SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 30
Baixar para ler offline
XII ENTRENORTE Conduta Espírita na Prática da igor.mateus@oi.com.br http://estudosespiritas.tk
1ª Parte: Reflexões em torno da Caridade
INICIALMENTE, VAMOS QUEBRAR O GELO?
DINÂMICA 01: AS DIVERSAS FORMAS DE CARIDADE Dê um abraço carinhoso em algum participante do evento... Brinde a todos os presentes com um excelente sorriso! A música também é uma excelente forma de caridade. Cante algo para nós!!! Escolha algum amigo e comente sobre a melhor qualidade dessa pessoa. Seja prestativo e faça um favor para algum confrade do evento... Inspire-nos contando uma boa ação que você recebeu recentemente. Dê um abraço carinhoso em algum participante do evento... Escolha algum confrade e ofereça-lhe palavras de incentivo... Escolha um amigo e dedique-lhe um gesto de carinho... Distribua um belo gesto de caridade sorrindo para todos nós! Cumprimente com um aperto de mão fraterno, algum dos participantes do encontro... Em breves palavras deseje algo de bom para todo o grupo! A música também é uma excelente forma de caridade. Cante algo para nós!!! Faça uma breve prece por todo o grupo presente neste evento! Dê um abraço carinhoso em algum participante do evento... Cumprimente com um aperto de mão fraterno, algum dos participantes do encontro...
“Não há bens produtivos em regime de estagnação.”  (André Luiz, Do livro: Conduta Espírita)
COM A PALAVRA OS “UNIVERSITÁRIOS”: “Várias maneiras há de fazer-se a caridade, que muitos dentre vós confundem com a esmola. Diferença grande vai, no entanto, de uma para outra. A esmola, meus amigos, é algumas vezes útil, porque dá alívio aos pobres; mas é quase sempre humilhante, tanto para o que a dá, como para o que a recebe. A caridade, ao contrário, liga o benfeitor ao beneficiado e se disfarça de tantos modos!” (Cárita, Lion – 1861) “Tens muito a oferecer. Descobrir tais valores, seja o teu primeiro passo. Pô-los a benefício do próximo, o imediato. Ninguém está privado dos bens espirituais, que não possa dispor de alguma coisa para oferecer.” (Joanna de Ângelis, Do Livro: Vida Feliz)
AH... MAS EU FAÇO TÃO POUCO... 
“Quem ajuda hoje, amanhã será ajudado.”  (André Luiz, Do livro: Conduta Espírita)
QUAL A RELEVÂNCIA DA PRÁTICA DA CARIDADE? “Ainda quando eu falasse todas as línguas dos homens e a língua dos próprios anjos, se eu não tiver caridade, serei como o bronze que soa e um címbalo que retine; - ainda quando tivesse o dom de profecia, que penetrasse todos os mistérios, e tivesse perfeita ciência de todas as coisas; ainda quando tivesse a fé possível, até o ponto de transportar montanhas, se não tiver caridade, nada sou. - E, quando houver distribuído os meus bens para alimentar os pobres e houvesse entregado meu corpo para ser queimado, se não tivesse caridade, tudo isso de nada me serviria.” (PAULO, 1ª epístola aos Coríntios, Cap. XIII, vv. 1 a 7) Fora da Caridade não há Salvação
“Só impõe restrições ao bem quem se acomoda com o mal.”  (André Luiz, Do livro: Conduta Espírita)
DINÂMICA 2: A CARIDADE É x CARIDADE NÃO É... NÃO É É ? ? Paciente Invejosa ? ? Branda Temerária ? ? Benfazeja Orgulhosa ? ? Humilde Interesseira ? ? Amorosa Preconceituosa
“A caridade é paciente; é branda e benfazeja; a caridade não é invejosa; não é temerária, nem precipitada; não se enche de orgulho; - não é desdenhosa; não cuida de seus interesses; não se agasta, nem se azeda com coisa alguma; não suspeita mal; não se rejubila com a injustiça, mas se rejubila com a verdade; tudo suporta, tudo crê, tudo espera, tudo sofre.” PAULO Caridade é o amor É o sol que nosso Senhor Fez raiar claro e fecundo Alegrando nesta vida A existência dolorida Dos que sofrem nesse mundo. Casimiro Cunha
“Caridade! Sublime palavra que sintetiza todas as virtudes, és tu que hás de conduzir os povos à felicidade. Praticando-te, criarão eles para si infinitos gozos no futuro e, enquanto se acharem exilados na Terra, tu lhes serás a consolação, o prelibar das alegrias de que fruirão mais tarde, quando se encontrarem reunidos no seio do Deus de amor.” (Adolfo) ESE, cp. 13, 11. “É na caridade que deveis procurar a paz do coração, o contentamento da alma, o remédio para as aflições da vida.” (Adolfo) ESE, cp. 13, 11. “Sede bons e caridosos: essa a chave dos céus, chave que tendes em vossas mãos. Toda a eterna felicidade se contém neste preceito: ‘Amai-vos uns aos outros’.” (S. Vicente de Paulo) ESE, cp. 13, 12.
Fim da 1ª Parte O que vimos: ,[object Object]
A relevância da Caridade em nossas vidas;
O que a Caridade é e o que a Caridade não é;
Há muitas formas de se fazer a Caridade;
Todos podemos fazer a Caridade;
A semente de caridade que ofertarmos  renderá frutos, por menor que seja;
A Caridade decorre do sentimento do Amoraos semelhantes;,[object Object]
“A humildade assegura a visita contínua dos Emissários do Senhor.”  (André Luiz, Do livro: Conduta Espírita)
ACASO TEMOS ALGUM EXEMPLO PRÁTICO NO EVANGELHO? ,[object Object]
A caridade é generosa;
A caridade busca pelos desafortunados;
A caridade não espera que lhe venham pedir assistência;
A caridade é humilde e modesta;
A caridade exemplifica;
A caridade acalma e alivia as dores;
Junto da caridade sempre há uma palavra amiga;
A caridade não humilha quem a recebe;

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 28
Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 28Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 28
Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 28Patricia Farias
 
Palestra beneficência
Palestra beneficênciaPalestra beneficência
Palestra beneficênciaDenise Tamaê
 
Palestra Espírita - Ação da prece (transmissão do pensamento)
Palestra Espírita - Ação da prece (transmissão do pensamento)Palestra Espírita - Ação da prece (transmissão do pensamento)
Palestra Espírita - Ação da prece (transmissão do pensamento)Divulgador do Espiritismo
 
Cap XIV Honrai a vosso Pai e a vossa Mãe
Cap XIV Honrai a vosso Pai e a vossa MãeCap XIV Honrai a vosso Pai e a vossa Mãe
Cap XIV Honrai a vosso Pai e a vossa Mãegmo1973
 
Tormentos voluntários - Quando buscamos a dor
Tormentos voluntários - Quando buscamos a dorTormentos voluntários - Quando buscamos a dor
Tormentos voluntários - Quando buscamos a dorDanilo Galvão
 
Bem aventurados os que são misericordiosos
Bem aventurados os que são misericordiososBem aventurados os que são misericordiosos
Bem aventurados os que são misericordiososEduardo Ottonelli Pithan
 
BEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃO
BEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃOBEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃO
BEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃOSergio Menezes
 
Palestra Espírita - A caridade material e a caridade moral
Palestra Espírita - A caridade material e a caridade moralPalestra Espírita - A caridade material e a caridade moral
Palestra Espírita - A caridade material e a caridade moralDivulgador do Espiritismo
 

Mais procurados (20)

O CARÁTER EDUCATIVO DA DOR
O CARÁTER EDUCATIVO DA DORO CARÁTER EDUCATIVO DA DOR
O CARÁTER EDUCATIVO DA DOR
 
Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 28
Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 28Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 28
Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 28
 
Indulgencia
IndulgenciaIndulgencia
Indulgencia
 
REFORMA INTIMA E ESPIRITISMO
REFORMA INTIMA E ESPIRITISMOREFORMA INTIMA E ESPIRITISMO
REFORMA INTIMA E ESPIRITISMO
 
A verdadeira propriedade
A verdadeira propriedadeA verdadeira propriedade
A verdadeira propriedade
 
Palestra beneficência
Palestra beneficênciaPalestra beneficência
Palestra beneficência
 
Palestra Espírita - Ação da prece (transmissão do pensamento)
Palestra Espírita - Ação da prece (transmissão do pensamento)Palestra Espírita - Ação da prece (transmissão do pensamento)
Palestra Espírita - Ação da prece (transmissão do pensamento)
 
Fe e caridade gec 05 12-2015
Fe e caridade  gec 05 12-2015Fe e caridade  gec 05 12-2015
Fe e caridade gec 05 12-2015
 
Cap XIV Honrai a vosso Pai e a vossa Mãe
Cap XIV Honrai a vosso Pai e a vossa MãeCap XIV Honrai a vosso Pai e a vossa Mãe
Cap XIV Honrai a vosso Pai e a vossa Mãe
 
Tormentos voluntários - Quando buscamos a dor
Tormentos voluntários - Quando buscamos a dorTormentos voluntários - Quando buscamos a dor
Tormentos voluntários - Quando buscamos a dor
 
Bem aventurados os que são misericordiosos
Bem aventurados os que são misericordiososBem aventurados os que são misericordiosos
Bem aventurados os que são misericordiosos
 
Cristo Consolador
Cristo ConsoladorCristo Consolador
Cristo Consolador
 
BEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃO
BEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃOBEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃO
BEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃO
 
Causas das aflições
Causas das afliçõesCausas das aflições
Causas das aflições
 
O DUELO
O DUELOO DUELO
O DUELO
 
Honrar pai e mãe
Honrar pai e mãeHonrar pai e mãe
Honrar pai e mãe
 
AUTOCONHECIMENTO X REFORMA INTIMA NA VISÃO ESPÍRITA
AUTOCONHECIMENTO X REFORMA INTIMA NA VISÃO ESPÍRITAAUTOCONHECIMENTO X REFORMA INTIMA NA VISÃO ESPÍRITA
AUTOCONHECIMENTO X REFORMA INTIMA NA VISÃO ESPÍRITA
 
Casamento na ótica espirita
Casamento na ótica espiritaCasamento na ótica espirita
Casamento na ótica espirita
 
Família material e espiritual
Família material e espiritualFamília material e espiritual
Família material e espiritual
 
Palestra Espírita - A caridade material e a caridade moral
Palestra Espírita - A caridade material e a caridade moralPalestra Espírita - A caridade material e a caridade moral
Palestra Espírita - A caridade material e a caridade moral
 

Semelhante a Conduta Espírita na Prática da Caridade

23 de janeiro 2015 a caridade e a esmola
23 de janeiro 2015   a caridade e a esmola23 de janeiro 2015   a caridade e a esmola
23 de janeiro 2015 a caridade e a esmolaLar Irmã Zarabatana
 
Caridade um reflexo de amor
Caridade um reflexo de amorCaridade um reflexo de amor
Caridade um reflexo de amorHelio Cruz
 
A gentileza do amor - l ivro
A gentileza do amor -  l ivroA gentileza do amor -  l ivro
A gentileza do amor - l ivroSilvio Dutra
 
A gentileza do amor
A gentileza do amorA gentileza do amor
A gentileza do amorSilvio Dutra
 
48 chico xavier-espíritosdiversos-cartasdocoração
48 chico xavier-espíritosdiversos-cartasdocoração48 chico xavier-espíritosdiversos-cartasdocoração
48 chico xavier-espíritosdiversos-cartasdocoraçãoVanesa Silva
 
Fora Da Caridade NãO Há SalvaçãO
Fora Da Caridade NãO Há SalvaçãOFora Da Caridade NãO Há SalvaçãO
Fora Da Caridade NãO Há SalvaçãOSergio Menezes
 
Meditação com relaxamento e cromoterapia
Meditação com relaxamento e cromoterapiaMeditação com relaxamento e cromoterapia
Meditação com relaxamento e cromoterapiaProfissional Liberal
 
Evangeliza - Fora da caridade não há salvação
Evangeliza - Fora da caridade não há salvaçãoEvangeliza - Fora da caridade não há salvação
Evangeliza - Fora da caridade não há salvaçãoAntonino Silva
 
Fora Caridade não existe Salvação - A Caridade Horizontal e Caridade Vertical
Fora Caridade não existe Salvação - A Caridade Horizontal e Caridade VerticalFora Caridade não existe Salvação - A Caridade Horizontal e Caridade Vertical
Fora Caridade não existe Salvação - A Caridade Horizontal e Caridade VerticalADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Evangelhoterapia - a cura espiritual do Homem!
Evangelhoterapia - a cura espiritual do Homem! Evangelhoterapia - a cura espiritual do Homem!
Evangelhoterapia - a cura espiritual do Homem! Leonardo Pereira
 
Dia nacional da caridade
Dia nacional da caridadeDia nacional da caridade
Dia nacional da caridadeHelio Cruz
 
Fora da Caridade não há Salvação
Fora da Caridade não há SalvaçãoFora da Caridade não há Salvação
Fora da Caridade não há SalvaçãoLuciane Belchior
 
CARIDADE - PEDRA DO SOL
CARIDADE - PEDRA DO SOL CARIDADE - PEDRA DO SOL
CARIDADE - PEDRA DO SOL ricardocapozzi1
 

Semelhante a Conduta Espírita na Prática da Caridade (20)

23 de janeiro 2015 a caridade e a esmola
23 de janeiro 2015   a caridade e a esmola23 de janeiro 2015   a caridade e a esmola
23 de janeiro 2015 a caridade e a esmola
 
Caridade um reflexo de amor
Caridade um reflexo de amorCaridade um reflexo de amor
Caridade um reflexo de amor
 
Caridade
CaridadeCaridade
Caridade
 
A gentileza do amor - l ivro
A gentileza do amor -  l ivroA gentileza do amor -  l ivro
A gentileza do amor - l ivro
 
A gentileza do amor
A gentileza do amorA gentileza do amor
A gentileza do amor
 
48 chico xavier-espíritosdiversos-cartasdocoração
48 chico xavier-espíritosdiversos-cartasdocoração48 chico xavier-espíritosdiversos-cartasdocoração
48 chico xavier-espíritosdiversos-cartasdocoração
 
Fora Da Caridade NãO Há SalvaçãO
Fora Da Caridade NãO Há SalvaçãOFora Da Caridade NãO Há SalvaçãO
Fora Da Caridade NãO Há SalvaçãO
 
Meditação com relaxamento e cromoterapia
Meditação com relaxamento e cromoterapiaMeditação com relaxamento e cromoterapia
Meditação com relaxamento e cromoterapia
 
Evangeliza - Fora da caridade não há salvação
Evangeliza - Fora da caridade não há salvaçãoEvangeliza - Fora da caridade não há salvação
Evangeliza - Fora da caridade não há salvação
 
Formas de caridade segundo Doutrina Espírita
Formas de caridade segundo Doutrina EspíritaFormas de caridade segundo Doutrina Espírita
Formas de caridade segundo Doutrina Espírita
 
A alegria de servir
A alegria de servirA alegria de servir
A alegria de servir
 
Fora Caridade não existe Salvação - A Caridade Horizontal e Caridade Vertical
Fora Caridade não existe Salvação - A Caridade Horizontal e Caridade VerticalFora Caridade não existe Salvação - A Caridade Horizontal e Caridade Vertical
Fora Caridade não existe Salvação - A Caridade Horizontal e Caridade Vertical
 
Evangelhoterapia - a cura espiritual do Homem!
Evangelhoterapia - a cura espiritual do Homem! Evangelhoterapia - a cura espiritual do Homem!
Evangelhoterapia - a cura espiritual do Homem!
 
Instituto Espírita de Educação - Filantropia
Instituto Espírita de Educação - FilantropiaInstituto Espírita de Educação - Filantropia
Instituto Espírita de Educação - Filantropia
 
Dia nacional da caridade
Dia nacional da caridadeDia nacional da caridade
Dia nacional da caridade
 
Fora da Caridade não há Salvação
Fora da Caridade não há SalvaçãoFora da Caridade não há Salvação
Fora da Caridade não há Salvação
 
Boletim 180513
Boletim   180513Boletim   180513
Boletim 180513
 
Curso visitação fraterna
Curso visitação fraternaCurso visitação fraterna
Curso visitação fraterna
 
CARIDADE - PEDRA DO SOL
CARIDADE - PEDRA DO SOL CARIDADE - PEDRA DO SOL
CARIDADE - PEDRA DO SOL
 
Jesus E A Caridade
Jesus E A CaridadeJesus E A Caridade
Jesus E A Caridade
 

Mais de igmateus

Violência não
Violência   nãoViolência   não
Violência nãoigmateus
 
Fluidos e Perispírito
Fluidos e PerispíritoFluidos e Perispírito
Fluidos e Perispíritoigmateus
 
A Eficácia da Prece
A Eficácia da PreceA Eficácia da Prece
A Eficácia da Preceigmateus
 
Obsessão e suas relações com as doenças da alma
Obsessão e suas relações com as doenças da almaObsessão e suas relações com as doenças da alma
Obsessão e suas relações com as doenças da almaigmateus
 
Amar ao próximo como a si mesmo
Amar ao próximo como a si mesmoAmar ao próximo como a si mesmo
Amar ao próximo como a si mesmoigmateus
 
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de VidaJesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vidaigmateus
 
O Caminho da Felicidade
O Caminho da FelicidadeO Caminho da Felicidade
O Caminho da Felicidadeigmateus
 
O que você quer ser quando crescer
O que você quer ser quando crescerO que você quer ser quando crescer
O que você quer ser quando crescerigmateus
 
Obsessão e Desobsessão
Obsessão e Desobsessão Obsessão e Desobsessão
Obsessão e Desobsessão igmateus
 
Decepcoes, Ingratidao, Afeicoes Destruidas
Decepcoes, Ingratidao, Afeicoes DestruidasDecepcoes, Ingratidao, Afeicoes Destruidas
Decepcoes, Ingratidao, Afeicoes Destruidasigmateus
 
A Gratidão como Roteiro de Vida
A Gratidão como Roteiro de VidaA Gratidão como Roteiro de Vida
A Gratidão como Roteiro de Vidaigmateus
 
Auta de Souza e Chico Xavier
Auta de Souza e Chico XavierAuta de Souza e Chico Xavier
Auta de Souza e Chico Xavierigmateus
 
Auta de Souza e Chico Xavier
Auta de Souza e Chico XavierAuta de Souza e Chico Xavier
Auta de Souza e Chico Xavierigmateus
 
Jesus - Uma Verdade para ser Vivida
Jesus - Uma Verdade para ser VividaJesus - Uma Verdade para ser Vivida
Jesus - Uma Verdade para ser Vividaigmateus
 
ENTRENAT 2012 - DAM
ENTRENAT 2012 - DAMENTRENAT 2012 - DAM
ENTRENAT 2012 - DAMigmateus
 
Como NÃO tornar seu filho um delinquente
Como NÃO tornar seu filho um delinquenteComo NÃO tornar seu filho um delinquente
Como NÃO tornar seu filho um delinquenteigmateus
 
Viagem Espírita em 1862
Viagem Espírita em 1862Viagem Espírita em 1862
Viagem Espírita em 1862igmateus
 
Falsos Profetas da Erraticidade
Falsos Profetas da ErraticidadeFalsos Profetas da Erraticidade
Falsos Profetas da Erraticidadeigmateus
 
Caracteres do Verdadeiro Profeta
Caracteres do Verdadeiro ProfetaCaracteres do Verdadeiro Profeta
Caracteres do Verdadeiro Profetaigmateus
 
Provas da Reencarnação
Provas da ReencarnaçãoProvas da Reencarnação
Provas da Reencarnaçãoigmateus
 

Mais de igmateus (20)

Violência não
Violência   nãoViolência   não
Violência não
 
Fluidos e Perispírito
Fluidos e PerispíritoFluidos e Perispírito
Fluidos e Perispírito
 
A Eficácia da Prece
A Eficácia da PreceA Eficácia da Prece
A Eficácia da Prece
 
Obsessão e suas relações com as doenças da alma
Obsessão e suas relações com as doenças da almaObsessão e suas relações com as doenças da alma
Obsessão e suas relações com as doenças da alma
 
Amar ao próximo como a si mesmo
Amar ao próximo como a si mesmoAmar ao próximo como a si mesmo
Amar ao próximo como a si mesmo
 
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de VidaJesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
 
O Caminho da Felicidade
O Caminho da FelicidadeO Caminho da Felicidade
O Caminho da Felicidade
 
O que você quer ser quando crescer
O que você quer ser quando crescerO que você quer ser quando crescer
O que você quer ser quando crescer
 
Obsessão e Desobsessão
Obsessão e Desobsessão Obsessão e Desobsessão
Obsessão e Desobsessão
 
Decepcoes, Ingratidao, Afeicoes Destruidas
Decepcoes, Ingratidao, Afeicoes DestruidasDecepcoes, Ingratidao, Afeicoes Destruidas
Decepcoes, Ingratidao, Afeicoes Destruidas
 
A Gratidão como Roteiro de Vida
A Gratidão como Roteiro de VidaA Gratidão como Roteiro de Vida
A Gratidão como Roteiro de Vida
 
Auta de Souza e Chico Xavier
Auta de Souza e Chico XavierAuta de Souza e Chico Xavier
Auta de Souza e Chico Xavier
 
Auta de Souza e Chico Xavier
Auta de Souza e Chico XavierAuta de Souza e Chico Xavier
Auta de Souza e Chico Xavier
 
Jesus - Uma Verdade para ser Vivida
Jesus - Uma Verdade para ser VividaJesus - Uma Verdade para ser Vivida
Jesus - Uma Verdade para ser Vivida
 
ENTRENAT 2012 - DAM
ENTRENAT 2012 - DAMENTRENAT 2012 - DAM
ENTRENAT 2012 - DAM
 
Como NÃO tornar seu filho um delinquente
Como NÃO tornar seu filho um delinquenteComo NÃO tornar seu filho um delinquente
Como NÃO tornar seu filho um delinquente
 
Viagem Espírita em 1862
Viagem Espírita em 1862Viagem Espírita em 1862
Viagem Espírita em 1862
 
Falsos Profetas da Erraticidade
Falsos Profetas da ErraticidadeFalsos Profetas da Erraticidade
Falsos Profetas da Erraticidade
 
Caracteres do Verdadeiro Profeta
Caracteres do Verdadeiro ProfetaCaracteres do Verdadeiro Profeta
Caracteres do Verdadeiro Profeta
 
Provas da Reencarnação
Provas da ReencarnaçãoProvas da Reencarnação
Provas da Reencarnação
 

Último

Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxLição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxCelso Napoleon
 
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familiaRESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familiamaysa997520
 
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptxO concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptxPIB Penha
 
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxLição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxCelso Napoleon
 
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024RaniereSilva14
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivoEbook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivoInsituto Propósitos de Ensino
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - IntroduçãoEbook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - IntroduçãoInsituto Propósitos de Ensino
 
slide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaslide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaFranklinOliveira30
 

Último (12)

Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxLição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
 
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familiaRESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
 
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptxO concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 02
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 02Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 02
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 02
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 03
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 03Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 03
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 03
 
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxLição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
 
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivoEbook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
 
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdfO Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - IntroduçãoEbook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
 
slide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaslide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarística
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 01
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 01Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 01
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 01
 

Conduta Espírita na Prática da Caridade

  • 1. XII ENTRENORTE Conduta Espírita na Prática da igor.mateus@oi.com.br http://estudosespiritas.tk
  • 2. 1ª Parte: Reflexões em torno da Caridade
  • 4. DINÂMICA 01: AS DIVERSAS FORMAS DE CARIDADE Dê um abraço carinhoso em algum participante do evento... Brinde a todos os presentes com um excelente sorriso! A música também é uma excelente forma de caridade. Cante algo para nós!!! Escolha algum amigo e comente sobre a melhor qualidade dessa pessoa. Seja prestativo e faça um favor para algum confrade do evento... Inspire-nos contando uma boa ação que você recebeu recentemente. Dê um abraço carinhoso em algum participante do evento... Escolha algum confrade e ofereça-lhe palavras de incentivo... Escolha um amigo e dedique-lhe um gesto de carinho... Distribua um belo gesto de caridade sorrindo para todos nós! Cumprimente com um aperto de mão fraterno, algum dos participantes do encontro... Em breves palavras deseje algo de bom para todo o grupo! A música também é uma excelente forma de caridade. Cante algo para nós!!! Faça uma breve prece por todo o grupo presente neste evento! Dê um abraço carinhoso em algum participante do evento... Cumprimente com um aperto de mão fraterno, algum dos participantes do encontro...
  • 5. “Não há bens produtivos em regime de estagnação.” (André Luiz, Do livro: Conduta Espírita)
  • 6. COM A PALAVRA OS “UNIVERSITÁRIOS”: “Várias maneiras há de fazer-se a caridade, que muitos dentre vós confundem com a esmola. Diferença grande vai, no entanto, de uma para outra. A esmola, meus amigos, é algumas vezes útil, porque dá alívio aos pobres; mas é quase sempre humilhante, tanto para o que a dá, como para o que a recebe. A caridade, ao contrário, liga o benfeitor ao beneficiado e se disfarça de tantos modos!” (Cárita, Lion – 1861) “Tens muito a oferecer. Descobrir tais valores, seja o teu primeiro passo. Pô-los a benefício do próximo, o imediato. Ninguém está privado dos bens espirituais, que não possa dispor de alguma coisa para oferecer.” (Joanna de Ângelis, Do Livro: Vida Feliz)
  • 7. AH... MAS EU FAÇO TÃO POUCO... 
  • 8. “Quem ajuda hoje, amanhã será ajudado.” (André Luiz, Do livro: Conduta Espírita)
  • 9. QUAL A RELEVÂNCIA DA PRÁTICA DA CARIDADE? “Ainda quando eu falasse todas as línguas dos homens e a língua dos próprios anjos, se eu não tiver caridade, serei como o bronze que soa e um címbalo que retine; - ainda quando tivesse o dom de profecia, que penetrasse todos os mistérios, e tivesse perfeita ciência de todas as coisas; ainda quando tivesse a fé possível, até o ponto de transportar montanhas, se não tiver caridade, nada sou. - E, quando houver distribuído os meus bens para alimentar os pobres e houvesse entregado meu corpo para ser queimado, se não tivesse caridade, tudo isso de nada me serviria.” (PAULO, 1ª epístola aos Coríntios, Cap. XIII, vv. 1 a 7) Fora da Caridade não há Salvação
  • 10. “Só impõe restrições ao bem quem se acomoda com o mal.” (André Luiz, Do livro: Conduta Espírita)
  • 11. DINÂMICA 2: A CARIDADE É x CARIDADE NÃO É... NÃO É É ? ? Paciente Invejosa ? ? Branda Temerária ? ? Benfazeja Orgulhosa ? ? Humilde Interesseira ? ? Amorosa Preconceituosa
  • 12. “A caridade é paciente; é branda e benfazeja; a caridade não é invejosa; não é temerária, nem precipitada; não se enche de orgulho; - não é desdenhosa; não cuida de seus interesses; não se agasta, nem se azeda com coisa alguma; não suspeita mal; não se rejubila com a injustiça, mas se rejubila com a verdade; tudo suporta, tudo crê, tudo espera, tudo sofre.” PAULO Caridade é o amor É o sol que nosso Senhor Fez raiar claro e fecundo Alegrando nesta vida A existência dolorida Dos que sofrem nesse mundo. Casimiro Cunha
  • 13. “Caridade! Sublime palavra que sintetiza todas as virtudes, és tu que hás de conduzir os povos à felicidade. Praticando-te, criarão eles para si infinitos gozos no futuro e, enquanto se acharem exilados na Terra, tu lhes serás a consolação, o prelibar das alegrias de que fruirão mais tarde, quando se encontrarem reunidos no seio do Deus de amor.” (Adolfo) ESE, cp. 13, 11. “É na caridade que deveis procurar a paz do coração, o contentamento da alma, o remédio para as aflições da vida.” (Adolfo) ESE, cp. 13, 11. “Sede bons e caridosos: essa a chave dos céus, chave que tendes em vossas mãos. Toda a eterna felicidade se contém neste preceito: ‘Amai-vos uns aos outros’.” (S. Vicente de Paulo) ESE, cp. 13, 12.
  • 14.
  • 15. A relevância da Caridade em nossas vidas;
  • 16. O que a Caridade é e o que a Caridade não é;
  • 17. Há muitas formas de se fazer a Caridade;
  • 18. Todos podemos fazer a Caridade;
  • 19. A semente de caridade que ofertarmos renderá frutos, por menor que seja;
  • 20.
  • 21. “A humildade assegura a visita contínua dos Emissários do Senhor.” (André Luiz, Do livro: Conduta Espírita)
  • 22.
  • 23. A caridade é generosa;
  • 24. A caridade busca pelos desafortunados;
  • 25. A caridade não espera que lhe venham pedir assistência;
  • 26. A caridade é humilde e modesta;
  • 28. A caridade acalma e alivia as dores;
  • 29. Junto da caridade sempre há uma palavra amiga;
  • 30. A caridade não humilha quem a recebe;
  • 31. A caridade não faz distinção de raças ou de crenças;
  • 32. A caridade vê a todos como irmãos e os ama;
  • 33. A caridade dá de si mesma e doa-se aos semelhantes;
  • 34.
  • 35. Sublime Encontro Se procuras o Cristo Soberano, Por excelso refúgio às próprias dores, Busca, hoje e amanhã, por onde fores, O torturado coração humano.   Desce ao vale dos grandes amargores, Onde revelam sofrimento insano, A aflição, a miséria e o desengano, Entre flagelos purificadores.   Desce à feição do sol na noite fria, Guardando a caridade por teu guia, Ajudando e servindo cada hora...   E, ante a luz da Divina Primavera, Encontrarás o Cristo que te espera, Crucificado em cada ser que chora. AUTA DE SOUZA
  • 36. Acaso não estaríamos diante da Conduta Espírita na Prática da Caridade ? O que vocês acham?
  • 37.
  • 38. “Dai gratuitamente o que gratuitamente recebestes”;
  • 39. “Dai com a direita para que a esquerda não veja”;
  • 40. “Fazei aos outros, aquilo que gostaríeis que fizessem para contigo”;
  • 41.
  • 42.
  • 43.
  • 44. Minha religião é você!
  • 45. E qual o Deus que a senhora serve?
  • 46.
  • 47. “O trabalho desinteressado sustenta a dignidade e o respeito nas boas obras.” (André Luiz, Do livro: Conduta Espírita)
  • 48. NÃO ESPERE PELOS OUTROS, TOME UMA ATITUDE E OS OUTROS TE SEGUIRÃO, POIS A CARIDADE É CONTAGIANTE!!!!!
  • 49.
  • 50. A Conduta espírita é a conduta baseada nos ensinamentos do Cristo;
  • 51. Não podemos entrar no “piloto automático” na prática da Caridade;
  • 52. Caridade é doação de si mesmo em favor do próximo;
  • 53.
  • 54.
  • 55.