SlideShare uma empresa Scribd logo
 
Fisiologia do Exercício e PIC I Workshop em Pressão Intra Craniana – PIC FMRP-USP  /  IEA Sergio E A Perez UFSCar / 2011
 
 
 
A Segurança do Treinamento Resistido:  Fatores Hemodinâmicos e Incidentes Cardiovasculares
CARGA de VOLUME CARDÍACO ESTRESSE de ALONGAMENTO CARGA de PRESSÃO CARDÍACA ESTRESSE de TENSÃO MIOC .
DIFERENTES RESPOSTAS PRESSÓRICAS ENTRE !!!!!! AERÓBICOS  X  RESISTIDOS 20 300  200  mmHg 180  80  mmHg
Maior Pressão Registrada 470 / 350 mmHg 1 O  Lugar
Efeito da Manobra de Valsalva
 
 
 
P I C Exercício Não Resistido x Resistido
Pressão Transmural
PAM = 93 mmHg PIC = 0 mmHg Repouso    = 93 mmHg
PAM = 110 mmHg PIC = 0 mmHg Aeróbico    = 110 mmHg
PAM = 110 mmHg PIC = 0 mmHg Aeróbico    = 110 mmHg
PAM = 183 mmHg PIC = 0 mmHg Resistido    = 183 mmHg 30
PIC = 83 mmHg Resistido + MV    = 100 mmHg PAM = 183 mmHg
Med. Sci. Sports Exerc., Vol. 35, No. 1, pp. 65–68, 2003.
Objetivo ,[object Object]
Método ,[object Object]
 
 
 
 
Tempo de hipertensão em exercícios aeróbicos!
Duração do exercício (minutos    Horas) 35 Pressão Sistólica Pressão Díastólica 120 80
 
 
40
 
Featherstone et al., 1993 (n=12) pacientes pós IAM ,[object Object],[object Object],[object Object]
Revisão 27 trabalhos com pacientes portadores da DAC ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Palestra SVV Cref
Palestra SVV CrefPalestra SVV Cref
Palestra SVV Cref
Marcela Mihessen
 
Reanimação cardiopulmonar avançada 2015
Reanimação cardiopulmonar avançada 2015Reanimação cardiopulmonar avançada 2015
Reanimação cardiopulmonar avançada 2015
Antonio Souto
 
Desfibrilacao
DesfibrilacaoDesfibrilacao
Desfibrilacao
Taiana Tarsila
 
Fisioterapia em cardiologia
Fisioterapia em cardiologiaFisioterapia em cardiologia
Fisioterapia em cardiologia
José Ilton
 
Cardioexercicio
CardioexercicioCardioexercicio
Cardioexercicio
Antonio Jorge M. Malvar
 
Sbv
SbvSbv
Exercício e cardiopatias
Exercício e cardiopatiasExercício e cardiopatias
Exercício e cardiopatias
washington carlos vieira
 
Novas Diretrizes PCR - AHA
Novas Diretrizes PCR - AHANovas Diretrizes PCR - AHA
Novas Diretrizes PCR - AHA
Leandro Carvalho
 
Reabilitação cardíaca fases II e III
Reabilitação cardíaca fases II e IIIReabilitação cardíaca fases II e III
Reabilitação cardíaca fases II e III
Monique Migliorini
 
Supoerte Básico de Vida - Basic Life Suporte (BLS)
Supoerte Básico de Vida - Basic Life Suporte (BLS)Supoerte Básico de Vida - Basic Life Suporte (BLS)
Supoerte Básico de Vida - Basic Life Suporte (BLS)
Marina Sousa
 

Mais procurados (10)

Palestra SVV Cref
Palestra SVV CrefPalestra SVV Cref
Palestra SVV Cref
 
Reanimação cardiopulmonar avançada 2015
Reanimação cardiopulmonar avançada 2015Reanimação cardiopulmonar avançada 2015
Reanimação cardiopulmonar avançada 2015
 
Desfibrilacao
DesfibrilacaoDesfibrilacao
Desfibrilacao
 
Fisioterapia em cardiologia
Fisioterapia em cardiologiaFisioterapia em cardiologia
Fisioterapia em cardiologia
 
Cardioexercicio
CardioexercicioCardioexercicio
Cardioexercicio
 
Sbv
SbvSbv
Sbv
 
Exercício e cardiopatias
Exercício e cardiopatiasExercício e cardiopatias
Exercício e cardiopatias
 
Novas Diretrizes PCR - AHA
Novas Diretrizes PCR - AHANovas Diretrizes PCR - AHA
Novas Diretrizes PCR - AHA
 
Reabilitação cardíaca fases II e III
Reabilitação cardíaca fases II e IIIReabilitação cardíaca fases II e III
Reabilitação cardíaca fases II e III
 
Supoerte Básico de Vida - Basic Life Suporte (BLS)
Supoerte Básico de Vida - Basic Life Suporte (BLS)Supoerte Básico de Vida - Basic Life Suporte (BLS)
Supoerte Básico de Vida - Basic Life Suporte (BLS)
 

Destaque

Cardio pulmonary interactions during Mechanical Ventilation
Cardio pulmonary interactions during Mechanical Ventilation Cardio pulmonary interactions during Mechanical Ventilation
Cardio pulmonary interactions during Mechanical Ventilation
Dr.Mahmoud Abbas
 
C pic
C picC pic
ReposiçãO VolêMica Em Uti
ReposiçãO VolêMica Em UtiReposiçãO VolêMica Em Uti
ReposiçãO VolêMica Em Uti
galegoo
 
Bootloader: Teoria de operação e implementação via USB para PIC
Bootloader: Teoria de operação e implementação via USB para PICBootloader: Teoria de operação e implementação via USB para PIC
Bootloader: Teoria de operação e implementação via USB para PIC
Daniel Rodrigues de Sousa
 
Arquitetura do pic
Arquitetura do picArquitetura do pic
Arquitetura do pic
Saddam Lande
 
Apostila pic-c
Apostila pic-cApostila pic-c
Apostila pic-c
jlconrado
 
Programando os Microcontroladores PIC
Programando os Microcontroladores PICProgramando os Microcontroladores PIC
Programando os Microcontroladores PIC
Fabio Souza
 
10 apostila microcontroladores
10  apostila microcontroladores10  apostila microcontroladores
10 apostila microcontroladores
Alyson Cavalcante
 
Sistema De Comunicação Bluetooth Usando Microcontrolador PIC
Sistema De Comunicação Bluetooth Usando Microcontrolador PICSistema De Comunicação Bluetooth Usando Microcontrolador PIC
Sistema De Comunicação Bluetooth Usando Microcontrolador PIC
Davidson Fellipe
 
1 história e características dos microcontroladores pic
1 história e características dos microcontroladores pic1 história e características dos microcontroladores pic
1 história e características dos microcontroladores pic
Anderson Inácio Morais
 
Apresentação curso pic básico fbs eletrônica
Apresentação   curso pic básico fbs eletrônicaApresentação   curso pic básico fbs eletrônica
Apresentação curso pic básico fbs eletrônica
Fabio Souza
 
Microcontroladores PIC - Manipulação de pinos de I/O com a Linguagem C
Microcontroladores PIC - Manipulação de pinos de I/O com a Linguagem CMicrocontroladores PIC - Manipulação de pinos de I/O com a Linguagem C
Microcontroladores PIC - Manipulação de pinos de I/O com a Linguagem C
Fabio Souza
 
Resumo linguagem c para microcontroladores PIC usando MikroC
Resumo linguagem c para microcontroladores PIC usando MikroCResumo linguagem c para microcontroladores PIC usando MikroC
Resumo linguagem c para microcontroladores PIC usando MikroC
Fabio Souza
 

Destaque (13)

Cardio pulmonary interactions during Mechanical Ventilation
Cardio pulmonary interactions during Mechanical Ventilation Cardio pulmonary interactions during Mechanical Ventilation
Cardio pulmonary interactions during Mechanical Ventilation
 
C pic
C picC pic
C pic
 
ReposiçãO VolêMica Em Uti
ReposiçãO VolêMica Em UtiReposiçãO VolêMica Em Uti
ReposiçãO VolêMica Em Uti
 
Bootloader: Teoria de operação e implementação via USB para PIC
Bootloader: Teoria de operação e implementação via USB para PICBootloader: Teoria de operação e implementação via USB para PIC
Bootloader: Teoria de operação e implementação via USB para PIC
 
Arquitetura do pic
Arquitetura do picArquitetura do pic
Arquitetura do pic
 
Apostila pic-c
Apostila pic-cApostila pic-c
Apostila pic-c
 
Programando os Microcontroladores PIC
Programando os Microcontroladores PICProgramando os Microcontroladores PIC
Programando os Microcontroladores PIC
 
10 apostila microcontroladores
10  apostila microcontroladores10  apostila microcontroladores
10 apostila microcontroladores
 
Sistema De Comunicação Bluetooth Usando Microcontrolador PIC
Sistema De Comunicação Bluetooth Usando Microcontrolador PICSistema De Comunicação Bluetooth Usando Microcontrolador PIC
Sistema De Comunicação Bluetooth Usando Microcontrolador PIC
 
1 história e características dos microcontroladores pic
1 história e características dos microcontroladores pic1 história e características dos microcontroladores pic
1 história e características dos microcontroladores pic
 
Apresentação curso pic básico fbs eletrônica
Apresentação   curso pic básico fbs eletrônicaApresentação   curso pic básico fbs eletrônica
Apresentação curso pic básico fbs eletrônica
 
Microcontroladores PIC - Manipulação de pinos de I/O com a Linguagem C
Microcontroladores PIC - Manipulação de pinos de I/O com a Linguagem CMicrocontroladores PIC - Manipulação de pinos de I/O com a Linguagem C
Microcontroladores PIC - Manipulação de pinos de I/O com a Linguagem C
 
Resumo linguagem c para microcontroladores PIC usando MikroC
Resumo linguagem c para microcontroladores PIC usando MikroCResumo linguagem c para microcontroladores PIC usando MikroC
Resumo linguagem c para microcontroladores PIC usando MikroC
 

Semelhante a IEA - I Workshop em pressão intracraniana - Parte 3

Curso HC Emergencias Pre-hospitalar
Curso HC Emergencias Pre-hospitalarCurso HC Emergencias Pre-hospitalar
Curso HC Emergencias Pre-hospitalar
Agnaldo Pispico
 
Reabilitação Cardiovascular, como fazer
Reabilitação Cardiovascular, como fazerReabilitação Cardiovascular, como fazer
Reabilitação Cardiovascular, como fazer
Marcela Mihessen
 
Hipertensão arterial x treinamento de força
Hipertensão arterial x treinamento de forçaHipertensão arterial x treinamento de força
Hipertensão arterial x treinamento de força
felipethoaldo
 
7. DAC - riscos e benefícios.ppsx
7. DAC - riscos e benefícios.ppsx7. DAC - riscos e benefícios.ppsx
7. DAC - riscos e benefícios.ppsx
JonatasHamiden1
 
Cardiopatias
CardiopatiasCardiopatias
AULA SINAIS VITAIS PARA ENFERMAGEM - TEORIA E PRÁTICA
AULA SINAIS VITAIS PARA ENFERMAGEM - TEORIA E PRÁTICAAULA SINAIS VITAIS PARA ENFERMAGEM - TEORIA E PRÁTICA
AULA SINAIS VITAIS PARA ENFERMAGEM - TEORIA E PRÁTICA
RaissaEufrazio
 
Hipertensão arterial
Hipertensão arterialHipertensão arterial
Hipertensão arterial
washington carlos vieira
 
SUPORTE BASICO DE VIDA - RCP
SUPORTE BASICO DE VIDA - RCPSUPORTE BASICO DE VIDA - RCP
SUPORTE BASICO DE VIDA - RCP
RafaelaAraujo53
 
aula suporte basico 16 - ADULTO.ppt
aula suporte basico 16 - ADULTO.pptaula suporte basico 16 - ADULTO.ppt
aula suporte basico 16 - ADULTO.ppt
LarcioFerreiraSilva
 
UTI coronariana - clinica
UTI coronariana - clinicaUTI coronariana - clinica
UTI coronariana - clinica
Marcela Mihessen
 
Desmame da Ventilação Mecânica
Desmame da Ventilação MecânicaDesmame da Ventilação Mecânica
Desmame da Ventilação Mecânica
José Alexandre Pires de Almeida
 
Envelhecimento fisiológico
Envelhecimento fisiológicoEnvelhecimento fisiológico
Envelhecimento fisiológico
washington carlos vieira
 
Aula fisioterapia uel. respostas cardiovasculares durante o exercicio
Aula fisioterapia uel.  respostas cardiovasculares durante o exercicioAula fisioterapia uel.  respostas cardiovasculares durante o exercicio
Aula fisioterapia uel. respostas cardiovasculares durante o exercicio
Walter Sepúlveda Loyola
 
Exercício resistido para o paciente hipertenso indicação ou contraindicação
Exercício resistido para o paciente hipertenso  indicação ou contraindicaçãoExercício resistido para o paciente hipertenso  indicação ou contraindicação
Exercício resistido para o paciente hipertenso indicação ou contraindicação
Rafael Pereira
 
Adaptacoes agudas e cronicas
Adaptacoes agudas e cronicas Adaptacoes agudas e cronicas
Adaptacoes agudas e cronicas
Geo Carvalho
 
Adaptaçoes agudas e cronicas
Adaptaçoes agudas e cronicasAdaptaçoes agudas e cronicas
Adaptaçoes agudas e cronicas
eduardo filho
 
Adaptações agudas e crônicas do exercício físico
Adaptações agudas e crônicas do exercício físicoAdaptações agudas e crônicas do exercício físico
Adaptações agudas e crônicas do exercício físico
albuquerque1000
 
DOR TORÁCICA
DOR TORÁCICADOR TORÁCICA
DOR TORÁCICA
MatheusPacola1
 
Sinais Vitais.pdf
Sinais Vitais.pdfSinais Vitais.pdf
Sinais Vitais.pdf
KarinyNayara1
 
Teste de exercício de 4 segundos p curso ef clinimex
Teste de exercício de 4 segundos p curso ef clinimexTeste de exercício de 4 segundos p curso ef clinimex
Teste de exercício de 4 segundos p curso ef clinimex
vieiraduarte
 

Semelhante a IEA - I Workshop em pressão intracraniana - Parte 3 (20)

Curso HC Emergencias Pre-hospitalar
Curso HC Emergencias Pre-hospitalarCurso HC Emergencias Pre-hospitalar
Curso HC Emergencias Pre-hospitalar
 
Reabilitação Cardiovascular, como fazer
Reabilitação Cardiovascular, como fazerReabilitação Cardiovascular, como fazer
Reabilitação Cardiovascular, como fazer
 
Hipertensão arterial x treinamento de força
Hipertensão arterial x treinamento de forçaHipertensão arterial x treinamento de força
Hipertensão arterial x treinamento de força
 
7. DAC - riscos e benefícios.ppsx
7. DAC - riscos e benefícios.ppsx7. DAC - riscos e benefícios.ppsx
7. DAC - riscos e benefícios.ppsx
 
Cardiopatias
CardiopatiasCardiopatias
Cardiopatias
 
AULA SINAIS VITAIS PARA ENFERMAGEM - TEORIA E PRÁTICA
AULA SINAIS VITAIS PARA ENFERMAGEM - TEORIA E PRÁTICAAULA SINAIS VITAIS PARA ENFERMAGEM - TEORIA E PRÁTICA
AULA SINAIS VITAIS PARA ENFERMAGEM - TEORIA E PRÁTICA
 
Hipertensão arterial
Hipertensão arterialHipertensão arterial
Hipertensão arterial
 
SUPORTE BASICO DE VIDA - RCP
SUPORTE BASICO DE VIDA - RCPSUPORTE BASICO DE VIDA - RCP
SUPORTE BASICO DE VIDA - RCP
 
aula suporte basico 16 - ADULTO.ppt
aula suporte basico 16 - ADULTO.pptaula suporte basico 16 - ADULTO.ppt
aula suporte basico 16 - ADULTO.ppt
 
UTI coronariana - clinica
UTI coronariana - clinicaUTI coronariana - clinica
UTI coronariana - clinica
 
Desmame da Ventilação Mecânica
Desmame da Ventilação MecânicaDesmame da Ventilação Mecânica
Desmame da Ventilação Mecânica
 
Envelhecimento fisiológico
Envelhecimento fisiológicoEnvelhecimento fisiológico
Envelhecimento fisiológico
 
Aula fisioterapia uel. respostas cardiovasculares durante o exercicio
Aula fisioterapia uel.  respostas cardiovasculares durante o exercicioAula fisioterapia uel.  respostas cardiovasculares durante o exercicio
Aula fisioterapia uel. respostas cardiovasculares durante o exercicio
 
Exercício resistido para o paciente hipertenso indicação ou contraindicação
Exercício resistido para o paciente hipertenso  indicação ou contraindicaçãoExercício resistido para o paciente hipertenso  indicação ou contraindicação
Exercício resistido para o paciente hipertenso indicação ou contraindicação
 
Adaptacoes agudas e cronicas
Adaptacoes agudas e cronicas Adaptacoes agudas e cronicas
Adaptacoes agudas e cronicas
 
Adaptaçoes agudas e cronicas
Adaptaçoes agudas e cronicasAdaptaçoes agudas e cronicas
Adaptaçoes agudas e cronicas
 
Adaptações agudas e crônicas do exercício físico
Adaptações agudas e crônicas do exercício físicoAdaptações agudas e crônicas do exercício físico
Adaptações agudas e crônicas do exercício físico
 
DOR TORÁCICA
DOR TORÁCICADOR TORÁCICA
DOR TORÁCICA
 
Sinais Vitais.pdf
Sinais Vitais.pdfSinais Vitais.pdf
Sinais Vitais.pdf
 
Teste de exercício de 4 segundos p curso ef clinimex
Teste de exercício de 4 segundos p curso ef clinimexTeste de exercício de 4 segundos p curso ef clinimex
Teste de exercício de 4 segundos p curso ef clinimex
 

Mais de Instituto de Estudos Avançados - USP

IEA - Expressão gênica: é complexo mesmo ou só estão faltando partes?
IEA - Expressão gênica: é complexo mesmo ou só estão faltando partes?IEA - Expressão gênica: é complexo mesmo ou só estão faltando partes?
IEA - Expressão gênica: é complexo mesmo ou só estão faltando partes?
Instituto de Estudos Avançados - USP
 
IEA - Modelagem do impacto de características de neurônios em redes cerebrais...
IEA - Modelagem do impacto de características de neurônios em redes cerebrais...IEA - Modelagem do impacto de características de neurônios em redes cerebrais...
IEA - Modelagem do impacto de características de neurônios em redes cerebrais...
Instituto de Estudos Avançados - USP
 
IEA - Comportamentos Complexos em Sistemas Químicos Simples
IEA - Comportamentos Complexos em Sistemas Químicos SimplesIEA - Comportamentos Complexos em Sistemas Químicos Simples
IEA - Comportamentos Complexos em Sistemas Químicos Simples
Instituto de Estudos Avançados - USP
 
IEA - Nanotecnologia aplicada à saúde
IEA - Nanotecnologia aplicada à saúdeIEA - Nanotecnologia aplicada à saúde
IEA - Nanotecnologia aplicada à saúde
Instituto de Estudos Avançados - USP
 
IEA - Eventos 2012 (1S)
IEA - Eventos 2012 (1S)IEA - Eventos 2012 (1S)
IEA - Eventos 2012 (1S)
Instituto de Estudos Avançados - USP
 
IEA - Eventos 2011
IEA - Eventos 2011IEA - Eventos 2011
IEA - Aquecimento Global e Mudanças Climáticas
IEA - Aquecimento Global e Mudanças ClimáticasIEA - Aquecimento Global e Mudanças Climáticas
IEA - Aquecimento Global e Mudanças Climáticas
Instituto de Estudos Avançados - USP
 
IEA - Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento de Ribeirão Preto
IEA - Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento de Ribeirão PretoIEA - Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento de Ribeirão Preto
IEA - Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento de Ribeirão Preto
Instituto de Estudos Avançados - USP
 
IEA - Eletrônica Orgânica: uma nova fronteira da Ciência
IEA - Eletrônica Orgânica: uma nova fronteira da CiênciaIEA - Eletrônica Orgânica: uma nova fronteira da Ciência
IEA - Eletrônica Orgânica: uma nova fronteira da Ciência
Instituto de Estudos Avançados - USP
 
IEA - Plágio em publicações científicas
IEA - Plágio em publicações científicas IEA - Plágio em publicações científicas
IEA - Plágio em publicações científicas
Instituto de Estudos Avançados - USP
 
IEA - Tecnologia bancária e desenvolvimento
IEA - Tecnologia bancária e desenvolvimentoIEA - Tecnologia bancária e desenvolvimento
IEA - Tecnologia bancária e desenvolvimento
Instituto de Estudos Avançados - USP
 
IEA - O exemplo das abelhas sociais
IEA - O exemplo das abelhas sociaisIEA - O exemplo das abelhas sociais
IEA - O exemplo das abelhas sociais
Instituto de Estudos Avançados - USP
 
IEA - Meios eletrônicos interativos em Tecnologia Assistiva
IEA - Meios eletrônicos interativos em Tecnologia AssistivaIEA - Meios eletrônicos interativos em Tecnologia Assistiva
IEA - Meios eletrônicos interativos em Tecnologia Assistiva
Instituto de Estudos Avançados - USP
 
IEA - Panorama da pesquisa de Tecnologia Assistiva no Brasil
IEA - Panorama da pesquisa de Tecnologia Assistiva no BrasilIEA - Panorama da pesquisa de Tecnologia Assistiva no Brasil
IEA - Panorama da pesquisa de Tecnologia Assistiva no Brasil
Instituto de Estudos Avançados - USP
 
IEA - Desenvolvimento Tecnológico em saúde no Brasil
IEA - Desenvolvimento Tecnológico em saúde no BrasilIEA - Desenvolvimento Tecnológico em saúde no Brasil
IEA - Desenvolvimento Tecnológico em saúde no Brasil
Instituto de Estudos Avançados - USP
 
IEA - Protótipos e projetos em tecnologia assistiva Prof.ª Valéria
IEA - Protótipos e projetos em tecnologia assistiva Prof.ª ValériaIEA - Protótipos e projetos em tecnologia assistiva Prof.ª Valéria
IEA - Protótipos e projetos em tecnologia assistiva Prof.ª Valéria
Instituto de Estudos Avançados - USP
 
IEA - Seminário Tecnologia Assistiva
IEA - Seminário Tecnologia AssistivaIEA - Seminário Tecnologia Assistiva
IEA - Seminário Tecnologia Assistiva
Instituto de Estudos Avançados - USP
 
IEA - Protótipos e projetos em tecnologia assistiva Innolution/Dfiori
IEA - Protótipos e projetos em tecnologia assistiva Innolution/DfioriIEA - Protótipos e projetos em tecnologia assistiva Innolution/Dfiori
IEA - Protótipos e projetos em tecnologia assistiva Innolution/Dfiori
Instituto de Estudos Avançados - USP
 
IEA - Leis e Projetos no cenário da Tecnologia Assistiva
IEA - Leis e Projetos no cenário da Tecnologia AssistivaIEA - Leis e Projetos no cenário da Tecnologia Assistiva
IEA - Leis e Projetos no cenário da Tecnologia Assistiva
Instituto de Estudos Avançados - USP
 
IEA - Palestra "Interação Universidade-empresa"
IEA - Palestra "Interação Universidade-empresa"IEA - Palestra "Interação Universidade-empresa"
IEA - Palestra "Interação Universidade-empresa"
Instituto de Estudos Avançados - USP
 

Mais de Instituto de Estudos Avançados - USP (20)

IEA - Expressão gênica: é complexo mesmo ou só estão faltando partes?
IEA - Expressão gênica: é complexo mesmo ou só estão faltando partes?IEA - Expressão gênica: é complexo mesmo ou só estão faltando partes?
IEA - Expressão gênica: é complexo mesmo ou só estão faltando partes?
 
IEA - Modelagem do impacto de características de neurônios em redes cerebrais...
IEA - Modelagem do impacto de características de neurônios em redes cerebrais...IEA - Modelagem do impacto de características de neurônios em redes cerebrais...
IEA - Modelagem do impacto de características de neurônios em redes cerebrais...
 
IEA - Comportamentos Complexos em Sistemas Químicos Simples
IEA - Comportamentos Complexos em Sistemas Químicos SimplesIEA - Comportamentos Complexos em Sistemas Químicos Simples
IEA - Comportamentos Complexos em Sistemas Químicos Simples
 
IEA - Nanotecnologia aplicada à saúde
IEA - Nanotecnologia aplicada à saúdeIEA - Nanotecnologia aplicada à saúde
IEA - Nanotecnologia aplicada à saúde
 
IEA - Eventos 2012 (1S)
IEA - Eventos 2012 (1S)IEA - Eventos 2012 (1S)
IEA - Eventos 2012 (1S)
 
IEA - Eventos 2011
IEA - Eventos 2011IEA - Eventos 2011
IEA - Eventos 2011
 
IEA - Aquecimento Global e Mudanças Climáticas
IEA - Aquecimento Global e Mudanças ClimáticasIEA - Aquecimento Global e Mudanças Climáticas
IEA - Aquecimento Global e Mudanças Climáticas
 
IEA - Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento de Ribeirão Preto
IEA - Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento de Ribeirão PretoIEA - Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento de Ribeirão Preto
IEA - Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento de Ribeirão Preto
 
IEA - Eletrônica Orgânica: uma nova fronteira da Ciência
IEA - Eletrônica Orgânica: uma nova fronteira da CiênciaIEA - Eletrônica Orgânica: uma nova fronteira da Ciência
IEA - Eletrônica Orgânica: uma nova fronteira da Ciência
 
IEA - Plágio em publicações científicas
IEA - Plágio em publicações científicas IEA - Plágio em publicações científicas
IEA - Plágio em publicações científicas
 
IEA - Tecnologia bancária e desenvolvimento
IEA - Tecnologia bancária e desenvolvimentoIEA - Tecnologia bancária e desenvolvimento
IEA - Tecnologia bancária e desenvolvimento
 
IEA - O exemplo das abelhas sociais
IEA - O exemplo das abelhas sociaisIEA - O exemplo das abelhas sociais
IEA - O exemplo das abelhas sociais
 
IEA - Meios eletrônicos interativos em Tecnologia Assistiva
IEA - Meios eletrônicos interativos em Tecnologia AssistivaIEA - Meios eletrônicos interativos em Tecnologia Assistiva
IEA - Meios eletrônicos interativos em Tecnologia Assistiva
 
IEA - Panorama da pesquisa de Tecnologia Assistiva no Brasil
IEA - Panorama da pesquisa de Tecnologia Assistiva no BrasilIEA - Panorama da pesquisa de Tecnologia Assistiva no Brasil
IEA - Panorama da pesquisa de Tecnologia Assistiva no Brasil
 
IEA - Desenvolvimento Tecnológico em saúde no Brasil
IEA - Desenvolvimento Tecnológico em saúde no BrasilIEA - Desenvolvimento Tecnológico em saúde no Brasil
IEA - Desenvolvimento Tecnológico em saúde no Brasil
 
IEA - Protótipos e projetos em tecnologia assistiva Prof.ª Valéria
IEA - Protótipos e projetos em tecnologia assistiva Prof.ª ValériaIEA - Protótipos e projetos em tecnologia assistiva Prof.ª Valéria
IEA - Protótipos e projetos em tecnologia assistiva Prof.ª Valéria
 
IEA - Seminário Tecnologia Assistiva
IEA - Seminário Tecnologia AssistivaIEA - Seminário Tecnologia Assistiva
IEA - Seminário Tecnologia Assistiva
 
IEA - Protótipos e projetos em tecnologia assistiva Innolution/Dfiori
IEA - Protótipos e projetos em tecnologia assistiva Innolution/DfioriIEA - Protótipos e projetos em tecnologia assistiva Innolution/Dfiori
IEA - Protótipos e projetos em tecnologia assistiva Innolution/Dfiori
 
IEA - Leis e Projetos no cenário da Tecnologia Assistiva
IEA - Leis e Projetos no cenário da Tecnologia AssistivaIEA - Leis e Projetos no cenário da Tecnologia Assistiva
IEA - Leis e Projetos no cenário da Tecnologia Assistiva
 
IEA - Palestra "Interação Universidade-empresa"
IEA - Palestra "Interação Universidade-empresa"IEA - Palestra "Interação Universidade-empresa"
IEA - Palestra "Interação Universidade-empresa"
 

Último

Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
Escola Municipal Jesus Cristo
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
carlaslr1
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
IslanderAndrade
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
JulianeMelo17
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdfUFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
Manuais Formação
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 

Último (20)

Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdfUFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 

IEA - I Workshop em pressão intracraniana - Parte 3