Web Services

4.923 visualizações

Publicada em

WebServices: O que é, qual o objetivo, como funciona, instalação e configuração, exemplos de uso.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.923
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
136
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Web Services

  1. 1. WebServices O que é, qual o objetivo, como funciona, instalação e configuração, exemplos de uso. Igor Botani Gonçalves - UNITAU - 2009
  2. 2. O que é? <ul><li>     Foi definido pela organização W3C, como &quot;um software criado para suportar a interoperabilidade entre sistemas diferentes em máquinas diferentes em uma rede de computadores&quot; </li></ul>Igor Botani Gonçalves - UNITAU - 2009
  3. 3. O que é? <ul><li>     Um exemplo simples : </li></ul><ul><li>        Suponhamos a UNITAU possui um sistema interno com seu próprio banco de dados, e este possui a relação de todos seus departamentos e a mesma gostaria de exibi-los em seu website sem a necessidade de copiar e colar os departamento, um a um. </li></ul><ul><li>         Para resolver este problema, basta implementarmos um WebService em seu servidor principal e disponibilizar o endereço URL do mesmo para o website, assim ele sempre ficará atualizado e poupará trabalho sem necessidade. </li></ul>Igor Botani Gonçalves - UNITAU - 2009
  4. 4. Qual o objetivo? <ul><ul><li>Ser utilizado na integração e comunicação entre aplicações completamente diferentes, utilizando o padrão XML para essa troca de dados; </li></ul></ul><ul><ul><li>Qualquer coisa que envolva troca de informações entre aplicações; </li></ul></ul><ul><ul><li>Facilidade de efetuar essas trocas de informações; </li></ul></ul><ul><ul><li>Agilidade no aprendizado da tecnologia; </li></ul></ul><ul><ul><li>Agilidade na implementação da tecnologia; </li></ul></ul>Igor Botani Gonçalves - UNITAU - 2009
  5. 5. Como funciona? <ul><ul><li>O Cliente faz uma solicitação HTTP simples </li></ul></ul><ul><ul><li>O servidor WebService faz um retorno com os dados processados em formato XML, de acordo com o arquivo WSDL do WebService. </li></ul></ul>Figura 1. Funcionamento dos WebServices. Igor Botani Gonçalves - UNITAU - 2009
  6. 6. Como funciona? <ul><ul><li>É baseada geralmente no padrão SOAP ( Simple Object Access Protocol )  </li></ul></ul><ul><ul><li>Também pode ser baseados em REST ( Representational State Transfer ) </li></ul></ul><ul><ul><li>Utilizado geralmente sobre o protocolo HTTP </li></ul></ul><ul><ul><li>Segue um padrão para a geração das classes de serviço e principalmente para a geração do arquivo WSDL ( quando pessoas queiram desenvolver clientes para utilizar os webservices disponíveis, elas primeiramente acessam o repositório de WSDL's disponíveis para saberem quais métodos elas possuem permissão para utilizar e quais parametros esses métodos necessitam ) </li></ul></ul>Conceitualmente: Igor Botani Gonçalves - UNITAU - 2009
  7. 7. Como funciona? <ul><li>Servidor web com suporte ao framework escolhido e a linguagem desenvolvida, no nosso caso: </li></ul><ul><ul><li>Framework Apache Axis; </li></ul></ul><ul><ul><li>Linguagem de desenvolvimento Java; </li></ul></ul><ul><ul><li>Classes Java são incluídas no diretório do framework com sua extensão trocada para &quot;*.jws&quot;; </li></ul></ul><ul><li>     </li></ul>Arquitetura do Servidor: Igor Botani Gonçalves - UNITAU - 2009
  8. 8. Como funciona? <ul><li>Primeiramente, o desenvolvedor deve acessar os arquivos WSDL's de nossos WebServices para ter conhecimento dos métodos. </li></ul><ul><ul><li>Suporte a requisições HTTP; </li></ul></ul><ul><ul><li>Suporte a estrutura XML; </li></ul></ul><ul><ul><li>Preferencialmente, utilizar alguma classe específica para tratar o retorno do WebService, porém não é obrigatório. </li></ul></ul>Arquitetura do Cliente: Igor Botani Gonçalves - UNITAU - 2009
  9. 9. Instalação e Configuração. <ul><li>Pré-requisitos: </li></ul><ul><ul><li>Versão mais atual do JRE; </li></ul></ul><ul><ul><li>Versão mais atual do JDK; </li></ul></ul><ul><ul><li>Browser de Internet; </li></ul></ul>Igor Botani Gonçalves - UNITAU - 2009
  10. 10. Instalação e Configuração. <ul><li>Softwares adicionais: </li></ul><ul><ul><li>Apache Tomcat; </li></ul></ul><ul><ul><li>Framework Apache Axis. </li></ul></ul>Igor Botani Gonçalves - UNITAU - 2009
  11. 11. Instalação e Configuração. <ul><li>Instalação do Servidor Web: </li></ul><ul><ul><li>O Apache Tomcat irá atuar como nosso Servidor Web, disponibilizando nossas classes e demais arquivos para que sejam acessíveis pelo browser de internet. </li></ul></ul><ul><ul><li>Fazer o download e instalar o Apache Tomcat. Os Slides seguintes mostram como instalar o mesmo. </li></ul></ul>Igor Botani Gonçalves - UNITAU - 2009
  12. 12. Instalação e Configuração. Apache Tomcat Figura 2. Tela inicial da instalação do Apache Tomcat Igor Botani Gonçalves - UNITAU - 2009
  13. 13. Instalação e Configuração. Apache Tomcat Figura 3. Licença do software Apache Tomcat Igor Botani Gonçalves - UNITAU - 2009
  14. 14. Instalação e Configuração. Apache Tomcat Figura 4. Escolha dos componentes a serem instalados Igor Botani Gonçalves - UNITAU - 2009
  15. 15. Instalação e Configuração. Apache Tomcat Figura 5. Escolha do diretório onde será instalado Igor Botani Gonçalves - UNITAU - 2009
  16. 16. Instalação e Configuração. Apache Tomcat Figura 6. Escolha de porta padrão, nome de usuário e senha. Igor Botani Gonçalves - UNITAU - 2009
  17. 17. Instalação e Configuração. Apache Tomcat Figura 7. Escolha do diretório onde o nosso JRE está instalado. Igor Botani Gonçalves - UNITAU - 2009
  18. 18. Instalação e Configuração. Apache Tomcat Figura 8. Progresso da instalação do software Igor Botani Gonçalves - UNITAU - 2009
  19. 19. Instalação e Configuração. Apache Tomcat Figura 9. Tela da conclusão  Igor Botani Gonçalves - UNITAU - 2009
  20. 20. Instalação e Configuração. Apache Tomcat Figura 10. Após a instalação ser concluída um novo ícone aparecerá ao lado do relógio do Windows. Igor Botani Gonçalves - UNITAU - 2009
  21. 21. Instalação e Configuração. <ul><li>     Instalação do Apache Axis: </li></ul><ul><ul><li>O Framework Apache Axis tem a função de cuidar das requisições HTTP vindas do cliente, direcioná-las aos respectivos WebServices e gerar os arquivos WSDL's de forma automática. </li></ul></ul><ul><ul><li>  Fazer o download do pacote compactado e descompactá-lo na pasta &quot;webapps&quot; do servidor Tomcat. </li></ul></ul>Igor Botani Gonçalves - UNITAU - 2009
  22. 22. Instalação e Configuração. Apache Axis Figura 11. Aplicativo web &quot;Axis&quot; dentro  da pasta &quot;webapps&quot; do tomcat. Igor Botani Gonçalves - UNITAU - 2009
  23. 23. Exemplos de uso. Figura 12. Exemplo de uma classe simples feita em Java, e salva com o nome &quot;Matematica.jws&quot;, dentro da pasta &quot;webapps/axis/&quot; <ul><ul><li>Escrever as classes em Java ( mesmo no Bloco de Notas); </li></ul></ul><ul><ul><li>Copiar as classes em Java para a pasta do aplicativo web Axis, trocando a extensão de &quot;*.java&quot; para &quot;*.jws&quot;. </li></ul></ul>Igor Botani Gonçalves - UNITAU - 2009
  24. 24. Exemplos de uso. Figura 13. Finalização e inicialização do serviço  do Apache Tomcat.      Agora basta reiniciar o Apache Tomcat que o Axis automaticamente identificará as novas classes e as disponibilizará para uso. Igor Botani Gonçalves - UNITAU - 2009
  25. 25. Exemplos de uso. Figura 14. WSDL de exemplo gerado pelo framework Axis.      Para verificar o WSDL da classe Java, basta acessar o Axis ( http://localhost:8080/axis/Matematica.jws?wsdl ) Igor Botani Gonçalves - UNITAU - 2009
  26. 26. Exemplos de uso.      Para testarmos e saber se tudo esta funcionando, basta ter um cliente que consuma os webservices. Igor Botani Gonçalves - UNITAU - 2009
  27. 27. Figura 15. Código fonte e resultado da execução de um  cliente simples para consumir o nosso webservice criado.

×