Artes visuais

10.029 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.029
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
171
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Artes visuais

  1. 1. Os componentes básicos de todos os meios e das artes são o conteúdo e a forma . Na comunicação visual porém, esses dois elementos estão diretamente associados. A forma através da qual o conteúdo se apresenta e escolhida conforme o objetivo da mensagem a ser transmitida. Comunicação Visual http://www.comunica.unisinos.br/~andre/direcao_arte/index.ph
  2. 2. Toda experiência visual está na interação de polaridades duplas: conteúdo ( mensagem e significado) e da forma ( design, meio e ordenação) ; A forma é afetada pelo conteúdo e vice-versa. A mensagem é emitida pelo criador e modificada pelo observador. A mensagem e o significado se encontram na composição. Comunicação Visual http://www.comunica.unisinos.br/~andre/direcao_arte/index.ph
  3. 3. A percepção, a capacidade de organizar a informação visual que se percebe, depende de processos naturais, das necessidades e propensões do sistema nervoso humano. O compositor visual deve compreender os complexos procedimentos através dos quais o organismo humano vê e aprender a influenciar as respostas através de técnicas visuais. Comunicação Visual http://www.comunica.unisinos.br/~andre/direcao_arte/index.ph
  4. 4. O conteúdo e a forma constituem a manifestação; o mecanismo perceptivo é o meio para sua interpretação. No design e no pré-planejamento visual são necessários o planejamento cuidadoso, a indagação intelectual e o conhecimento técnico. O artista deve buscar soluções para os problemas de beleza e funcionalidade, do equilíbrio e do reforço mutuo entre a forma e o conteúdo. Comunicação Visual http://www.comunica.unisinos.br/~andre/direcao_arte/index.ph
  5. 5. A composição visual parte dos elementos básicos: ponto, linha, forma, direção, textura, dimensão, escala e movimento . A forma é a estrutura elementar da composição, através dos elementos, do caráter e da disposição dos mesmos.Os elementos básicos a serem utilizados num determinado design e de que modo serão utilizados tem a ver tanto com a forma quanto com a direção da energia liberada pela forma que resulta no conteúdo. Comunicação Visual http://www.comunica.unisinos.br/~andre/direcao_arte/index.ph
  6. 6. A composição visual parte dos elementos básicos: ponto, linha, forma, direção, textura, dimensão, escala e movimento . A forma é a estrutura elementar da composição, através dos elementos, do caráter e da disposição dos mesmos.Os elementos básicos a serem utilizados num determinado design e de que modo serão utilizados tem a ver tanto com a forma quanto com a direção da energia liberada pela forma que resulta no conteúdo. Comunicação Visual http://www.comunica.unisinos.br/~andre/direcao_arte/index.ph
  7. 7. Substância básica daquilo que vemos, são a matéria-prima de toda informação visual; A escolha dos elementos visuais que seram enfatizados e a manipulação desses elementos , está na mão do artista, artesão ou designer; Composição da Imagem
  8. 8. Unidade de comunicação visual mais simples e mínima. Quando fazemos uma marca, seja com tinta ou qualquer outra substância, pensamos nesse elemento visual como um ponto de referência ou um indicador de espaço. Qualquer ponto tem grande poder visual sobre o olho. Quando vistos, os pontos se ligam dirigindo o olhar. Justapostos criam a ilusão de tom e cor Ponto
  9. 9. A capacidade única que uma série de pontos tem de conduzir o olhar é intensificada pela maior proximidade dos pontos. Ponto
  10. 10. Ponto
  11. 11. Linha Quando os pontos estão tão próximos se torna impossível indetifica-los individualmente, aumenta a sensação de direção e se transforma em outro elemento visual: a linha Linha ponto em movimento;
  12. 12. Linha Quando os pontos estão tão próximos se torna impossível indetifica-los individualmente, aumenta a sensação de direção e se transforma em outro elemento visual: a linha Linha ponto em movimento;
  13. 13. A linha nunca é estática. É o instrumento fundamental da pré-visualização, meio de apresentar aquilo que não existe a não ser na imaginação. Apesar da sua flexibilidade e liberdade, não é vaga, é decisiva, tem propósito e direção. Linha
  14. 14. A escrita, a criação de mapas, a música são exemplos de sistemas simbólicos nos quais a linha é o elemento mais importante. Pode ser imprecisa nos esboços, delicada e ondulada ou nítida e grosseira na mão de um artista, pode ser pessoal como num rabisco. A linha expressa a intenção, sentimentos e emoção mais pessoal e principalmente a visão do artista. Linha
  15. 15. Forma A linha descreve uma forma. Na linguagem das artes visuais a linha articula a compelxidade da forma. Existem 3 formas básicas:
  16. 16. Forma E cada uma possui uma grande quantidade de significados. Ao quadrado: honestidade, esmero. Ao triângulo: ação, conflito, tensão Ao círculo: infinitude e proteção.
  17. 17. Direção Todas as forma básicas expressam 3 direções básicas: Quadrado- horizantal e vertical Triângulo – diagonal Círculo - curva
  18. 18. Tom Atrás da pupila, há uma lente transparente, chamada cristalino. O cristalino focaliza a imagem sobre a retina, uma membrana muito sensível à luz que existe no fundo do olho.
  19. 19. Tom
  20. 20. Tanto para o emissor quanto para o receptor da informação visual, a falta de equilíbrio e regularidade é um fator de desorientação . Tensão Repouso ou Relaxamento Tensão
  21. 21. A estabilidade e harmonia são polaridades daquilo que é visualmente inesperado e daquilo que cria tensões na composição. Observamos isso campo visual retangular. Nivelamento e aguçamento Aguçamento – falta de nivelamento vertical e horizontal harmonia
  22. 22. Atração e agrupamento Ambigüidade - esforço da visão para encontrar o equilíbrio Não é nivelamento e nem aguçamento Em termos de sintaxe visual , a ambigüidade é totalmente indesejável. Pois consome muita energia visual
  23. 23. Atração e agrupamento Força de atração nas relações visuais. Um ponto isolado em um campo relaciona-se com o todo. Quanto maior sua proximidade, maior será sua atração.
  24. 24. Atração e agrupamento Outra lei do agrupamento se refere a similaridade. Na linguagem visual os opostos se repelem, mas o semelhantes se atraem.
  25. 25. Positivo e Negativo Positivo e negativo não se referem absolutamente à obscuridade e luminosidade. O que domina o olho na experiência visual seria visto como elemento positivo e como elemento negativo consideramos tudo aquilo que se apresenta de forma mais passiva.
  26. 26. Positivo e Negativo Há outros exemplos de fenômenos psicofísicos da visão, que podem ser utilizados para compreensão da linguagem visual. O que é maior parece mais próximo dentro do campo visual. Elementos claros sobre fundo escuro parecem expandir-se, ao passo que elementos escuros sobre fundo claro parecem contrair-se.
  27. 27. Recorte uma foto de uma revista e faça uma relação de frases curtas ou de uma só palavra que você aplicaria ao sentido literal da mensagem ou significado compositivo, incluindo reações a quaisquer símbolos que nela estejam inclusos. Depois de analisar a foto, descreva em poucas linhas o efeito da foto e o que poderia ser usado em substituição à mesma. Exercício

×