TÉCNICAS DE ESTUDO

24.844 visualizações

Publicada em

Apresentação das principais técnicas de estudo.

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
24.844
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
139
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
452
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

TÉCNICAS DE ESTUDO

  1. 1. TÉCNICAS DE ESTUDO LEITURA ESQUEMA RESUMO FICHAMENTO 1
  2. 2. TIPOS DE LEITURA EXPLORATÓRIA SELETIVA ANALÍTICA INTERPRETATIVA 2
  3. 3. LEITURA EXPLORATÓRIA leitura rápida do material bibliográfico finalidade de verificar a importância da obra para a pesquisa faz o reconhecimento da obra: exame de índices, notas de rodapé, prefácio, orelhas dos livros não dispensa o conhecimento prévio do assunto 3
  4. 4. LEITURA SELETIVA  é a determinação do material que realmente interessa à pesquisa  Visa os objetivos da pesquisa, para que não haja perda de tempo.  É uma leitura mais profunda que a exploratória, mas ainda não é definitiva  Textos que foram deixados à parte num primeiro momento poderão ser consultados posteriormente, de acordo com as necessidades do pesquisador. 4
  5. 5. LEITURA ANALÍTICA é feita a partir dos textos selecionados serve para decompor, examinar sistematicamente os elementos que compõem o texto penetrar nas idéias do autor e compreender como o todo foi organizado ordenar as informações obtidas, construindo o sumário. interpretar objetivamente o pensamento do autor 5
  6. 6. LEITURA ANALÍTICA: ETAPAS • leitura global: visão global da obra • identificar as idéias- chave: é retirar uma frase que possa sintetizar um parágrafo • selecionar alguns parágrafos que são mais explicativos • correlacionar os parágrafos levando à identificação das idéias mais importantes • hierarquizar as idéias: é a organização das idéias seguindo a ordem de importância; é a distinção entre as idéias principais e as secundárias; VI. sintetizar as idéias: é a recomposição de tudo o que foi decomposto durante a análise, eliminando o que é secundário e fixando-se no6 essencial para a resolução do problema proposto.
  7. 7. LEITURA INTERPRETATIVA é o último processo de leitura das fontes bibliográficas tomar uma posição própria a respeito das idéias enunciadas é necessário cautela, pois, ao relacionar as afirmações do autor, há maior risco de interferência subjetiva. 7
  8. 8. A LEITURA INTERPRETATIVA PERMITE… • ter uma visão mais aberta do pensamento global do autor e verifica como se relacionam. • localizar o autor num contexto cultural mais abrangente, através das posições por ele assumidas • comparar suas idéias com outros autores que tenham escrito sobre o mesmo tema. • desenvolver um pensamento crítico/reflexivo a respeito do tema, uma tomada de posição, superando a estrita mensagem do texto. • ler nas entrelinhas, forçar um diálogo, interrogar a matéria sob o ponto de vista particular VI. fazer uma reelaboração pessoal do escrito em tela: a mensagem desenvolvida terá um cunho pessoal, com raciocínio 8 individualizado
  9. 9. ESQUEMA  Esqueleto da obra  Organização do texto com lógica  Destaque da inter-relação das idéias  Retira as idéias principais, os detalhes importantes e as idéias secundárias  Pode ser formulado através de gráficos, símbolos, códigos ou palavras  Não há regras para sua elaboração 9
  10. 10. RESUMO  Apresentação de pontos relevantes de um texto  Apresentação das principais idéias do autor do texto  Estimula a leitura do texto completo  Deve ser fiel às idéias do autor  Deve ter um cunho pessoal que demonstre a assimilação pessoal do pesquisador  É preciso compreender o texto 10
  11. 11. COMO ENCONTRAR A IDÉIA PRINCIPAL … DE UM PARÁGRAFO DE UM CAPÍTULO DE UMA OBRA 11
  12. 12. COMO REDIGIR O RESUMO  O resumo é constituído de um só parágrafo  Sublinhar as palavras-chave após a primeira leitura  Reconstruir o parágrafo a partir das palavras sublinhadas  Evitar as locuções: “o autor descreve”, “neste artigo o autor expõe que...”  Usar as etapas de: supressão, generalização, seleção e construção 12
  13. 13. ETAPAS PARA CONFECÇÃO DO RESUMO  SUPRESSÃO – eliminação de palavras secundárias  GENERALIZAÇÃO – substituição de elementos específicos por genéricos  SELEÇÃO – eliminação de informações secundárias  CONSTRUÇÃO – criação (paráfrase) 13
  14. 14. TIPOS DE RESUMO  INDICATIVO OU DESCRITIVO – partes mais importantes do texto, não dispensa a leitura do texto original  INFORMATIVO – reproduz com fidelidade as idéias principais e os detalhes importantes  CRÍTICO – apresenta uma crítica  RESENHA – exige juízo valorativo, comentário, crítica 14
  15. 15. FICHAMENTO  Fichar = registrar  Identifica as obras, o conteúdo, faz citações, analisa o material, elabora críticas  FICHA BIBLIOGRÁFICA POR AUTOR  FICHA BIBLIOGRÁFICA POR ASSUNTO  FICHA DE TRANSCRIÇÃO  FICHA RESUMO / ANALÍTICA 15

×