Como instalar seu sensor de estacionamento - Guia de instalação

54.760 visualizações

Publicada em

Aprenda a instalar seu sensor de estacionamento Ibertec. O sensor de estacionamento é um dispositivo de detecção de obstáculos, projetado para auxiliar o motorista a dar marcha-ré ou estacionar um veículo.

Publicada em: Indústria automotiva
0 comentários
8 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
54.760
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
311
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
465
Comentários
0
Gostaram
8
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Como instalar seu sensor de estacionamento - Guia de instalação

  1. 1. Guia Prático de Instalação do Sensor 1.0- Instruções de Instalação Recomenda-se que o sensor de estacionamento seja instalado por um técnicohabilitado. Pois a instalação incorreta afetará o desempenho do equipamento. Astentativas de reparo, modificação ou reconfiguração realizada pelo própriousuário ou por terceiros, poderão acarretar funcionamento incorreto ou avariasque levaram a perda da garantia. 2.0- Componentes básicos de um sensor de estacionamento O sensor de estacionamento é um dispositivo de detecção de obstáculos,projetado para auxiliar o motorista a dar marcha-ré ou estacionar um veículo. Éconstituído basicamente dos seguintes componentes, podendo haver algumas Fig 01 – Exemplo de um modelo de sensorvariações dependendo do modelo adquirido pelo cliente ; - Sensor de ultra-som instalado no pára-choque traseiro.Unidade controladora de distância instalada no porta-malas Fig 02 – Exemplo de uma Unidade controladora de distânciaDisplay para monitoramento visual da distância instalado no painel do veículo. Fig 03 – Exemplo de um modelo de display
  2. 2. Guia Prático de Instalação do Sensor3.0- Funcionamento básico de um sensor de estacionamento Quando o motorista entra numa vaga de ré, ondas de ultra-som são emitidas pelos sensores instalados no pára-choque do veículo. Quando as ondas sonorasencontram obstáculos retornam aos sensores do pára-choque e são transformadas em sinais elétricos. Instantaneamente a unidade controladora de distância utiliza essessinais para calcular a distância em metros, entre o carro e o obstáculo, e informa o motorista através de um display instalado no painel do veículo. Além da sinalizaçãonumérica o equipamento também emite um sinal sonoro de advertência, cuja intensidade aumenta progressivamente a medida que o veículo se aproxima do obstáculo. Corretamente instalado o sensor de estacionamento será de enorme ajuda na prevenção de colisões, reduzindo o risco de acidentes pessoais e prejuízos materiais. Omotorista poderá manobrar também com muito mais segurança em espaços reduzidos. A linha de produtos da IBERTEC é a mais completa do mercado. A Ibertec possui modelos com 4 sensores traseiros, com 8 sensores (frente e trás), com câmera e monitor,sem câmera, com display de Led, com display de LCD, com display de LCD wireless sem fio e modelo sem display só com bip sonoro.4.0- Instalação dos sensores4.1- A onde devo instalar os sensores ? Os sensores, que transmitem os sinais de ultra-som à Unidade Controladora, devem ser instaladosno pára-choque traseiro do veículo. Antes de começar a fazer esse serviço é interessante que oinstalador examine atentamente o pára-choque para decidir onde é o melhor local para a instalaçãodos sensores Fig 04 - Antes de iniciar o serviço o instalador deve examinar atentamente o pára-choque para determinar a onde é mais adequado instalar os quatro sensores A, B, C e D.4.2- Tirar a medida do pára-choque do veículo.Definido o local o próximo passo é tirar a medida do pára- choque.4.3- Qual é a distância ideal entre um sensor e outro ?Determinada medida total, de uma extremidade a outra do pára-choque, o instalador devedistribuir os sensores ao longo do pára-choque. A distância ideal entre um sensor e outro estáilustrado na figura abaixo. Fig 05 – No desenho a letra “L” representa a distância entre o sensor (A) e o sensor (D). Do sensor (A) até o sensor (B) devemos deixar uma distância equivalente a 0,3L. Entre os sensores (B) e (C) devemos deixar um espaço de 0,4L. Entre os sensores (C) e (D) devemos ter uma distância de 0,3L. Da extremidade esquerda do pára-choque até o sensor (A) devemos ter uma distância entre 9 e 15cm. Do sensor (D) até a outra extremidade do pára-choque também devemos deixar um espaço de 9 a 15cm.
  3. 3. Guia Prático de Instalação do Sensor4.4- Cálculo teórico da distância entre um sensor e outroVamos imaginar, por exemplo, que o nosso pára-choque tenha um comprimento total de uma extremidade a outra de 140 cm. De posse dessa informação podemoscalcular facilmente a posição dos furos dos sensores A, B, C e D como ilustra a tabela abaixo. Distância Valor da distância T = Comprimento T otal de uma extremidade a outra do pára -choque T = 140 cm D E = Extremidade E squerda do pára -choque até o sensor A D E = 9 a 15 cm D D = Extremidade Direita do pára -choque até o sensor D D D = 9 a 15 cm Distância Cálculo teórico da distância Resultado “L” L = 140cm - D E - D D = 140cm - 15cm – 15cm = 110cm L = 110cm 0,3.L 0,3.L = 0,3 x 110 = 33 cm 0,3.L = 33 cm 0,4.L 0,4.L = 0,4 x 110 = 44 cm 0,4.L = 44 cm 0,3.L 0,3.L = 0,3 x 110 = 33 cm 0,3.L = 33 cmFig 06 – Tabela teórica para o cálculo da distância entre os sensores4.5- Cálculo da altura H distância dos furos até o soloA altura, H, ideal em relação ao solo, para a instalação dos sensores é de 50 a 60 cm no ponto onde o pára-choque se torna perpendicular ao piso. Todos os sensoresdevem ficar a mesma altura do solo. Fig 07 – A altura ideal Fig 08 – Todos os sensores do sensor em relação devem ficar a mesma altura ao solo é de 50 a 60 cm. do solo. H - Altura do solo de alguns veículos H - Altura do solo de alguns veículos Item Veículo Altura do Solo Item Veículo Altura do Solo 01 Fiat Ducato 42,0 cm 07 BMW 320 56,0 cm 02 Fiat Fiorino 56,5 cm 08 Toyota Co rola 54,0 cm 03 Fiat Uno 47,5 cm 09 Ford Caminhão Cargo VUC 50,5 cm 04 Fiat Idea 51,0 cm 10 Mitsubishi Pajero TR4 56,0 cm 05 GM Vectra 60,5 cm 11 VW Brasília 46,5 cm 06 GM Meriva 54,0 cm Altura média H do solo 52,23 cm Altura média H do solo 52,23 cmFig 09 – Tabela com a altura ( H ) média de onze veículos Fig 10 - Depois de instalado no pára-choque o sensor deve ficar perpendicular ao solo.
  4. 4. Guia Prático de Instalação do Sensor4.6- Tabela sugestão de medidasNa tabela abaixo temos alguns exemplos de medidas utilizadas para a instalação dos sensores. Como o instalador irá observar nem sempre na prática será possível utilizaras medidas calculadas na teórica. Porque nem todos os pára-choques são lisos e retos. Muitos têm características particulares que impedem a distribuição por igual.Alguns pára-choque podem por exemplo ter um estepe fora do centro, como é o caso da Mitsubishi Pajero TR4. Outros tem engates, lanternas ou estribos embutidos.Diante dessas características o instalador é obrigado a instalar os sensores de forma descentralizada. Veículo Distribuição dos sensores ao longo do pára - choque Altura Largura Total “L” Extremidade 0,3.L 0,4.L 0,3.L Extremidade do solo Pára -choque Esquerda Direita Veículo Padrão 50,0 cm 140,0 cm 110,0 cm 15,0 cm 33,0 cm 44,0 cm 33,0 cm 15,0 cm Fiorino 56,5 cm 117,0 cm 87,0 cm 15,0 cm 30,0 cm 27,0 cm 30,0 cm 15,0 cm Fiat Palio Fire 51,5 cm 187,5 cm 104,5 cm 41,5 cm 30,0 cm 44,5 cm 30,0 cm 41,5 cm Ford Focus 55,0 cm 150,0 cm 120,0 cm 15,0 cm 40,0 cm 40,0 cm 40,0 cm 15,0 cm Pajero TR4 53,5 cm 219,5 cm 127,5 cm 46,0 cm 40,0 cm 62,5 cm 25,0 cm 46,0 cm Pajero Sport 59,5 cm 206,0 cm 141,0 cm 32,5 cm 50,0 cm 41,0 cm 50,0 cm 32,5 cm Citroen Picasso 49,0 cm 150,0 cm 120,0 cm 15,0 cm 36,0 cm 48,0 cm 36,0 cm 15,0 cm Astra 60,0 cm 160,0 cm 130,0 cm 15,0 cm 40,0 cm 50,0 cm 40,0 cm 15,0 cmFig 10 – Tabela sugestão. Na prática em função das características particulares de cada pára-choque as medidas teóricas podem variar bastante.Por isso o instalador deve estar atento as nossas recomendações.4.7- O sensor deve ser instalado numa área plana do pára-choqueO instalador deve fazer os furos dos sensores num local plano do pára-choque. Caso contrário poderá ter problema de falso alarme, pois o sensor poderá detectar o solo. Fig 11 - Posição errada. Nesse local Fig 12 - Posição correta. o pára-choque é muito curvo. Nesse local o pára-choque é reto. O instalador corre o risco de apontar As ondas sonoras emitidas pelo o sensor para o solo e o sistema detectar o piso. sensor correrão paralelas ao solo.
  5. 5. Guia Prático de Instalação do Sensor4.8- Marcação da posição dos furos no pára-choqueConcluída a fase de estudo o instalador deverá marcar a posição dos furos dos sensores A, B, C e D com o auxílio de um lápis, fita crepe ou etiqueta branca. Não seesquecendo que todos os sensores devem ficar a mesma altura do solo e na mesma vertical em relação ao piso. Fig 13 - O instalador deve marcar com fita crepe ou com etiqueta branca os locais onde vai furar Fig 14 - Com um lápis o pára-choque. Pára-choque de um Citroen C3 o instalador deve marcar com etiqueta branca a posição exata dos furos.4.9- Cuidados antes de furar o pára-choquea) Antes de furar o pára-choque, o instalador deve verificar se marcou corretamente a posição de todosos furos e se seguiu todas as recomendações.b) O instalador deve examinar também a parte de trás do pára-choque, para ter certeza de que nãoexiste nenhuma obstrução que impeça a instalação dos sensores. Dependendo do veículo pode sernecessário às vezes remover o pára-choque.c) O instalador deve verificar também, se depois de furado o pára-choque com a serra copo, sobraespaço para inserir o sensor totalmente. Em alguns será necessário remover um pouco da espumainterna amortecedora do pára-choque, para ganhar espaço para o sensor e para o cabo.d) Antes de furar é interessante que o instalador marque o local dos furos com uma punção para evitarque a serra copo deslize e arranhe o pára-choque. Fig 15 - Dependendo do veículo às vezes pode ser necessário remover o pára-choque.
  6. 6. Guia Prático de Instalação do Sensor4.10- Procedimento para furar o pára-choquea) O primeiro passo antes fazer o furo guia é verificar se o pára-choque do veículo é de plástico ou de ferro. Hoje em dia 95% dos veículos utilizam pára-choque deplástico. Apenas os caminhões e algumas picapes utilizam pára-choque de ferro. Se o pára-choque for de plástico o instalador pode utilizar a serra copo que acompanha oproduto. Caso contrário será necessário adquirir nas boas lojas de ferramentas uma serra copo própria para furar metal modelo SH 0078 e um suporte de fixação A4 ouA1 (A4 para mandril 1/4 e A1 para mandril 3/8) da Starret. Se o pára-choque for de metal e tiver mais de 2,5 mm de espessura aconselhamos lubrificar a serra com óleopara aumentar a sua vida útil. Fig 17 - Serra copo para furar metal modelo SH 0078 e com Fig 16 - Serra copo para furar pára-choque suporte de fixação da Starret. de plástico que acompanha o produto. Não acompanha o produto.b) O segundo passo é fazer um furo guia no pára-choque com uma broca pequena como ilustra a figura abaixo. A serra copo que acompanha o produto já vem de fábricacom a broca guia. Fig 18 - Antes de utilizar a serra copo o instalador deve fazer um furo guia com uma broca de pequeno diâmetro.
  7. 7. Guia Prático de Instalação do Sensorc) Ao fazer o furo guia com a broca o instalador devemanter a furadeira paralela ao solo para evitar que o furofique torto Fig 19 - Introduza a broca da serra copo no furo guia e mantenha a furadeira paralela ao solo para o furo não ficar tortod) Depois de fazer o furo guia o instalador deve utilizar a serra copo, que acompanha o produto, para aumentar o diâmetro dos furos. A serra copo tem o mesmo diâmetrodos sensores. Durante essa operação o instalador deve trabalhar com a furadeira em baixa rotação, em baixa velocidade. Caso contrário corre o risco de danificar o corteda serra copo. Durante essa operação o instalador deve manter a furadeira paralela ao solo.Fig 20 - Fure até a serra copo encostar na parte Fig 23 – Cuidado para não estragar algo atrás doplástica do pára-choque pára-choque após a serra copo furar totalmente a parte plástica.Fig 21 - Durante a operação é necessário interromper Fig 22 - Após a limpeza o trabalho pode ser reiniciado Fig 24 - Vista do pára-choque do depois de furado.o trabalho para fazer a limpeza da limalha de plástico da serra.
  8. 8. Guia Prático de Instalação do Sensor4.11- Instalação do sensor no pára-choquea) Feita a furação o próximo passo é inserir os sensores no pára-choque. O sensor deve ser encaixado sob pressão. Porém se os furos estiverem muito justos e apertados eos sensores forem encaixados com excesso de pressão poder ocorrer casos falso alarme. Para evitar esse problema retire cuidadosamente ás eventuais rebarbas na partede dentro do orifício com uma lima meia-cana. Não é para alargar a furação é para tirar a rebarba interna do furo. Se o instalador além de tirar a rebarba alargar a furação,os sensores poderão ficar frouxos. Fig 25 – Retire a rebarba de plástico na parte interna do furo com uma lima meia cana.b) Removido todas as rebarbas o próximo passo é instalar os sensores no pára-choque. Fig 26 – Insira o cabo dos sensores pelo furo aberto pela serra.
  9. 9. Guia Prático de Instalação do Sensorc) Antes de encaixar o sensor no orifício, verifique se a palavra UP está na posição correta, para cima ( ↑ ).Fig 27 - Posição correta da palavra UP no corpo do sensor, Fig 28 - Posição da palavra UP depois de instalado. Fig 29 - O sensor deve ser instalado a 90°para cima ( ↑ ).d) Verifique também a inclinação do sensor em relação ao soloFig 30 - O sensor instalado errado fora dos 90° Fig 31 - Se o sensor não for sensor instalado da forma correta poderá detectar o solo. Fig 32 - O sensor Ibertec sai de fábrica com a inscrição UP impressa no corpo do sensor para indicar a posição correta de instalação no pára-choque. Como pode ser observado a espessura da parede inferior do sensor é mais grossa que a superior. Existe essa diferença para corrigir a curvatura do pára-choque. Se o sensor for sensor instalado com as letras UP na posição errada o sistema poderá detectar o solo e gerar falso alarme.
  10. 10. Guia Prático de Instalação do SensorFig 33 – Antes de Fig 34 – Antes de insira o sensor verifique a posição Fig 35 – Insira o fio pelo furo aberto pela serra. Fig 36 – Antes de insira verifique a posição das letras UPintroduzir verifique a das letras UP. Insira pressionando o sensor pela borda inclinação do sensor externa, nunca pelo centro.em relação ao soloe) Ao encaixar o sensor no orifício, pressione o componente pela borda externa de plástico. Nuncaexerça pressão no centro do sensor. Caso contrário poderá danificar o sensor. Fig 37 - Encaixe o sensor, pressionando o componente pela borda externa.5.0- Instalação dos cabos dos sensoresa) Passagem do cabo. Depois do sensor estar instalado no pára-choque o cabo dele deve serencaminhado para o interior do veículo, para porta-malas, onde será posteriormente conectado aUnidade Controladora de Distância. Para tanto o instalador deverá verificar se existe uma passagempara os cabos do pára-choque para o interior do porta-malas. Muitos veículos já saem de fábricadotado de orifícios e tubulações de borracha, para a passagem de fiação elétrica para o porta-malas. Fig 37 - Os cabos dos sensores devem ser escondidos e conectados a unidade controladora de acordo com cada carro
  11. 11. Guia Prático de Instalação do Sensorb) Furo na lataria. Em outros veículos é necessário furar a lataria para a passar os cabos. Se for necessário furar o instalador deve pintar as bordas do orifício da latariacom zarcão, para evitar a ferrugem, e deve usar ilhós de borracha para impedir que o mesmo corte a isolação dos cabos.c) Folga no cabo. Deixe os cabos com folga, para o caso de precisar alterar mais tarde a montagem.d) Acabamento. Para os cabos não ficarem soltos, entre o pára-choque e o porta-malas, o instalador deve utilizar as presilhas plásticas que acompanham o produto paraamarrar os cabos e evitar que durante o movimento do veículo fiquem batendo na lataria fazendo barulho. Fig 38 - Os cabos dos sensores devem ser escondidos e conectados a unidade controladora de acordo com cada carro6.0- Instalação da Unidade Controladora de DistânciaNormalmente a Unidade Controladora de Distância é instalada no lado direito ou esquerdo do porta-malas do veículo. Próximo da lanterna da luz de ré.Fig 39 - Fixar a unidade controladora de distância no Fig 40 – Vista do revestimento interno do porta-malas Fig 41 – A unidade controladora de distância é instaladaporta-malas próximo a uma das lanternas. atrás do revestimento interno do porta-malas
  12. 12. Guia Prático de Instalação do Sensorb) Furo na lataria. Em outros veículos é necessário furar a lataria para a passar os cabos. Se for necessário furar o instalador deve pintar as bordas do orifício da latariacom zarcão, para evitar a ferrugem, e deve usar ilhós de borracha para impedir que o mesmo corte a isolação dos cabos.c) Folga no cabo. Deixe os cabos com folga, para o caso de precisar alterar mais tarde a montagem.d) Acabamento. Para os cabos não ficarem soltos, entre o pára-choque e o porta-malas, o instalador deve utilizar as presilhas plásticas que acompanham o produto paraamarrar os cabos e evitar que durante o movimento do veículo fiquem batendo na lataria fazendo barulho.Fig 42 – O display pode ser instalado no painel do carro ou no teto do vidro traseiro Fig 43 – Instalação do display no teto do vidro traseiro8.0- Conexão dos cabos dos sensores e do display na Unidade Controladora de distãnciaDepois de passar todos os cabos o próximo passo é conectar os cabos na Unidade Controladora de Distância.a) Sensores. Os cabos dos sensores estão marcados com letras A, B, C e D e devem ser conectados na Unidade Controladora de acordo com a letra. A inversão da posiçãodos cabos gera indicações errôneas no display quanto à posição física do obstáculo.b) Display. A posição do cabo do display na Unidade Controladora de Distância também está perfeitamente identificada. Conectar Display. Fig 44 – Os cabos dos sensores e do display são conectados na unidade controladora de distância antes dela ser instalada atrás do revestimento interno do porta-malas.
  13. 13. Guia Prático de Instalação do Sensor9.0- Conexão da alimentaçãoa) Lanterna traseira. Normalmente para ligar o sensor de estacionamento na alimentação do veículo é necessário retirar a lanterna traseira do veículo. A que estiver maispróxima da Unidade Controladora de Distância.b) Alimentação 12V. Removida a lanterna o instalador deve ligar o fio vermelho do sensor de estacionamento no fio positivo de 12V da lâmpada de ré. O fio preto dosensor de estacionamento deve ser ligado no fio terra do carro.Fig 45 – A unidade controladora de distância é ligada Fig 46 - Remoção da lanterna traseira para ter acesso Fig 47 - Conexão do cabo de alimentação da unidadena luz de ré da lanterna traseira. ao cabo da luz de ré. controladora de distância no cabo da luz de ré Fig 48 - Removida a lanterna o fio vermelho deve ser ligado no fio positivo de 12V da lâmpada de ré e o fio preto no terra do carro.10.0- Esquema de Ligação Gerala) Conexão dos cabos Fig 49 – Conexão do display na Unidade Controladora Unidade Controladora Sensor, display e alimentação conectados na Unidade Controladora
  14. 14. Guia Prático de Instalação do Sensorb) Esquema de ligação Fig 50 - Esquema de ligação11.0- Cuidados ao instalar os sensores e passar cabos dos sensores.a) Fonte de calor. Não instale os sensores e os cabos próximos de fonte de calor. Evite locais próximos do escapamento do carro. Fig 51 - Não é recomendável a instalação dos sensores e os cabos próximos de fonte do escapamento do carro.
  15. 15. Guia Prático de Instalação do Sensorb) Estepe ou engate. Se o veículo possuir estepe instalado sobre o porta-malas ou tiver engate para reboque, antes de fazer a furação e instalar os sensores érecomendável que o instalador faça algumas experiências para ter certeza que o sensor não detecta o estepe ou o engate. Para tanto antes de abrir os orifícios o instaladordeve posicionar experimentalmente os sensores nos locais onde pretende instalá-los. A seguir deve conectar o cabo dos sensores na Unidade Controladora e verificar seos sensores detectam o estepe ou o engate. Se detectar o instalador deverá mudar os sensores de posição e repetir a experiência, quantas vezes forem necessárias, atéencontrar um local no pára-choque onde o estepe ou o engate não sejam detectados. Fig 52 - Introduza a broca da serra copo no furo guia Fig 53 - Fure até a serra copo encostar na parte plástica do pára-choquec) Pára-choque de metal. Alguns pára-choques metálicos podem afetar o funcionamento dos sensores. Assim antes de fazer os furos para a fixação dos sensores érecomendável que o instalador faça algumas experiências práticas como as descritas no item anterior. Em outras palavras o instalador deve posicionar experimentalmenteos sensores nos locais onde pretende instalá-los e verificar se o pára-choque interfere de alguma forma na sensibilidade dos sensores. Fig 54 - Veículo com pára-choque de metal
  16. 16. Guia Prático de Instalação do Sensor12.0- Teste do sensor de estacionamento com vários tipos de obstáculos Fig 55 – Teste com obstáculo plano, os mais fáceis de serem detectados Fig 56 – Teste com obstáculo curvos e com superfícies irregulares

×