Biomas mundiais

7.650 visualizações

Publicada em

Aula sobre Biomas Mundiais para o curso superior de Tecnologia em Agroecologia do Instituto Federal de Brasília, campus Planaltina.
www.sementeplanaltina.blogspot.com.br

Publicada em: Educação
1 comentário
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Obrigado, essa aula foi muito produtiva para minhas atividades escolares, agradecimento do IFES
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.650
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
269
Comentários
1
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Biomas mundiais

  1. 1. Curso Superior de Tecnologia em Agroecologia Disciplina: Ecossistemas Brasileiros e Bioma Cerrado BIOMAS TERRESTRES MUNDIAISCaracterização geral e distribuição dos principais biomas do nosso planeta DOCENTES: Elisa.bruziguessi@ifb.edu.br Igor.oliveira@ifb.edu.br
  2. 2. Conceito de Bioma:o Palavra que vem do grego e significa Bio = vida +Oma = grupo ou massa;oBiomas são ecossistemas com vegetação, clima, soloe altitude característicos.o Conjunto de vida (vegetal e animal) constituído peloagrupamento de tipos de vegetação contíguos eidentificáveis em escala regional, com condiçõesgeoclimáticas similares e história compartilhada demudanças, o que resulta em uma diversidade biológicaprópria.oBioma é uma área do espaço geográfico, que tem porcaracterísticas a uniformidade de um macroclimadefinido, de uma determinada fitofisionomia ouformação vegetal, de uma fauna e outros organismosvivos associados, e de outras condições ambientais,como a altitude, o solo, alagamentos, o fogo, asalinidade, entre outros. Estas características todas lheconferem uma estrutura e uma funcionalidadepeculiares, uma ecologia própria.
  3. 3. Qual a diferença entre biomas e ecossistemas ? Qual a diferença entre bioma e ecossistema? Essa é uma pergunta comum, porém a resposta não é tão óbvia. Para ilustrar, vamos ver as definições que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nos dá:
  4. 4.  “Ecossistema - Sistema integrado e auto- funcionante que consiste em interações dos elementos bióticos e abióticos e cujas dimensões podem variar consideravelmente.” “Bioma - Conjunto de vida (vegetal e animal) definida pelo agrupamento de tipos de vegetação contíguos e identificáveis em escala regional, com condições geoclimáticas similares e história compartilhada de mudanças, resultando em uma diversidade biológica
  5. 5.  Foto: David McNew, Getty Images Uma cidade como Los Angeles pode ser um ecossistema, mas não um bioma.
  6. 6.  A relação entre os elementos bióticos (“animados”) e abióticos (“inanimados”) em um ecossistema depende, principalmente, do fluxo de energia e as escalas são extremamente variadas, pode-se considerar um pequeno lago, uma poça d’água, uma mata, uma cidade, um poço, ou seja, o importante é a relação nesse meio, podendo ainda conter elementos comuns em
  7. 7.  Já em um bioma, o perfil do local e a dimensão possuem maior importância. Podemos analisar um bioma como um ecossistema, se formos entender o fluxo de energia e a relação entre os elementos bióticos e abióticos, porém um ecossistema qualquer só será considerado um bioma se suas dimensões forem regionais, ou seja, numa grande escala e ainda levarmos em conta como fatores abióticos o relevo e o macroclima, por exemplo. http://ciencia.hsw.uol.com.br/biomas1.htm
  8. 8.  Em relação aos fatores bióticos, a fisionomia da vegetação é uma das principais características para classificar um bioma. Por outro lado, a relação planta/animal, essencial na compreensão de um ecossistema, não é um fator que influi diretamente sua classificação. Além do mais, o bioma será definido por “tipos” específicos, característicos de plantas e também, mas não tão importante,
  9. 9. TundraBioma localizado próxima à região do Ártico (Canadá, Europa e
  10. 10. Tundra •Temperaturas baixas. •A neve é constante, exceto nos 3 meses de verão, quando a temperatura chega, no máximo, a 10ºC. •A precipitação pluviométrica é baixa.• O solo é pobre em nutrientes,com uma camada congelada amaior parte do ano – secafisiológica.• Baixa biodiversidade comvegetação predominada pormusgos e liquens na regiãonorte, e na parte sul algunstipos de gramíneas e arbustos. Em outubro após o degelo
  11. 11.  Tundra plants have developed adaptations that help them thrive in this harsh climate. Their short height makes them less vulnerable to strong tundra winds, and shallow roots allow them to pull moisture from the soil above the permafrost. Photograph by Michael Melford
  12. 12. Taiga (florestas boreais ou florestas de coníferas)• Localiza ao sul da tundra (USA, Canadá eSibéria).
  13. 13. • Os vegetais característicos são as coníferas. •Trata-se duma floresta muito densa, que não possui grande variedade de espécies. • Predominância de árvores de folha persistente fazem da taiga uma floresta monótona e sempre verde, quer no curto verão, quer no inverno. No inverno longo•O clima é frio, com invernosquase tão rigorosos quanto os datundra. Os verões são maisquentes e longos. Durante a maiorparte do ano, a taiga está quasesempre coberta de neve.•O solo se congela durante oinverno, mas ao contrário do queocorre na Tundra, no verão eledescongela totalmente.• Umidade e precipitaçãomoderadas. No verão curto
  14. 14. Florestas TemperadaLocalizada na zona temperada.
  15. 15. • Biodiversidade moderada. • É o domínio natural mais alterado pela ação humana, a tal ponto que, das matas originais que encobriam quase toda a Europa Ocidental, o nordeste dos Estados Unidos e o sudeste do Canadá, poucas manchas restaram e são ainda preservadas.•Presente no clima temperadocom estações bem definidas;•Ás árvores perdem as folhasno outono e readquirem naprimavera – decíduas oucaducifólias•Solos férteis. Floresta temperada no outono, comum no USA e Europa.
  16. 16. Florestas tropicaisLocalizadas na região tropical da terra entre os trópicos de câncere capricórnio
  17. 17. •As florestas tropicais se desenvolvem em baixas altitudes epróximas do equador•apesar de cobrir apenas 6% da cobertura da Terra, abriga mais dametade das espécies de plantas e animais do planeta.•resultado da alta radiação solar, com temperaturas que variamentre 18 e 30 C, e do alto índice pluviométrico já que recebedurante um ano inteiro mais de 2000 mm de chuvas.•Essas florestas são formadas por árvores que alcançam entre 18e 46 metros de altura.•A vegetação é nitidamente estratificada verticalmente com, nomínimo, três estratos, cada um com um microclima, fauna e floraespecífica e adaptada.
  18. 18. • Temperaturas altas;• Alta umidade e precipitação,• Pouca sazonalidade;• A flora da floresta tropical é exuberante e apresenta grandes árvores, sobre as quais se encontram os cipós e as epífitas (orquídeas, bromélias, samambaias).• altíssima biodiversidade,• solo relativamente pobre, embora mantenha a fertilidade devido à rápida reciclagem da matéria orgânica.
  19. 19. Canoa no Congo
  20. 20. Figueiras nas Filipinas
  21. 21.  Lizard on a Leaf Photograph by Brian Stinga, My Shot A lizard suns itself on a leaf in the El Yunque National Forest in Puerto Rico. El Yunque is the only tropical rain forest in the U.S. National Forest system, which protects the 28,000 acres (11,331 hectares) in the Luquillo Mountains
  22. 22.  Monkey and Coconut Photograph by Nader Alhareedi, My Shot A monkey from the Malaysian rain forest digs into a coconut snack. Malaysia is still heavily forested, about 60 percent of the nation is tree-covered, but deforestation has proceeded rapidly during the nation’s recent economic development. rain forests harbor tremendous biodiversity and those covering Peninsular Malaysia’s highlands also give rise to the rivers which supply 90 percent of the nation’s freshwater needs.
  23. 23. Sunlight in the Rain Forest  Photograph by Fakhrurrazi Fakhrurrazi, Your Shot
  24. 24.  rain forest07 canada mushroom Photograph by Ian McAllister, Getty Images Canada, British Columbia, Amanita muscaria or Fly agaric in temperate coastal rainforest
  25. 25. DesertosEm geral estão localizadas 30º ao norte e ao sul doEquador
  26. 26. Deserto Escassez de água com um total pluviométrico anual que não ultrapassam os 250 mm e são muito mal distribuídas. Vegetação é esparsa: gramíneas e plantas de pequeno porte como cactáceas. Apresentam adaptações a ambientes secos (xeromorfismo): folhas transformadas em espinhos, caules suculentos (armazenam água) e sistema de raízes profundas que podem atingir o lençol freático. Baixa biodiversidade; A falta de umidade do ar provoca uma grande variação anual e principalmente variação de diária da temperatura. A zona semi-árida representa a transição das savanas para o deserto. Deserto do Atacama - Chile Deserto do Sahara - África
  27. 27. Caravan of CamelsPhotograph by Carsten Peter
  28. 28.  Tracing a centuries-old route, a caravan of adventurers plies a 1,500- mile (2,414-kilometer) trail through the heart of the sprawling Sahara. The Sahara covers some 8 percent of Earths land area.
  29. 29. DesertPhotograph by MedfordTaylor A rippled white dune glows under a blue sky in central Australias Simpson Desert. Rainfall in this desolate land is less than 7.8 inches (200 millimeters)
  30. 30. Late Afternoon in DesertPhotograph by Sam Abell Ergs are vast expanses of sand dunes like this area in Oman. Sometimes they are also called sand seas because the dunes look and act like very slowly moving ocean waves.
  31. 31. Saguaro CactusPhotograph by Todd GipsteinCarnegieagigantea Because it is so close to the ocean, the Sonoran Desert receives more rain than any other desert, about 10 to 14 inches (25 to 35 cm) a year. This precipitation allows cacti like this saguaro to grow extremely large.
  32. 32. TumbleweedPhotograph from BruceColeman/Alamy Most people recognize this mature Russian thistle as common tumbleweed. But not many would recognize it in its green, succulent juvenile stage before it breaks from the ground to spread seeds.
  33. 33. Prickly Pear Cacti Photograph by Tim Laman The yellow bloom of a prickly pear cactus brightens this view of a California desert. Cacti are often thought of as a stereotypical desert plant, but they are rarely the dominant species in an area of desert.
  34. 34. Savanas
  35. 35. Savanas • Formado por um tapete contínuo de gramíneas e herbáceas com presença de arbustos e árvores distribuídos de maneira espaças. • Clima com estação seca prolongada. • Solos com baixa fertilidadeO clima é caracterizado poruma estação úmida durante aqual asplantas crescemvigorosamente e um períodoseco durante o qual há muitosincêndios.
  36. 36. Acacia SunrisePhotograph by Balazs Buzas, MyShot An acacia tree stands tall as the sun rises over Serengeti National Park in Tanzania. The savannas of the Serengeti stretch over Tanzania and Kenya, and support hundreds of species of plants and animals.
  37. 37. Tarangire National Park, TanzaniaPhotograph by Timothy G. Laman,  Acacia trees dot the landscape of Tarangire National Park in Tanzania, Africa. Contrasting seasons of rain and drought characterize the savanna climate, typically with more dry months than wet.
  38. 38. Campos de regiões temperadas•Ocorrem em todos os continentes, como as pradarias da Américado Norte e os pampas da América do sul.•Esses biomas possuem precipitação anual de 250 a 750 mm e osverões são muito mais quentes que os invernos, com nítidadiferença nas estações podendo sofrer secas sazonais.•A vegetação predominante é herbácea, geralmente baixa.•De todos os biomas esse é o mais utilizado e transformado porações humanas, muitos dos alimentos são produzidos nestesbiomas, como plantações de arroz e milho e criação de bovinospara leite e corte.
  39. 39. Chaparral Distribuem-se em regiões com clima temperado ameno O chaparral é dos designados pequenos biomas e corresponde a áreas que são sujeitas a significativas chuvas invernais, mas cujos verões, muito quentes, são típicos das latitudes desérticas nos quais se localizam A proximidade destas áreas dos maiores oceanos possibilita a atuação dos efeitos dos climas marítimos que modificam o clima desértico. A vegetação consiste num número significativo de espécies arbustivas, com algumas espécies herbáceas entre elas. Suas folhas são duras, grossas e permanecem sempre verdes. Sendo que, diversas espécies possuem micorrizas, associação íntima entre certos fungos e suas raízes, o que aumenta a chance de sobrevivência em condições adversas. A vegetação arbustiva produz um considerável aumento da massa viva que está sujeita a freqüentes incêndios que originam um meio característico.
  40. 40.  http://environment.nationalgeographic. com/environment/habitats/tundra-map/
  41. 41.  http://www.scribd.com/doc/52486315/ Biomas-Mundiais

×