Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de Santo António                                                Ano letivo 2012 / 2013   ...
Uma curiosidade ligada a esta última peça não                       foi do agrado dos alunos, pois era dada a beijar      ...
A escultura que se encontra no Museu de Arte Sacra, assim como umapintura, infelizmente estão completamente degradadas, te...
Os objetivos da visita de estudo foram os seguintes:- Apropriar-se da iconografia do Natal;- Conhecer o Museu de Arte Sacr...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Visita de Estudo ao Museu de Arte Sacra

323 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
323
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Visita de Estudo ao Museu de Arte Sacra

  1. 1. Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de Santo António Ano letivo 2012 / 2013 Educação Visual 2º Ciclo Visita de Estudo ao Museu de Arte SacraNo dia doze de dezembro de dois mil e doze, no turno da manhã, a turma E do quinto ano, daEscola do Segundo e Terceiro Ciclos de Santo António, partiu de autocarro, rumo ao Museu deArte Sacra, acompanhada das professoras das disciplinas de Educação Visual e Educação Morale Religiosa Católica.Atendendo a que a festividade do Natal é uma antiga celebração pré-cristã, ligada ao mito daesperança e do renascimento, à qual está ligada a Luz, oficializada pelos povos antigos, decidiu-se celebrar esta tradição, nomeadamente, com a exploração da lenda de Santa Luzia, uma vezque a visita foi realizada na véspera do dia dedicado a esta Santa. Luzia deriva de luz, da graçailuminadora, da janela da alma e por isso tornou-se a santa protetora dos olhos.Várias foram as obras de arte do Museu que foram apreciadas pelos visitantes.Os alunos gostaram da experiência e chegados à escola, registaram os aspetos mais relevantesrelacionados com o tema, tendo por base as informações transmitidas pelo professor Martinho.Salientam-se as peças de ourivesaria portuguesa, a Cruz Processional feita em prata dourada,oferecida por D. Manuel I, e que provém da Sé do Funchal e o Porta-Paz, onde se podia observaro Menino-Sol, no medalhão entre os arcos. 1
  2. 2. Uma curiosidade ligada a esta última peça não foi do agrado dos alunos, pois era dada a beijar apenas às pessoas ricas ou de um estrato social alto. O lampadário, onde é colocada uma luz intermitente diante do sacrário simboliza a presença de Deus, e a Custódia onde se pode ver o sol foram, também, apreciadas. O retábulo, que conta uma história, veio de Santa Clara e onde se pode ver junto de Jesus, sua Mãe, Maria Madalena e João Evangelista. Outras informações que atraíram a atenção da turma foram: a regra de representar os rapazes como se fossem mulheres. Daí em algumas obrasvermos o S. João Evangelista como se fosse uma senhora. A Maria Madalena também tem umsímbolo próprio: um frasco de perfume nas mãos, que servia para ungir os corpos, antes deserem sepultados. A Nossa Senhora da Conceição está relacionada também com a luz e com o filho de Deus. Aparece com os pés assentes numa lua (crescente lunar, que tem a ver com a criação) e na cabeça de um dragão. Esta imagem é descrita no livro do Apocalipse por S. João Evangelista. A Nossa Senhora da Luz, escultura também em madeira policromada e dourada, foi apreciada. Relativamente a Santa Luzia, há várias lendas acerca desta Santa, sendo uma delas já conhecida dos alunos e outras dadas a conhecer no Museu pelo professor Martinho. O momento de escutar a lenda, referente a esta Santa, foium dos mais apreciados pela turma. O silêncio fez-se sentir e as palavras foram absorvidas portodos.Uma das histórias mais populares diz que Santa Luzia, uma italiana de família rica, que doou tudoaos pobres e fez voto de castidade desistindo de um casamento arranjado pela família, teve umfinal triste. Ao declarar seu amor verdadeiro e fiel a um só Deus, morreu decapitada em 303.Contam que enquanto estava presa, lhe arrancaram os olhos, mas no dia seguinte estavamnovamente perfeitos. Por este milagre é que ela é venerada como protetora dos olhos. 2
  3. 3. A escultura que se encontra no Museu de Arte Sacra, assim como umapintura, infelizmente estão completamente degradadas, tendo no entantouma particularidade interessante: se sobrepusermos as duas peças,veremos que os elementos que faltam numa peça se complementam com aoutra peça. A estátua foi encontrada emparedada, destino que tinham muitaspeças de arte sacra, quando deixavam de servir, para não cair emdesrespeito. É apanágio do Museu conservar as obras como são encontradas a fim de manter as caraterísticas da época e da própria obra. Esta imagem aqui representada encontra-se não no Museu, mas numa Igreja a que o povo tem devoção. A última obra de arte a ser analisada foi uma pintura flamenga “A adoração dos Reis Magos”. A diferença entre esta peça e o Porta-Paz, por exemplo, é que a primeira é decorativa e a segunda era um objeto utilitário. Esta pintura tem grande interesse, devido aos grandes ensinamentos que encerra e também tem ligação ao tema da Luz, pois está representado o Menino-Sol (o ano zero e a nova era). O balanço da Visita foi muito positivo, tendo sido complementados os conhecimentos apreendidos na aula, havendo uma ligação entre as aprendizagens na escola e no Museu.Como prémio pelo bomcomportamento da turma, os alunosforam presenteados com uma ida aoterraço do Museu, onde puderamadmirar a vista da nossa cidade.Depois de agradecer ao nossoanfitrião, regressámos à escola comvontade de lá voltar. 3
  4. 4. Os objetivos da visita de estudo foram os seguintes:- Apropriar-se da iconografia do Natal;- Conhecer o Museu de Arte Sacra;- Complementar os conhecimentos adquiridos na sala de aula.Produto final:A proposta apresentada àturma foi a exploração da luz(representação figurativa ouabstrata) na quadra natalícia,através de um cadavre-exquis na disciplina deEducação Visual. Este trabalho esteve exposto na escola durante a época natalícia, servindo de cenário para a Missa do Parto, realizada no dia 17 de dezembro de 2012. A professora de EV Adriana Fernandes 4

×