SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 22
Baixar para ler offline
IDEIASNET
   Dezembro 2009




www.ideiasnet.com.br
Sobre nós



Ideiasnet é uma venture capital, de capital aberto,  que investe em empreendedores no Brasil e na 
América Latina;


Participamos ativamente em todos os estágios de desenvolvimento das companhias em que investimos;


A Ideiasnet construiu um sólido portfólio, bem diversificado  em três segmentos:
E‐commerce,  Infraestrutura & Telecom e Mídia, Comunicação & Conteúdo




                                                                                                     2
Pilares de Investimentos

                                                        TMT
                                            Venture Capital em Tecnologia, 
                                              Mídia e Telecomunicação 




           Rentabilidade
                                                                                                Escalabilidade
    Visão clara de dinamismo no 
   portfólio, desde o processo de                                                      Track record em identificação de 
    investimento, passando pelo                                                          oportunidades de negócios 
 crescimento até o desinvestimento                                                                escaláveis  




                                                         Gestores
                                       Identificação de gestores fora da curva para 
                                      conduzir as empresas do portfólio líderes em 
                                                     seus segmentos



                           Empreendedores que investem em empreendedores                                                   3
Highlights
                       Mais de 250 projetos avaliados e 22 investidos nos últimos 5 anos
                                        Mais de 100 projetos avaliados em 2009

              2000 - 2004                               2005 - 2008                                    2009

 • Abertura de capital                      • Aquisição da Officer                      • Venda da Braspag  ‐ com uma 
 • Alto nível de Governança                 • Novos Investimentos:                      TIR anual de 162,2%  ‐> 26x 
 Corporativa                                Addcomm, Braspag, TrinnPhone,               capital investido
                                            Bolsa de Mulher, NetMovies,                      • Novos investimentos:  MoIP, 
 • Evolução do posicionamento:                       
                                            Zura!, TecTotal, BRANDs                                         
                                                                                             Site Blindado
 Incubadora internet x Empresa de 
 Investimento em Tecnologia                 • Consolidação do portfólio: 
                                            aumento de participação 
 • Incorporação do  Fundo Pactual 
                                            empresas mais relevantes
 de Internet, incluindo empresas: 
 Padtec, Automatos e                        • Entrada no  Novo Mercado
 SpringWireless




           Ideiasnet evoluiu de incubadora de internet para uma Venture Capital em tecnologia 

                                                                                                                              4
Diretoria

                                                  DIRETORIA


                                                  • CEO da Ideiasnet desde Junho‐2008
            Luis Alberto M. Lobato Reátegui       • Ex‐ Diretor do Banco Bozano, Simonsen, Brasil,Europa 
            42 anos                                 e EUA e Banco Santander Brasil
            Diretor Presidente                    • Empreendedor na América Latina
                                                  • MBA pela Sloan School of Management ‐ MIT
                                                  • Engenheiro Civil e de Produção pela PUC‐RJ

                                                  •   CFO da Ideiasnet desde Julho ‐2009
            Alexandra  de Haan                    •   Ex‐ Diretora Grupo Unik
            39 anos                               •   Co‐fundadora Mundivox Communications
            Diretora Financeira                   •   MBA pela Columbia Business School
                                                  •   Economista pela Georgetown University


            Rodin Spielmann de Sá                 •   Diretor da Ideiasnet desde Junho‐2001
            38 anos                               •   Experiência de mais de 7 anos no Banco BBM
            Diretor de RI e Desenvolvimento de    •   MBA em Administração pela FGV‐RJ
            Negócios                              •   Engenheiro Mecânico e de Produção PUC‐RJ


        Marcelo Rodrigues Almeida                 •   Diretor da Ideiasnet desde Março‐2006
        38 anos                                   •   Ex‐CEO Deltalink, braço de TI da Delta do Prata
        Diretor de Desenvolvimento de             •   Fundou e dirigiu 3 empresas de mídia e comunicação
        Negócios                                  •   Administrador de Empresas pela UFRJ
                                                                                                            5
Alguns empreendedores


FÁBIO GAIA – Fundador e CEO Officer                     JORGE SALOMÃO PEREIRA – Fundador e CEO Padtec
• Membro do Conselho da HP e da IBM América Latina      • Ex pesquisador do CPqD
• Conselheiro Mundial da Microsoft no setor de PME      • Ph. D. em Física (Comunicação Óptica) pela Unicamp


MARCELO CONDÉ – Fundador e CEO Spring Wireless          DANIEL TOPEL – Fundador e CEO NetMovies
• MBA pela Harvard Business School, graduado em         • Mais de 10 anos de experiência (5 no Vale do Silício)
  engenharia Robótica e Mecânica pela USP               • Mestre em Management Science & Engineering pela  
                                                         Stanford University (EUA), graduado em Física pelo 
ANDIARA PETTERLE – CEO Bolsa de Mulher                   Imperial College (UK) 
• Liderou projetos de convergência na TV Globo
• Mestre em Comunicação pela PUC‐Rio/Brown
                                                        JOÃO PEDRO ROTTA – CEO TrinnPhone
• Formação executiva em Women’s Leadership pela         • MBA Executivo em Wharton Business School
 Harvard Business School                                • Ex‐ Diretor de Engenharia América Latina Shell 
                                                        • Voluntário para Plano de Negócios Endeavor 
FELIPPE LLERENA – Diretor Executivo iMusica
• Ex‐ CEO da Natasha Records 
• Graduação Marketing e Relações Internacionais ‐ NYU




                                                                                                                  6
Algumas Realizações da Ideiasnet




                                   7
Portfólio Atual




                  8
Organograma Atual




   100,0%   2005      34,2%       2004        10,1% 2004          34,6%    2008           100,0%                97,0%   2000      31,1% 2004      30,0% 2008      100,0%   2008


                                                                                      IdeiasVentures




   93,7%    2000   54,8%   2006     73,4%   2007 95,7% 2006   40,0% 2004     70,0% 2005   41,3%    2009   28,6% 2009     54,0%   2005   100,0%   2000     78,8%   2000      23,3% 2005




Participação atual
Ano do primeiro investimento                                                                                                                                                             9
Portfólio por segmento e estágio de desenvolvimento
                                                        MÍDIA, COMUNICAÇÃO                  
             E‐COMMERCE      INFRAESTRUTURA & TELECOM       & CONTEÚDO




 EARLY




BALANCED




 LATER



                                                                                      10
Co‐ investidores 




                    11
Drivers dos segmentos

                                            • Crescimento da penetração da internet e banda larga no Brasil 
                                            • Crescimento de e‐consumidores –25% da base de internautas no Brasil compraram pela
                                              internet em 2009
       E‐commerce
                                            • Novas soluções de segurança e formas de meio de pagamento 
                                            • Melhorias dos sistemas de busca e CRM: ferramentas de otimização da busca, facilitam a
                                              escolha de produtos
                                            • Consolidação do setor

                      • Aumento da base instalada de banda larga e comunicação móvel
                      • Crescimento da disponibilidade de conteúdo rico (vídeo, interatividade) na internet,   
   Infraestrutura      aumentando a necessidade individual de banda
     & Telecom        • Aumento da cobertura da TV Digital
                      • Modernização da regulamentação governamental sobre a telecomunicações
                      • Adoção crescente de soluções de infraestrutura de alta capacidade de tráfego de dados


                          • Base de 168 milhões de celulares no Brasil (444 milhões na América Latina)
       Mídia,             • Aumento da fatia digital nas verbas de publicidade
    Comunicação   • Modelos de venda de publicidade mais eficientes; maior capacidade de alcançar o consumidor
                          •Conteúdo de nicho; maior relevância e monetização 
     & Conteúdo
                          • O fenômeno da mídia social
                          • Vídeos pela internet como mídia de alto impacto

Fonte: Ibope Nielsen, eBit, Internet World Stats                                                                                       12
IDNT ‐ Posicionada para captação do crescimento do setor 




                             Demanda por tráfego de dados

                                Oferta de Banda Larga melhor e
                                          mais barata

                                                                 Novos aplicativos
                                                                 e vídeo Streaming


              Demanda
           corporativa por                                        Aumento da
             serviços de                                         penetração de
           comunicação e                                            Internet
           serviços mobile


                                         Redução do
                                        Mercado Cinza


                                      Aumento da
                                    penetração PCs e
                                      smartphones




                                                                                     13
Officer 

Líder no setor de distribuição de hardware e software                             Receita Líquida          EBITDA
                                                                                  R$ milhões                                          727,2
                                                                                                                          12,0%
• 40 fornecedores e mais de 10.000 revendas/clientes
• Principais   linhas   de     produtos:   software,   hardware,                                 18,0%     649,1
                                                                                 549,4
 componentes e suprimentos
                                                                                                                                              24,1
• Eleita em 2007 a melhor distribuidora do Brasil pela Exame                                   13,4                   13,8

 Melhores e Maiores
• Ganhadora de 11 dos 11 prêmios em que concorreu na edição
                                                                                   2006                       2007                       2008
 2009 do “Distribuidor Preferido” - CRN Brasil
                                                                                 Margem EBITDA

Vantagens Competitivas                                                                    2,7%                     2,1%                 3,4%
• Market share
• Relacionamento com fornecedores e revendas
                                                                     Officer na cadeia de suprimentos




                                                                                                                                                          Compradores Corporativos de TI
• Expertise da administração
                                                                                                      Vendas Diretas
• Logística
                                                                                                                     Revendedores




                                                                                                                                                     Compradores Corporativos
                                                                                                                       Revendedores
                                                                                                                         Dedicados
                                                                                                                      Dedicados
Oportunidades de Crescimento
                                                                   FABRICANTES
                                                                   FABRICANTES

                                                                                         Atacadistas e
                                                                                         Atacadistas




                                                                                                                                                                  de TI
                                                                                                                      Revendedores
• Crescimento do mercado brasileiro de Hardware e Software
                                                                                         Distribuidores              Revendedores
                                                                                                                       Multi -marcas
• Investimento em capital circulante                                                Distribuidores                   Multi-marcas
• Expansão geográfica pelo Brasil

                                                                                                                             Varejo
                                                                                                                             Varejo

                                                                                                                                                                                           14
Padtec 
                                                                          Receita Líquida     EBITDA              R$ milhões
Líder no segmento de comunicação óptica
                                                                                            90,4                  113,5
• Desenvolve, produz e comercializa equipamentos que aumentam a              65,9
                                                                                                          26,0%
  capacidade de transmissão das redes de fibra óptica existentes
                                                                                    37,0%
  (WDM e G-PON).
                                                                                                   30,8
• Principais clientes: empresas de telecom (Telefónica, Oi, Telmex,                 20,7                                  19,4
  Embratel, Portugal Telecom), infra-estrutura (Impsat), setor
  financeiro (Banco Safra)
Vantagens Competitivas
                                                                               2006            2007                  2008
• P&D (parceira CPqD)
• Serviço de alta qualidade: engenharia de pré-venda, equipes
                                                                       Margem EBITDA
  dedicadas ao pós-venda.
                                                                               31,2%          34,1%                 17,1%
• Compatibilidade com sistemas legados – Interoperabilidade
Oportunidades de crescimento
• Forte crescimento tráfego de dados brasileiro e global: IP, VoIP
                                                                        Principais mercados                 Operadoras de 
• Expansão Internacional: escritórios no México, Colômbia, Argentina                                          Telefonia 
  e África do Sul; aquisição da Civcom (Israel)                                                               Wireline

• Short-list global da Telefónica                                                                           Operadoras de 
• Crescimento Orgânico:                                                                                    telefonia Mobile

- Novos produtos                                                                                              Redes de 
- Novos Mercados para produtos já existentes (Telefônica, GVT,                                             Armazenamento
 CTBC)                                                                                                      Operadoras de 
- Share of wallet                                                                                           Rede de Dados 
• Aquisições (produtos complementares)                                                                        Fibra para 
                                                                                                              domicílios         15
Spring Wireless
 Líder em soluções para mobile business na América Latina

• Desenvolve software para automação de força de vendas, aplicações para mobile banking e mobile payment
• Mais de 250 grandes clientes e 200.000 usuários, presente em mais de 14 países: América Latina, Estados Unidos e Europa
• Principais clientes: setor de alimentos e bebidas (InBev, Nestlé), setor financeiro (Citibank, Santander), bens de consumo
  (Unilever, Procter&Gamble) e empresas de telecom (Telefônica)
• Eleita a Melhor empresa no setor de software pela edição Info200 da revista Info Exame de 2007 e escolhida como caso global
  de sucesso pela Microsoft nos anos 2005, 2006 e 2007
• 2008 - Entrada dos novos acionistas Goldman Sachs e NEA (New Enterprise Associates)
• Incluída no Magic Quadrant For Mobile Enterprise Application Platforms do relatório da Gartner (dez/08)

Vantagens Competitivas

• Consolidou posição de liderança em serviços financeiros – 70% de market share
• Atua como o único ponto de contato para os seus clientes - parceria de longo prazo com os clientes
• Produtos adaptáveis ao mercado internacional e compatíveis com diversas plataformas tecnológicas e dispositivos wireless
• End-to-end Solutions: implementação e gestão de ponta a ponta incluindo software, infra-estrutura, conectividade e serviços

Oportunidades de Crescimento

• Crescimento orgânico: Expansão geográfica, Aumento da oferta de serviços
• Fusões e aquisições
• Posicionada de forma única para se tornar líder mundial em missão crítica de soluções móveis

                                                                                                                               16
Bolsa de Mulher 
 Maior grupo de comunicação feminina multiplataforma do Brasil


 • Focada em soluções femininas, possui rede social, conteúdo multiplataforma, serviços, e-commerce e ferramentas de
    relacionamento, além de e-learning. Produz e comercializa Business Intelligence sobre consumo feminino.
 • Além da rede social, também atua nos segmentos de astrologia, nutrição, qualidade de vida, celebridades, gastronomia e
   cartões virtuais.
 • Fontes de receita: publicidade, mobile, licenciamento de conteúdo, e-commerce e pesquisas.
 • Fazem parte do grupo os negócios:
           - Estrela Guia, TeContei, Bem Leve, Feminice, Universidade Feminina, Bolsa de Bebê, Netcard, SophiaMind,
             Pink Ad Network e iTodas
 • Aquisição dos portais Estrela Guia, Feminice e Bem Leve (2008); TeContei e iTodas (2009)


           Vantagens Competitivas
 •Líder no segmento de rede social feminina no Brasil – 31% de market share *
 •Mais de 7,5 milhões de visitantes únicos e 9,0 milhões de mulheres cadastradas
 • Rede Social: monetização e rentabilidade da publicidade acima de parâmetros de mercado


           Expansão Internacional
 • 2008 - Iniciou expansão com foco na América Latina: México, Chile e Argentina
 • 2009 - Contratou Spark PR (Silicon Valley) para construção de awareness internacional
           - Country manager e escritório em NY

* Estimativa da Companhia                                                                                                   17
Alguns Comparables
              Empresa IDNT   Comparável      País



                                            França
                              Ticker: AU


                                             USA



                                             USA



                                             USA
                             Ticker: NFLX

                                             USA

                              Ticker: IM

                                             USA


                                            Brasil

                                                     18
Highlights Financeiros




                         19
Capitalização do Mercado / Liquidez da Ação / Composição Acionária


Informações Gerais IDNT3 ‐ 01 de Dezembro de 2009
                                                                                         Principais Acionistas
    Nº total de Ações IDNT3                            100.552.447
                                                                           Centennial Asset Mining (EBX) 
              Preço por Ação ‐ R$                        R$ 5,79
                                                                           Fundos Mercatto
                            Market Cap ‐ R$           R$ 582.198.668
                                                                           Gustavia Investors LLC 
 Taxa de Conversão (US$/R$)                              R$ 1,75
                                                                           Hankoe Fundo de Investimento em Participações
                       Market Cap ‐ US$            US$ 332.589.928
                                                                           Total Return Investment LLC (Opus)
                                                                                                              Base: 01 de dezembro de 2009

                                           Volume X Preço da Ação
                                R$ 1.200
                                                                                                        10,0
                                R$ 1.000
      Volume   R$ Milhões




                                                                                                        8,0
                                  R$ 800




                                                                                                                  IDNT3 R$ 
                                  R$ 600                                                                6,0

                                  R$ 400                                                                4,0

                                  R$ 200                                                                2,0
                                    R$ 0                                                                0,0
                                               2006              2007         2008             dez-09
                                                             Volume (R$)       Preço da Ação
Base: 01 de Dezembro de 2009                                                                                                                 20
Ideiasnet



                                               IDEIASNET - Portfólio Proporcional
                        R$ 000'                    2006         2007          2008         9M08         9M09         ∆%
            RECEITA LÍQUIDA                 330.600   771.605                 865.648       636.008    608.201    -4,4%
            Custos de Mercadorias Vendidas (267.937) (628.331)               (698.508)     (517.331) (506.028)
            LUCRO BRUTO                      62.663   143.273                 167.140       118.678    102.173
            Margem bruta                      15,4%     18,6%                   19,3%         18,7%        16,8%
             DESPESAS OPERACIONAIS          (52.195) (121.819)               (138.614)     (102.503) (100.816)
            Gerais e administrativas        (51.765) (119.026)               (135.865)     (100.154)    (94.270)
            Outras despesas                    (430)   (2.794)                 (2.748)       (2.349)      
                                                                                                         (6.546)
            (=) EBITDA                       10.468    21.454                  28.527        16.175        1.357 -91,6%
            Margem Ebitda                      3,2%      2,8%                    3,3%          2,5%         0,2%
             .Depreciação                           (1.319)      (2.271)        (3.153)      (2.200)      
                                                                                                         (2.448)
            (=) EBIT                                 9.149       19.182         25.374       13.975        (1.091)
             .Resultado Financeiro Líquido            (847)        (384)       (14.933)      (7.446)       (9.189)
            (=) EBT                                  8.302       18.798         10.441        6.529     (10.280)
            (-) Resultado Não Operacional           (1.421)         435         (1.089)        (311)       (1.045)
            (-) IR&CS                               (3.623)      (8.521)        (5.228)      (4.839)       (2.096)
            Participações nos lucros                  (701)      (1.011)          (542)           0           564
            Resultado Extraordinário                                                            -           5.978
            (=) Lucro Líquido                        2.557        9.701          3.581        1.380        (6.880)   n.m.
            OBS: Considerando participação proporcional das investidas desde o momento de suas aquisições




                                                                                                                            21
Para mais informações, entre em contato com a equipe de Relações com Investidores:

 Rodin Spielmann
 Diretor de RI e de Desenvolvimento de Negócios
 ri@ideiasnet.com.br

 André Segadilha
 andre.segadilha@ideiasnet.com.br




Esta apresentação poderá conter certas projeções e tendências que não são resultados financeiros realizados, nem informação histórica. Estas projeções e tendências estão sujeitas a riscos e
incertezas, sendo que os resultados futuros poderão diferir materialmente daqueles projetados. Muitos destes riscos e incertezas relacionam-se a fatores que estão além da capacidade da
Ideiasnet em controlar ou estimar, como as condições de mercado, as flutuações de moeda, o comportamento de outros participantes do mercado, as ações de órgãos reguladores, a habilidade
da companhia de continuar a obter financiamentos, as mudanças no contexto político e social em que a Ideiasnet opera ou em tendências ou condições econômicas, incluindo-se as flutuações
de inflação e as alterações na confiança do consumidor, em bases global, nacional ou regional. Os leitores são advertidos a não confiarem plenamente nestas projeções e tendências. A Ideiasnet
não tem obrigação de publicar qualquer revisão destas projeções e tendências que devam refletir novos eventos ou circunstâncias após a realização desta apresentação.
                                                                                                                                                                                             22

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Como transformar sua ideia em negócio?
Como transformar sua ideia em negócio?Como transformar sua ideia em negócio?
Como transformar sua ideia em negócio?Vítor Andrade
 
How to get financing from a Business Angel at BIN@FEUP2010
How to get financing from a Business Angel at BIN@FEUP2010How to get financing from a Business Angel at BIN@FEUP2010
How to get financing from a Business Angel at BIN@FEUP2010Nacpe
 
Barreiras inovacao
Barreiras inovacaoBarreiras inovacao
Barreiras inovacaoJames Wright
 
Corporate Venturing
Corporate VenturingCorporate Venturing
Corporate VenturingInventta
 
Palestra: Investimento Anjo em Startups - SGE Ribeirao Preto - GlobalHub
Palestra: Investimento Anjo em Startups - SGE Ribeirao Preto - GlobalHubPalestra: Investimento Anjo em Startups - SGE Ribeirao Preto - GlobalHub
Palestra: Investimento Anjo em Startups - SGE Ribeirao Preto - GlobalHubPaulo Milreu
 
O Papel do Venture Capital em um ambiente de Open Innovation Palestra FGV Jun...
O Papel do Venture Capital em um ambiente de Open Innovation Palestra FGV Jun...O Papel do Venture Capital em um ambiente de Open Innovation Palestra FGV Jun...
O Papel do Venture Capital em um ambiente de Open Innovation Palestra FGV Jun...Allagi Open Innovation Services
 

Mais procurados (20)

Como transformar sua ideia em negócio?
Como transformar sua ideia em negócio?Como transformar sua ideia em negócio?
Como transformar sua ideia em negócio?
 
Conceito de Inovação_AMCHAM Campinas_PACE_16.03.2016
Conceito de Inovação_AMCHAM Campinas_PACE_16.03.2016Conceito de Inovação_AMCHAM Campinas_PACE_16.03.2016
Conceito de Inovação_AMCHAM Campinas_PACE_16.03.2016
 
How to get financing from a Business Angel at BIN@FEUP2010
How to get financing from a Business Angel at BIN@FEUP2010How to get financing from a Business Angel at BIN@FEUP2010
How to get financing from a Business Angel at BIN@FEUP2010
 
Barreiras inovacao
Barreiras inovacaoBarreiras inovacao
Barreiras inovacao
 
Corporate Venture
Corporate VentureCorporate Venture
Corporate Venture
 
Inovação e produtividade em tempos de crise
Inovação e produtividade em tempos de criseInovação e produtividade em tempos de crise
Inovação e produtividade em tempos de crise
 
Feira do empreededorismo
Feira do empreededorismoFeira do empreededorismo
Feira do empreededorismo
 
Inovação em Empresas Estabelecidas
Inovação em Empresas EstabelecidasInovação em Empresas Estabelecidas
Inovação em Empresas Estabelecidas
 
Amcham cubo
Amcham cuboAmcham cubo
Amcham cubo
 
Corporate Venturing
Corporate VenturingCorporate Venturing
Corporate Venturing
 
Governança e Inovação
Governança e InovaçãoGovernança e Inovação
Governança e Inovação
 
Palestra: Investimento Anjo em Startups - SGE Ribeirao Preto - GlobalHub
Palestra: Investimento Anjo em Startups - SGE Ribeirao Preto - GlobalHubPalestra: Investimento Anjo em Startups - SGE Ribeirao Preto - GlobalHub
Palestra: Investimento Anjo em Startups - SGE Ribeirao Preto - GlobalHub
 
Inovação sem fronteiras
Inovação sem fronteiras   Inovação sem fronteiras
Inovação sem fronteiras
 
Mitos, Metodos e Melhores Praticas
Mitos, Metodos e Melhores PraticasMitos, Metodos e Melhores Praticas
Mitos, Metodos e Melhores Praticas
 
Experimentação 2.0
Experimentação 2.0  Experimentação 2.0
Experimentação 2.0
 
PMEs x Startups: Como inovar mais e melhor?
PMEs x Startups: Como inovar mais e melhor?PMEs x Startups: Como inovar mais e melhor?
PMEs x Startups: Como inovar mais e melhor?
 
Inovação sem fronteiras
Inovação sem fronteirasInovação sem fronteiras
Inovação sem fronteiras
 
WOW
WOWWOW
WOW
 
Melhores Práticas: Programas de Inovação Corporativa
Melhores Práticas: Programas de Inovação CorporativaMelhores Práticas: Programas de Inovação Corporativa
Melhores Práticas: Programas de Inovação Corporativa
 
O Papel do Venture Capital em um ambiente de Open Innovation Palestra FGV Jun...
O Papel do Venture Capital em um ambiente de Open Innovation Palestra FGV Jun...O Papel do Venture Capital em um ambiente de Open Innovation Palestra FGV Jun...
O Papel do Venture Capital em um ambiente de Open Innovation Palestra FGV Jun...
 

Destaque

Inside the Gate - Nov. 1, 2012
Inside the Gate - Nov. 1, 2012Inside the Gate - Nov. 1, 2012
Inside the Gate - Nov. 1, 2012United States Navy
 
Job Search Rules Of The Road
Job Search Rules Of The RoadJob Search Rules Of The Road
Job Search Rules Of The Roadjasonstalos
 
Dr. Brian Payne - PCV2: Diagnostics, Control, Protection, and Efficacy Measures
Dr. Brian Payne - PCV2: Diagnostics, Control, Protection, and Efficacy MeasuresDr. Brian Payne - PCV2: Diagnostics, Control, Protection, and Efficacy Measures
Dr. Brian Payne - PCV2: Diagnostics, Control, Protection, and Efficacy MeasuresJohn Blue
 
Proyecto de codigo organico monetario y financiero
Proyecto de codigo organico monetario y financieroProyecto de codigo organico monetario y financiero
Proyecto de codigo organico monetario y financieroRobert Gallegos
 

Destaque (7)

Mtn history
Mtn historyMtn history
Mtn history
 
Inside the Gate - Nov. 1, 2012
Inside the Gate - Nov. 1, 2012Inside the Gate - Nov. 1, 2012
Inside the Gate - Nov. 1, 2012
 
CARMELO DE TERESA: Revista Teresita de Los Andes
CARMELO DE TERESA: Revista Teresita de Los AndesCARMELO DE TERESA: Revista Teresita de Los Andes
CARMELO DE TERESA: Revista Teresita de Los Andes
 
Hållbara städer i Kina
Hållbara städer i KinaHållbara städer i Kina
Hållbara städer i Kina
 
Job Search Rules Of The Road
Job Search Rules Of The RoadJob Search Rules Of The Road
Job Search Rules Of The Road
 
Dr. Brian Payne - PCV2: Diagnostics, Control, Protection, and Efficacy Measures
Dr. Brian Payne - PCV2: Diagnostics, Control, Protection, and Efficacy MeasuresDr. Brian Payne - PCV2: Diagnostics, Control, Protection, and Efficacy Measures
Dr. Brian Payne - PCV2: Diagnostics, Control, Protection, and Efficacy Measures
 
Proyecto de codigo organico monetario y financiero
Proyecto de codigo organico monetario y financieroProyecto de codigo organico monetario y financiero
Proyecto de codigo organico monetario y financiero
 

Semelhante a Apresentação institucional

O desafio de empreender em TI
O desafio de empreender em TIO desafio de empreender em TI
O desafio de empreender em TIilegra
 
PIF2019 - A02 - Carlos Boechat - Accenture
PIF2019 - A02 - Carlos Boechat - AccenturePIF2019 - A02 - Carlos Boechat - Accenture
PIF2019 - A02 - Carlos Boechat - AccentureEvandro Gama (Prof. Dr.)
 
Palestra de planejamento estratégico valini & associados
Palestra de planejamento estratégico valini & associadosPalestra de planejamento estratégico valini & associados
Palestra de planejamento estratégico valini & associadosValini & Associates
 
20090401 Palestra Capm Grupo Yahoo V01
20090401 Palestra Capm Grupo Yahoo V0120090401 Palestra Capm Grupo Yahoo V01
20090401 Palestra Capm Grupo Yahoo V01Carlos Augusto Freitas
 
Palestra sobre Planejamento Estratégico - Ryla 2012
Palestra sobre Planejamento Estratégico - Ryla 2012Palestra sobre Planejamento Estratégico - Ryla 2012
Palestra sobre Planejamento Estratégico - Ryla 2012vitoriotomaz
 
Apresentação Metodologia I-Dig Modelos De Gestão - Governança em TI DOM Stra...
 Apresentação Metodologia I-Dig Modelos De Gestão - Governança em TI DOM Stra... Apresentação Metodologia I-Dig Modelos De Gestão - Governança em TI DOM Stra...
Apresentação Metodologia I-Dig Modelos De Gestão - Governança em TI DOM Stra...DOM Strategy Partners
 
Projetos gerenciar-o-modelo-pmbok
Projetos   gerenciar-o-modelo-pmbokProjetos   gerenciar-o-modelo-pmbok
Projetos gerenciar-o-modelo-pmbokEdy Souza
 
IBM Brasil: Corporate Venturing Para Suporte da Estratégia
IBM Brasil: Corporate Venturing Para Suporte da EstratégiaIBM Brasil: Corporate Venturing Para Suporte da Estratégia
IBM Brasil: Corporate Venturing Para Suporte da EstratégiaFundação Dom Cabral - FDC
 
Construindo startups de sucesso (IBMEC 2013)
Construindo startups de sucesso (IBMEC 2013)Construindo startups de sucesso (IBMEC 2013)
Construindo startups de sucesso (IBMEC 2013)Gustavo Caetano
 
Apoio a criação e fortalecimento de empresas tecnológicas nascentes (startups)
Apoio a criação e fortalecimento de empresas tecnológicas nascentes (startups)Apoio a criação e fortalecimento de empresas tecnológicas nascentes (startups)
Apoio a criação e fortalecimento de empresas tecnológicas nascentes (startups)inovaDay .
 
Negócios e marketing - Consultoria em E-commerce
Negócios e marketing - Consultoria em E-commerceNegócios e marketing - Consultoria em E-commerce
Negócios e marketing - Consultoria em E-commerceCésar Chagas
 
Agilidade em startups, Aplicação de práticas ágeis para a criação de MVPs par...
Agilidade em startups, Aplicação de práticas ágeis para a criação de MVPs par...Agilidade em startups, Aplicação de práticas ágeis para a criação de MVPs par...
Agilidade em startups, Aplicação de práticas ágeis para a criação de MVPs par...Leandro Faria
 
Palestra UFRPE_Empreendedorismo e Incubação de Empresas
Palestra UFRPE_Empreendedorismo e Incubação de EmpresasPalestra UFRPE_Empreendedorismo e Incubação de Empresas
Palestra UFRPE_Empreendedorismo e Incubação de EmpresasVítor Andrade
 

Semelhante a Apresentação institucional (20)

O desafio de empreender em TI
O desafio de empreender em TIO desafio de empreender em TI
O desafio de empreender em TI
 
PIF2019 - A02 - Carlos Boechat - Accenture
PIF2019 - A02 - Carlos Boechat - AccenturePIF2019 - A02 - Carlos Boechat - Accenture
PIF2019 - A02 - Carlos Boechat - Accenture
 
Palestra de planejamento estratégico valini & associados
Palestra de planejamento estratégico valini & associadosPalestra de planejamento estratégico valini & associados
Palestra de planejamento estratégico valini & associados
 
20090401 Palestra Capm Grupo Yahoo V01
20090401 Palestra Capm Grupo Yahoo V0120090401 Palestra Capm Grupo Yahoo V01
20090401 Palestra Capm Grupo Yahoo V01
 
Palestra sobre Planejamento Estratégico - Ryla 2012
Palestra sobre Planejamento Estratégico - Ryla 2012Palestra sobre Planejamento Estratégico - Ryla 2012
Palestra sobre Planejamento Estratégico - Ryla 2012
 
Apresentação Metodologia I-Dig Modelos De Gestão - Governança em TI DOM Stra...
 Apresentação Metodologia I-Dig Modelos De Gestão - Governança em TI DOM Stra... Apresentação Metodologia I-Dig Modelos De Gestão - Governança em TI DOM Stra...
Apresentação Metodologia I-Dig Modelos De Gestão - Governança em TI DOM Stra...
 
Caso CPM Braxis
Caso CPM BraxisCaso CPM Braxis
Caso CPM Braxis
 
Slides abertura FCTUNL 19.jan.2015
Slides abertura FCTUNL 19.jan.2015Slides abertura FCTUNL 19.jan.2015
Slides abertura FCTUNL 19.jan.2015
 
Projetos gerenciar-o-modelo-pmbok
Projetos   gerenciar-o-modelo-pmbokProjetos   gerenciar-o-modelo-pmbok
Projetos gerenciar-o-modelo-pmbok
 
O modelo-pmbok
O modelo-pmbokO modelo-pmbok
O modelo-pmbok
 
A importância das entrevista num primeiro emprego
A importância das entrevista num primeiro empregoA importância das entrevista num primeiro emprego
A importância das entrevista num primeiro emprego
 
IBM Brasil: Corporate Venturing Para Suporte da Estratégia
IBM Brasil: Corporate Venturing Para Suporte da EstratégiaIBM Brasil: Corporate Venturing Para Suporte da Estratégia
IBM Brasil: Corporate Venturing Para Suporte da Estratégia
 
Slides abertura FEUP v3(24nov)
Slides abertura FEUP v3(24nov)Slides abertura FEUP v3(24nov)
Slides abertura FEUP v3(24nov)
 
Construindo startups de sucesso (IBMEC 2013)
Construindo startups de sucesso (IBMEC 2013)Construindo startups de sucesso (IBMEC 2013)
Construindo startups de sucesso (IBMEC 2013)
 
Apoio a criação e fortalecimento de empresas tecnológicas nascentes (startups)
Apoio a criação e fortalecimento de empresas tecnológicas nascentes (startups)Apoio a criação e fortalecimento de empresas tecnológicas nascentes (startups)
Apoio a criação e fortalecimento de empresas tecnológicas nascentes (startups)
 
Negócios e marketing - Consultoria em E-commerce
Negócios e marketing - Consultoria em E-commerceNegócios e marketing - Consultoria em E-commerce
Negócios e marketing - Consultoria em E-commerce
 
Agilidade em startups, Aplicação de práticas ágeis para a criação de MVPs par...
Agilidade em startups, Aplicação de práticas ágeis para a criação de MVPs par...Agilidade em startups, Aplicação de práticas ágeis para a criação de MVPs par...
Agilidade em startups, Aplicação de práticas ágeis para a criação de MVPs par...
 
Palestra UFRPE_Empreendedorismo e Incubação de Empresas
Palestra UFRPE_Empreendedorismo e Incubação de EmpresasPalestra UFRPE_Empreendedorismo e Incubação de Empresas
Palestra UFRPE_Empreendedorismo e Incubação de Empresas
 
Slides abertura fctunl v3(2fev)
Slides abertura fctunl v3(2fev)Slides abertura fctunl v3(2fev)
Slides abertura fctunl v3(2fev)
 
Deal Maker - Apresentação Institucional (nov/10)
Deal Maker - Apresentação Institucional (nov/10)Deal Maker - Apresentação Institucional (nov/10)
Deal Maker - Apresentação Institucional (nov/10)
 

Mais de ideiasnet

Apresentação call 2 t 2012 (english)
Apresentação call 2 t 2012 (english)Apresentação call 2 t 2012 (english)
Apresentação call 2 t 2012 (english)ideiasnet
 
Apresentação call 2 t 2012 (portugues)
Apresentação call 2 t 2012 (portugues)Apresentação call 2 t 2012 (portugues)
Apresentação call 2 t 2012 (portugues)ideiasnet
 
Apresentação call 1 t 2012 (ingles)
Apresentação call 1 t 2012 (ingles)Apresentação call 1 t 2012 (ingles)
Apresentação call 1 t 2012 (ingles)ideiasnet
 
Apresentação call 1 t 2012 (portugues)
Apresentação call 1 t 2012 (portugues)Apresentação call 1 t 2012 (portugues)
Apresentação call 1 t 2012 (portugues)ideiasnet
 
Apresentação call 1 t 2012 (ingles)
Apresentação call 1 t 2012 (ingles)Apresentação call 1 t 2012 (ingles)
Apresentação call 1 t 2012 (ingles)ideiasnet
 
Apresentação call 1 t 2012 (portugues)
Apresentação call 1 t 2012 (portugues)Apresentação call 1 t 2012 (portugues)
Apresentação call 1 t 2012 (portugues)ideiasnet
 
Código de Conduta
Código de CondutaCódigo de Conduta
Código de Condutaideiasnet
 
Apresentação call 4 t 2011 (portugues)
Apresentação call 4 t 2011 (portugues)Apresentação call 4 t 2011 (portugues)
Apresentação call 4 t 2011 (portugues)ideiasnet
 
Apresentação call 4Q2011
Apresentação call 4Q2011Apresentação call 4Q2011
Apresentação call 4Q2011ideiasnet
 
Apresentação call 4T2011
Apresentação call 4T2011Apresentação call 4T2011
Apresentação call 4T2011ideiasnet
 
Apresentacao 1t11 i
Apresentacao 1t11 iApresentacao 1t11 i
Apresentacao 1t11 iideiasnet
 
Apresentacao 1t11 p
Apresentacao 1t11 pApresentacao 1t11 p
Apresentacao 1t11 pideiasnet
 
Apresentação call 3 t 2011 (portugues)
Apresentação call 3 t 2011 (portugues)Apresentação call 3 t 2011 (portugues)
Apresentação call 3 t 2011 (portugues)ideiasnet
 
Report 4 q10_eng
Report 4 q10_engReport 4 q10_eng
Report 4 q10_engideiasnet
 
Apresentacao 4t10 port
Apresentacao 4t10 portApresentacao 4t10 port
Apresentacao 4t10 portideiasnet
 
Apresentação call 3 t 2011 (portugues)
Apresentação call 3 t 2011 (portugues)Apresentação call 3 t 2011 (portugues)
Apresentação call 3 t 2011 (portugues)ideiasnet
 
Presentation 3Q 2011 (english)
Presentation 3Q 2011 (english)Presentation 3Q 2011 (english)
Presentation 3Q 2011 (english)ideiasnet
 
Presentation call3 t 2011 (english)
Presentation call3 t 2011 (english)Presentation call3 t 2011 (english)
Presentation call3 t 2011 (english)ideiasnet
 
Apresentação 3T 2011 (portugues)
Apresentação 3T 2011 (portugues)Apresentação 3T 2011 (portugues)
Apresentação 3T 2011 (portugues)ideiasnet
 
Report 3T 2011 (portugues)
Report 3T 2011 (portugues)Report 3T 2011 (portugues)
Report 3T 2011 (portugues)ideiasnet
 

Mais de ideiasnet (20)

Apresentação call 2 t 2012 (english)
Apresentação call 2 t 2012 (english)Apresentação call 2 t 2012 (english)
Apresentação call 2 t 2012 (english)
 
Apresentação call 2 t 2012 (portugues)
Apresentação call 2 t 2012 (portugues)Apresentação call 2 t 2012 (portugues)
Apresentação call 2 t 2012 (portugues)
 
Apresentação call 1 t 2012 (ingles)
Apresentação call 1 t 2012 (ingles)Apresentação call 1 t 2012 (ingles)
Apresentação call 1 t 2012 (ingles)
 
Apresentação call 1 t 2012 (portugues)
Apresentação call 1 t 2012 (portugues)Apresentação call 1 t 2012 (portugues)
Apresentação call 1 t 2012 (portugues)
 
Apresentação call 1 t 2012 (ingles)
Apresentação call 1 t 2012 (ingles)Apresentação call 1 t 2012 (ingles)
Apresentação call 1 t 2012 (ingles)
 
Apresentação call 1 t 2012 (portugues)
Apresentação call 1 t 2012 (portugues)Apresentação call 1 t 2012 (portugues)
Apresentação call 1 t 2012 (portugues)
 
Código de Conduta
Código de CondutaCódigo de Conduta
Código de Conduta
 
Apresentação call 4 t 2011 (portugues)
Apresentação call 4 t 2011 (portugues)Apresentação call 4 t 2011 (portugues)
Apresentação call 4 t 2011 (portugues)
 
Apresentação call 4Q2011
Apresentação call 4Q2011Apresentação call 4Q2011
Apresentação call 4Q2011
 
Apresentação call 4T2011
Apresentação call 4T2011Apresentação call 4T2011
Apresentação call 4T2011
 
Apresentacao 1t11 i
Apresentacao 1t11 iApresentacao 1t11 i
Apresentacao 1t11 i
 
Apresentacao 1t11 p
Apresentacao 1t11 pApresentacao 1t11 p
Apresentacao 1t11 p
 
Apresentação call 3 t 2011 (portugues)
Apresentação call 3 t 2011 (portugues)Apresentação call 3 t 2011 (portugues)
Apresentação call 3 t 2011 (portugues)
 
Report 4 q10_eng
Report 4 q10_engReport 4 q10_eng
Report 4 q10_eng
 
Apresentacao 4t10 port
Apresentacao 4t10 portApresentacao 4t10 port
Apresentacao 4t10 port
 
Apresentação call 3 t 2011 (portugues)
Apresentação call 3 t 2011 (portugues)Apresentação call 3 t 2011 (portugues)
Apresentação call 3 t 2011 (portugues)
 
Presentation 3Q 2011 (english)
Presentation 3Q 2011 (english)Presentation 3Q 2011 (english)
Presentation 3Q 2011 (english)
 
Presentation call3 t 2011 (english)
Presentation call3 t 2011 (english)Presentation call3 t 2011 (english)
Presentation call3 t 2011 (english)
 
Apresentação 3T 2011 (portugues)
Apresentação 3T 2011 (portugues)Apresentação 3T 2011 (portugues)
Apresentação 3T 2011 (portugues)
 
Report 3T 2011 (portugues)
Report 3T 2011 (portugues)Report 3T 2011 (portugues)
Report 3T 2011 (portugues)
 

Apresentação institucional

  • 1. IDEIASNET Dezembro 2009 www.ideiasnet.com.br
  • 3. Pilares de Investimentos TMT Venture Capital em Tecnologia,  Mídia e Telecomunicação  Rentabilidade Escalabilidade Visão clara de dinamismo no  portfólio, desde o processo de  Track record em identificação de  investimento, passando pelo  oportunidades de negócios  crescimento até o desinvestimento  escaláveis   Gestores Identificação de gestores fora da curva para  conduzir as empresas do portfólio líderes em  seus segmentos Empreendedores que investem em empreendedores  3
  • 4. Highlights Mais de 250 projetos avaliados e 22 investidos nos últimos 5 anos Mais de 100 projetos avaliados em 2009 2000 - 2004 2005 - 2008 2009 • Abertura de capital • Aquisição da Officer • Venda da Braspag  ‐ com uma  • Alto nível de Governança  • Novos Investimentos:   TIR anual de 162,2%  ‐> 26x  Corporativa Addcomm, Braspag, TrinnPhone,  capital investido Bolsa de Mulher, NetMovies,  • Novos investimentos:  MoIP,  • Evolução do posicionamento:                        Zura!, TecTotal, BRANDs                                          Site Blindado Incubadora internet x Empresa de  Investimento em Tecnologia • Consolidação do portfólio:  aumento de participação  • Incorporação do  Fundo Pactual  empresas mais relevantes de Internet, incluindo empresas:  Padtec, Automatos e  • Entrada no  Novo Mercado SpringWireless Ideiasnet evoluiu de incubadora de internet para uma Venture Capital em tecnologia  4
  • 5. Diretoria DIRETORIA • CEO da Ideiasnet desde Junho‐2008 Luis Alberto M. Lobato Reátegui • Ex‐ Diretor do Banco Bozano, Simonsen, Brasil,Europa  42 anos e EUA e Banco Santander Brasil Diretor Presidente • Empreendedor na América Latina • MBA pela Sloan School of Management ‐ MIT • Engenheiro Civil e de Produção pela PUC‐RJ • CFO da Ideiasnet desde Julho ‐2009 Alexandra  de Haan • Ex‐ Diretora Grupo Unik 39 anos • Co‐fundadora Mundivox Communications Diretora Financeira • MBA pela Columbia Business School • Economista pela Georgetown University Rodin Spielmann de Sá • Diretor da Ideiasnet desde Junho‐2001 38 anos • Experiência de mais de 7 anos no Banco BBM Diretor de RI e Desenvolvimento de  • MBA em Administração pela FGV‐RJ Negócios • Engenheiro Mecânico e de Produção PUC‐RJ Marcelo Rodrigues Almeida  • Diretor da Ideiasnet desde Março‐2006 38 anos • Ex‐CEO Deltalink, braço de TI da Delta do Prata Diretor de Desenvolvimento de  • Fundou e dirigiu 3 empresas de mídia e comunicação Negócios • Administrador de Empresas pela UFRJ 5
  • 6. Alguns empreendedores FÁBIO GAIA – Fundador e CEO Officer JORGE SALOMÃO PEREIRA – Fundador e CEO Padtec • Membro do Conselho da HP e da IBM América Latina • Ex pesquisador do CPqD • Conselheiro Mundial da Microsoft no setor de PME • Ph. D. em Física (Comunicação Óptica) pela Unicamp MARCELO CONDÉ – Fundador e CEO Spring Wireless DANIEL TOPEL – Fundador e CEO NetMovies • MBA pela Harvard Business School, graduado em  • Mais de 10 anos de experiência (5 no Vale do Silício) engenharia Robótica e Mecânica pela USP • Mestre em Management Science & Engineering pela   Stanford University (EUA), graduado em Física pelo  ANDIARA PETTERLE – CEO Bolsa de Mulher Imperial College (UK)  • Liderou projetos de convergência na TV Globo • Mestre em Comunicação pela PUC‐Rio/Brown JOÃO PEDRO ROTTA – CEO TrinnPhone • Formação executiva em Women’s Leadership pela  • MBA Executivo em Wharton Business School Harvard Business School • Ex‐ Diretor de Engenharia América Latina Shell  • Voluntário para Plano de Negócios Endeavor  FELIPPE LLERENA – Diretor Executivo iMusica • Ex‐ CEO da Natasha Records  • Graduação Marketing e Relações Internacionais ‐ NYU 6
  • 9. Organograma Atual 100,0% 2005 34,2% 2004 10,1% 2004 34,6% 2008 100,0% 97,0% 2000 31,1% 2004 30,0% 2008 100,0% 2008 IdeiasVentures 93,7% 2000 54,8% 2006 73,4% 2007 95,7% 2006 40,0% 2004 70,0% 2005 41,3% 2009 28,6% 2009 54,0% 2005 100,0% 2000 78,8% 2000 23,3% 2005 Participação atual Ano do primeiro investimento 9
  • 10. Portfólio por segmento e estágio de desenvolvimento MÍDIA, COMUNICAÇÃO                   E‐COMMERCE INFRAESTRUTURA & TELECOM & CONTEÚDO EARLY BALANCED LATER 10
  • 12. Drivers dos segmentos • Crescimento da penetração da internet e banda larga no Brasil  • Crescimento de e‐consumidores –25% da base de internautas no Brasil compraram pela internet em 2009 E‐commerce • Novas soluções de segurança e formas de meio de pagamento  • Melhorias dos sistemas de busca e CRM: ferramentas de otimização da busca, facilitam a escolha de produtos • Consolidação do setor • Aumento da base instalada de banda larga e comunicação móvel • Crescimento da disponibilidade de conteúdo rico (vídeo, interatividade) na internet,    Infraestrutura      aumentando a necessidade individual de banda & Telecom • Aumento da cobertura da TV Digital • Modernização da regulamentação governamental sobre a telecomunicações • Adoção crescente de soluções de infraestrutura de alta capacidade de tráfego de dados • Base de 168 milhões de celulares no Brasil (444 milhões na América Latina) Mídia,             • Aumento da fatia digital nas verbas de publicidade Comunicação   • Modelos de venda de publicidade mais eficientes; maior capacidade de alcançar o consumidor •Conteúdo de nicho; maior relevância e monetização  & Conteúdo • O fenômeno da mídia social • Vídeos pela internet como mídia de alto impacto Fonte: Ibope Nielsen, eBit, Internet World Stats 12
  • 13. IDNT ‐ Posicionada para captação do crescimento do setor  Demanda por tráfego de dados Oferta de Banda Larga melhor e mais barata Novos aplicativos e vídeo Streaming Demanda corporativa por Aumento da serviços de penetração de comunicação e Internet serviços mobile Redução do Mercado Cinza Aumento da penetração PCs e smartphones 13
  • 14. Officer  Líder no setor de distribuição de hardware e software Receita Líquida EBITDA R$ milhões 727,2 12,0% • 40 fornecedores e mais de 10.000 revendas/clientes • Principais linhas de produtos: software, hardware, 18,0% 649,1 549,4 componentes e suprimentos 24,1 • Eleita em 2007 a melhor distribuidora do Brasil pela Exame 13,4 13,8 Melhores e Maiores • Ganhadora de 11 dos 11 prêmios em que concorreu na edição 2006 2007 2008 2009 do “Distribuidor Preferido” - CRN Brasil Margem EBITDA Vantagens Competitivas 2,7% 2,1% 3,4% • Market share • Relacionamento com fornecedores e revendas Officer na cadeia de suprimentos Compradores Corporativos de TI • Expertise da administração Vendas Diretas • Logística Revendedores Compradores Corporativos Revendedores Dedicados Dedicados Oportunidades de Crescimento FABRICANTES FABRICANTES Atacadistas e Atacadistas de TI Revendedores • Crescimento do mercado brasileiro de Hardware e Software Distribuidores Revendedores Multi -marcas • Investimento em capital circulante Distribuidores Multi-marcas • Expansão geográfica pelo Brasil Varejo Varejo 14
  • 15. Padtec  Receita Líquida EBITDA R$ milhões Líder no segmento de comunicação óptica 90,4 113,5 • Desenvolve, produz e comercializa equipamentos que aumentam a 65,9 26,0% capacidade de transmissão das redes de fibra óptica existentes 37,0% (WDM e G-PON). 30,8 • Principais clientes: empresas de telecom (Telefónica, Oi, Telmex, 20,7 19,4 Embratel, Portugal Telecom), infra-estrutura (Impsat), setor financeiro (Banco Safra) Vantagens Competitivas 2006 2007 2008 • P&D (parceira CPqD) • Serviço de alta qualidade: engenharia de pré-venda, equipes Margem EBITDA dedicadas ao pós-venda. 31,2% 34,1% 17,1% • Compatibilidade com sistemas legados – Interoperabilidade Oportunidades de crescimento • Forte crescimento tráfego de dados brasileiro e global: IP, VoIP Principais mercados Operadoras de  • Expansão Internacional: escritórios no México, Colômbia, Argentina Telefonia  e África do Sul; aquisição da Civcom (Israel) Wireline • Short-list global da Telefónica Operadoras de  • Crescimento Orgânico: telefonia Mobile - Novos produtos Redes de  - Novos Mercados para produtos já existentes (Telefônica, GVT, Armazenamento CTBC) Operadoras de  - Share of wallet Rede de Dados  • Aquisições (produtos complementares) Fibra para  domicílios 15
  • 16. Spring Wireless Líder em soluções para mobile business na América Latina • Desenvolve software para automação de força de vendas, aplicações para mobile banking e mobile payment • Mais de 250 grandes clientes e 200.000 usuários, presente em mais de 14 países: América Latina, Estados Unidos e Europa • Principais clientes: setor de alimentos e bebidas (InBev, Nestlé), setor financeiro (Citibank, Santander), bens de consumo (Unilever, Procter&Gamble) e empresas de telecom (Telefônica) • Eleita a Melhor empresa no setor de software pela edição Info200 da revista Info Exame de 2007 e escolhida como caso global de sucesso pela Microsoft nos anos 2005, 2006 e 2007 • 2008 - Entrada dos novos acionistas Goldman Sachs e NEA (New Enterprise Associates) • Incluída no Magic Quadrant For Mobile Enterprise Application Platforms do relatório da Gartner (dez/08) Vantagens Competitivas • Consolidou posição de liderança em serviços financeiros – 70% de market share • Atua como o único ponto de contato para os seus clientes - parceria de longo prazo com os clientes • Produtos adaptáveis ao mercado internacional e compatíveis com diversas plataformas tecnológicas e dispositivos wireless • End-to-end Solutions: implementação e gestão de ponta a ponta incluindo software, infra-estrutura, conectividade e serviços Oportunidades de Crescimento • Crescimento orgânico: Expansão geográfica, Aumento da oferta de serviços • Fusões e aquisições • Posicionada de forma única para se tornar líder mundial em missão crítica de soluções móveis 16
  • 17. Bolsa de Mulher  Maior grupo de comunicação feminina multiplataforma do Brasil • Focada em soluções femininas, possui rede social, conteúdo multiplataforma, serviços, e-commerce e ferramentas de relacionamento, além de e-learning. Produz e comercializa Business Intelligence sobre consumo feminino. • Além da rede social, também atua nos segmentos de astrologia, nutrição, qualidade de vida, celebridades, gastronomia e cartões virtuais. • Fontes de receita: publicidade, mobile, licenciamento de conteúdo, e-commerce e pesquisas. • Fazem parte do grupo os negócios: - Estrela Guia, TeContei, Bem Leve, Feminice, Universidade Feminina, Bolsa de Bebê, Netcard, SophiaMind, Pink Ad Network e iTodas • Aquisição dos portais Estrela Guia, Feminice e Bem Leve (2008); TeContei e iTodas (2009) Vantagens Competitivas •Líder no segmento de rede social feminina no Brasil – 31% de market share * •Mais de 7,5 milhões de visitantes únicos e 9,0 milhões de mulheres cadastradas • Rede Social: monetização e rentabilidade da publicidade acima de parâmetros de mercado Expansão Internacional • 2008 - Iniciou expansão com foco na América Latina: México, Chile e Argentina • 2009 - Contratou Spark PR (Silicon Valley) para construção de awareness internacional - Country manager e escritório em NY * Estimativa da Companhia 17
  • 18. Alguns Comparables Empresa IDNT Comparável País França Ticker: AU USA USA USA Ticker: NFLX USA Ticker: IM USA Brasil 18
  • 20. Capitalização do Mercado / Liquidez da Ação / Composição Acionária Informações Gerais IDNT3 ‐ 01 de Dezembro de 2009 Principais Acionistas Nº total de Ações IDNT3 100.552.447 Centennial Asset Mining (EBX)  Preço por Ação ‐ R$ R$ 5,79 Fundos Mercatto Market Cap ‐ R$  R$ 582.198.668 Gustavia Investors LLC  Taxa de Conversão (US$/R$) R$ 1,75 Hankoe Fundo de Investimento em Participações Market Cap ‐ US$ US$ 332.589.928 Total Return Investment LLC (Opus) Base: 01 de dezembro de 2009 Volume X Preço da Ação R$ 1.200 10,0 R$ 1.000 Volume   R$ Milhões 8,0 R$ 800 IDNT3 R$  R$ 600 6,0 R$ 400 4,0 R$ 200 2,0 R$ 0 0,0 2006 2007 2008 dez-09 Volume (R$) Preço da Ação Base: 01 de Dezembro de 2009 20
  • 21. Ideiasnet IDEIASNET - Portfólio Proporcional R$ 000' 2006 2007 2008 9M08 9M09 ∆% RECEITA LÍQUIDA 330.600 771.605 865.648 636.008 608.201 -4,4% Custos de Mercadorias Vendidas (267.937) (628.331) (698.508) (517.331) (506.028) LUCRO BRUTO 62.663 143.273 167.140 118.678 102.173 Margem bruta 15,4% 18,6% 19,3% 18,7% 16,8% DESPESAS OPERACIONAIS (52.195) (121.819) (138.614) (102.503) (100.816) Gerais e administrativas (51.765) (119.026) (135.865) (100.154) (94.270) Outras despesas (430) (2.794) (2.748) (2.349)       (6.546) (=) EBITDA 10.468 21.454 28.527 16.175 1.357 -91,6% Margem Ebitda 3,2% 2,8% 3,3% 2,5% 0,2% .Depreciação (1.319) (2.271) (3.153) (2.200)       (2.448) (=) EBIT 9.149 19.182 25.374 13.975 (1.091) .Resultado Financeiro Líquido (847) (384) (14.933) (7.446) (9.189) (=) EBT 8.302 18.798 10.441 6.529 (10.280) (-) Resultado Não Operacional (1.421) 435 (1.089) (311) (1.045) (-) IR&CS (3.623) (8.521) (5.228) (4.839) (2.096) Participações nos lucros (701) (1.011) (542) 0 564 Resultado Extraordinário - 5.978 (=) Lucro Líquido 2.557 9.701 3.581 1.380 (6.880) n.m. OBS: Considerando participação proporcional das investidas desde o momento de suas aquisições 21
  • 22. Para mais informações, entre em contato com a equipe de Relações com Investidores: Rodin Spielmann Diretor de RI e de Desenvolvimento de Negócios ri@ideiasnet.com.br André Segadilha andre.segadilha@ideiasnet.com.br Esta apresentação poderá conter certas projeções e tendências que não são resultados financeiros realizados, nem informação histórica. Estas projeções e tendências estão sujeitas a riscos e incertezas, sendo que os resultados futuros poderão diferir materialmente daqueles projetados. Muitos destes riscos e incertezas relacionam-se a fatores que estão além da capacidade da Ideiasnet em controlar ou estimar, como as condições de mercado, as flutuações de moeda, o comportamento de outros participantes do mercado, as ações de órgãos reguladores, a habilidade da companhia de continuar a obter financiamentos, as mudanças no contexto político e social em que a Ideiasnet opera ou em tendências ou condições econômicas, incluindo-se as flutuações de inflação e as alterações na confiança do consumidor, em bases global, nacional ou regional. Os leitores são advertidos a não confiarem plenamente nestas projeções e tendências. A Ideiasnet não tem obrigação de publicar qualquer revisão destas projeções e tendências que devam refletir novos eventos ou circunstâncias após a realização desta apresentação. 22