Aula 5 observações gerais

1.887 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.887
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
98
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 5 observações gerais

  1. 1. HERMENÊUTICAPr. Roberto Mariotto
  2. 2. CURSO DE HERMENÊUTICA – MÓDULO 1 Aula 5 OBSERVAÇÕES GERAIS
  3. 3. CURSO DE HERMENÊUTICA – MÓDULO 1 É importante também lembrar alguns detalhes sobre a linguagem bíblica e sobre o porquê da interpretação da palavra de Deus:
  4. 4. CURSO DE HERMENÊUTICA – MÓDULO 1 A bíblia foi escrita por mais de 40 autores num período de mais de 1000 anos, porém toda a linguagem foi divinamente inspirada. (2 Tm 3.15) e isso é comprovado através da unidade de toda a escritura.
  5. 5. CURSO DE HERMENÊUTICA – MÓDULO 1 Como Paulo diz a Timóteo que a bíblia torna o homem apto para toda boa obra é óbvio que sua linguagem pode ser compreendida por qualquer pessoa (2 Tm 3.16), porém a separação entre os autores e nós pode chegar a quase 4 mil anos, por isso o estudo é verdadeiramente necessário.
  6. 6. CURSO DE HERMENÊUTICA – MÓDULO 1 No Brasil encontramos diferenças de linguagem tão grandes que algumas figuras de linguagem não podem ser entendidas de um estado para outro a não ser que sejam explicadas. Na bíblia a mesma coisa acontece. A revelação de Deus foi expressa dentro de circunstâncias históricas e culturais, necessitando, às vezes, de um estudo mais profundo para seu completo entendimento.
  7. 7. CURSO DE HERMENÊUTICA – MÓDULO 1 Para um melhor entendimento das passagens mais difíceis de entender, precisamos buscar as respostas primeiramente na própria frase em que a passagem se encontra, depois nas frases diretamente anteriores e posteriores, depois no contexto direto e por fim em outras passagens das escrituras que possam nos elucidar o texto.
  8. 8. CURSO DE HERMENÊUTICA – MÓDULO 1 Todo leitor é necessariamente um intérprete, daí a importância do estudo da interpretação bíblica, já que nossa fundamentação bíblica é reflexo do que entendemos na palavra de Deus.
  9. 9. CURSO DE HERMENÊUTICA – MÓDULO 1 A tendência humana é a da idiossincrasia, vendo no texto o que queremos que o texto diga, para apoiar nossas próprias ideias. LER não significa ENTENDER.
  10. 10. CURSO DE HERMENÊUTICA – MÓDULO 1 Para uma correta interpretação bíblica precisamos reconhecer que há um abismo a ser transposto. A cronologia, a geografia, a cultura, a língua, a literatura e a maneira de Deus agir em cada situação são problemas que o intérprete bíblico precisa procurar solucionar para uma verdadeira interpretação bíblica.
  11. 11. CURSO DE HERMENÊUTICA – MÓDULO 1 Antes de continuarmos, é necessário estabelecermos o princípio da diferença entre Interpretação e Aplicação de um texto bíblico.
  12. 12. CURSO DE HERMENÊUTICA – MÓDULO 1 Aplicação é o conjunto de maneiras de usar a verdade interpretada em nossos dias, nas mais variadas situações. Desta forma, há apenas uma interpretação correta para o texto, ainda que possam existir várias aplicações. No entanto, para fazermos a transposição da situação histórica (os acontecimentos na época em que foram narrados) para os dias atuais, precisamos chegar a um princípio eterno, através do processo hermenêutico.
  13. 13. CURSO DE HERMENÊUTICA – MÓDULO 1 Princípio Eterno é uma declaração doutrinária que independe da época para sua validade. Essa declaração doutrinária está baseada na mente de Deus e não nas situações mundanas e humanas, por isso independe de época.
  14. 14. CURSO DE HERMENÊUTICA – MÓDULO 1 Que todas estas palavras que hoje lhe ordeno estejam em seu coração. Ensine-as com persistência a seus filhos. Converse sobre elas quando estiver sentado em casa, quando estiver andando pelo caminho, quando se deitar e quando se levantar. Amarre-as como um sinal nos braços e prenda-as na testa. Escreva-as nos batentes das portas de sua casa e em seus portões. Deuteronômio 6.6-9

×