Apesar da relação entre precipitação ácida e poluição do ar ter sido descoberta em 1852, o seu estudo científico sistemático apenas se iniciou nos finais da década de 1960. HaroldHarvey, professor de Ecologia na Universidade de Toronto, publicou em 1972 um dos primeiros trabalhos sobre um lago "morto" em resultado da acidificação das suas águas pela deposição ácida, trazendo a questão da chuva ácida para a ribalta da política ambiental.
  • 6. Se a chuva ácida chegar a natureza? A chuva ácida traz imensos problemas para a vida na terra, principalmente se afectar as florestas e os lagos. As árvores morrem e os seres vivos que vivem nos lagos são destruídos. Mas não são só as florestas e os lagos que são afectados por estas chuvas, as pedras também são destruídas. As catedrais, os monumentos, as estátuas e edifícios antigos ao serem atingidos pelas chuvas ácidas podem transformar-se em póe desaparecer.
  • 7. E se chegar a nós? A chuva liberta materiais tóxicos que estavam no solo. Esses metais podem atingir rios e ser utilizados pelo homem causando sérios problemas de saúde. Associado à chuva ácida estão ligadas as seguintes doenças: Nariz e Garganta: Mais casos de asma e sinusite Olhos: Maior probabilidade de conjuntivite Brônquios: Maior predisposição à roncopneumonia Pulmões: Riscos de enfisema Coração: Mais doenças cardiovasculares
  • 8. Regiões mais afectadas As regiões particularmente afectadas incluem a maior parte da Europa, particularmente a Escandinávia, onde muitos dos lagos estão tão acidificados que já não têm peixes e com extensas áreas florestais fortemente danificadas, grande parte do nordeste dos Estados Unidos da América e do sueste do Canadá. Outras regiões afectadas são sueste da China e Taiwan.
  • 9. Utilizar o metro: por ser eléctrico polui menos do que os carros Utilizar transportes colectivos: ao diminuir o número de carros, o número de poluentes diminui Utilizar fontes de energia menos poluentes: energia hidroeléctrica, energia geotérmica, energia das marés, energia eólica, energia nuclear Purificar os escapes dos veículos: utilizar gasolina sem chumbo e adaptar um conversor catalítico Utilizar combustíveis com baixo teor de enxofre. Soluções
  • 11. Conclusão Alterando pequenas coisas do nosso dia-a-dia, podemos melhorar e cuidar o ambiente para que as chuvas acidas não afectem o nosso mundo.
  • 12. Trabalho realizado por : Ana Margarida nº 1 Jessica Ferreira nº 12