Cidades medievais: Feiras, mercados e corporações de ofício.

1.947 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.947
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
23
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cidades medievais: Feiras, mercados e corporações de ofício.

  1. 1. Cidades medievais: Feiras, mercados e corporações de ofício. Trabalho solicitado pela professora Ana Cristina
  2. 2. Contextualização  Aumento elevado da população;  Aumento da produção Agrícola;  Crescimento das cidades e do comércio;  Comércio e artesanato vem à tona.
  3. 3. Problemáticas da expansão do comércio  Déficit na segurança;  Altos pedágios;  Precariedade de recursos.
  4. 4. As grandes feiras  Alta movimentação;  Localização estratégica;  Variedade de produtos;  Interesse dos feudos;  Surgimento do “Cambismo”;  Alto escalão de policiamento.
  5. 5. Mercados != feiras  Pequenos;  Imensas;  Negociavam com  Negociavam mercadorias produtos locais; por atacado que provinham de todos os pontos conhecidos do mundo;  Centro distribuidor.
  6. 6. As corporações de ofícios  Organização em “Associações” dos comerciantes e artesões;  Fiscalização dos produtos;  Mestres e Aprendizes.
  7. 7. Conclusão
  8. 8. Referências  HUBERMAN, Leo. História da Riqueza do Homem. Rio de Janeiro: LTC Editora, 1986.  ARRUDA, A.; PILETTI, Nelson. Toda a história. São Paulo: Editora Ática S.A., 2009.
  9. 9. Componentes  Anderson Guilherme  Herbert Lucas  Iago Felipe  Wedson Chaves  Wesley Vinicius Informática II – 2º ano.

×