Jordi Tresserras 2012 - KeySpeaker Congreso INVTUR-Aveiro-Portugal - aveiro-def3

1.066 visualizações

Publicada em

Destinos turísticos culturais: novos retos, novas políticas e novos rumbos para uma aliança estratégica entre cultura, gastronomia e turismo

Publicada em: Educação
1 comentário
2 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.066
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
35
Comentários
1
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jordi Tresserras 2012 - KeySpeaker Congreso INVTUR-Aveiro-Portugal - aveiro-def3

  1. 1. Destinos turísticos culturais: novos retos, novas políticas e novos rumbos para uma aliança estratégica entre cultura, gastronomia e turismoDr. Jordi TRESSERRAS JUAN jjuan@ub.edu
  2. 2. Laboratori/Observatori de Patrimoni i Turisme CulturalPesquisa:• Indicadores de turismo cultural e desenvolvimento localFormação• Programa de pós-graduação e doutorado personalizadoProjetos:• Spin-off: viabilidade de novos projetos (parcerias públicas e privadas) e propostas dos alunos dos cursos especializados de pós-graduação Uma universidade aberta a comunidade
  3. 3. Destino turísticoConjunto de recursos que geram um poder de atração suficiente para induzir a um viajante a fazer os esforços necessários para se deslocar ate aí.Território que, com um imaginário, ícones (que podem ter labels ou reconhecimentos), uma marca, um preço e um lugar no mercado, permanece durante uma boa parte do ano com visitantes e turistas suficientes para fazer desta atividade um dos fundamentos de sua economia.
  4. 4. A cultura é clave nosícones, a imagem e osimagináriosturísticos…
  5. 5. Labels
  6. 6. Barcelona 22@
  7. 7. www.youtube.com/watch?v=bAzxAetRMrIhttp://www.youtube.com/watch?gl=SG&feature=related&hl=en-GB&v=lvrf9_EcR0U
  8. 8. Enquesta sobre el grau de coneixement dels labels culturals a la ciutat de Barcelona 2009 - 1504 turistes 2011 – 1498 turistes / 1501 ciutadansLabel cultural Llistat de llocs i manifestacions Turistes Ciutadans 2009 2011 2011UNESCO- Lilsta del Treballs de l’arquitecte Antoni Gaudí 65% 78% 70%Patrimoni Mondial Palau de la Música Catalana i Hospital de 7% 9% 8% Sant PauUNESCO – Llista indicativa Vies romanes d’Hispània 0,5% 0,3% 0,4%del patrimoni mundial Itinerari cultural de la vinya i els vinyets de la 0,5% 0,5% 0,4% conca mediterràniaUNESCO – Llista del La dieta mediterranània 0,2* 6% 5%patrimoni immaterial La falconeria 0% 0% 0% Els Castellers 0,3%* 9% 32%UNESCO – Reserves de la Parc del Montseny 0,4% 0,5% 1,4%BiosferaUNESCO – Rutes del diàleg La Ruta de l’Esclau 0% 0,5% 0,2%intercultural Rutes dels Indians 0,4% 3% 37%Consell d’Europa – Camins de l’Art Prehistòric - 0,1% 0,2%Itineraris Culturals La Ruta dels Fenicis – Camí d’Anibal 0% 0% 0,2%Europeus Camí de Sant Jaume 1% 3% 4%** Les Rutes d’Al-Andalus (Ruta dels Almoràvids 0% 0% 0,8%*** i dels Almohades) Ruta Europea dels Cementiris 0% 0% 0% Xarxa de Calls d’Espanya – Camins de Sefard 3% 5% 8%Unió Europea – Segell Arxiu de la Corona d’Aragó 0% 0% 1%Patrimoni EuropeuAltres iniciatives Réseau d’Art Nouveau – Ruta Europea del 49% 54% 76% Modernisme Ruta de les Ciutats Il·lustrades segle XVIII - 0% 0%
  9. 9. http://www.youtube.com/watch?v=IxT4t449G1g
  10. 10. El Londres de Hugh Grant & Julia Roberts in “Notting hill” (1999) http://www.youtube.com/watch?v=R6c1STmvNJc
  11. 11. Embratur (Instituto Brasileño de Turismo) presentó en Nueva York, EEUU, una aplicación gratuita llamada ‘BrasilQuest’, un juego que recorre las 12 ciudades que serán sede del Mundial 2014 y narra las aventuras de Yep, unextraterrestre que llegó a Brasil en busca de felicidad y queda enamorado del país.
  12. 12. La Ruta de Pablo Foto: EFERoberto Escobar, “el osito”… el hermano de Pablo Escobar, recibe a los visitantes
  13. 13. Foto: EFE
  14. 14. Ruinas del Edificio Dallas, el llamado «Centro de Negocios», desde el que elnarcotraficante arrancó su negocio de la droga Foto: EFE
  15. 15. Cementerio de Montesacro, Foto: EFE
  16. 16. Fundació Miró
  17. 17. Soup opera
  18. 18. Viagem a Xibanya - Escritores Chineses - Imagem da Espanha World Expo Shanghai 2010Zhang YueranZhou JianingLao MaYan Lianke Chen Zhongyi Tatiana Fisac
  19. 19. Espanha quer parte dos onze milhões de turistas indianos queviajam para o exterior. Atualmente, apenas 70.000 deles escolhem Espanha, mas o objetivo é chegar a200.000 turistas indianos em quatroanos, uma figura semelhante ao que a França ou a Itália recebem na atualidade
  20. 20. BollywoodJulio 2011Zindagi namilegi dobara /Só se vive umavez de ZoyaAkhtar
  21. 21. BollywoodJulio 2011Zindagi namilegi dobara /Só se vive umavez de ZoyaAkhtar
  22. 22. Bollywood – Julio 2011 - Zindagi na milegi dobara / Sólo se vive una vez de Zoya Akhtar
  23. 23. Bollywood – Julio 2011 - Zindagi na milegi dobara / Só se vive uma vez de Zoya Akhtar
  24. 24. Bollywood – Julio 2011 - Zindagi na milegi dobara / Só se vive uma vez de Zoya Akhtar
  25. 25. Linhas de negócioAs agências de promoção turística promovem o turismocom políticas e estratégias de segmentação deprodutos e serviços.Geralmente tem ofertas específicas por linhas denegócios por destino (sol e praia, urbano, rural, ...)atividade (MICE, ativo, cultural, esportes, gastronomia,golfe, náutico, ...) ou segmento de público (família,juventude, LGBT , acessível, ...). Alguns desses produtos ou subprodutos, graças ao interesse, a quantidade ou a qualidade da sua oferta podem criar o seu próprio clube de produto.
  26. 26. O conceito de turismo culturalO turismo cultural "é o movimento depessoas para manifestações culturais forada sua área de residência, a fim deobter novos dados e experiências parasatisfazer suas necessidades culturais“Association for Tourism and Leisure Education (ATLAS)
  27. 27. Cultura e desenvolvimentoTradição + Innovação
  28. 28. A Cultura como grupo de competitividade nos clusters /polos turísticos património cultural tangível e intangívelindústrias culturais e criativas (artesanato, estudo da línguas, ...) festivais e eventos culturais turismo comunitário (rural e urbano) recursos culturais em áreas naturais e áreas protegidas / paisagens culturais rotas - Itinerários - Redes
  29. 29. Os produtos- mercado do turismo cultural• Cidades históricas - Arquitetura contemporânea.• Museus, monumentos e sítios arqueológicos.• Agenda de exposições estáveis ​ e representações artísticas.• Roteiros e itinerários culturais.• Paisagens culturais e áreas naturais com culturas vivas.• Aprendizagem de línguas (turismo idiomático)• Feiras, festivais (turismo de festivais) e celebrações da cultura popular e religiosa (turismo religioso)• Turismo de raízes ou genealógico• Indústrias Culturais: artesanato, filmes (turismo cinematográfico), literatura (turismo literário), gastronomia (turismo gastronômico), música (turismo musical), ...• Hospedagem e jantar em monumentos históricos, arquitetura tradicional e design hotéis• Transportes tradicionais / ou históricos
  30. 30. Identificar o turista culturalMotivação principal
  31. 31. WORLD CULTURAL TOURISM - 2004
  32. 32. Identificar al turista culturalMotivação principalMotivos adicionaisAtividades culturais: número e duraçãoConsumo cultural: produtos e serviços
  33. 33. Caminho de Santiago• Espiritualidade• Cultura + Gastronomia• Natureza• Accessibilidade –Inclusão Social
  34. 34. Cultura NaturaGastronomia Accessible
  35. 35. Casa Milà / Pedrera - Barcelona
  36. 36. Antoni Gaudí - BarcelonaCasa Milà/Pedrera: 1.260.958 visitantes (2008)Sagrada Família: 2.731.781 visitantes (2008)
  37. 37. Antoni Gaudí - Park Güell - Barcelona4.000.000 visitantes(2008) / 9000-14600 v/dia86% turistas 14% residentes
  38. 38. RUTA DEL MODERNISME 2005
  39. 39. Visitas e atividades personalizadas acasas e palácios de Barcelona eCatalunha contam o espírito do lugar e ahistória de pessoas que viviam ali. Umpassado que ajudar entender o presentee o nosso futuro.http://www.casessingularsbarcelona.blogspot.com.es/
  40. 40. Um caso de estudo: O Club de Producte de Turisme GastronòmicAgència Catalana de Turisme
  41. 41. Nossa receitaTradição, inovação e qualidade
  42. 42. Club de Turisme GastròmicO Clube de Produto de Turismo Gastronômico da AgênciaCatalã de Turismo reúne muitas das empresas e organizaçõesde turismo eno-gastronômico, agências de promoção turística,redes de cozinheiros, e parcerias estratégicas como a FundaçãoInstituto Catalão de Cozinha, Gastroteca.cat e universidadescatalãs com linhas de I+D como a Universidade de Barcelona(UB) e a Universidade Aberta da Catalunha (UOC). Catalunha, Destino Gastronômico
  43. 43. «La cuina és el paisatge posata la cassola» Josep Pla« A cozinha é a paisagemcolocada na panela» Josep Pla
  44. 44. Produto
  45. 45. Gastroteca.catGastroteca.cat, um site da promoção e apoio à comercializaçãode produtos alimentares locais. É um canal interativo e dinâmicoservindo produtores, processadores, distribuidores, chefs,gastrónomos, restaurantes, promotores de turismogastronômico, organizações, associações e consumidores quesão particularmente relevantes para os produtos locais.
  46. 46. ProdutosOnde comprarOnde comerReceitasRotasAgendaNotícias
  47. 47. Creatividade
  48. 48. Artesanato vinculado a cozinha e a mesa – Comunidade local e turistas
  49. 49. Portada - 2003
  50. 50. Chuva de estrelas Michelin
  51. 51. Santi SantamariaSant Celoni, Catalunya, 26 de juliol de 1957–Singapur, 16 de febrer de 2011
  52. 52. Ranking Turismo
  53. 53. Identidade
  54. 54. Cuina Catalana / Cozinha CatalãAs origens:Sent Soví, o libro de receitas de cozinha mais antigo numa língua derivada do latim. S. XIV. A moda da cozinha catalã no Mediterrâneo...
  55. 55. Cuina Catalana / Cozinha CatalãO projeto marca "Cuina Catalana" (cozinha catalã), surgiu em 2001, para consolidar um processo de reavaliação da tradicional cozinha catalã a partir de duas conferências anteriores, que tiveram lugar em 1981-82 e 1994-95, promovido pelo Instituto catalão de Cozinha.Um dos principais desafios foi uma pesquisa e a coleção de receitas publicadas em um corpus de cozinha catalã em novembro de 2006. O trabalho está em constante revisão e expansão e uma nova versão foi publicada em maio de 2011: o Corpus Catalão do Patrimônio Culinário.
  56. 56. Cuina Catalana / Cozinha CatalãCuina Catalana é uma marca apoiada por um estudo científicocoordenado pela Fundação Instituto Catalão de Cozinha: oCorpus Catalão do Patrimônio Culinário, considerado o maiscompleto livro de receitas de cozinha tradicional catalã.A iniciativa nasceu para tentar manter a tradição culinária emantê-la de se tornar pobre diante do grande progresso feitopela cozinha criativa. É possível combinar tradição e inovação!
  57. 57. Cuina Catalana / Cozinha CatalãOs restaurantes catalães que desejem obter o label "CuinaCatalana" devem cumprir dois requisitos:• Incluir nas suas cartas, pelo menos, 50% das receitas incluídasno corpus da cozinha catalã• Comprometer-se a usar para preparar receitas, a maioria dosquais estão a 50 quilômetros do restaurante, e de preferênciaalimentos que são cobertos por uma especificação geográfica, éuma DO, uma IGP, uma ETP, etc.
  58. 58. Cuina Catalana / Cozinha CatalãCuina catalana é o novo símbolo de qualidade e identidade gastronômica cobrindo toda Catalunha e tem por objetivo promover e divulgar cozinha tradicional catalã.Cuina Catalana é exibida com um logotipo em todos os restaurantes e estabelecimentos que produzem os pratos tradicionais com produtos locais seguindo as indicações das reglas.Estes estabelecimentos são classificados de diversas maneiras:• Restaurante• Hotel – Restaurante (em curso)• Casas - Pensão (Casa Fonda) (em curso)• Agroturismo - Turismo Rural (casa partilhada com os proprietários e casa com restaurante rural) (em curso)
  59. 59. Cuina Catalana / Cozinha CatalãReceitas do Corpus on-line www.cuinacatalana.eu
  60. 60. Promoção
  61. 61. Hoje…
  62. 62. Cuina Catalana / Cozinha Catalã2011Cozinha Catalã , incorporada na Lei do Patrimônio Cultural daCatalunha2012Cozinha Catalã , primeira cozinha da Europa reconhecida como“Marca de Garantia de Qualidade” pelo Departamento deAgricultura, Gandearia e Pesca do governo autónomo daGeneralitat de Catalunha. Reconhecimento ao Corpus Catalãodo Patrimônio Culinário, e a o ente de controle: a FundaçãoInstituto Catalão de Cozinha.
  63. 63. Uma nova proposta:19 de março - Dia Nacional da cozinha catalã coincidindo com a comemoração da Festa de São José
  64. 64. Cuina Catalana / Cozinha CatalãLabels UNESCO:• Cozinha catalã na lista de Patrimônio Imaterial• Vic, Cidade Criativa por cozinha• Sent Sovi, Memória do MundoProjeto participativo:Administração pública, empresas, organizações do terceiro setor, universidades e centros de pesquisa, comunidade local Identidade (património alimentário e culinário), comércio (produtos alimentários) e desenvolvimento do turismo (turismo gastronômico)
  65. 65. Outros labels UNESCO GastronomiaPatrimônio Imaterial:• Cozinha mexicana (México)• Comida tradicional francesa (França)• Dieta mediterrânica (Espanha, Grécia, Itália, Marrocos)• Pão de gengibre (Croácia)• Cafés de Viena (Áustria)Em curso:• Cozinha peruana (Peru)• A arte tradicional de preparação da pizza napolitana (Itália)• Sistema tradicional de produção do vinho (França)• Cultivo tradicional de uvas zibibbo em Pantelleria (Itália)• Washoku - cozinha tradicional japonesa (Japão)• Cozinha catalã (Espanha)
  66. 66. Outros labels UNESCO GastronomiaCidades criativas pela Gastronomia• Popayan (Colombia)• Östersund (Suécia)Em curso:• Vic (Espanha)
  67. 67. Alerta!!!!Turismofobia?
  68. 68. O futuro…. Morrer de sucesso????Sobreviver com criatividade, inovação e competividade? Coopetência vs Competência? Participação da cidadania?
  69. 69. Mercès- ObrigadoDr. Jordi TRESSERRAS JUANjjuan@ub.edu, ibertur@gmail.com @ibertur

×