Regularização do rebordo alveolar

1.994 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.994
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Regularização do rebordo alveolar

  1. 1. Cirurgia Pré - Protética: Regularização do Rebordo Alveolar da Maxila FACULDADE MARIA MILZA BACHARELADO EM ODONTOLOGIA Fernando JoséFernando José11 Geando AlbuquerqueGeando Albuquerque11 Antônio Soares²Antônio Soares² Ícaro SoaresÍcaro Soares22 1 Graduandos do Curso de Bacharelado em Odontologia da FAMAM 2 Profª e orientador Governador Mangabeira - BAGovernador Mangabeira - BA 20152015
  2. 2. INTRODUÇÃO A quantidade e a condição do rebordo alveolar refletem nos efeitos biomecânicos e estéticos bem como na permanência das próteses convencionais. As deficiências, principalmente as verticais em rebordos alveolares são um desafio para o cirurgião que visa alcançar uma reabilitação oral do paciente promovendo: Conforto. Estética. Função.
  3. 3. OBJETIVO A pesquisa tem como objetivo mostrar, através de uma revisão da literatura e por meio da descrição de um caso clínico, discutir as indicações, resultados e possibilidades da técnica de intervenção cirúrgica pré – protética de regularização do rebordo alveolar da maxila, com finalidade de reabilitação estética e funcional do paciente.
  4. 4. METODOLOGIA Avaliação Clínica Intra e Extra Oral (Anamnese, Odontograma, Índice de Placa, PSR); Moldagem da Arcada Superior e Inferior (Modelo de Estudo); Radiografia Periapical e Panorâmica; Exame Laboratoriais; Procedimento Cirúrgico Pré – Protético.
  5. 5. Moldagem da Arcada Superior e Inferior (Modelo de Estudo) Fonte Própria
  6. 6. Radiografia Fonte Própria
  7. 7. Exame Laboratorial Coagulograma: Hemograma: Fonte Própria Fonte Própria
  8. 8. Procedimento Cirúrgico Pré – Protético Fonte Própria
  9. 9. Materiais e Instrumentais Gorro; Mascara; Óculos de Proteção; Luva Cirúrgica; Campo Fenestrado Campo; Protetor de Refletor; Protetor de Cabos; Toalhas Absorventes. Fonte Própria
  10. 10. Materiais e Instrumentais Fonte Própria
  11. 11. Relato do Caso Clinico Paciente C.M.M.P brasileira, leucoderma, 50 anos de idade, apresentou-se à Clínica CI 2 (Clinica Integrada 2) na CLIOF do Curso de Odontologia da Faculdade Maria Milza, com o objetivo de realizar um tratamento odontológico. Na avaliação intra oral foi constatado a necessidade de reabilitação oral superior e inferior. Após completo exame clínico, radiográfico e laboratorial (Figuras 1, 2 e 3) , foi observado a necessidade de algumas extrações dentárias com posterior regularização bilateral de rebordo alveolar superior para que após cicatrização fosse confeccionado uma Prótese Total para a paciente. Em região de Mandíbula algumas restaurações serão feitas e reabilitação com PPR (Prótese Parcial Removível).
  12. 12. Figura 1: Fonte Própria Figura 2: Fonte Própria Figura 3: Fonte Própria
  13. 13. Regularização do Rebordo Alveolar Superior Posterior Bilateral Fonte Própria
  14. 14. Fonte Própria
  15. 15. Orientações ao paciente (pré-operatórios)
  16. 16. Orientações ao paciente (pós-operatórios)
  17. 17. Resultado Final Fonte Própria Fonte Própria Antes Depois
  18. 18. Discussão O paciente necessita e deve ser reabilitado para que possa, dentro dos limites protéticos, voltar a ter suas funções mastigatória, estética e dictiva restauradas, o que nos compromete a espoliar ao mínimo suas estruturas ósseas remanescentes (Keith Jr; Salama, 2007; Maiorana et al., 2010). O sucesso no tratamento de defeitos alveolares apresenta limitações, principalmente onde o crescimento ósseo vertical é limitado, girando em torno, de até, 7 mm. (DAHLIN, 1996, ARTZI; NEMCOVSKY, 1998). Ao tratamento cirúrgico das correções dos rebordos alveolares dá-se o nome de alveoloplastia (MARZOLA, 1997, 2000, 2005 e 2008).
  19. 19. CONCLUSÃO Conclui-se que a cirurgia pré – protética é indicada para fins biomecânicos e estéticos na odontologia. A quantidade e a qualidade do rebordo alveolar refletem nos resultados biomecânicos e estéticos bem como na estabilidade das próteses convencionais ou implanto suportada e na saúde dos dentes adjacentes.
  20. 20. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  MALAMED, Stanley F. Manual de Anestesia Local. 6ª Edição. Rio de Janeiro, Editora Elsevier, 2013.  MARZOLA, Clóvis; TOLEDO-FILHO, João Lopes; OLIVEIRA, Marília Gerhardt de. AS CIRURGIAS PRÉ-PROTÉTICAS. Disponível em: <http://www.actiradentes.com.br/revista/2012/textos/25RevistaATO-Pre- proteticas-2012.pdf>. Acesso em: 01 maio 2015.   BORGES JUNIOR, Helder Fernando et al. CONSIDERAÇÕES PRÉ-PROTÉTICAS NO FECHAMENTO CIRÚRGICO IMEDIATO DE COMUNICAÇÕES BUCOSINUSAIS POR RETALHO DE CORPO ADIPOSO BUCAL E RETALHO VESTIBULAR – RELATO DE CASO. Disponível em: <http://apcdaracatuba.com.br/revista/2014/10/trabalho05.pdf>. Acesso em: 01 maio 2015.  Rev. Cir. Traumatol. Buco-Maxilo-Fac., Camaragibe v.5, n.2, p. 33 - 40, abril/junho 2005.
  21. 21. Dificuldades e obstáculos são fontes valiosas de saúde e força para qualquer sociedade. Albert Einstein

×